Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Flavia Dutra

Boletim 1.693 – 17/04/2018

Recommended Posts

Boletim 1.693 – 17/04/2018
Boletim 1.693 – 17/04/2018
Editado por Flavia Dutra
Enviado para
Proibido Copiar ou Republicar


Índice

 

1. Dell e HP teriam recusado inscrição no GPP da NVIDIA por discordarem da política do programa

2. Trend Micro detecta o vírus Mirai em dispositivos de rede no Brasil

3. Intel deve lançar o processador Core i7-8086K em comemoração ao 40º aniversário do microprocessador 8086

4. Apple registra patente de teclado com mouse integrado, usado como um trackpad

5. Omni MedSci processa Apple por violar patente no relógio inteligente  

 

1. Dell e HP teriam recusado inscrição no GPP da NVIDIA por discordarem da política do programa

 

Rumores indicam que as companhias Dell e HP se recusaram a aderir ao GPP (GeForce Partner Program) da NVIDIA por acreditarem que o programa é antiético e provavelmente ilegal em relação às leis anticoncorrência dos Estados Unidos.

 

O programa supostamente exige que os parceiros alinhem suas marcas voltadas para jogos exclusivamente com a NVIDIA. Com isso, empresas que não se inscreverem deixarão de receber o engajamento técnico da empresa. 

 

Estimativas apontam que a MSI, a ASUS e a Gigabyte já fazem parte do GPP, porém elas estão mantendo silêncio sobre o assunto.

 

A NVIDIA negou publicamente as alegações de práticas monopolistas do programa. No entanto, ela se recusa a comentar sobre as companhias que já aderiram ao GPP.

 

No mês passado, algumas companhias entraram em contato com a Comissão Federal de Comércio e a Comissão da União Europeia, solicitando que o programa fosse investigado por conta dos aspectos contra o consumidor.

 

2. Trend Micro detecta o vírus Mirai em dispositivos de rede no Brasil

 

A empresa de segurança em internet Trend Micro descobriu um malware do tipo Mirai, com origem na China, vindo de 3.423 endereços de IPs de dispositivos de rede brasileiros, incluindo roteadores e câmeras IP.

 

Especialistas afirmaram que esse tipo de vírus busca continuamente dispositivos potencialmente vulneráveis e usa credenciais padrão para sequestra-los, de forma semelhante ao software Mirai, vírus de código aberto que causou ataques de DDoS (negação de serviço). No entanto, dessa vez foram utilizados novos nomes de usuários e senhas em 167 roteadores, 16 câmeras IP e quatro gravadores de vídeo digital (DVRs). 

 

A maior parte dos roteadores identificados tinha base no provedor líder em kit de desenvolvimento de software do roteador doméstico Broadcom, com senhas padrão. 

 

Para evitar ataques, a Trend Micro recomenda que os usuários evitem usar informações pessoalmente identificáveis; utilizem pelo menos 15 caracteres, combinando letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais para senhas; implementem em dispositivos conectados à Internet das Coisas (IoT) a segmentação de rede e os isole das redes públicas; e atentem para componentes potencialmente vulneráveis de alguns fabricantes.    

 

3. Intel deve lançar o processador Core i7-8086K em comemoração ao 40º aniversário do microprocessador 8086

 

Informações vazadas sugerem que a Intel deve lançar o novo processador Core i7-8086K, em comemoração aos 40 anos do microprocessador de 16 bits 8086.

 

Conforme as informações, o novo processador faria parte da arquitetura Coffee Lake-S, teria soquete LGA 1151, seis núcleos, 12 threads, clock base e 4,0 GHz, clock Boost de até 5,1 GHz, 12 MiB de memória cache, gráficos UHD 630, 95 W de dissipação térmica e permitiria a realização de overclock.

 

Estimativas indicam que a Intel deve anunciar o processador Core i7-8086K em junho, durante a Computex 2018.

 

4. Apple registra patente de teclado com mouse integrado, usado como um trackpad

 

A Apple registrou no USPTO (United States Patent and Trademark Office) a patente de um teclado híbrido, com mouse integrado.

 

Segundo o documento da patente, a superfície do teclado seria usada como um trackpad, permitindo o acesso a comandos do computador sem a necessidade de um mouse.

 

O usuário poderia deslizar pelo teclado para movimentar o cursor e usar teclas para clicar em algo, escolhendo qual delas exerceria as funções principais do mouse.

 

Assim como todas as patentes, não há informações sobre quando a ideia será implantada em um dispositivo.

 

5. Omni MedSci processa Apple por violar patente no relógio inteligente  

 

A startup Omni MedSci está processando a Apple por infringir uma patente de sua propriedade no sensor de frequência cardíaca do relógio inteligente das séries 1, 2, 3 GPS e 3 GPS+.

 

A patente refere-se a um dispositivo vestível que usa uma fonte de luz ou matrizes de LED infravermelho, ao lado de um receptor para capturar medições de sangue de forma não invasiva.

 

Com a ação, a Omni MedSci requisitará uma liminar contra a Apple, bem com uma indenização de quantia não revelada.

 

A empresa afirma ter se reunido com a Apple entre 2014 e 2016, porém nenhuma parceria foi acertada.

 

A Omni MedSci é uma empresa de tecnologia sediada em Michigan, Estados Unidos, da propriedade de Mohammed Islam, fundador de seis companhias com base em suas patentes. Ela iniciou suas atividades desenvolvendo laser de banda larga infravermelho, que pode detectar e monitorar parâmetros fisiológicos, como a frequência cardíaca do usuário e os constituintes sanguíneos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×