Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Gabriel Torres

Minha história profissional – Parte 7

Recommended Posts

Tópico para a discussão do seguinte conteúdo publicado no Clube do Hardware:


Minha história profissional – Parte 7


"Veja um resumo do que aconteceu em 1996, ano-chave da carreira profissional de Gabriel Torres, dono do Clube do Hardware."


Comentários são bem-vindos.


Atenciosamente,
Equipe Clube do Hardware
http://www.clubedohardware.com.br

  • Curtir 1
  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@GabrielLP14

@H3yF3n1x

 

Está aí, com "apenas" 10 anos de atraso, a continuação da história... Tentarei continuá-la agora com mais frequência... :)

 

Abraços e obrigado pela cobrança! :)

 

Gabriel.

  • Curtir 1
  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

10 anos e muito cabelo a menos.. acho que "Ruddy" perdeu um fregues.. rss abs

  • Haha 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Gabriel Torres AEE agora sim dá pra continuar, espero que a Netflix faça uma série um dia hahahahahahha.

Valeu GT. abraços kk.

 

  • Curtir 1
  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que máximo, não conhecia a série. Vou começar a ler mais tarde. Obs.: a careca foi opção?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, mattaus disse:

Obs.: a careca foi opção?

 

Sim, opção do meu DNA. :tw_grimace:

 

13 horas atrás, bngomes disse:

10 anos e muito cabelo a menos.. acho que "Ruddy" perdeu um fregues.. rss abs

 

Pisquei o olho e já se passaram mais de 20 anos. Fora que naquela foto que eu estou de lado eu nunca tinha reparado quão magro eu era! O detalhe é que várias artistas globais cortavam na Ruddy, em particular a Susana Vieira, que vivia por lá e às vezes a Ruddy dava uns coquetéis e era o maior auê de gente famosa... No link abaixo tem mais informações, o salão das fotos é a loja exatamente ao lado de onde era a minha loja.

 

https://extra.globo.com/famosos/ex-cabeleireira-de-susana-vieira-escreve-biografia-nao-autorizada-da-atriz-apos-briga-por-megahair-19756388.html

adicionado 1 minuto depois

@GabrielLP14 Vou continuar a série, coloquei aqui na minha agenda, não vai ter erro agora! :)

  • Curtir 1
  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Gabriel Torres disse:

Sim, opção do meu DNA. :tw_grimace:

Hahahahahhahahahahahah.

Fico no aguardo da continuação kkk.

Cara se você se acha magro, tinha de ver uma foto que achei minha a alguns meses atras kkk de quando tinha 8 anos, eu era estão magro mais estão magro que de frente eu parecia estar de lado e de lado parecia q tinha ido embora hahaha.

Más resumidamente fico muito feliz que sua carreira tenha virado esse baita sucesso pois para mim tu é um grande exemplo cara, admiro muito você cara kk. E acho q n reconheceria você com cabelo em kkkn sem fica bem melhor kkkk.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Prezado Gabriel Torres,

 

Só para lhe agradecer por compartilhar sua história. Ainda me lembro de quando aguardava ansiosamente o caderno de informática do jornal o dia(acho que era na quarta-feira né? Ou terça? ) para ler a sua coluna. Muitas delas eu recortava e guardava numa pasta, meu manual de referencias . Ainda lembro até hoje eu com 8 ou 9 anos tentando entender a diferença entre bit e byte , publicado em uma das tanta edições que eu guardava no meu acervo.
Fiquei mais impressionado ainda em reler as outras parte e descobrir que fui aluno de um colega que estudou contigo no colégio técnico, o prof. Lisandro... fui seu aluno na graduação. Que coincidência! ahaha

 

Obrigado por todos esses anos compartilhando seu conhecimento...te garanto que ajudou muitos brasileiros a enveredarem pelo mundo da eletrônica e computação. Você, o rapaz lá do outro site "hardware", Laércio de Vasconcelos e Newton C. Braga tem uma pontinha de responsabilidade por isso tudo =)

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Angelo Buoro Sim, o Lisandro foi meu colega de turma no ensino médio técnico em eletrônica e éramos muito amigos naquela época! Ele era o melhor aluno da turma, ganhava o prêmio todos os anos. (Inclusive se não me engano ele terminou o mestrado antes da graduação; ele fez os dois em paralelo, se não me falha a memória.) Aliás é outro que ficou careca. kkk Genética é flórida!

