Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
GreatField

GTX 470 com pasta térmica de prata embaixo da GPU

Recommended Posts

Olá,

 

Estava tentando descobrir onde estava o curto em uma placa GTX 470 e percebi que embaixo do chip esta cheio de pasta térmica de prata (altamente condutiva). Fiquei pensando em alguma forma de limpar embaixo do chip sem precisar fazer reballing, pois este, é um procedimento que eu não realizo.

 

Estava pensando em mergulhar a placa em isopropanol e deixar alguns minutos ou horas, mas não sei se vai funcionar. Gostaria de dicas de como remover essa pasta sem precisar de reballing ?

 

 

DSC05891.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Você pode tentar lavar usando uma mangueira que tenha pressão suficiente pra retirar a pasta, depois deixe secando por 2 dias. Tem gente que coloca no forno a 100ºC por uma hora pra secar, com essa temperatura nada vai derreter então não tem problema algum.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 minutos atrás, Daniel Lee disse:

Você pode tentar lavar usando uma mangueira que tenha pressão suficiente pra retirar a pasta, depois deixe secando por 2 dias. Tem gente que coloca no forno a 100ºC por uma hora pra secar, com essa temperatura nada vai derreter então não tem problema algum.

 

Cheguei a pensar nisso mas temi pela oxidação. Mas se não me surgi uma outra ideia terei que optar por esse método mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@GreatField que pasta é essa? Porque a maioria se trata de pasta genérica com purpurina ou algum outro material para dar cor. Arctic Silver também não é condutiva, apenas ligeiramente capacitiva (do que me recordo). São poucas as pastas realmente metálicas.

 

Limpe com álcool isopropílico usando um pincel pequeno com ponta reta e com fio curto (você encontra em papelaria). O pincel é para limpar as bordas e os circuitos. Use em combinação com lenço de papel ou papel toalha. Pode demorar um pouco, mas dá para deixar zerado. Só se a pasta grudou.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
24 minutos atrás, GreatField disse:

 

Cheguei a pensar nisso mas temi pela oxidação. Mas se não me surgi uma outra ideia terei que optar por esse método mesmo.

Se lavar com álcool isopropílico depois e deixar secar não vai oxidar. Mas como o amigo ali disse, essas pastas geralmente não são condutivas, como você chegou a conclusão que é curto nos terminais da gpu e não no circuito VRM?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
29 minutos atrás, Contiusa disse:

@GreatField que pasta é essa? Porque a maioria se trata de pasta genérica com purpurina ou algum outro material para dar cor. Arctic Silver também não é condutiva, apenas ligeiramente capacitiva (do que me recordo). São poucas as pastas realmente metálicas.

 

Limpe com álcool isopropílico usando um pincel pequeno com ponta reta e com fio curto (você encontra em papelaria). O pincel é para limpar as bordas e os circuitos. Use em combinação com lenço de papel ou papel toalha. Pode demorar um pouco, mas dá para deixar zerado. Só se a pasta grudou.

 

Eu não sei qual é a pasta porque já chegou pra mim com ela, mas penso ser aquela genérica da implastec. Fiz um teste aqui e o isopropilico solta a pasta facilmente após alguns minutos mas não solta por completo, sendo necessário passar algo em cima pra remover o excesso. Vou deixar o isopropanol agindo na placa e depois farei como o amigo @Daniel Lee sugeriu  de usar a pressão da agua pra tirar o excesso. Posto o resultado daqui a pouco.

 

 

adicionado 19 minutos depois
27 minutos atrás, Daniel Lee disse:

Se lavar com álcool isopropílico depois e deixar secar não vai oxidar. Mas como o amigo ali disse, essas pastas geralmente não são condutivas, como você chegou a conclusão que é curto nos terminais da gpu e não no circuito VRM?

 

Eu considerei que a pasta utilizada fosse aquelas da implastec pois são as únicas a venda aqui na região. E aquela de prata da implastec, conforme aviso na embalagem, é altamente condutiva.

 

Eu ainda não cheguei a uma conclusão, mas ao ver os terminais sujos com pasta de prata, pensei em limpar pra vê se o problema iria se solucionar.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
49 minutos atrás, GreatField disse:

conforme aviso na embalagem, é altamente condutiva.

 

Eles estão falando de "condutividade térmica", não de eletricidade. Até porque essa implastec silver é uma das pastas mais vagabundas do mercado (já fiz testes). Perde até para as chinesas genéricas. Para uma pasta ser altamente condutiva elétrica, precisa ser as líquidas de metal, que custam muito caro por 1g. Se a implastec fosse realmente "altamente condutiva", todo overclocker estaria usando ela, quando na verdade ela só é usada por quem é leigo ou 'técnico'.

 

O que também leva a outra questão: não é legal usar esse tipo de pasta em placa de vídeo. A carga térmica no die é bem mais alta do que no processador. É preciso usar uma pasta de qualidade, tipo MasterGel Nano ou MX-4. Não só a temperatura vai ficar mais alta com a implastec, mas você pode ter que trocar com muita frequência, o que também aumenta o risco de você quebrar alguma coisa da placa depois de abrir e mexer nela várias vezes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Contiusa disse:

 

Eles estão falando de "condutividade térmica", não de eletricidade. Até porque essa implastec silver é uma das pastas mais vagabundas do mercado (já fiz testes). Perde até para as chinesas genéricas. Para uma pasta ser altamente condutiva elétrica, precisa ser as líquidas de metal, que custam muito caro por 1g. Se a implastec fosse realmente "altamente condutiva", todo overclocker estaria usando ela, quando na verdade ela só é usada por quem é leigo ou 'técnico'.

 

O que também leva a outra questão: não é legal usar esse tipo de pasta em placa de vídeo. A carga térmica no die é bem mais alta do que no processador. É preciso usar uma pasta de qualidade, tipo MasterGel Nano ou MX-4. Não só a temperatura vai ficar mais alta com a implastec, mas você pode ter que trocar com muita frequência, o que também aumenta o risco de você quebrar alguma coisa da placa depois de abrir e mexer nela várias vezes.

 

Bom review das pastas :thumbsup:

 

Peguei uma daquelas escovas pequenas que vem naquelas maquinas wahl e passei isopropanol em cada beirada do chip, fiquei por minutos passando. Por fim, liguei a mangueira em uma torneira com agua da rua que tem uma pressão mais forte e fiquei por uns 5 minutos lavando cada lado. Deixei a placa secando com um ventilador e fui testar agora e constatei que o curto sumiu em um dos pinos do slot 6-pin.

 

Ainda sobrou pasta térmica em algumas esferas do chip, amanhã volto a fazer o procedimento.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×