Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Recommended Posts

Caros amigos do CdH e staff! 

Dei uma vasculhada rápida aqui nas recomendações e vi um tópico sugerindo a busca de patrocínio e etc, mas era de 2015 e não vi ninguém sugerindo algo após isso (ou então falhei na pesquisa, hehe), o @Gabriel Torres até comentou lá q está (ou estava, n sei) sempre atrás de patrocínios anunciantes pro site e tal, mas que não é tarefa fácil.

Venho então sugerir algo que é um pouco diferente, mas que (penso eu) pode ser uma boa ideia. Ela surgiu de um post de um colega que pediu recomendações de peças pro PC dele no fórum de Hardware, ele disse no final do tópico que as pessoas que recomendassem deveriam ser remuneradas, acho que foi na brincadeira, mas me deu um estalo eu fiquei pensando em como isso poderia ser possível e matutei o seguinte:

Um sistema que as lojas de hardware poderiam fazer uma parceria com o CdH que quando os membros VIPs que recomendassem alguma peça, poderiam criar um link especifico daqueles produtos recomendados que daria uma comissão sobre a venda da peça indicada, parecido com o sistema que alguns youtubers fazem. Essa comissão poderia ser do membro vip ou um mix entre o CdH e o membro. Peguemos o fórum de hardware de recomendações de peças pra PC gamer como exemplo, já que é o maior fórum do CdH com mais de 600 mil postagens. Lá diariamente tem muita gente (n sei a quantidade mas o staff pode averiguar isso rapidinho, mas acho q tem dezenas de tópicos sendo criados todo dia) pedindo ajuda pra comprar peças/PCs inteiros e tem vários usuários do CdH (eu incluso) postando suas opiniões, experiências e recomendações sobre as peças e os conjuntos, como poderia ser melhor, mais barato, que melhor atende o usuário, etc. É quase como se fosse um "uber de consultoria" de peças, mas totalmente aberto e gratuito mesmo àqueles que não são cadastrados. Se fosse cobrado pela consultoria em si (como num Uber) perderia um pouco do sentido e do alcance, já que a maioria quer economizar, e cobrar o custo de uma consultoria meio que faria perder o sentido. 

Se essa parceria com grandes lojas de hardware fosse fechada nos moldes que pensei, o fórum continuaria grande e aberto, e os membros VIPs teriam mais estímulo de várias formas:


1- A pagar o VIP em si, já que vai poder ter algum retorno de $ de alguma recomendação, o que ajudaria muito o CdH a aumentar a base de VIPs e consequentemente a renda. O próprio CdH poderia fazer a ponte de permitir o $ da comissão poder ser usado diretamente pra pagar o VIP, o que também dá mais segurança e ajuda a manter a fidelidade dos VIPs e manter a renda mais constante.

2- Estimularia o VIP a participar mais e contribuir na comunidade.

3- Muito mais gente veria sentido em pagar VIP, principalmente os usuários experientes que contribuem voluntariamente opinando nos tópicos, etc.

 

Eu acho que outro ponto interessante também é que as lojas parceiras não precisariam entrar com $$ direto como anunciante ou patrocinador, o que é atraente pra loja, sem falar que a loja só vai desembolsar algo quando o cliente comprar o produto. Isso também ajudaria o CdH a manter-se neutro como sempre foi, já que não recebe patrocínio direto de nenhuma loja. O CdH ganharia com mais assinaturas VIP e com o mix da comissão, o usuário experiente se sentiria mais estimulado a gastar + tempo no fórum tirando mais dúvidas e recomendando mais, o que faria aumentar ainda mais o alcance e credibilidade do CdH. Outro ponto interessante que esse tipo de parceria, penso eu, seria mais efetivo que outros modelos de marketing pras lojas, porque quem cria tópicos pedindo ajuda aqui no CdH em sua grande maioria já está disposto e com grana pra gastar, está faltando só o "norte" pra fechar a compra, é bem diferente de um youtuber q tem milhões de views mas n se tem como saber com antecedência quantos efetivamente irão comprar aquele produto.

