Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Flavia Dutra

Boletim 1.717 – 17/07/2018

Recommended Posts

Boletim 1.717 – 17/07/2018
Boletim 1.717 – 17/07/2018
Editado por Flavia Dutra
Enviado para
Proibido Copiar ou Republicar


Índice

 

1. Facebook compra empresa especialista em IA por cerca de US$ 30 milhões

2. EUA autoriza a retomada de atividades da ZTE no país

3. Pesquisadores criam IA que remove imperfeições em fotos, incluindo ruídos

4. Xerox estaria interessada em vender sua unidade de financiamento para aluguel de equipamentos

5. Apple anuncia fundo de investimento de energia renovável na China

 

1. Facebook compra empresa especialista em IA por cerca de US$ 30 milhões

 

O Facebook anunciou a aquisição da companhia inglesa Bloomsburry AI, especializada em aprendizado de máquina e compreensão de linguagem natural em documento, com o intuito de combater as notícias falsas. O valor não foi divulgado, mas estima-se que a compra tenha custado entre US$ 23 milhões e US$ 30 milhões.

 

Segundo informações, o Facebook deve formar uma equipe específica para trabalhar com a tecnologia da Bloomsbury AI.

 

Um porta voz da Bloomsbury AI disse que a perícia da empresa fortalecerá os esforços do Facebook em pesquisa de processamento de linguagem natural e ajudará a entender melhor a linguagem natural e suas aplicações.    

A startup Bloomsbury AI arrecadou US$ 1,9 milhão desde a sua criação, em 2015, e atualmente é especialista em processamento de linguagem natural.  

 

2. EUA autoriza a retomada de atividades da ZTE no país

 

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos revogou a proibição de empresas norte-americanas venderem produtos para a ZTE. A partir de agora, a companhia operará com a proibição suspensa por 10 anos, que poderá ser reativada caso o governo encontre novas infrações.

 

A instituição autorizou que a ZTE retomasse suas atividades após o depósito de US$ 400 milhões como parte de um acordo firmado em junho de 2018, do qual também fazia parte a multa de US$ 1 bilhão ao Tesouro dos EUA.  

 

De acordo com Wilbur Ross, secretário de comércio, o departamento permanecerá fiscalizando de perto das ações da ZTE, com o objetivo de garantir a conformidade com as leis e regulamentações do país.

 

A ZTE não comentou sobre a revogação do embargo.

 

Conforme o Departamento de Comércio, a chinesa ZTE interrompeu suas operações em abril deste ano depois de fazer falsas declarações sobre disciplinar 35 funcionários envolvidos com a violação de sanções dos EUA e o embarque ilegal de produtos norte-americanos ao Irã e à Coreia do Norte.  

 

3. Pesquisadores criam IA que remove imperfeições em fotos, incluindo ruídos  

 

Cientistas da NVIDIA, do MIT (Massachusetts Institute of Technology) e da Aalto University desenvolveram um recurso de inteligência artificial capaz de remover qualquer elemento que atrapalhe fotos, incluindo textos e marcas d’água.

 

Segundo os pesquisadores, a tecnologia foi criada treinando a IA com milhares de imagens de antes e depois do processo, para que o sistema soubesse como as imagens deveriam ficar.

 

O recurso consegue até mesmo remover ruídos das imagens por meio de uma rede neural treinada usando fotos repletas de ruídos de vários tipos.

 

Além disso, os cientistas afirmaram que a correção das imagens acontece em milissegundos.

 

Ainda não há informações sobre quando a nova tecnologia será disponibilizada.   

 

4. Xerox estaria interessada em vender sua unidade de financiamento para aluguel de equipamentos

 

Fontes ligadas ao assunto revelaram que a Xerox pretende vender uma unidade de financiamento que empresta dinheiro a clientes para aluguel de impressoras e equipamentos.

 

Ainda segundo as fontes, essa decisão retiraria da Xerox aproximadamente US$ 3,6 bilhões de dólares em dívidas e tornaria a empresa mais atraente para compradores após a desistência do acordo com US$ 6,1 bilhões com a Fujifilm.

 

Além disso, os investidores Carl Icahn e Darwin Deason, que assumiram o controle da Xerox no início deste ano, se preparam para realizar um leilão para a empresa, que tinha valor de mercado de US$ 6,4 bilhões e dívida total de US$ 5,5 bilhões no final de março de 2018.

 

Tanto a Xerox quanto os investidores não quiseram comentar sobre o assunto.

 

5. Apple anuncia fundo de investimento de energia renovável na China


A Apple anunciou um novo fundo de investimento na China, com o intuito de impulsionar projetos de energia limpa, conectando fornecedores com “fontes de energia renováveis”.

 

De acordo com a Apple, a empresa trabalhará com 10 fornecedores para investir US$ 300 milhões nos próximos quatro anos. O projeto totalizará mais de um 1 gigawatt de energia renovável na China, o suficiente para abastecer um milhão de residências.

 

Além disso, a Apple espera gerar mais de 4 gigawatts de energia limpa até 2020.

 

Em 2015, a Apple lançou o programa fornecedor de energia limpa com 23 parceiros e no início desse ano a companhia revelou que compra energia verde suficiente para compensar o consumo mundial de energia em suas instalações.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×