Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
cgm2k7

C Criar aqruivo.dat em c

Recommended Posts

olá pessoal bon dia!

Venho aqui mais uma vez pedir ajuda...

Estou criando um projeto, que preciso criar uma criar um arquivo binário com varais imagens dentro desse arquivo,

e no cabeçalho desse arquivo  tem que informar o tamanho de o inicio e fim de cada imagem.

Exemplo de como ficaria o arquivo em hex:  89 44 41 54 87 22 00 00 3D 67 00 00 2C 89 00 00

os 1ª 4 caracteres seria o extensão  do arquivo ".DAT" os 4 próximos seria o tamanho da imagem, e os 4 próximos seria

o ponteiro de inicio da imagem, e os 4 próximo seria  o ponteiro do fim da imagem...

E assim com todas as imagens dentro desse arquivo.DATA

 

https://ibb.co/ghj1WK

https://www.imagemhost.com.br/image/2jf0B

se alguém poder me ajuda desde já agradeço...

  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@cgm2k7     pelo que sei um arquivo na linguagem c nao.guarda imagens. mas apenas caracteres como letras e numeros , então no arquivo voce pode guardar o nome da pasta onde estão guardadas essas imagens. .

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, devair1010 disse:

@cgm2k7     pelo que sei um arquivo na linguagem c nao.guarda imagens. mas apenas caracteres como letras e numeros , então no arquivo voce pode guardar o nome da pasta onde estão guardadas essas imagens. .

 

Toda a informação no computador é nada mais que agrupamentos de bits, cada bit indicando estado ligado ou desligado, sejam imagens, texto, musica ou o que for, no nivel de máquina eles são todos a mesma coisa, mas é como esses bits são organizados e interpretados que faz com que obtenhamos uma imagem ou um texto.

 

Logo, todo arquivo contém nada mais que dados binários qualquer que seja sua função, portanto usando a escrita em modo binário pode-se gerar qualquer tipo de arquivo.

 

Mas claro, não é necessário reinventar a roda, para coisas como imagem, som, vídeos, outras pessoas já fizeram todo o trabalho pesado, e normalmente não é necessário lidar com a geração dos dados em forma binária, para isso pode simplesmente utilizar as bibliotecas que já existem prontas.

 

No caso do @cgm2k7 a intenção é simplesmente abrir os arquivos de imagem em forma binária copiar todos os bytes para o arquivo .DAT sem qualquer modificação, não precisa lidar com o fato de serem imagens, e poderia fazer o mesmo com qualquer tipo de arquivo.

 

 

 

@cgm2k7  Você poderia criar uma struct como:

 

#include <inttypes.h>

struct Image_data {
    char ext[4];
    uint32_t size;
    uint32_t start;
    uint32_t end;
};

 

Preencher uma variável da struct com os dados a relevantes, e com o arquivo .DAT aberto em modo binário, usar a função fwrite() para escrever os dados no arquivo.

struct Image_data data;

data.ext[0] = '.';
data.ext[1] = 'J';
data.ext[2] = 'P';
data.ext[3] = 'G';
data.size = 1024;
data.start = 0x00000100;
data.end = data.start + data.size - 1;

FILE *f = fopen("arquivo.DAT", "wb");

fwrite(&data, sizeof data, 1, f);

fclose(f);

 

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito obrigado a todos pela atenção..
peguei uns pedaços de outros trabalhos meu e criei este código.

mas tem um dois problema que não estou conseguido pesas direito de  onde esta o erro. Se alguém puder me ajudar...

1ª: Não estou conseguido colocar no cabeçalho do arquivo.dat as informações das outras imagens só consigo da primeira...
2ª: Alguma coisa esta modificado o conteúdos das outras imagens somente a primeira fica com os tamanho original.

