Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
97lcoutinho

Diodo para alta corrente

Recommended Posts

Boa tarde Pessoal, estou com a seguinte dúvida:

 

Preciso de um diodo (ou algo que assuma o mesmo papel) que não permita que a tensão retorne. Esse circuito deverá permitir a passagem de corrente entre 10ah - 15ah, e 13.8v. Existe algo além de diodo para essa função? Qual diodo eu poderia utilizar? Estive olhando esse diodo aqui, mas não sei se poderia utiliza-lo em paralelo para passar mais energia por eles. Ps.: esse componente não pode "rouba" muita energia porque a tensão de flutuação da bateria não é muito abrangente, geralmente fica entre 13.5v - 13.8v.


Grato pela atenção de todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se não tiver um diodo de 30 A, um SCR também alcança essa corrente, além de possuir as características do diodo as quais você deseja F5Rua4D.gif:

 

 

 

https://www.electroschematics.com/12184/555-ic-tutorial/

 

 

 

No tutorial acima há um simples circuito de disparo de SCR com o CI 555.

 

 

 

Espero ter ajudado GbhmuXl.gif.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Excelente! Mas que enviei o link no ML, serve? Diz que ele é para placa solar, mas poderia ser utilizado para essa aplicação? Obrigado!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Apenas para teste comprei dois diodos na loja aqui perto de casa, o mais potente que eles tinham é de 6A, modelo 6A10. Comprei dois, posso liga-los em paralelo para obter 12A de corrente total? Fluindo 6A em cada um deles? Obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@rjjj Ok. Mas como vai ser instalado em PCB, não posso utilizar o diodo de rosca. Também não poderei utilizar o diodo para alternador de carro sugerido. Novamente eu pergunto, esse aqui: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1001650312-diodo-schottky-15sq045-15a-45v-painel-solar-kit-8-pcs-_JM pode ser utilizado?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@97lcoutinho

 

 

Monte na PCB uma dupla de diodos Schottky em encapsulamento único F5Rua4D.gif:

 

 

CommonCathode_rapiddiodes.JPG

 

 

Dá para encontrar, por exemplo, um 30CTQ100 em TO-220 no Mercado Livre:

 

 

 

https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-888174934-2x-diodo-retificador-30ctq100-to-220-schottky-30a-100v-_JM

 

https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-978128422-diodo-30ctq100-original-kit-com-2-_JM

 

 

 

Espero ter ajudado GbhmuXl.gif.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
32 minutos atrás, rjjj disse:

30CTQ100

 

Eu vi o datasheet e parece que esse diodo "consome" 0.67v por perna, ou seja, 1,34v para o que eu preciso é muito! Vou utilizar a bateria conectada a fonte regulada na tensão de flutuação, geralmente 13.8v, se eu colocar esse diodo no outro lado chegará 12.46v, o que é insuficiente para o carregamento da bateria na sua tensão de flutuação.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola.

 

Um complemento oriundo da série "errei pra aprender" .

 

voce disse que pretende trafegar uma corrente de até 30A , certo ?

 

Nunca use componentes no limite do rótulo, deixe sempre uma margem de tolerância, uma margem de erro.

 

Se quer trabalhar com 30A voce precisa diodos de 35A ou mais.

 

Pior ainda se for em paralelo,  30A  dividido por 2 vai resultar em 15A , só que por natureza da construção do componente 1 deles pode passar apenas 14.8A  e  inevitavelmente queimar quando o par for submetido à corrente total que voce pretende usar.

 

 

'_'

 

 

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Tito Fisher Obrigado pela ajuda. Mas reformulei minha questão, refiz as contas, e cheguei ao resultado de 10ah. Mas agora o grande problema é que a fonte é de 13.8v, com a queda de tensão média do diodo no outro lado chegará 12.46v, insuficiente para carregar a bateria. Então eu preciso de um diodo que permita a passagem de 10ah no mínimo e que tenha a menor queda possível.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, 97lcoutinho disse:

 

Eu vi o datasheet e parece que esse diodo "consome" 0.67v por perna, ou seja, 1,34v para o que eu preciso é muito! Vou utilizar a bateria conectada a fonte regulada na tensão de flutuação, geralmente 13.8v, se eu colocar esse diodo no outro lado chegará 12.46v, o que é insuficiente para o carregamento da bateria na sua tensão de flutuação.

 

Se essa perda de 0,67V é muito alta, pode apostar que esse é o caminho errado..... 

 

Em se tratando de diodos de alta corrente, pode esperar perdas maiores do que isso...

