Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
caiorh

C# Exercicio Lógica em C#

Recommended Posts

Preciso de um programa que peça a altura de 2 pessoas e também o crescimento(CM) que estas pessoas tem (por ano)

 

Preciso saber se essas pessoas podem ter a mesma altura, e se puder qual vai ser essa altura quando forem iguais.

Pode ocorrer também de as pessoas nunca poderem ter a mesma altura e ter que informar isso.

 

Não precisa ser apenas em c# poderia ser em outra linguagem também, eu queria mesmo é saber a lógica disso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
//supondo que uma pessoa cresça somente ate os 20 anos
#define limite 20
struct pessoa{
	int idade;
	float Altura;
	float Taxa_crecimento;
	float Tam_Final;
}pessoa[2];
idade(){
	int N=0;
	for(N=0;N<2;N++){
		pessoa[N].idade=(int)(pessoa[N].Altura/pessoa[N].Taxa_crecimento);
	}
}
calcTAM(){
	int c1;
	for(c1=0;c1<2;c1++){
		int c=pessoa[c1].idade;
		//RECEBENDO A ALTURA PARA SOMAR
		pessoa[c1].Tam_Final=pessoa[c1].Altura;
		for(c;c<limite;c++){
			pessoa[c1].Tam_Final=(pessoa[c1].Tam_Final+pessoa[c1].Taxa_crecimento);
		}
	}
}
int main(){
	printf("Informe A altura da pessoa 1\n");
	scanf("%f",&pessoa[0].Altura);
	printf("\nInforme A altura da pessoa 2\n");
	scanf("%f",&pessoa[1].Altura);
    printf("Informe A taxa de crecimento da pessoa 1\n");
	scanf("%f",&pessoa[0].Taxa_crecimento);
	printf("\nInforme A taxa de crecimento da pessoa 2\n");
	scanf("%f",&pessoa[1].Taxa_crecimento);
	idade();
	calcTAM();
	int c;
	for(c=0;c<2;c++){
	printf("Tamanho final da pessoa %d eh:%f\n",c,pessoa[c].Tam_Final);
	}

}

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

mais o exercício é sem um "limite" que a pessoa cresça ;( 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tem mais de matemática que C neste problema

            Matemática: "Do primeiro grau"

 

Na função afim diz que a] é  taxa de variação,

                                      b] é a valor inicial e

                                      x] é variável independente: ax + b = 0.

 

É isso, pois se f(x) = g(x), então existe um ponto A | (x,f(x)) = (x,g(x)).

Logo se h(x): f(x) - g(x) = 0.

Disso, se diz que a função resultante [h] da diferença de [f], [g] tem raiz se

o gráficos das funções [f] e [g] naquele ponto, da abscissa x, se tocam.

 

~~/ ~~

Trazendo isso para contesto: Se h(x) tem raiz real, as pessoas terão alturas iguais em x anos.

 Será que isso? •Fiz aqui deu certinho, mas pode ter sido só sorte.

Tenta ai...

 

~~/~~

@OtakuNovo Já respondeu velho! Com  abstract struct e tudo :thumbsup:

@caiorh

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×