 

Veja abaixo meu código completos:

#include <stdlib.h>
#include <stdio.h>
#include <string.h>
#include <stdlib.h>
#include <stdint.h>
#include <unistd.h>

typedef unsigned char u8;
typedef unsigned short u16;
typedef unsigned int u32;

u32 LE32(u32 b) {
    u32 t = 0x12345678;
    if (*((unsigned char*)(&t)) == 0x78) {
	return b;
    } else {
	return ((b & 0xff000000) >> 24) |
	       ((b & 0x00ff0000) >> 8 ) |
	       ((b & 0x0000ff00) << 8 ) |
	       ((b & 0x000000ff) << 24);
    }
}

unsigned char dat_header[] = {
    0x7f,  'D',  'A',  'T', 0x00, 0x00, 0x00, 0x00,
};

void usage();
void create_dat(FILE * dest, const unsigned char * source, u32 size, int three_argc);

int main(int argc, char** argv)
{    
    u32 fd_size, start = 0, end = 0xffffffff, size = 0xffffffff;
    unsigned char * buffer;
    FILE * source, * dest;
    char * f_source = 0, * f_dest = 0;

	f_source = argv[1];
    f_dest   = argv[2]; 
    int quantity_of_items = atoi(argv[3]); //quantity of items

    if (!f_source || !f_dest) {
	usage();
	printf("Not enough arguments.\n");
	return 1;
    }

    if (!(source = fopen(f_source, "rb"))) {
	printf("Error opening %s for reading.\n", f_source);
	return 1;
    }

    fseek(source, 0, SEEK_END);
    fd_size = ftell(source);
    fseek(source, start, SEEK_SET);

    if (fd_size < end)
	end = fd_size;

    if (end < (size - start))
	size = end - start;
 
    buffer = malloc(size);
    if (buffer == NULL) {
	printf("Failed to allocate memory.\n");
	return 1;
    }

    if (fread(buffer, 1, size, source) != size) {
	printf("Failed to read file.\n");
	return 1;
    }
    fclose(source);

	if (access(f_dest, F_OK) != 0)
	{	
    	if (!(dest = fopen(f_dest, "wb+"))) {
			printf("Failed to open/create %s.\n", f_dest);
			return 1;
        }
	}else{
		if (!(dest = fopen(f_dest, "a+"))) {
			printf("Failed to open/create %s.\n", f_dest);
			return 1;
		}
	} 

    create_dat(dest, buffer, size, quantity_of_items);

    fclose(dest);
    free(buffer);

    return 0;
}

void create_dat(FILE * dest, const unsigned char * source, u32 size, int three_argc)
{    
    u32 data_size[4];
    int i;
    
    if(three_argc > 0){ //three argument = 1		
		for (i = 0; i < sizeof(dat_header); i++) {
			dat_header[4] = three_argc;	//quantity of items 		
		fputc(dat_header[i], dest);
		}	
	}
	
	data_size[0] = LE32(size);
    data_size[1] = 0;
    data_size[2] = 0;
    data_size[3] = 0;
    fwrite(data_size, 4, 4, dest);

    fwrite(source, 1, size, dest);
}

void usage() {
    printf("Usage: create_dat.exe infile outfile.dat\n--------------------------\n");	  
}

Eu adiciono as imagens através de um arquivo.bat, assim:

create_dat.exe file1.png myfile.dat 5
create_dat.exe file2.png myfile.dat
create_dat.exe file3.png myfile.dat
create_dat.exe file4.png myfile.dat
create_dat.exe file5.png myfile.dat

somente o primeiro aquivo tem o argv[3];

adicionado 0 minutos depois

http://www.mediafire.com/file/u3gb1fx0fxn4rn1/data.rar/file

  • Curtir 1
  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Primeiro precisamos entender como o conteúdo do seu arquivo .DAT é organizado.

 

O parâmetro numérico 5 na linha:

create_dat.exe file1.png myfile.dat 5

Define a capacidade máxima do arquivo .DAT, ou seja pode armazenar até 5 arquivos?

 

 

Nesse caso o cabeçalho seria algo assim quando tem apenas 1 arquivo?

.DAT    5    1    0   //capacidade = 5, quantidade = 1
.PNG  100  768  868   //tamanho = 100, endereço inicial = 768, final = 868
   0    0    0    0
   0    0    0    0
   0    0    0    0
   0    0    0    0

(Coloquei tudo em forma decimal ao invés de indicar cada byte por simplificação.)

 

Se não é assim, como seria?

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu irmão! Já consegui criar e ler  o arquivo do jeito que eu queria valeu...

Muito obrigado a todos

  • Curtir 1
  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×