 

Paulo

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@aphawk Pode me dar uma dica do caminho certo Paulo? Estou precisando. 😁😁😁

O único motivo de por o diodo é que antes da bateria, ligado a fonte, haverá um relé para caso a fonte pare de funcionar esse relé irá acionar uma sirene ou algo assim. Se fizer a ligação direta, o relé nunca acionará porque a energia voltará da bateria em direção a fonte (onde está ligado o relé) não permitindo que o mesmo acione. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@97lcoutinho ,

 

Me confirme se eu estou certo :

 

O diodo é para que em caso de falha da fonte, a bateria entra alimentando o circuito, de forma automática, certo ?

 

E você quer algum tipo de indicação de que a fonte falhou ou está sem alimentação, para isso pretende usar o relé, certo ?

 

Se eu estou correto, e sua fonte tem 13,8 Volts, como você pretende fazer a carga da bateria ?

 

Ligar ela direto na saída da fonte nem pensar, e fazer que nem um malucos fazem por aí, usando uma lâmpada de filamento de uns 40W no lugar de um resistor limitador é algo de maluco.... pois se essa bateria descarregar, quando a fonte voltar a alimentar tudo a corrente de carga que vai circular pela bateria inicialmente é o auficiente, mas conforme a tensão da bateria vai subindo, a corrente fica cada vez menor, e com apenas 13,8V não vai conseguir carregar a bateria até atingir a flutuação.

 

Para isso, deveria aumentar a tensão da fonte para cerca de 14,4 Volts.

 

Com isso, você vai usar dois diodos tipo Schottky, para corrente mínima de 15A, onde os catodos se juntam e vão ao seu circuito, e os anodos irão um na saída da fonte, e outro ao positivo de sua bateria.

A tal da lampada ficará ligada entre a saida da fonte e o positivo da bateria, para servir de limitador de corrente. 

 

Com essa gambiarra, seu circuito vai receber a mesma tensão de antes, e vai conseguir fazer a bateria flutuar.

 

Quando a fonte cair, a bateria vai alimentar o circuito, inicialmente com cerca de 13 Volts, mas logo vai cair para cerca de 12 Volts, e depois vai dar uma estabilizada em torno dos 11,5 Volts. Se o seu circuito funcionar com esses 11,5 Volts, é uma solução funcional.

 

Mas deixo bem claro que é uma gambiarra kkkkk a ser usada em último caso ! ( eu usava isso em 1979 quando tinha um rádio Px e uma bateria para quando faltava energia no bairro... )

 

Paulo

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, 97lcoutinho disse:

 

Eu vi o datasheet e parece que esse diodo "consome" 0.67v por perna, ou seja, 1,34v para o que eu preciso é muito! Vou utilizar a bateria conectada a fonte regulada na tensão de flutuação, geralmente 13.8v, se eu colocar esse diodo no outro lado chegará 12.46v, o que é insuficiente para o carregamento da bateria na sua tensão de flutuação.

Use mosfets do tipo IRF1404 

Ou ainda IRF3306

 

Use os mosfets como diodos. 

Use o diodo anti-paralelo do próprio mosfet. Daí quando for a hora de conduzir, você bola um circuito de disparo que acione o Gate. Com isso o mosfet vai conduzir, eliminando a queda de tensão do diodo anti-paralelo interno e vai ficar com apenas alguns milivolts de queda. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, 97lcoutinho disse:

 

Eu vi o datasheet e parece que esse diodo "consome" 0.67v por perna, ou seja, 1,34v para o que eu preciso é muito! Vou utilizar a bateria conectada a fonte regulada na tensão de flutuação, geralmente 13.8v, se eu colocar esse diodo no outro lado chegará 12.46v, o que é insuficiente para o carregamento da bateria na sua tensão de flutuação.

Não existe esse negócio do diodo consumir a tensão por perna. 

Se a tensão de um diodo é 0,67V e você ligar dois, vai continuar a mesma coisa, não soma. 

Como já disseram, pra carregar uma bateria de 12V precisa de 14,4V. Ou seja, 20% a mais que a tensão nominal. 

Então se possível arrume uma fonte com essa tensão. 

 

Eu resolveria o problema de acionar a sirene da seguinte maneira:

Abrindo a fonte/carregador colocaria o relé antes da ponte retificadora original da fonte. 

