Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Flavia Dutra

Boletim 1.738 – 02/10/2018

Recommended Posts

Boletim 1.738 – 02/10/2018
Boletim 1.738 – 02/10/2018
Editado por Flavia Dutra
Enviado para
Proibido Copiar ou Republicar


Índice

 

1. Fabricante afirma que desabastecimento de processadores Intel continuará até a metade de 2019

2. Fontes indicam que fabricantes de placas de vídeo sairão da China para evitar novas tarifas

3. Microsoft registra patente de novo sistema que gera imagens 4K para realidade mista

4. Apple é inocentada em disputa de patente com a Universidade de Wisconsin-Madison

5. Pesquisa indica que 36% dos norte-americanos acham as selfies narcisistas

 

1. Fabricante afirma que desabastecimento de processadores Intel continuará até a metade de 2019

 

Rumores indicam que o abastecimento de processadores Intel no mercado mundial diminuirá por causa de falha na litografia de 10 nm da empresa. Com isso, a Intel foi obrigada a produzir a nova geração de chips de 14 nm, sobrecarregando as fábricas.

 

Portanto, diversos fabricantes como Winstron, Inventec e Compal já diminuíram suas expectativas de crescimento em até 10% nos dois últimos trimestres deste ano e estão migrando para AMD.

 

Após a divulgação desses rumores, Bob Swan, CEO interino da Intel, anunciou que está gerenciando pedidos excedentes e priorizando a fabricação de processadores Xeon e Core, incluindo as séries U e Y para notebooks.

 

Swan comentou ainda que a companhia investirá US$ 1 bilhão em suas fábricas baseadas na manufatura dos processadores de 14 nm, assim como as instalações dos Estados Unidos, Israel e Irlanda, e manterá contato próximo com fornecedores para atender as demandas.

 

Além disso, o CEO disse que a Intel espera entregar a produção em grande escala para atender o mercado em 2019.

 

Apesar da estimativa da Intel, o CEO da Compal Electronics, Martin Wong, afirmou que os problemas no fornecimento de processadores Intel de 14 nm continuarão até a metade do próximo ano. A Compal é fabricante taiwanesa de dispositivos para empresas como Apple, Acer, Lenovo, Dell, Toshiba, HP e Fujitsu.

 

2. Fontes indicam que fabricantes de placas de vídeo sairão da China para evitar novas tarifas

 

Fontes ligadas ao assunto afirmaram que as fabricantes add-in board (da sigla em inglês AIB), parceiras da AMD e da NVIDIA, pretendem retirar suas linhas de produção e montagem de placas de vídeo da China por causa da guerra comercial entre o país e os Estados Unidos, que acarretou em aumento de tarifas para a importação de peças de hardware.

 

Rumores sugerem que as fabricantes devem se mudar para o México ou Taiwan, que possuem taxas de importação para os EUA reduzidas.

 

Diante desse cenário, a agência de investimentos Merril Lynch estima que os preços das placas de vídeo aumentem entre 5% e 10% nos próximos meses, principalmente a série RTX da NVIDIA.

 

Estimativas indicam ainda que a NVIDIA e a AMD estão trabalhando para auxiliar as fábricas parceiras na redução do impacto das novas taxas.

 

3. Microsoft registra patente de novo sistema que gera imagens 4K para realidade mista


A Microsoft registrou no USPTO (United States Patent and Trademark Office) a patente de um novo sistema de geração de imagens em 4K para realidade mista.

 

Segundo o documento da patente, a nova tecnologia dribla a limitação atual desse tipo de imagem, que está ligada à inviabilidade do aumento da capacidade do hardware, usando dois conjuntos de lasers, permitindo que eles resolvam o dobro da resolução sem atualizar o hardware do espelho do dispositivo.

 

Além disso, o sistema utilizará rastreamento ocular para que as imagens em alta resolução se formem nas direções para as quais o usuário estiver olhando, poupando recursos computacionais e energia.

 

Até o momento, a Microsoft não informou quando pretende implementar a ideia da patente.

 

4. Apple é inocentada em disputa de patente com a Universidade de Wisconsin-Madison


Um tribunal federal de apelações inocentou a Apple em um disputa de patentes com a divisão de licenciamento da Universidade de Wisconsin-Madison, a Wisconsin Alumni Research Foundation (WARF).

 

Conforme a justiça, a decisão anterior foi anulada porque não foi comprovada a violação da patente da universidade nos processadores dos dispositivos iPhone 5S, iPad Air e iPad Mini 2.

 

Esse processo de infração de patentes começou em 2014. Em 2015, o tribunal deu ganho de causa para a universidade, condenando a Apple a pagar multa US$ 234 milhões, com posterior adição de US$ 272 milhões por uso contínuo da ideia. Todos esses valores serão descartados após a reversão do julgamento.

 

5. Pesquisa indica que 36% dos norte-americanos acham as selfies narcisistas

 

Pesquisa realizada pela empresa de análise de dados YouGov revelou que, apesar de 63% dos norte-americanos tirarem selfies com frequência, 36% deles acham que esse tipo de foto é narcisista ou irritante.

 

O estudo revelou ainda que as selfies são consideradas modernas por 31% dos entrevistados; divertidas por 30% deles; apenas modismo, por 30%; engraçadas, por 22%; e indicam confiança na aparência, para 16% das pessoas.

 

Além disso, a pesquisa mostrou que 81% dos usuários consideram as selfies em funerais inadequadas e para 60% deles tirar autorretratos durante o banho também é impróprio. Já os lugares mais aceitos para selfies são: pontos turísticos, com 75%; festas, com 71%; e academias de ginástica, com 68%.

 

O cirurgião plástico Boris Paskhover comentou que as selfies estão impactando no consultório porque os pacientes buscam procedimentos que os tornam mais bonitos para esse tipo de foto, mesmo que o médico informe que a mudança não é necessária.

 

A consultoria realizou a pesquisa através de um painel online com cerca de 2 milhões de pessoas nos Estados Unidos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×