 

Nessa ideia, evidentemente os fóruns continuariam abertos e qualquer um poderia opinar e recomendar livremente como sempre foi, mas os VIPs teriam essa vantagem. Também penso eu que um pequeno sisteminha de rank poderia ser criado pra evitar que algum VIP fizesse recomendações sem noção ou apenas pra ganhar $$ sem recomendar com qualidade (por exemplo, só poder usar links de comissão qd tiver pelo menos 400 posts, ou reputação acima de X valor, algo assim), poderia ter um feedback de quem recebeu recomendação pra avaliar o VIP ou VIPs que recomendaram, etc... Isso, claro, além da própria moderação que já existe e que já faz as correções quando alguém recomenda algo mt sem noção.

Claro, óbvio que eu n pensei em todos os detalhes e o tópico é justamente pra isso, pra promover um debate e se essa ideia pode ter algum sentido pra ajudar o CdH, que problemas poderiam advir disso, etc etc. Se os amigos da moderação ou mesmo o Gabriel achar que não é pertinente ou n pretendem fazer algo assim, é só fechar o tópico, heheh.

@brender @Evandro @Lost Byte @Atretador @ClinkLinck

Editado por Steeveantonichen
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Achei interessante a ideia, mas tem um ponto; a recomendação do vip tem que ser boa em termos de preço e qualidade.

Como ela já pagará uma comissão, a recomendação não será boa em preço ou qualidade.

Explico melhor; a competição por preços em lojas de peças é acirrada, ficando a diferença de centavos a poucos reais. O sistema de comissão prejudicaria a empresa que está recomendando em termos de preço, pois é um valor debitado diretamente da venda do produto, ao invés de um anúncio onde o valor é diluído quando se tem escala. Uma alternativa seria piorar a qualidade do produto para se manter o preço, mas aí, o vip perde credibilidade e todo o sistema cai por terra.

Editado por T1000_2015
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@T1000_2015 Mas já existe esses sistema de comissão hoje, várias lojas mandam produtos pra analise pra youtubers e eles ganham comissão em cada venda. A loja abre mão de uma pequena porcentagem da venda em troca de ganhar volume de vendas, entende? É o velho esquema de preço X escala. E no youtuber eles tem o custo da peça e de enviar a peça, no CdH nem isso teria, seria somente das comissões.


Uma comissão bem pequena de 0,5% (só exemplo) de uma venda de uma RX 580 8gb q custa em média 1500 reais, daria +-7 reais de comissão pro VIP. É pouco, mas o VIP ganharia em fazer a recomendação de várias peças no fórum diariamente, entende? E que loja n daria 7 reais em troca de vender uma peça de 1530 sem nenhum esforço? heheh.

E o preço nem é tão acirrado não viu, ao menos pra muitas peças q pesquiso e acompanho diariamente, as diferenças chegam a centenas de reais amigo. Essa placa que citei, a RX 580 8gb, peguemos o modelo da Gigabyte Aorus GV-RX580AORUS-8GD. Ela varia entre 1530 na Kabum até mais de 2000 reais em outras lojas como walmart submarino e shoptime. Mesmo entre as 3 lojas grandes de PC Gamer, Kabum Terabyte e Pichau, esse modelo está 1530 e em estoque na Kabum, 1532 mas sem estoque na Pichau e 1776 na Terabyte mas sem estoque tb. A Cissa  Magazine, que tem surgido com ótimas promoções em hardware ultimamente, tem essa placa em estoque e por 1800 reais, quase 300 a mais que a Kabum.

Editado por Steeveantonichen
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 horas atrás, Steeveantonichen disse:

Uma comissão bem pequena de 0,5% (só exemplo) de uma venda de uma RX 580 8gb q custa em média 1500 reais, daria +-7 reais de comissão pro VIP. É pouco, mas o VIP ganharia em fazer a recomendação de várias peças no fórum diariamente, entende? E que loja n daria 7 reais em troca de vender uma peça de 1530 sem nenhum esforço? heheh.

R$7 por uma recomendação é absurdo! Máximo que dariam por comissão seria 0,1% (R$0,70) e olhe lá. Imagine esta comissão multiplicada por uns 100 ao dia, logo a loja estaria pagando quase um salário para o CdH, fora as despesas de transferência bancária.