Assim com qualquer diodo do tipo 1N4007 e um capacitor ligado na onde sai AC iria acionar o relé, o relé desliga na falta de energia e a bateria não interfere nele, mas libera tensão pra acender uma lâmpada ou sirene. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Tito Fisher

 

 

O uso do encapsulamento único torna a distribuição térmica equilibrada nos diodos, mas não garante características elétricas iguais (matching), de fato. É sempre bom deixar uma folga em relação aos limites GbhmuXl.gif.

 

 

 

@albert_emule

 

 

Também pensei nos MOSFETs pelo baixíssimo RDS no estado de ligado, mas os diodos internos provavelmente dissipariam mais potência que o canal. O link abaixo é interessante para mostrar a conexão de MOSFETs como diodos F5Rua4D.gif:

 

 

http://www.muzique.com/lab/zenmos.htm

 

 

 

@97lcoutinho

 

 

Você quer ligar em série o diodo com a bateria ? Talvez seja melhor você desenhar um esquema elétrico para encontrarmos alternativas mais inteligentes.

 

 

 

Espero ter ajudado GbhmuXl.gif.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 24/09/2018 às 12:00, 97lcoutinho disse:

Boa tarde Pessoal, estou com a seguinte dúvida:

 

Preciso de um diodo (ou algo que assuma o mesmo papel) que não permita que a tensão retorne. Esse circuito deverá permitir a passagem de corrente entre 10ah - 15ah, e 13.8v. Existe algo além de diodo para essa função? Qual diodo eu poderia utilizar? Estive olhando esse diodo aqui, mas não sei se poderia utiliza-lo em paralelo para passar mais energia por eles. Ps.: esse componente não pode "rouba" muita energia porque a tensão de flutuação da bateria não é muito abrangente, geralmente fica entre 13.5v - 13.8v.


Grato pela atenção de todos.

 

Você já pensou na hipótese de utilizar uma fonte de 12V x 10A (acho que existem maiores) que alimenta uma carga externa em 12V (13,6V para ser mais exato) que carrega bateria e em caso de falha na rede elétrica liga a bateria na saída de CC ?

 

Uso uma dessas como um nobreak CC em alguns aparelhos que utilizavam fontes de 12V, mas dá para utilizar em outras tensões com conversores CC x CC, ela tem sinalização de falta de energia que poderia ser usada para alimentar um relé por exemplo (com algumas adaptações, pois a saída dela é um led).

 

Vejam estas no eBay, talvez alguma delas pode ser útil para você?

 

 

https://www.ebay.com/itm/100V-240V-13-5V-10A-UPS-Sw-Power-Supply-W-Battery-backup-CCTV-Security-/232438495083?hash=item361e69f76b

 

https://www.ebay.com/itm/12V-12A-220V-Power-Supply-Battery-backup-CCTV-Security-UPS-13-8V2A-charge-manage-/331866572784?hash=item4d44ca07f0

 

http://www.ebay.com/itm/115-240V-27V-15A-Power-Supply-W-24V-Battery-charge-backup-CCTV-Security-UPS-/332255714400?hash=item4d5bfbdc60

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, rjjj disse:

 

@albert_emule

 

 

Também pensei nos MOSFETs pelo baixíssimo RDS no estado de ligado, mas os diodos internos provavelmente dissipariam mais potência que o canal. O link abaixo é interessante para mostrar a conexão de MOSFETs como diodos F5Rua4D.gif:

 

 

http://www.muzique.com/lab/zenmos.htm

 

A sugestão do link é usar apenas o diodo do mosfet.

Minha sugestão é além de usar o diodo do mosfet, fazer ele conduzir. Acionar o gate do mosfet no momento que precisar do diodo. 

 

Se você acionar o gate de um mosfet IRF1404 no momento que precisar do diodo interno dele, este mosfet vai dar queda de tensão de apenas 0,060V quando conduzir 15 amperes.

Está bom ou precisa de menos queda de tensão?:D  

  • Obrigado 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
19 horas atrás, aphawk disse:

O diodo é para que em caso de falha da fonte, a bateria entra alimentando o circuito, de forma automática, certo ?

Não, a bateria fica alimentado o sistema automaticamente o tempo inteiro! A bateria pode ficar ligado diretamente no borne da fonte, uma vez que a fonte ficará regulada na tensão de flutuação da bateria, e também direito no borne da fonte ficará ligado um equipamento. OU seja, enquanto a fonte está ligada ela carrega a bateria e ao mesmo tempo alimenta o equipamento, se a fonte para ou faltar luz, a bateria que está ligada nesse borne continuará mantendo a energia no sistema.

 

19 horas atrás, aphawk disse:

E você quer algum tipo de indicação de que a fonte falhou ou está sem alimentação, para isso pretende usar o relé, certo ?

