Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
c4amazon

Algumas Questões sobre Memória RAM e Compatibilidades.

Recommended Posts

Olá,

Tenho algumas dúvidas sobre memórias RAM, se alguém puder esclarecer ou me mandar links com as respostas eu agradeço, vamos lá!

 

1. A respeito da frequência das memórias, eu vejo que as fabricantes de processador colocam nas especificações dos seus produtos os tipos de memórias que o processador suporta, ex. intel core i9-7980xe suporta memórias de até 2666Mhz assim como o Ryzen ThreadRipper 1950x suporta memórias com 2667MHz, já as fabricantes de placas-mãe descrevem que seus produtos suportam memórias com frequências maiores, ex. 3200Mhz, 4000Mhz. A final de contas, ao montar um pc novo eu posso colocar memórias com frequências altas assim como as placas-mãe permitem ou devo seguir a linha dos processadores? ou entendi tudo errado e essas especificações que dizem as placas-mãe são alcançadas através de overclock? Mas ai por quê criar memórias com frequências altas nativas sendo que os processadores atuais (pelo menos os dos usuários comuns) só permitem determinada frequência?

 

2. A respeito dos canais de memória, qual a diferença entre dual channel a quad channel? Caso eu possua uma placa-mãe e processador que suportem quad channel, como eu posso configurar essas memórias? ex. 1 kit específico pra quad channel? ou 2 kit de dual channel servem? ou devo comprar pentes individuais e usar 4 pistas diferentes? a montagem desse tipo de sistema me deixa confuso.

 

3. A respeito da latência das memórias, vi uma memória que trabalha em 3200Mhz com C14 e uma que trabalha a 4000Mhz com C19, eu entendo que o aumento da frequência me proporciona ganhos significativos, mas o tempo de acesso, leitura e escrita não é crucial também? e por quê as memórias mais atuais tem latências maiores que as de antigamente? não era pra ser ao contrário?

 

4. Essa última pergunta não é relacionada a memória mas pode influenciar na hora de montar um sistema novo: qual a diferença entre as gerações de processadores intel? vale a pena comprar um processador i9 geração 7 que suporte um quad channel ou um i7/i9 geração 8 que funciona somente a dual channel?

 

Desculpe se fiz perguntas repetidas ou se postei no fórum errado, mas agradeço desde já a quem puder esclarecer. Obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 minutos atrás, c4amazon disse:

1. A respeito da frequência das memórias, eu vejo que as fabricantes de processador colocam nas especificações dos seus produtos os tipos de memórias que o processador suporta, ex. intel core i9-7980xe suporta memórias de até 2666Mhz assim como o Ryzen ThreadRipper 1950x suporta memórias com 2667MHz, já as fabricantes de placas-mãe descrevem que seus produtos suportam memórias com frequências maiores, ex. 3200Mhz, 4000Mhz. A final de contas, ao montar um pc novo eu posso colocar memórias com frequências altas assim como as placas-mãe permitem ou devo seguir a linha dos processadores? ou entendi tudo errado e essas especificações que dizem as placas-mãe são alcançadas através de overclock? Mas ai por quê criar memórias com frequências altas nativas sendo que os processadores atuais (pelo menos os dos usuários comuns) só permitem determinada frequência?

Vamos lá. Começando pela RAM, não existe "DDR4 2666", ou 3200, ou qualquer coisa que não seja 2133mhz. A spec oficial para DDR4 é 2133, qualquer coisa mais que isso é overclock. Quando você vê um pente "2400" ou de qualquer outra frequência, na verdade é um pente comum de 2133 que o fabricante testou e viu ser capaz de fazer overclock até (no mínimo) o que está na etiqueta.

 

Esclarecido isso, o pente em si não é a única coisa que importa. Mesmo que o pente seja capaz de 5ghz, o controlador de memória do processador (IMC) também tem que aguentar. Quando a Intel / AMD diz que suporta até Xmhz, estão dizendo que o controlador deles é garantido com 100% de certeza de aguentar aquela frequência. Não quer dizer que não aguente mais; inclusive, geralmente o processador consegue bem acima da spec. Mas aí já vai da sorte, não é algo garantido pela empresa.

 

Por fim, a placa-mãe. Resumindo, o fabricante testou um ou mais kits naquelas frequências de OC e conseguiu fazer rodar, então ele coloca isso na página de specs.

