Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Machadobh

Sistema de retardo - Alimentado pela carga capacitor

Recommended Posts

Bom dia pessoal. Estou precisando de uma ajuda de vocês, com circuito de retardo.

Consigo conectar 100 leds em SERIE, e que cada um acenda em espaços de tempos pre-determinados? Ou seja, que cada um possua um circuito de retardo, acendendo em tempos diferentes a partir da descarga dos capacitores?

A fonte de alimentação deste circuito e de 1.000volts de saída, ou, 10v para cada Led.

Agora, o que tem me tirado as noites de sono:

Preciso gerar um UNICO PULSO de 1000v, através de uma chave push, carregando todos capacitores. Uma vez carregados, cada um acenderá seu led em seu tempo programado. E possível?

nao estou conseguindo alimentar um circuito monoestavel com o 555, com apenas a descarga do capacitor, pois, capacitores em série, reduzem sua capacitância.

Agradeco caso possam me ajudar.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Primeiramente obrigado por me proporcionar algum sorriso mesmo que técnico nesta 2ª feira braba.

Bem... O mais próximo e real disso que vislumbro são 10 cis cd4017 em cascata.

Pra ir acendendo 1 a 1 mantendo aceso, há outras opções que não to com tempo de lhe propor agora. Já já algum lhe diz. Bem .. que tal um mc?

 

Fale + sobre o projeto, onde vai, de onde vem, pra que serve e etc

Por gentileza considere esquecer este lance de 1000V .

abç

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho uma boa notícia para você: vai fazer isso utilizando uma fonte de 12V.

Sobre essa sequência de luzes:

- acende o primeiro e apaga para acender o segundo e assim vai até o último.

- acende o primeiro e continua aceso quando o segundo acende e assim vai até o último.

- o intervalo de tempo é uniforme ou será personalizado led a led?

- ao chegar no último a sequência recomeça ou paralisa aguardando novo pulso?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu prefiro ligar 10 CIs Lm3914 em cascata e colocar o circuito com capacitor na entrada deles. 

 

E por favor, nada de 1000V.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite pessoal. Obrigado pelo retorno.

Este circuito e o seguinte:

Preciso acionar os iniciadores de fogos de artifício, chamados dês squib, ou, electric matches. São na verdade fusíveis que ao receberem uma tensão, esquentam alguns ou formam o arco voltaicos em outros, ao esquentar ou gerar o arco, a massa pirotécnica que estão nas pontas destes squibs acendem e, estes, aos pavios dos fogos. É um pavio eletrônico. Falei do LED para tentar ficar mais fácil o entendimento. Cada um possui uma resistência de 1.2 (+-0.2) oHms. E precisam de uma corrente para fogo de 1,2Ah.

 

Estes squibs, são ligados em série, para que, através de um multímetro, eu consiga verificar que todos os squibs estão interligados. Questão de segurança.  A tensão alta, é decorrente da Lei de Ohm. A tensão divide, a RESISTÊNCIA soma e a CORRENTE mantém. Sao de 100 a 150 squibs interligados todos em série, podendo chegar a 300.

 

Ja a sequência de acionamento, preciso que a fonte de alta tensão, através de um pulso (botão push), envie energia suficiente (hoje utilizo cabo PP 2 vias 2,5mm) para as duas pontas da sequência de squibs e, preciso que nesta sequência, existam squibs que serão acionados em tempos diferentes. Como se fosse um pavio maior que o outro para ganhar tempo. E como se eu tivesse um timer de retardo conectado a cada squib. Foi o que pensei e fiz com um circuito mono estavel on delay com o 555.

 

O problema que estou encontrando é, energizar os capacitores de forma que eles consigam alimentar o circuito de retardo. Já que estão em série, uma vez um acionado, o fio se rompe. Mas aí os capacitores continuarão energizados e alimentando o circuito de retardo, disparando o pulso e acionando o squib correspondente a cada circuito timer.