Sim, na realidade, quando essa fonte estiver funcionando o relé estará ativo, ou seja, C ligado no N. Aberto, quando essa fonte desliga, ela não mais alimentará o relé, então ele muda para C ligado no N. fechado, e nesse pino será ligado uma outra fonte, que então irá ser ligada (até o momento estava desligada pois não tinha AC chegando nela).

 

19 horas atrás, aphawk disse:

 

Ligar ela direto na saída da fonte nem pensar, e fazer que nem um malucos fazem por aí, usando uma lâmpada de filamento de uns 40W no lugar de um resistor limitador é algo de maluco.... pois se essa bateria descarregar, quando a fonte voltar a alimentar tudo a corrente de carga que vai circular pela bateria inicialmente é o auficiente, mas conforme a tensão da bateria vai subindo, a corrente fica cada vez menor, e com apenas 13,8V não vai conseguir carregar a bateria até atingir a flutuação.

 

Ela vai ficar ligada direto no borne da fonte sim, mas sem lâmpada!! E sim, 13,8v é a tensão de flutuação e carrega a bateria corretamente! Isso está escrito no manual da bateria!

19 horas atrás, aphawk disse:

Para isso, deveria aumentar a tensão da fonte para cerca de 14,4 Volts.

 

Essa tensão (segundo o manual) é a tensão máxima de carga que a bateria suporta e NÃO PODERÁ FICAR LIGADA NA BATERIA APÓS A CARGA COMPLETA. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola.

 

Estou tentando entender o cenário do seu problema para poder ajudar, voce poderia postar um desenho ou diagrama do que pretende fazer ?

 

Por alto tá parecendo que sua necessidade é apenas de um controlador de carga, desses do tipo usado para painel solar, onde ele alimenta o banco de baterias ( para sair um inversor se necessário ) e ao mesmo tempo alimenta uma rede de 12V normal.

 

Já montei várias plataformas assemelhadas,  uma delas onde o usuário queria que o painel solar alimentasse o sistema e na falta de energia solar era comutado para um gerador com partida elétrica.

 

Outro caso foi usando a alimentação do controlador solar com uma fonte estabilizada e nessa situação nada precisa ser feito, porque quando falta energia na fonte não existe retorno da bateria para a fonte.

 

Em nenhum dos casos foi necessário diodo de alta capacidade, já que essa comutação é feita por relê e o consumo dele é inexpressivo.

 

'_'

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Tito Fisher disse:

Por alto tá parecendo que sua necessidade é apenas de um controlador de carga, desses do tipo usado para painel solar, onde ele alimenta o banco de baterias ( para sair um inversor se necessário ) e ao mesmo tempo alimenta uma rede de 12V normal.

 

Sim, mas o intuito é justamente promover uma solução em que não fique caro, MESMO QUE O CONTROLADOR NÃO SEJA MUITO CARO.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, 97lcoutinho disse:

Sim, mas o intuito é justamente promover uma solução em que não fique caro, MESMO QUE O CONTROLADOR NÃO SEJA MUITO CARO. 

 

 

Entendi sim,  mas tem como voce rabiscar um diagrama do que pretende montar,  com alguma especificação da fonte existente, da bateria, do equipamento a ser alimentado, da fonte fonte secundária para onde será comutada a alimentação em caso de falha da primeira fonte, etc ??

 

 

Se o pessoal aqui do forum entender  a dinâmica desejada vai ficar mais fácil propor soluções, acredite .

 

'_'

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, Tito Fisher disse:

Entendi sim,  mas tem como voce rabiscar um diagrama do que pretende montar,  com alguma especificação da fonte existente, da bateria, do equipamento a ser alimentado, da fonte fonte secundária para onde será comutada a alimentação em caso de falha da primeira fonte, etc ??

 
Desculpa, eu esqueci de comentar que estava fazendo o esquema. kkkk Não reparem porque de fato é um rabisco feito no paint.

 

Mas observem como funcionará a redundância!! Observe ainda que do jeito que está conectado, ainda que a fonte 1 pare de funcionar o relé que "monitora a fonte 1" e irá desarmar quando ela desligar, fazendo com que ela ligue a fonte 2, na verdade NUNCA IRÁ DESARMAR porque está retornando energia da bateria que alimentará o circuito. 

 

O que eu quero, é justamente algo que não permita que essa energia da bateria retorne para a fonte onde será ligado o relé.

ESQUEMA REDUNDANCIA.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×