Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Daniel Garrafa

Controle pwm através de sinal tensão variável

Recommended Posts

ola a todos, preciso de ajuda para fazer um projeto de um controlador pwm, nos circuitos convencionais

o controle e feito por um potenciometro, no meu caso preciso de um circuito que o sinal de saida pwm varie em funçao de um sinal de tensão variavel de 1 a 5 volts,

resumindo o controle vai ser feito por um sensor de pressao piezo. preciso de algumas ideias sobre o que realmente usar

obrigado

circuito controle de pressao.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O input 2 que vai para o 5 vai ter que ser analógico pois a entrada varia entre 1 e 5 volts. Isso vai requerer uma resolução de 3 bits, o que permitirá ter voltagens de 0 a 7. Se fossem apenas 2 bits, teria uma faixa de apenas 0 a 3 volts e aí não é suficiente para o seu caso.

Comece um uma largura de pulso pre definida , sei lá 100 ... (chutei)

Defina um passo de aumento , suponha 25. Esse valor indicará a velocidade com que a pressao da bomba é ajustada

Quanto maior o valor do passo, mais rápido o sistema reage, porém, menos preciso ele será

Quanto menor o valor do passo, mais lentamente o sistema vai reagir, porém, mais preciso ele será.

O loop 

    le o dado de pressão do input analógico

        a pressao é menor que 900 bar (ou seja, a tensão é menor que 3 volts?)

               aumente a largura do pulso em passo (largura = largura + passo)

        a pressao é maior que 1000 bar  (ou seja, a tensão é maior que 3,5 volts?)

               diminua a largura do pulso em passo (largura = largura - passo)

       mande o sinal pwn para a porta de saída digital

 

Consegue fazer a partir dessa dica ? 


Outra dica : o valores de iniciais de largura e de passo devem ser obtidos experimentalmente na vida real. A lógica pode ser simulada. Você tem o arduino para testar ? Vai precisar de um multímetro na porta de entrada e um na saída. O ideal seria um osciloscópio mas aí é demais né ? 

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vai ter que usar microcontrolador para isso, é preciso muita precisão por causa das pressões envolvidas.

 

Basicamente, irá ler uma entrada analógica , e controlar o pwm em largura cada vez menor conforme aumenta a tensão, tente no arduino vai encontrar vários exemplos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1000 bar? Cara, isso dá 1 tonelada/cm²!!! Já trabalhei com sistemas de 170bar e posso te garantir que era uma coisa bem violenta. As paredes das mangueiras e a malhas de aço internas são impressionantes.

Voltando ao tópico, dá para fazer o que deseja com 2 x NE555, 1 para gerar o clock da frequência do seu PWM e outro para para variar o duty em função da tensão, utilizando o pino CV. Essa tensão será uma comparação amplificada do seu retorno com o setup (amplificador de erro). Já que vai ter que utilizar operacional, fiz esse modelo que usa um quádruplo de baixo custo.

1 - Foi selecionado uma frequência de 1,04kHz +- 10% (tolerância do capacitor). Desconheço as exigências de quem vai receber esse PWM. A frequência é dada por : f = 0,53 / (R3 x C1). Na verdade R2 acaba entrando na conta, mas se mexer nele também altera a amplitude do dente de serra. Deixa ele quieto.

2 - A saída do circuito é um sinal de PWM de 0 e 11V de baixa corrente. Desconheço as exigências de quem vai receber esse sinal, talvez seja necessário um driver intermediário.

3 - Disse que deseja estabilizar a pressão entre 900bar e 1000bar, o que no sensor representa entre 3,0V e 3,5V. Montei uma referência interna de 3,25V.

4 - O uso do capacitor na regulação torna o circuito mais estável e também mais chato de montar. O tempo feito por este capacitor tem que estar afinado com o tempo de resposta do seu conjunto, o que inclui: a bomba, o motor que toca a bomba, o consumo de óleo  e o volume do tanque de pressão. É coisa demais, 1 semana de cálculo e nem assim fica bom, só experimentalmente para se fazer isso. Daí o fato de ter sido colocado um capacitor variável.

 

 

Sem título.png

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×