Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Johnny Bravoo

Salvação Linksys E2500 V3 brickado

Recommended Posts

 Bom dia à todos! Espero que esta contribuição seja de grande ajuda, já que não consegui encontrar este arquivo em lugar algum na internet! Trata-se do dump do arquivo da EEPROM original do roteador E2500 com hardware V3 (16MB) que não é compatível com as versões V1 e V2 (8MB).
 Para recuperar o aparelho será preciso remover a EEPROM da placa, gravar com um gravador externo sendo que, após a gravação, o roteador NÃO IRÁ FUNCIONAR! Siga os passos:

1-Remova a EEPROM da placa;
2-Utilize um gravador de bios (pode usar o gravador caseiro de porta paralela + software SPIPGM para DOS);
3-Apague completamente a bios e grave o arquivo E2500_V3.bin, depois retorne a bios para a placa tomando cuidado com a marcação do pino 1 da eeprom;
4-Instale o roteador em um computador através do cabo de rede;
5-Deixe as configurações de rede fixas, desta forma: 
 IP:            192.168.1.89

 Subnet:   255.255.255.0
 Gateway: 192.168.1.1

 DNS: deixe em branco

6-Abra o navegador e digite: 192.168.1.1;
7-Irá aparecer uma mensagem, pedindo para selecionar o arquivo de firmware, agora utilize o arquivo: FW_E2500_3.0.04.002.bin;
8-Aguarde o processo terminar, o led de status do roteador deverá ficar fixo!
9-Reconfigure o roteador e estará pronto para uso novamente.

Link dos arquivos de recovery:
https://1drv.ms/f/s!Au8AKH5EKxsKjSAR4XwiJSY13wDQ


 

Recovery_Linksys_E2500_V3.rar

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×