Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Boko Moko

Oracle, dona do Java, avisa: O uso gratuito do Java deixará de existir

Recommended Posts

Como a maioria deve saber, Java surgiu dentro da Sun em meados da década de 90 e prometia ser a linguagem universal para programar dede console de video-game até aspirador de pó. A vida real tinha outros planos para essa linguagem fabulosa que virou a principal linguagem para desenvolvimento de sistemas aplicativos nas corporações. Estima-se que 30% de tudo que é de software aplicativo novo no mundo dos negócios é escrito em Java, deixando o resto para ser escrito em todas as outras linguagens sendo que nenhuma outra chega a 10%. Ou seja, Java é um sucesso.


Mesmo sendo propriedade da Sun, Java parecia ao mundo como se fora de domínio público, uma linguagem "sem dono", ao contrário do Visual Basic, por exemplo, que é da Microsoft uuuuuu, vade retro satanás! Ter que pagar por uma linguagem ?? Nem pensar. A Microsoft era demonizada e o Java era louvado.

 

O tempo passa, o tempo voa e a ... Oracle .. quem diria ... engoliu (comprou) a Sun, com casca e tudo. Detalhe, bancos de dados Oracle já podiam ser programados nativamente em Java antes da aquisição. Foi o maior auê na época. A Oracle comprando um fabricante de hardware ? Well, faz sentido. Agora a Oracle pode fornecer um pacote de superservidores de banco de dados envolvendo software e hardware de primeira. Mas será que era por isso exatamente que a Oracle estava disposta a pagar 7 bilhões de dólares ? Por um fabricante de hardware ?? Será que foi isso gente ? Eu discordo. Oracle estava de olho era no Java, que há 10 anos em 2008 já despontava como a linguagem corporativa por excelência. O auê só aumentava. Qual vai ser o futuro de Java ? Vamos poder continuar a fazer programas em Java e vender nossos programas ? E o software livre feito em Java ? Vai deixar de ser livre ? 

A Oracle apressou-se em acalmar a indústria de software dizendo que tudo ia continuar como antes e que a Oracle iria dar ainda mais apoio e investir ainda mais dinheiro o desenvolvimento da linguagem Java. Os gritos de "linguagem com dono não serve para o domínio público" voltaram-se contra a linguagem Java. A Oracle pratica políticas de licenciamento tão ou mais leoninas do que a Microsoft. E agora ?? Os debates nos fóruns pareciam embates religiosos. Alguns defendendo Java, outros avisando para pularem fora pois era só uma questão de tempo para a Oracle começar a querer organizar essa suruba que faziam (fazem) com a linguagem DELA. Apesar do bafafá, tudo continuou como dantes no Quartel de Abrantes. Apesar da invasão napoleônica (alguém duvida que a Oracle, assim como Pinky e Cérebro, querem dominar o mundo?) da Oracle a terra do Java, de fato, pouca coisa mudou. Tecnicamente, mudou bastante e para melhor. Java hoje é ainda mais rápida e poderosa, as ferramentas de desenvolvimento estão maduras, os frameworks estão maduros e existe um fw adequado para cada coisa possível de se imaginar a ser feito com Java. A galera javiana se acalmou, a vida seguiu .... o tempo passou. O tempo passa, o tempo voa e a poupança Bamerindus ... não existe mais. Só os mais velhos vão entender. O tempo passou e eis que ...

 

A Oracle manda um aviso. Vejam aqui

 

O gato subiu no telhado. Os temos do aviso são .."estranhos", digamos assim. Explicitamente o que se lê é que "se você é um CONSUMIDOR que usa Java para uso individual ou pessoal, você continuará a ter o mesmo acesso aos updates como você tem hoje em dia pelo menos até o fim de 2020". Como é que é ??? Que papo é esse de "pelo menos até 2020" ? Pois é pessoal! O suporte "gratuito" pelo jeito subiu no telhado....

E tem mais!

