Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Cash999

Portugol Algoritmo em Portugol mostra os elementos repetidos em uma matriz.

Recommended Posts

Dada uma matriz real A3x3, verificar e mostrar se existem elementos repetidos em A. (fiz o código mas o professor disse que o certo é mostra na tela no máximo 4 valores repetidos e disse que a melhor forma é armazena num vetor. ) ps: primeira postagem.

O QUE CONSEGUIR FAZER ATÉ O MOMENTO FOI ISSO

programa
{
    //variavel global
    inteiro matriz[3][3]
    
    funcao logico repetiu(inteiro n, inteiro lin, inteiro col){
        para(inteiro l =0; l < 3; l++){
            para(inteiro c = 0;c < 3; c++){
                se(nao(l == lin e c == col)){
                    se(matriz[l][c] == n){
                        retorne verdadeiro
                    }
                    
                }
            }
        }
        retorne falso
    }
    
    funcao inicio(){
        //receber a matriz
        para(inteiro l =0; l < 3; l++){
            para(inteiro c = 0;c < 3; c++){
                leia(matriz[l][c])
            }
        }

        para(inteiro l =0; l < 3; l++){
            para(inteiro c = 0;c < 3; c++){
                se(repetiu(matriz[l][c], l, c))
                    escreva(matriz[l][c], " - ")
            }
        }
    }
}

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá.

 

1) OBJETIVO DO ENUNCIADO

 

21 horas atrás, Cash999 disse:

Verificar e mostrar se existem elementos repetidos em A

 

Então, se fôssemos ser "rígidos", caso existir pelo menos um elemento repetido, exibiria na tela "Existem elementos repetidos"... mas creio que deve está solicitando para mostrar os números que estão repetidos mesmo.. Ex.:

Supondo os elementos: 1, 2, 5, 3, 2, 6, 5 e 4. Iria informa algo como "Os elementos 2 e 5 são repetidos"...

 

 

 

2) ALGORITMO IMPLEMENTADO NO CÓDIGO

Agora vamos verificar o que foi implementado.

 

A função recebe:

repetiu(matriz[l][c], l, c)

Ou seja, o valor da posição, e as coordenadas dessa posição.

 

 

Já na função verifica:

se (nao (l == lin e c == col)) {

Ou seja, você está comparando COORDENADAS!!!

 

Você está verificando se a coordenada l e c atual é igual a coordenada que foi enviada por parâmetro... logo, SEMPRE vai dar verdadeiro em algum momento... já que l e c percorre toda a faixa... (ora! se tenho um coordenada de uma faixa possível, e faço um laço de repetição que percorre toda a faixa, logo uma hora vai coincidir).

 

Então, sobre:

21 horas atrás, Cash999 disse:

o professor disse que o certo é mostra na tela no máximo 4 valores repetidos

Não vejo relação entre o "certo" e uma "quantidade máxima". A questão não é a quantidade, mas sim o que deverá ser comparado.

 

Ele quer saber se um "dado", que está numa posição do vetor(matriz), é igual a um outro dado que está em outra posição desse vetor. Isso para todas as posições.

 

Para simplificar, seria o seguinte: você precisa comparar cada posição (o conteúdo na coordenada do vetor) com todas a outras (conteúdos nas coordenadas do vetor) seguintes, ou seja,  se a primeira é igual a segunda em diante. A segunda, com a terceira em diante. Por exemplo: 1, 2, 5, 3, 2, 6, 5. 1 = 2? não. 1=5? não. 1=3? não etc.......  depois, 2=5? não, 2=3? não. 2=2? sim! pronto, o 2 é repetido! Vai pro próximo.. 5=3? não. 5=2?........ etc.

 

 

Sobre:

21 horas atrás, Cash999 disse:

e disse que a melhor forma é armazena num vetor.

 

Ai depende da proposta... você poderia por exemplo criar um vetor auxiliar para armazenar os números repetidos, ou seja, a partir da lógica para verificar se é repetido ou não, caso seja repetido, inseri o número nesse vetor auxiliar. Ai continua procurando números repetidos, se encontrar mais um repetido, verificar se o número já existe nesse vetor auxiliar, caso exista, não faz nada, caso não exista, insere... dessa forma, os números repetidos não serão repetidos entre si (ex.: 2, 4, 5, 2, 2, 9, 2, ou seja, só vai aparecer o 2 uma única vez, e não 3 vezes).

 

RESUMINDO:

Implemente um função que verifica o CONTEÚDO de uma posição com as outras posições subsequências, até que chegue ao final ou encontre um repetido. Se for repetido, exiba na tela.

 

Após, tenta fazer ajustes para outros detalhes.

 

Só para frisar: não tente fazer a versão final, faça apenas um problema que exibe os repetidos da posição posterior para frente!

 

 

ADENDO:

A assinatura da função poderia ficar assim:

funcao logico repetiu(inteiro lin, inteiro col) {

Ou seja, recebe a posição que quer verificar, ai, dentro da função, compara esta posição matriz[lin][col] com todas as posições posteriores, matriz[l][c]. Algo como:

matriz[lin][col]==matriz[l][c]

Onde l e c vai corresponder da posição posterior a lin e col em diante.

 

 

Qualquer dúvida é só postar.

 

 

 

 

No aguardo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×