 

Na teoria parece funcionar bem, mas na prática há muitas questões financeiras envolvidas.

Outra coisa que serve de exemplo, é que todos os VIPs iriam recomendar quase a mesma coisa ou produtos similares, e aí como procede? Todos ajudaram mas só 1 (provavelmente o 1º que respondeu) iria receber comissão?

Mesmo que fosse 0,05% das vendas, muita gente iria usar isto como emprego, não por simples e espontânea boa vontade.

Creio que comissão em si estaria fora de questão. Como disse antes de maneira diferente naquele outro tópico, a loja que faria uma parceria com o CdH, poderia então bonificar o site de algum modo por mês, e caberia ao site distribuir aos integrantes, que mesmo assim, daria muita dor de cabeça aos administradores/moderadores/coordenadores/etc... Ainda mais se algum usuário se sentir prejudicado com a decisão.

Sou a favor das lojas então ajudar ou agradecer apenas o site (e não os usuários) de alguma forma, para que ele a cada dia ofereça melhoria nos testes/informações.

 

21 horas atrás, Steeveantonichen disse:

Mas já existe esses sistema de comissão hoje, várias lojas mandam produtos pra analise pra youtubers e eles ganham comissão em cada venda.

Mas nestes casos pode haver alguma cláusula de contrato para o youtuber em questão falar apenas coisas boas do produto e/ou omitir os pontos negativos. Alguns casos específicos tem lojas que chegam a pagar para falar mal de certos produtos.

 

Não estou dizendo que um sistema de comissão seria ruim, mas na prática a coisa é bem mais cruel e complicada.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Steeveantonichen Primeiramente agradeço você ser um membro participativo aqui da nossa comunidade.

 

A ideia que você sugere é inviável por vários motivos, e para explicá-los eu teria de redigir uma mensagem maior do que a sua e, enfim, prefiro ser mais eficiente e te dizer algumas coisas mais gerais para você entender o nosso lado.

 

O nosso modelo de negócios atual é oferecer conteúdo grátis aos usuários e nos sustentamos através de anúncios.

 

Estamos no ar desde 1996 e este mês fizemos 22 anos. Digo isso para responder logo a alguns usuários que "sugerem" que a gente buque patrocinadores e anunciantes... Claro, como se este não fosse o nosso modelo de negócios e a gente não corresse atrás disso por duas décadas. O fato é que, salvo raríssimas exceções, empresas da área de tecnologia não querem gastar dinheiro com anúncios. Querem que a gente envie clientes a eles de graça e, pior, não entendem que as análises que fazemos, apesar de serem grátis para eles, gera custos para a gente, visto que temos de pagar alguém para analisar os produtos e escrevê-las. Só para você sentir o drama, um caso emblemático foi o de um fabricante, onde apresentamos uma proposta de anúncios, que disse não ter interesse, e eu tentar explicar algo como "de onde você acha que vem dinheiro para sustentar o nosso negócio e podermos fazer as análises dos seus produtos?" E a resposta foi "ué, mas vocês não têm anunciantes? Então!" É de lascar, né? O cara quer que outros anunciantes (concorrentes por sinal) é que banquem a verba para nos mantermos e inclusive analisar os produtos dele. Mas, enfim, apenas um desabafo rápido dentro de dezenas de outros que poderia estar fazendo.

 

Sei que você está querendo buscar o que é o melhor para a gente, mas a ideia que você sugere é muito complicada, pois envolveria valores baixos e um gerenciamento bem complicado, isto é, o trabalho de gerenciar não compensa o faturamento.

 

Aos poucos, estaremos mudando o modelo de negócios do Clube do Hardware, focando mais em produtos próprios, como cursos e livros, e dependendo cada vez menos de propaganda, assim ficaremos mais imunes ao humor do mercado publicitário, que vai de mal a pior. Teremos um anúncio importante a este respeito nos próximos dias. E que haverá um sistema de comissionamento muito mais interessante do que o que você sugere. Aguarde!