 

Um capacitor em série, não reduz sua capacitância?

 

Travei nesta parte

 

No meu serviço, os squibs são acionados hoje todos em T=o. Se eu conseguisse fazer o retardo funcionar, seria fantastico!!!

 

Ufa!! Deu para entendeu? rs

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, entendi. No caso a história dos Leds só serviu pra complicar e confundir, já que uma coisa não tem nada a ver com a outra. 

 

Em serie essa coisa não vai funcionar, por causa do que você disse: "ao romper o primeiro fio o resto é interrompido". 

A história dos capacitores também não funciona porque a carga deles acaba muito rápido, com uma corrente de mais de 1A, não vai passar de 2 segundos. 

E mais uma vez, esqueça os 1000V. 

 

A minha sugestão é a seguinte: 

 

Você deve usar um grupo de relés, não vai precisar de 100 ou 150, muito menos 300. Acontece que você pode ligar vários pavios em paralelo, esses se acionarão ao mesmo tempo. 

A corrente não vai ser tão alta porque é óbvio que não vai soltar todos os fogos ao mesmo tempo. 

Poderá até mesmo usar baterias de automóvel para o acionamento, já que a tensão será próxima de 12V. 

Para acionar os relés você pode usar botões ou os circuitos que sugerimos acima, eles são feitos pra fazer acionamento em sequência. 

Ou se quiser ir mais além, pode fazer ou pedir a alguém que saiba como programar micro controladores pra fazer um acionamento computadorizado. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como disse o @Mestre88, esquece essa história de 1000V.

Dando um tranco de 10A (bateria de 12V) acredito que esses fusíveis  rompam rapidamente fazendo o disparo imediato do artefato. Com 40 relés dá para controlar 400 artefatos individualmente (ligados em matriz), mas com a limitação de disparo sequencial. Um fio para 10A que receberá um disparo curto não precisa ser grosso, dá para usar fino, o ato é muito rápido, não terá tempo para aquecimento. Caso queira ter tempos diferenciados, poderá utilizar 1 temporizador para cada artefato (R$ 1,50 cada circuito completo) ou um microcontrolador com 20 portas apenas para o controle dos 40 relés. (4 saídas BCD + 4 enable).

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia.

Desculpe pelos Leds. Estava fazendo os testes com eles antes de usar os squibs.

E quanto ao temporizador, minhas tentativas estavam focadas em fazer algo semelhante só que em escala normal, o que é feito hoje em escala SMD, como nas fotos.

E os dispositivos que existem lá fora, geram todos alta tensão. São todos inversores, para deixarem portáteis os equipamentos. Baterias de carros e caminhões, também já utilizei.

Mestre88, em paralelo já aconteceu falhas pois, como falei, são muitos tubos, fios, chegando a 300. Em paralelo já ocorreu de ficar tubos sem serem acionados, pegando fogo e sendo acionados após o acionamento dos que estavam interligados. Em série eu consigo medir a resistência, em paralelo não, no meio daquela teia de fios. O pior, uma vez que os tubos foram acionados pegaram fogo, este alastrou para os que não foram acionados, pegaram fogo em seguida, e quase acontece um acidente.

Quanto aos reles, que tipo seria? Já li algo a respeito de relê de retardo, seria isso?

Sergio, que artefato de 1,50 de retardo seria este?

 

A95D45DC-1115-4763-963F-1BE8674EAA17-191-0000001D7BB5FD5E.jpeg

9043702F-48EE-40E2-AC64-A51D31485872-191-0000001DD71557AD.jpeg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se você compra um (apenas 1) ci 555 paga R$1,00 ou mais. Se compra 2 centenas, sai por poucas dezenas de centavos, é barato. O mesmo ocorre com os demais componentes.

adicionado 24 minutos depois

Por acaso seus disparadores são isso daqui? tem 2 exemplos nos vídeos:

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×