 

16 minutos atrás, c4amazon disse:

2. A respeito dos canais de memória, qual a diferença entre dual channel a quad channel?

Você quer saber a diferença teórica ou se tem diferença prática no desempenho deste ou daquele aplicativo?

 

16 minutos atrás, c4amazon disse:

Caso eu possua uma placa-mãe e processador que suportem quad channel, como eu posso configurar essas memórias? ex. 1 kit específico pra quad channel? ou 2 kit de dual channel servem? ou devo comprar pentes individuais e usar 4 pistas diferentes? a montagem desse tipo de sistema me deixa confuso.

Não existe "kit X channel". Quem determina quantos canais suporta é o processador, a RAM em si não tem importância.

 

Em todo caso, a maioria dos processadores suporta até 2 canais, sendo que cada canal suporta até 2 pentes. Ou seja, para ativar um dual channel, você precisa de pelo menos dois pentes, um para cada canal, mas também é possível 3 ou 4 pentes. Naturalmente, com 1 único pente, não tem como ocupar dois canais ao mesmo tempo, então você fica limitado a single channel.

 

Quanto a quais slots usar, depende da placa-mãe, tem que ver o manual para saber.

 

21 minutos atrás, c4amazon disse:

3. A respeito da latência das memórias, vi uma memória que trabalha em 3200Mhz com C14 e uma que trabalha a 4000Mhz com C19, eu entendo que o aumento da frequência me proporciona ganhos significativos, mas o tempo de acesso, leitura e escrita não é crucial também? e por quê as memórias mais atuais tem latências maiores que as de antigamente? não era pra ser ao contrário?

Latência real = CL / frequência.

 

A latência é medida em número de clocks, só que acontece que eles ficam mais curtos com frequências mais altas, então eles acabam se compensando. No caso que você colocou, realmente o primeiro kit tem latência menor (14/3200 = .0043 < 19/4000 = .0047), mas de maneira geral, as memórias de hoje tem mais ou menos a mesma latência real que as de antigamente, com a diferença de ter a vantagem de frequência maior.

 

E sobre o desempenho, depende. Às vezes a frequência é mais importante, outras é a latência, e em alguns casos chega até a não fazer diferença, varia muito com a aplicação. Mas a grosso modo, você quer um bom balanço entre as duas.

 

33 minutos atrás, c4amazon disse:

4. Essa última pergunta não é relacionada a memória mas pode influenciar na hora de montar um sistema novo: qual a diferença entre as gerações de processadores intel? vale a pena comprar um processador i9 geração 7 que suporte um quad channel ou um i7/i9 geração 8 que funciona somente a dual channel?

É complicado explicar no geralzão. Se você quer montar um PC, diga:

  1. A config completa da sua máquina atual, se tiver uma.
  2. Quanto você está disposto a gastar.
  3. O uso dessa máquina.

Sabendo disso, a gente consegue te recomendar algo apropriado.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado (editado)
6 horas atrás, Imakuni disse:

Você quer saber a diferença teórica ou se tem diferença prática no desempenho deste ou daquele aplicativo?

Eu faço uma analogia com uma rua... se essa rua tem 2 vias, passam 2 carros ao mesmo tempo, se essa rua tem 4 vias passam 4 carros ao mesmo tempo, a velocidade (frequência) e aceleração (latência) que o carro trafega pode variar, mas o importante é quantos carros essa rua suporta em 1 pulso de clock. Obs.: Eu fiz essa analogia pra eu entender melhor porque acho que é mais fácil de entender assim, não sei se está certo rsrsrs...

Mas na verdade eu queria saber em uma aplicação real, por ex.: um SO liga mais rápido? um photoshop carrega mais rápido? um game mantém um fps constante sem muitas oscilações? faço instalações de programas mais rápido? Caso sim, esse números são tão expressivos com relação ao Dual Channel?

 

Citação

..."não existe "DDR4 2666", ou 3200, ou qualquer coisa que não seja 2133mhz. A spec oficial para DDR4 é 2133"...

Então quando eu for comprar uma memória DDR4 eu já tenho que ter em mente que a frequência padrão dessa tecnologia é 2133MHz? Tudo acima disso já é considerado overclock? Pois já sofri a experiência de incompatibilidade de memória, e penso que foi justamente por comprar uma memória de frequência superior a que o processado suporta ou que a placa-mãe suporta...