 

Abraços,

Gabriel Torres

 

  • Curtir 7

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Lost Byte disse:

R$7 por uma recomendação é absurdo! Máximo que dariam por comissão seria 0,1% (R$0,70) e olhe lá. Imagine esta comissão multiplicada por uns 100 ao dia, logo a loja estaria pagando quase um salário para o CdH, fora as despesas de transferência bancária.

Olha, n sei onde foi essa conta, mas 0,1% do exemplo que dei (1500), daria R$1,50 e não 70 centavos.. Ora, multiplicado por 100 quer dizer q a loja tá vendendo 100 produtos a mais, n vejo nenhum obstáculo a isso, é bem mais lucro pra eles.. até porque o mercado já funciona assim há décadas, quase todo vendedor de loja de varejo ganha comissão por venda, e varia entre 1% e 4% dependendo da loja e da cidade.... Vendedor de carro ganha menos porque o valor do carro é maior, mas gira em torno de 0,5%. Inclusive já existe uma modalidade online em que você cria sua loja virtual dentro da loja grande e ganha comissões das vendas lá, como você vê aqui na magazine Luiza. (O problema é q não achei nenhuma loja especializada em PC hardware q faça isso, por isso sugeri aqui no CdH). Veja nessa tabela q a comissão pra parte de informática do Magazine Luiza é 5% pra usuários iniciantes e chega até 8% no nível mais alto.


Despesas bancárias é honestamente o de menos, hoje com PagSeguro, banco inter e outras opções online com taxa zero de transferência, ou só retirar o valor qd atingir um limite minimo, etc.... Seria muito mais simples do que se imagina. Mesmo que haja algum obstáculo, na pior das hipóteses, pra n ter custos bancários, a comissão poderia ficar como crédito dentro da própria loja, hehe. Seria ótimo recomendar peças e ajudar outros usuários ao mesmo tempo que vou acumulando um creditozinho pra ajudar na próxima peça a ser trocada. Seria win-win situation ainda.

 

1 hora atrás, Lost Byte disse:

Na teoria parece funcionar bem, mas na prática há muitas questões financeiras envolvidas.

Outra coisa que serve de exemplo, é que todos os VIPs iriam recomendar quase a mesma coisa ou produtos similares, e aí como procede? Todos ajudaram mas só 1 (provavelmente o 1º que respondeu) iria receber comissão?

Aí fica a critério do usuário que pediu ajuda de escolher o que melhor respondeu, com mais detalhes e mais informações. Eu mesmo, quando estou ajudando a galera lá no fórum de recomendações, quando estou sem tempo eu só respondo em uma linha algo tipo "procure placa b350 com 8gb ram, gabinete c/ fonte embaixo". Quando eu tenho tempo sobrando, coloco bem mais detalhado, às vezes até pesquiso o preço pra ver quais as ofertas do dia, qd a pessoa pergunta o porque da peça, eu explico os motivos de eu ter selecionado tais peças, o RMA de cada uma, qual loja atenderia melhor, etc etc. Seria basicamente uma livre-concorrência entre os "consultores". 
Aí você me diz "Ahh mas em pouco tempo todos os VIPs estariam respondendo super atenciosamente e detalhado pra tentar ganhar a comissão daquela recomendação". Ora, e isso não é excelente pro CdH? Isso não traria muito mais recepção positiva pro site? heheh. Imagina quanta gente n iria dizer "rapaz, fui super bem respondido pela galera lá"?

 

1 hora atrás, Lost Byte disse:

Mesmo que fosse 0,05% das vendas, muita gente iria usar isto como emprego, não por simples e espontânea boa vontade.

Eu n vejo nenhum problema, heheheh. Como disse, se houver muita gente fazendo isso, ótimo pro CdH, os consultores iriam fazer concorrência como expliquei acima, pra tentar conseguir a comissão.

 

1 hora atrás, Lost Byte disse:

Creio que comissão em si estaria fora de questão. Como disse antes de maneira diferente naquele outro tópico, a loja que faria uma parceria com o CdH, poderia então bonificar o site de algum modo por mês, e caberia ao site distribuir aos integrantes, que mesmo assim, daria muita dor de cabeça aos administradores/moderadores/coordenadores/etc... Ainda mais se algum usuário se sentir prejudicado com a decisão.