 

O bacana que eu e o Lisandro tivemos como professor de microprocessadores o Aquilino R. Leal, que era um cara que eu acompanhava pelas revistinhas de eletrônica e também através de seus livros. Outros mestres que aprendi muito através das revistinhas de eletrônica da década de 1980 foram Apollon Fanzeres (que tive o prazer de conhecer pessoalmente, pois ele doou a sua biblioteca pessoal ao ORT) e o Marcos Bêda.

 

Para você ver como as pessoas com interesse comum acabam e encontrando!

 

Um grande abraço!

  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 12/03/2018 às 06:41, Gabriel Torres disse:

@GabrielLP14

@H3yF3n1x

 

Está aí, com "apenas" 10 anos de atraso, a continuação da história... Tentarei continuá-la agora com mais frequência... :)

 

Abraços e obrigado pela cobrança! :)

 

Gabriel.

tenho umas lembranças do Clube do Hardware muito boas foi quando aprendi a instalar meu driver de som no meu  mmx 233 que me rendeu muitas horas de lazer na época eu não sabia nem o que era gerenciador de dispositivo que nem me lembro mais como era chamado no windows 98 kkkkkk hj sou tec em informatica e muito feliz no que eu faço me dediquei a informatica tenho um caminho longo e arduo ate aqui ^^ grande gabriel eu tiro meu chapeu pra você meu amigo espero um dia ser moderador desse maravilhoso site 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

oi gabriel bom dia,

desde que conheci seu trabalho eu sempre tive uma tremenda admiração pela sua habilidade com as palavras,

é uma comunicação clara, objetiva, cortês, torna a experiência no aprendizado a melhor possível

 

aprendi aqui "sozinho" tudo que não aprendi quebrando a cabeça nas aulas das escolas de informática por onde passei,

mas eu achava que não conseguia entender porque era burro mesmo e a informática não era para mim

 

muito obrigado

 

 

  • Curtir 1
  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Michel Henrique S Uau, obrigado. Fico feliz em saber que você e outras pessoas aproveitam ao máximo aquilo que eu escrevo. Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hahaha Impressionante é o quadro do jornal Carioca com o "Professor Gabriel"

O curioso mesmo é a comunicaçãi por carta kkk nem telefone era feito kk.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, GabrielLP14 disse:

nem telefone era feito

 

Sempre precisa ser por escrito (carta ou email) porque aí a gente selecionava as perguntas mais interessantes. Por telefone, a gente ficaria respondendo pergunta de graça e não ajudaria em nada os demais leitores. Eu não teria tempo para isso... ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Gabriel Torres faz sentido hehe.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado por continuar publicando, e... nessa ultima foto, cara, que posse de galã.

  • Haha 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 3/17/2018 às 13:31, H3yF3n1x disse:

nessa ultima foto, cara, que posse de galã.

Galã subnutrido

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Poxa, com 10 anos de idade eu já passeava por aqui (até meu pc pegar um vírus ***** e meu pai me proibir de mexer no pc pelo todo sempre - só fui me livrar disso aos 14, e o medo me perseguiu até os 20); o Clube do Hardware faz parte da minha história, lembro que quando voltei a frequentar aqui deu até frio na barriga.
Admiro muito sua história e sua coragem Gabriel, me deu um fôlego novo pra continuar na minha jornada. Espero ver por aqui logo (LOGO HAHAHA) os próximos capítulos da sua. Grande abraço, muito sucesso e obrigada pelo seu trabalho. <3

Edit: ah, uma das coisas que eu mais admiro na galera da sua época era que as pessoas se interessavam por algo, começavam um "negócio" para aprender ainda mais, e todo mundo sobrevivia. Hoje todo mundo é tão "genial" que todo o conhecimento do mundo nunca me parece o bastante para me jogar no mercado de trabalho ou empreender - não sei se todo mundo se sente assim, ou se era assim na sua época também, mas é a impressão que me dá.

