Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Paulo Giovani Costa

Processador esquentando muito sem motivo aparente

Recommended Posts

Olá pessoal, sou novo aqui.

 

A um mês atras fui fazer a limpeza profunda no meu pc que já é antigo( 6 anos de uso). Passei pasta térmica no processador e na placa-mãe. Depois de monta-lo novamente ele não ligou mais. Fiz um teste com um aparelho de tensão e concluí que a fonte tinha morrido ( até por conta da marca/ Positivo). Semana passada chegou minha fonte nova ( Uma corsair CX650) coloquei na meu pc mas agora o processador está esquentando muito. Quando ligo fica em tordo dos 54º aos 68º, mas dependendo dos programas que eu abro (Fl Studio) ele alcanças picos de 70º a 99º. 

Isso poderia acontecer porque a fonte é muito mais potente que a placa-mãe ou algo do tipo? Minha placa-mãe é uma intel desktop board DH61CR.

 

Desde já agradeço

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Paulo, não, não poderia "acontecer porque a fonte é muito mais potente que a placa-mãe". Só se a placa ou a fonte estivessem com defeito, pois em geral a placa só puxa o que precisa e a fonte só entrega o que lhe pedem (rsss, não lembro a explicação técnica nem os nomes certos disso).

Fico feliz que o seu processador voltou a funcionar, mas essa temperatura realmente é preocupante, a não ser que seu processador seja um "esquentadinho", você não disse o modelo.

Coisas práticas para você verificar:

1. As conexões da fonte estão todas ligadas certinho? O plugue grande e o auxiliar de 12 v?

2. O cooler está bem firme, sem folgas e girando bem?

3. Na bios, você habilitou os controlador de fan e outras coisas similares? Aliás, na bios deve mostrar as voltagens e você pode checar se há algo fora do normal aí.

Se tudo isso está ok, sugiro abrir o pc de novo e ver se você não espalhou pasta térmica demais ou se a pasta não vazou para os lados (você diz que passou pasta térmica na placa-mãe e eu realmente espero que você não tenha feito isso!). A pasta serve para aumentar o contato entre o processador e a base do cooler e assim melhorar a transferência de calor. Pasta demais provoca o efeito inverso, dificulta a dissipação do calor.

 

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, Paulo Giovani Costa disse:

A um mês atras fui fazer a limpeza profunda no meu pc que já é antigo( 6 anos de uso). Passei pasta térmica no processador e na placa-mãe. Depois de monta-lo novamente ele não ligou mais. Fiz um teste com um aparelho de tensão e concluí que a fonte tinha morrido ( até por conta da marca/ Positivo). Semana passada chegou minha fonte nova ( Uma corsair CX650) coloquei na meu pc mas agora o processador está esquentando muito. Quando ligo fica em tordo dos 54º aos 68º, mas dependendo dos programas que eu abro (Fl Studio) ele alcanças picos de 70º a 99º. 

Isso poderia acontecer porque a fonte é muito mais potente que a placa-mãe ou algo do tipo? Minha placa-mãe é uma intel desktop board DH61CR

Isso é sintoma clássico de cooler mal montado, inclusive já aconteceu comigo mesmo. Ainda mais se for o cooler padrão da Intel, é muito fácil achar que está bem preso, quando na realidade não. Tire e coloque de novo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Desculpa digitei errado. Passei a pasta térmica no processador e na placa de vídeo. Sobre o processador é um Core i5 da 3ª geradão de 3.00 ghz. Vou seguir as dicas que você me mandou. Agradeço muito ^^

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×