 

Eu agradeço de verdade sua explicação, foi muito esclarecedora pra mim Imakuni. Obrigado!

Editado por c4amazon
inserir mais perguntas

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado (editado)
8 horas atrás, Imakuni disse:

É complicado explicar no geralzão. Se você quer montar um PC, diga:

  1. A config completa da sua máquina atual, se tiver uma.
  2. Quanto você está disposto a gastar.
  3. O uso dessa máquina.

Sabendo disso, a gente consegue te recomendar algo apropriado.

Então, meu atual Desktop possui:

1 Placa-mãe ASUS Crosshair IV Formula;

1 Processador AMD Phenom II x6 1100T;

1 Pente de 4GB de Memória RAM Kingston modelo KVR1333D3N9/4G;

1 Placa de vídeo Sapphire Radeon HD 6790;

1 HD Seagate Barracuda 7200 de 500 GB;

1 Fonte Cooler Master 550w atx 12v v2.31;

1 Leito de cd/dvd com gravador de ambos da LG;

1 Placa de rede Intelbas porque a da placa-mãe queimou.

 

Daí eu to na dúvida se tento melhorar esse sistema que tenho (adquirindo um SSD e talvez adicionando mais uma memória para fazer um dual-channel aumentando a capacidade para 8GB e posteriormente trocando a placa de vídeo também) ou se tento vender ele e montar um novo? Como eu disse anteriormente, eu tive uma frustração com uma memória CORSAIR que tentei instalar, seriam 2 pentes para fazer dual-channel mas não rolou... então estou querendo alguma coisa mais atual, principalmente para acelerar a inicialização e o desligamento do SO que demora muuuuuuito, e sei que isso se resolve com um SSD mas ainda sim estou na dúvida porque por mais que essa configuração na época fosse uma das mais top's, hoje em dia já está bem ultrapassada.

 

Quanto ao que eu estou disposto a gastar, isso depende do que eu vou fazer, melhorar ou montar um novo, de toda forma acho que até uns R$4.000 é válido pra montar um bom desktop atual...

 

Sobre o uso, é bem simples: Navegar na internet, baixar torrent, jogar League of Legends, Trabalhar no LibreOffice, Youtube, vez ou outra eu me arrisco com photoshop, edição de vídeo, máquina virtual, mas é bem raro esses 3 últimos...

Editado por c4amazon
Acrescentar informação

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Compre 4GB RAM e um SSD para boot(pode ser de 120GB).

Upgrade de CPU não vai valer a pena nas condições de hoje.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, c4amazon disse:

um SO liga mais rápido?

um photoshop carrega mais rápido?

um game mantém um fps constante sem muitas oscilações?

faço instalações de programas mais rápido?

  1. Não.
  2. Não.
  3. Se estiver usando uma iGPU, sim. Caso contrário, não.
  4. Não.

Tem programas em que dual channel importa, e importa muito. Mas eles são casos raros, geralmente não tem diferença.

 

7 horas atrás, c4amazon disse:

Então quando eu for comprar uma memória DDR4 eu já tenho que ter em mente que a frequência padrão dessa tecnologia é 2133MHz? Tudo acima disso já é considerado overclock? Pois já sofri a experiência de incompatibilidade de memória, e penso que foi justamente por comprar uma memória de frequência superior a que o processado suporta ou que a placa-mãe suporta...

Na real, não precisa se preocupar com isso. Atualmente, a melhor opção é comprar um pente 2400 (porque são os mais baratos) e fazer OC manualmente, caso queira.

 

6 horas atrás, c4amazon disse:

Daí eu to na dúvida se tento melhorar esse sistema que tenho (adquirindo um SSD e talvez adicionando mais uma memória para fazer um dual-channel aumentando a capacidade para 8GB e posteriormente trocando a placa de vídeo também) ou se tento vender ele e montar um novo?

Vale mais a pena montar um novo. Você até pode manter a fonte, HD e gabinete, e dá para manter a placa de vídeo a curto prazo também. Mas o resto, é bom trocar. Eu sugiro um Ryzen 2600, placa-mãe B350, um pente de 8GB DDR4 e uma Gtx 1060 6gb. E um SSD. O resto, você vende.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×