 

Se você é um DESENVOLVEDOR ... a Oracle recomenda que você reveja a sua estratégia de como vai continuar distribuindo o seu software ....


E tem ainda MAIS !!!


Se você é uma empresa/corporação, reveja ainda mais detalhadamente pois vai precisar adquirir uma licença comercial do Java!!!!! Ou seja, além de pagar para o desenvolvedor do software, a empresa vai ter que pagar para a Oracle uma licença para rodar/desenvolver qualquer coisa em Java.

 

Então, meu caro, .... aquela  brilhante ideia de desenvolver um aplicativo em Java que iria trazer toneladas de dinheiro para você ... precisa ser revista pois a Oracle já avisou que vai querer a parte que lhe cabe nessa farra.

 

 

  • Curtir 1
  • Triste 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Num parece prática de traficante de drogas ? Primeiramente, dá a droga de graça, aí o cara fica viciado ... Agora tem que pagar.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 18/04/2018 às 08:23, Boko Moko disse:

Num parece prática de traficante de drogas ? Primeiramente, dá a droga de graça, aí o cara fica viciado ... Agora tem que pagar.

 

 

OpenJDK.

Só vai precisar pagar se você quiser usar o Oracle JDK e ter todo o suporte.

 

Não é o fim do mundo mas realmente pegou de surpresa.

 

Vejam este vídeo pra entender a mudança:

 

https://www.oracle.com/java/java9-screencasts.html?bcid=5582439790001&playerType=single-social&size=events

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo que entendi, parece que o site quis criar um certo pânico entre pequenos programadores que sequer tem condições de adquirir uma licença desse porte. porém no "Release Notes" no site da Oracle, eles repetem varias vezes em todo o texto "JAVA 8 SE" e que a partir de 2020 quem "precisar de suporte" para o "JAVA 8 SE" terá que pagar, ou seja, o programador que escreveu seus códigos em "JAVA 8 SE" terão que "repensar sua estratégia", o que dá se por entendido, migrar seu software para JAVA 10 ou superior caso não tenha compatibilidade, ou jamais atualizar o JAVA das máquinas dos usuários finais. Por isso no começo do texto fala que pra quem é usuário não comercial nada mudará, pois a responsabilidade dessa migração será dos programadores.

 

Se alguém tiver alguma objeção, por favor questione, é um assunto muito interessante já que ainda (26/04) não há muitas noticias sobre!

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@jvictorbr Concordo com sua análise.
O que não ficou claro é: Vai ter que pagar a partir de 2020 ou simplesmente não haverá mais suporte, mesmo que pago, induzindo a migrar para a nova plataforma ? 

O fato é que a lua de mel da tribo do software livre com o Java (que nunca foi software livre, no máximo "gratuito" ) está começando a azedar.

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ao que parece, irão disponibilizar o suporte até 2020, a partir daí terá que pagar para obter atualizações de segurança, bugs, entre outros. Pensa só em uma empresa com um software gigante como alguns bancos. Será que seria mais viável pagar os updates ou migrar o software todo ano, já que a Oracle quer lançar uma nova versão todo ano agora.

Essa questão é mais ou menos igual o Windows XP, que deixou de ter suporte, porém algumas empresas ainda continuam usando e pagando a Microsoft por atualizações de segurança.

 

Creio que não seria um boa estratégia da Oracle deixar de distribuir o Java gratuitamente, pois eles ganham com empresas e esses términos de suporte gratuito, e se fosse pago não teria tanta popularidade e não permaneceria no ranking uma das linguagens mais utilizadas por muito tempo.

 

Mas há males que vem para o bem, quem sabe após esse leve susto, "desacomodemos" e começamos a criar coisas novas no mundo do software livre.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ops...

Doquinha vamos quebrar o pal nessa carniça, que quer transformar o Java em propriedade restrita.

:atirador:vamos....

 

O que pode vir por ai pode asustar mesmo...

