Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Flavia Dutra

Boletim 1.729 – 28/08/2018

Recommended Posts

Boletim 1.729 – 28/08/2018
Boletim 1.729 – 28/08/2018
Editado por Flavia Dutra
Enviado para
Proibido Copiar ou Republicar


Índice

 

1. Panasonic firma parceria com empresa japonesa para produzir telas OLED de baixo custo

2.Receita da HP aumenta 12% no segundo trimestre de 2018

3. Informações vazadas revelam os detalhes sobre o novo smartphone Motorola One Power

4.Empresa RHA desenvolve os primeiros fones de ouvido com tecnologia planar-magnética

5.Pesquisadores criam sistema que usa rede Wi-Fi para rastrear objetos suspeitos em bolsas e mochilas

 

1. Panasonic firma parceria com empresa japonesa para produzir telas OLED de baixo custo

 

A Panasonic anunciou parceria com a JOLED, afiliada da Japan Display, para licenciar um processo de fabricação de telas OLED de baixo custo, utilizando materiais orgânicos coloridos em substratos de vidro de forma similar à impressão a jato de tinta.

 

De acordo com a Panasonic, a empresa projetará e desenvolverá equipamentos de impressão e uma unidade da Screen Holdings, fabricante de equipamentos para telas e chips, será responsável pela produção real do equipamento e sua manutenção.

 

Com isso, serão fabricadas telas OLED entre 20% e 30% mais baratas do que com o atual processo de evaporação.

 

Para financiar esse processo de produção, a JOLED angariou US$ 425 milhões em junho deste ano através da venda de novas ações para a fabricante de autopeças Denso e outras três companhias japonesas.

 

A JOLED foi criada em 2015 com a fusão das divisões OLED da Panasonic e da Sony. A empresa planeja ainda inciar produção em massa de telas menores por conta própria em 2020.

 

2. Receita da HP aumenta 12% no segundo trimestre de 2018


A fabricante de impressoras HP divulgou aumento de 12% da receita líquida no segundo trimestre de 2018, atingindo o valor de US$ 14,59 bilhões.

 

Os negócios de sistemas pessoais da empresa, que incluem computadores de mesa e notebooks, representam mais de 60% da receita total, com crescimento de 12%, para US$ 9,4 bilhões, durante o período.

 

Com o resultado, a HP elevou sua projeção de lucro anual entre US$ 2 e US$ 2,03 por ação.

 

A companhia ocupou a primeira posição em vendas mundiais de PCs no segundo trimestre deste ano, com 23,9% de participação no mercado.

 

A HP tem conseguido crescimento nos negócios após a aquisição do setor de impressoras da Samsung no final de 2017.

 

3. Informações vazadas revelam os detalhes sobre o novo smartphone Motorola One Power

 

Informações vazadas mostram especificações do próximo smartphone da Motorola, o One Power, que deve ser lançado em breve.

 

Segundo essas informações, o dispositivo teria um notch, tela de 6,18 polegadas com resolução FHD+ (2246 x 1080) e proporção de 19:9, duas câmeras traseiras posicionadas na vertical com sensores de 16 MP e 5 MP, câmera frontal de 12 MP com reconhecimento facial, leitor biométrico, processador Qualcomm Snapdragon 636 de 1,8 GHz, 3 GiB ou 4 GiB de memória, 32 GiB ou 64 GiB de armazenamento, bateria de 5.000 mAh, porta USB tipo C e sistema operacional Android 8.1 Oreo ou Android 9 Pie.

 

Estima-se que o novo smartphone seja anunciado na IFA 2018, em Berlim, neste mês.

 

4. Empresa RHA desenvolve os primeiros fones de ouvido com tecnologia planar-magnética

 

A empresa RHA desenvolveu o CL2 Planar, os primeiros fones de ouvido sem fio compactos com a tecnologia planar-magnética, com bobinas magnéticas planas, que permitem diminuir a distorção no áudio.

 

Os fones operam por meio de uma faixa no pescoço conectada por rede Bluetooth, têm bateria com autonomia de até 12 horas e trazem como opcionais cabos trançados de cobre (3,5 mm) e prata (2,5 mm).

 

Os novos fones de ouvido CL2 já estão em pré-venda através do site da empresa, por US$ 899,95. Eles estarão disponíveis a partir do dia 12 de setembro de 2018.

 

5. Pesquisadores criam sistema que usa rede Wi-Fi para rastrear objetos suspeitos em bolsas e mochilas


Cientistas da Universidade Rutgers, em Nova Jérsei, nos Estados Unidos, em conjunto com engenheiros da Universidade de Indiana-Purdue e da Universidade de Binghamton, desenvolveram uma tecnologia que usa sinais de rede Wi-Fi para rastrear objetos dentro de bolsas e mochilas.

 

De acordo com os pesquisadores, a técnica aproveita a quantidade de ondas de rádio utilizadas por redes sim fio para criar sistemas de vigilância similares aos de aeroportos, porém com custo mais barato.

 

Yingying Chen, uma das líderes do projeto, disse que o sistema necessita apenas de um roteador com duas ou três antenas, que pode ser integrado a uma rede Wi-Fi existente. O software interpreta o comportamento do sinal no ambiente conforme ele esbarra e desvia de objetos e revela se existe alguma arma ou outro item perigoso dentro de bolsas.

 

Os testes, realizados com 15 tipos de objetos e seis modelos de bolsas, mostraram que o sistema é 99% eficaz. A precisão para apontar artefatos de metal é de 98% e de líquidos perigosos, 95%. O índice cai para 90% quando o material está embrulhado.

 

Chen acredita que o intuito do sistema é evitar ataques terroristas. Ela comentou ainda que “em grandes áreas públicas, é difícil configurar infraestruturas de triagem caras, como o que está nos aeroportos. A mão-de-obra é sempre necessária para despachar as malas e queríamos desenvolver um método complementar para tentar reduzir a mão-de-obra”.

 

O projeto recebeu o prêmio de melhor artigo de segurança cibernética na Conferência IEEE 2018 sobre Comunicações e Segurança de Redes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×