Sou a favor das lojas então ajudar ou agradecer apenas o site (e não os usuários) de alguma forma, para que ele a cada dia ofereça melhoria nos testes/informações.

Isso seria uma boa alternativa caso REALMENTE exploda de VIPs recomendando coisas, o que n acho tão provável. Aí a divisão poderia ser proporcional às postagens de cada um ou algo assim, mas realmente ficaria mais complexo gerenciar. 
Mas pensa só, se ocorrer isso, outra alternativa seria a loja enviar peças pro CdH sortear entre os VIPs. Digamos, a loja faz um acordo de qd atingir 1000 peças vendidas por recomendação daqui, a loja envia uma placa de vídeo pro CdH sortear entre os VIPs, algo assim. Ou mesmo pro CdH testar e fazer análise e depois sortear, sei lá (mas evidentemente sempre mantendo a neutralidade). São só ideias.

 

1 hora atrás, Lost Byte disse:

Mas nestes casos pode haver alguma cláusula de contrato para o youtuber em questão falar apenas coisas boas do produto e/ou omitir os pontos negativos. Alguns casos específicos tem lojas que chegam a pagar para falar mal de certos produtos.

 

Não estou dizendo que um sistema de comissão seria ruim, mas na prática a coisa é bem mais cruel e complicada.

Então, aí é só n aceitar, embora eu veja youtubers q recebem comissão e falam os pontos negativos. Eles nunca podem extrapolar muito porque a credibilidade deles depende disso, veja o caso da chipart, eles alopraram tanto q a grande maioria nem considera mais o que eles dizem/testam. O CdH propõe, se n quiserem, paciência. Ao menos está se propondo algo diferente do q foi feito até hoje (imagino eu).

 

@Gabriel Torres Obrigado pela atenção! Eu sugeri porque pelo que li e acompanho (apesar de a conta ser nova, acompanho o CdH desde 2001 eu acho) eu vejo que é um certo sufoco manter essa plataforma tão grande e com tanta gente online o tempo todo. E ao menos do q lembro ter lido e entendido, sempre o modelo q se tentou de parceria foi mais ou menos a mesma coisa (a loja queria pagar e obrigar o CdH a falar bem). O sistema de comissão meio que evitaria essa brecha (e acho que dei um tiro na direção certa, já que disseste q está pra chegar um sistema de comissionamento).

 

Talvez o sistema de comissionamento individual seja muito complexo mesmo, mas a ideia que dei acima de a loja enviar uma peça pra sorteio por causa das nossas recomendações pode ser um pontapé inicial muito mais simples pra construir um relacionamento com as lojas e fabricantes.

 

1 hora atrás, Gabriel Torres disse:

Aos poucos, estaremos mudando o modelo de negócios do Clube do Hardware, focando mais em produtos próprios, como cursos e livros, e dependendo cada vez menos de propaganda, assim ficaremos mais imunes ao humor do mercado publicitário, que vai de mal a pior. Teremos um anúncio importante a este respeito nos próximos dias. E que haverá um sistema de comissionamento muito mais interessante do que o que você sugere. Aguarde!

Isso é excelente! Só que o meu medo é q o CdH acabe muito dependente financeiramente de um mercado cada vez mais de nicho (vender cursos e livros, hoje, somente pra quem realmente trabalha a fundo na área de TI). Eu mesmo tenho MUITA vontade de comprar alguns cursos seus mas n o faço porque eu n tenho tempo de usufrui-los, heheh. Já tenho centenas de horas de outros cursos q comprei e nunca tive tempo de estudá-los. Mas ficarei no aguardo do anuncio oficial e completo!

Vou ficar por aqui porque esse post já poderia ser um livro também, hahah

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Steeveantonichen disse:

Olha, n sei onde foi essa conta, mas 0,1% do exemplo que dei (1500), daria R$1,50 e não 70 centavos..

Erro meu! :D

Pensei em %0,05 mas coloquei na hora 0,1%.

 

Pois bem, pensamos de um modo um tanto diferente, mas eu concordo com você no seu post anterior. Creio que sempre penso no pior cenário, assim atiro meu pensamento de forma pessimista.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×