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
26 minutos atrás, jvictorbr disse:

Pensa só em uma empresa com um software gigante como alguns bancos.

Estas empresas já pagam a Oracle por esse suporte. Sistemas corporativos desenvolvidos em Java tem em seus componentes de custos os valores de suporte a plataforma Java EE. Não vai ter novidade aí.


O problema é o pequeno desenvolvedor de aplicativos em Java, seja para plataformas móveis, seja para applets, seja aplicações em desktop ou mesmo via web usando JSP ou JSF. Esses desenvolvedores distribuiam seus programas sem muita preocupação sobre o custo de propriedade de seus clientes. Agora tais programas terão que cobrar algo mais dos clientes se o desenvolvedor pretende cobrar algo a título de suporte. Ou seja, nessa festa, a Oracle vai querer a parte dela.

 

30 minutos atrás, jvictorbr disse:

e se fosse pago não teria tanta popularidade e não permaneceria no ranking uma das linguagens mais utilizadas por muito tempo.

Concordo. Porém, qual é a linguagem alternativa ? 

31 minutos atrás, jvictorbr disse:

Mas há males que vem para o bem, quem sabe após esse leve susto, "desacomodemos" e começamos a criar coisas novas no mundo do software livre.

 

Concordo, mas a pergunta continua ? Qual é a alternativa ? 
Do ponto de vista técnico uma linguagem que se aproxima do Java em termos de robustez, reaproveitamento de código (forte orientação a objeto) é o C#. Só que tem dois problemas sérios:

- Teria o mesmo problema que o Java em termos de licenciamento pois é uma linguagem "proprietária" da Microsoft

- Não tem a mesma portabilidade para múltiplos ambientes como Linux, Android ou qualquer coisa que não seja Windows

 

Como vantagens

- A Microsoft tem uma política mais conhecida de suporte aos desenvolvedores de software que usam as suas ferramentas

- A linguagem tem arquitetura que prestigia fortemente a orientaçào a objeto e reaproveitamento de código.

- Os ambientes de desenvolvimento (IDE's) são conhecidos e integrados com outras linguagens, o que facilita em grandes projetos onde se tem que escrever em várias linguagens

 

Se existe alguma outra linguagem que consiga substituir Java com as mesmas ou mais vantagens, eu não a conheço. Presumo então que se for uma linguagem nova, haverá todo um processo lento de disseminaçào da cultura, criação de ferramentas, portação do código para múltiplas plataformas, criação de API's para web, para ambientes móveis, para sistemas operacionais mais exóticos, criação de uma vasta biblioteca de módulos, funções, rotinas, classes para equiparar-se ao vasto arsenal já disponível em Java.

 

Em suma, estamos assistindo o fenômeno do controle leonino de uma corporação privada sobre um artefato tecnológico largamente utilizado pela comunidade de desenvolvedores. Essa é uma tragédia anunciada desde a época da Sun.

Pessoalmente, acho que a alternativa é dar uma tungada na Oracle. A comunidade de desenvolvedores fazer um grande fork da plataforma Java e torná-la uma linguagem de fato de domínio público supervisionada por um comitê sem fins lucrativos semelhante ao que acontece com outras linguagens como Python, PHP e outras.

 

adicionado 21 minutos depois
43 minutos atrás, LuisOPsum disse:

que quer transformar o Java em propriedade restrita.

Well ... na verdade, o Java sempre foi propriedade restrita. Era da Sun, agora da Oracle.
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gente, o Java vai continuar gratuito com o OpenJDK.

 

Só o OracleJDK que vai ser pago, que é a versão com suporte Oracle.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ok, mas e o software comercial que você fizer em Java ? Como fica ? 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
19 horas atrás, Boko Moko disse:

Ok, mas e o software comercial que você fizer em Java ? Como fica ? 

 

Se quiser suporte, vai ter que pagar por isso.

Senão, segue com o OpenJDK.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×