Editado por MillyNog
  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, MillyNog disse:

Edit: ah, uma das coisas que eu mais admiro na galera da sua época era que as pessoas se interessavam por algo, começavam um "negócio" para aprender ainda mais, e todo mundo sobrevivia. Hoje todo mundo é tão "genial" que todo o conhecimento do mundo nunca me parece o bastante para me jogar no mercado de trabalho ou empreender - não sei se todo mundo se sente assim, ou se era assim na sua época também, mas é a impressão que me dá.

 

Oi Milly,

 

Sim, essa sua percepção procede. Hoje, as pessoas sofrem do que chamamos de "Analysis Paralysis", que é ficarem paralisadas por excesso de informações ou análises. Hoje temos o conhecimento do mundo na ponta dos dedos, e obviamente conhecimento é infinito, e aí as pessoas ficam paralisadas tentando saber "tudo". Antigamente não tinha internet, então as pessoas simplesmente arregaçavam as mangas e faziam.

 

Há outro fator também. As pessoas mais novas e da sua geração já nasceram ou foram criadas quando o país já estava bem mais estável (i.e., pós Plano Real). Eu nasci na década de 70 e minha adolescência foi na década de 80, com crise atrás de crise, inflação diária de 1%, inflação mensal de 30% e anual de 2.000%. Tudo era muito instável, não sabíamos qual seria a maluquice que o governo ia tentar no dia seguinte. Com isso, o pessoal que passou por isso (eu incluso) tem muito mais jogo de cintura e sabe se virar bem mais, e não podia de dar ao luxo de ficar parado...

 

Devo escrever a próxima parte da série ainda nesta semana, fico feliz em saber que você gostou e que, de alguma forma, te inspirou.

 

É aquela história. Enquanto alguns reclamam, outros simplesmente vão lá e fazem!

 

Beijos

  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Gabriel Torres disse:

@GabrielLP14

e demais amigos.

 

Parte 8 no ar: 

 

 

 

Muito legal, não pare de escrever. 

adicionado 2 minutos depois
Em 10/04/2018 às 09:03, Gabriel Torres disse:

 

Oi Milly,

 

Sim, essa sua percepção procede. Hoje, as pessoas sofrem do que chamamos de "Analysis Paralysis", que é ficarem paralisadas por excesso de informações ou análises. Hoje temos o conhecimento do mundo na ponta dos dedos, e obviamente conhecimento é infinito, e aí as pessoas ficam paralisadas tentando saber "tudo". Antigamente não tinha internet, então as pessoas simplesmente arregaçavam as mangas e faziam.

 

Há outro fator também. As pessoas mais novas e da sua geração já nasceram ou foram criadas quando o país já estava bem mais estável (i.e., pós Plano Real). Eu nasci na década de 70 e minha adolescência foi na década de 80, com crise atrás de crise, inflação diária de 1%, inflação mensal de 30% e anual de 2.000%. Tudo era muito instável, não sabíamos qual seria a maluquice que o governo ia tentar no dia seguinte. Com isso, o pessoal que passou por isso (eu incluso) tem muito mais jogo de cintura e sabe se virar bem mais, e não podia de dar ao luxo de ficar parado...

 

Devo escrever a próxima parte da série ainda nesta semana, fico feliz em saber que você gostou e que, de alguma forma, te inspirou.

 

É aquela história. Enquanto alguns reclamam, outros simplesmente vão lá e fazem!

 

Beijos

Foi uma época maluca mesmo, também nasci em 1974. A inflação era uma loucura, os funcionários com as máquinas para reajustar preços estavam todos os dias nos mercados.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Gabriel Torres Obrigado irei ler e postarei lá minhas opiniões. HAHA.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×