Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Caio Padoan

Clonagem HD -> SSD com adição de um OS

Recommended Posts

Prezados, vou substituir completamente o HD de um notebook por um SSD e já assisti ao ótimo tutorial do Clube do Hardware usando o GParted....mas fiquei com algumas dúvidas.
No momento da clonagem eu poderia criar uma partição extra (ou duas) pra inserir um sistema operacional a mais (e.g. Ubuntu) e fazer um dual boot? No caso o meu OS original é um Windows 10. Isso permitiria a utilização do grub pra gerenciar o boot?
Eu estou pensando em particionar o meu SSD de ~240Gb assim:

20Gb -> OS Ubuntu
40Gb -> meus dados Ubuntu
20Gb -> OS Windows 10
~150Gb ->meus dados Windows 10
~8Gb -> Swap? (Alguma coisa muda sobre o swap com um SSD?) (Tenho 8Gb de RAM no notebook)

Ficarei muito grato se vocês puderem me ajudar e/ou dar dicas!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, com o Gparted fica bem mais fácil pois já pode criar as partições do Ubuntu com o sistema ext4.

No Ubuntu atual não precisa de partição Swap, ele usa o RawDisk (ou algo similar) que é o arquivo Swap.

 

Mas algumas recomendações antes de clonar:

Enxugue o máximo a partição C, use o CCleaner para limpar arquivos temporários, desfragmente a C

Diminua ela para os 20GB usando o Gerenciamento de Disco

 

O tutorial se refere a disco no formato MBR, se voce usa o formato GPT aí complica pois a partição de Sistema (responsável pelo boot) são diferentes, e o SSD teria que já estar no formato GPT.

 

Para saber qual formato voce usa, no Gerenciamento de Disco clique com o botão direito no nome do disco (Disco 0), Propriedades, aba Volumes.

 

Editado: Observe que apesar de ser de 240GB temos somente 223GB utilizáveis.

 

Editado por f_neto
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu pela resposta @f_neto! Não sabia dessa especificação do formato do disco, vou checar. Algum desses formatos é "melhor" ou indicado?

Acho que no meu caso não precisarei desfragmentar o disco ou usar o CCleaner porque vou substituir o HD sem ter feito nenhuma alteração nele. Vou receber em breve o notebook de fábrica (com o Windows) e já subtituirei pelo SSD sem escrever nada em disco antes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, Caio Padoan disse:

Algum desses formatos é "melhor" ou indicado?

A Tabela de Partições MBR é a mais antiga e tem limitações:

- Não aceita partições/discos acima de 2TB

- Aceita somente 4 partições primárias ou 3 primárias e uma estendida e dentro da estendida várias lógicas

 

A Tabela de Partições GPT é mais atual:

- Aceita partições/discos de grande capacidade 

- Aceita mais de 120 partições primárias

- Trabalha melhor em conjunto com o modo UEFI da placa-mãe

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×