Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Guaraçu Paiva

Diferença ilusória sobre framerate

Recommended Posts

Ouço sempre as pessoas falarem que um algum game rodando a 60fps a pessoa tem a vantagem sobre alguém rodando a 30fps por ver antes, mas eu não consigo entender onde isso ocorre;porque mesmo o game tendo uma taxa de atualização menor o segundo do game a ser renderizado é o mesmo n? Realmente ter 60 imagens da uma fluidez maior, mas onde está a vantagem se o segundo sera o mesmo, só dividido em um número menor de imagens?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A diferença é de 30 quadros por segundo e com 60 fps (em relação a 30) o ganho é de 100% no mesmo ciclo de atualização.

É simplesmente inquestionável tal diferença sendo um ganho abismal!

 

26 minutos atrás, Guaraçu Paiva disse:

mas eu não consigo entender onde isso ocorre

A taxa de atualização nativa na maioria dos monitores é de 60 Hertz (60 quadros exibidos por ciclo (em segundos)). Uma vez sabido que idealmente devemos conciliar tal taxa de atualização com os Frames gerados pela GPU, fica claro que haverá assincronia na exibição desses quadros caso os valores sejam diferentes (Os Hetz e os FPS). Logo, aqui está a resposta: isso ocorre na sincronização dos quadros.

26 minutos atrás, Guaraçu Paiva disse:

só dividido em um número menor de imagens?

Sim, "só isso".

Quer entender o quão significativo isso é?
Imagine você trabalhar o mês inteiro e receber só metade do que você atualmente recebe! Viu? Acha que é só isso?

Espero ter ajudado!

adicionado 1 minuto depois

Ah, a diferença não é ilusória, é real!!

;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma coisa que conta demais e poucos se preocupam em avaliar/discutir é a cadência dos quadros.

 

Não adianta renderizar um quatro em 983 ms e os outros 59 em 16 ms.

 

São 60 FPS, mas com uma fluidez horrorosa.

 

Dá uma olhada na parte que falamos disso neste tópico:

 

https://www.clubedohardware.com.br/forums/topic/895727-fatos-e-mitos-sobre-placas-de-vídeo/?do=getNewComment

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O que o Evandro quis dizer é que a cada ciclo existe um número "X" de FPS. Idealmente deve-se ter uma taxa fixa (ou com a menor oscilação possível) de exibição de cada quadro para se ter uma melhor fluidez.

 

A conta é simples 1000/FPS=Frame Time, onde 1000 é um segundo (ciclo divido por mil).

Ex: 1000/60=16,666..

Seria bom que o frametime gerado pelas placas de vídeo fossem de 16,6666 milisegundos, obtendo assim a melhor fluidez possível.

Se o valor dos frames por tempo estiverem oscilando, a experiência será prejudicada.

Com as tecnologias de sincronização ativadas (VSync, FreeSync, GSync, etc) o Frametime se manterá constante.

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, ThiagoLuiz disse:

A diferença é de 30 quadros por segundo e com 60 fps (em relação a 30) o ganho é de 100% no mesmo ciclo de atualização.

É simplesmente inquestionável tal diferença sendo um ganho abismal!

 

A taxa de atualização nativa na maioria dos monitores é de 60 Hertz (60 quadros exibidos por ciclo (em segundos)). Uma vez sabido que idealmente devemos conciliar tal taxa de atualização com os Frames gerados pela GPU, fica claro que haverá assincronia na exibição desses quadros caso os valores sejam diferentes (Os Hetz e os FPS). Logo, aqui está a resposta: isso ocorre na sincronização dos quadros.

Sim, "só isso".

Quer entender o quão significativo isso é?
Imagine você trabalhar o mês inteiro e receber só metade do que você atualmente recebe! Viu? Acha que é só isso?

Espero ter ajudado!

adicionado 1 minuto depois

Ah, a diferença não é ilusória, é real!!

;)

O exemplo de trabalhar um mês e ganhar metade n tem nada a ver com a situação e todos os dados que tu colocou tem haver com fluidez e n uma vantagem real de ter um quadro 16 millisegundos antes, desculpe mas não respondeu minha pergunta '-'

 

adicionado 3 minutos depois
59 minutos atrás, Evandro disse:

Uma coisa que conta demais e poucos se preocupam em avaliar/discutir é a cadência dos quadros.

 

Não adianta renderizar um quatro em 983 ms e os outros 59 em 16 ms.

 

São 60 FPS, mas com uma fluidez horrorosa.

 

Dá uma olhada na parte que falamos disso neste tópico:

 

https://www.clubedohardware.com.br/forums/topic/895727-fatos-e-mitos-sobre-placas-de-vídeo/?do=getNewComment

Sim eu entendo que a uma vantagem de fluidez e a cadência de quadros conta bastante pra isso, mas n foi o que perguntei, quero saber que vantagem existe em ter um quadro 16 milisegundos antes, acho q o cerebro nem responde assim tão rápido

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
23 minutos atrás, Guaraçu Paiva disse:

O exemplo de trabalhar um mês e ganhar metade n tem nada a ver com a situação e todos os dados que tu colocou tem haver com fluidez e n uma vantagem real de ter um quadro 16 millisegundos antes, desculpe mas não respondeu minha pergunta '-'

 

adicionado 3 minutos depois

Sim eu entendo que a uma vantagem de fluidez e a cadência de quadros conta bastante pra isso, mas n foi o que perguntei, quero saber que vantagem existe em ter um quadro 16 milisegundos antes, acho q o cerebro nem responde assim tão rápido

 

Dependendo de onde isso foi captado, sim, percebe, e percebe até mais.

Tem aplicação disso no link que mandei. ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 18/10/2018 às 14:27, Guaraçu Paiva disse:

O exemplo de trabalhar um mês e ganhar metade n tem nada a ver com a situação e todos os dados que tu colocou tem haver com fluidez e n uma vantagem real de ter um quadro 16 millisegundos antes, desculpe mas não respondeu minha pergunta '-'

O exemplo foi para que pudesse entender o quanto metade é um valor considerável dependendo da aplicação e situação, logo, além de fazer uma pergunta descabida onde você mistura o fato de o jogo renderizado ser o mesmo com não entender onde há ganhos por maior volume de arquivos processados, você não discerniu uma coisa de outra quando exemplifiquei sobre o salário.

 

Abaixo você diz sobre um quadro estar 16 milissegundos antes e novamente mostra o quão longe de entender você está!

 

São 16 milissegundos por quadro, porém são 30 quadro a mais que 60Hz apresenta em relação a 30Hz. Aí você deve multiplicar 16.66x30 e novamente mostra uma diferença considerável.

 

Leia com mais atenção e saiba interpretar antes de criticar! 

 

1000ms / 30Hz = 33,3333333333333 milissegundos (cada quadro) -> Fluidez ruim

1000ms / 60Hz = 16,6666666666667 milissegundos (cada quadro) -> Fluidez aceitável

1000ms / 144Hz = 6,9444444444444 milissegundos (cada quadro) -> melhor fluidez

 

Só que o problema é uma placa de vídeo conseguir processar (renderizar) e manter essa constância.

 

Consequentemente os quadros aparecerão primeiro quando mais fluido, assim o tempo de resposta é menor uma vez que você deve considerar o tempo de input.

Resumo e resposta: as vantagens são perceptíveis!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 18/10/2018 às 14:51, Evandro disse:

 

Dependendo de onde isso foi captado, sim, percebe, e percebe até mais.

Tem aplicação disso no link que mandei. ;)

Bom assisti o nerdologia e li boa parte da materia da tec lab e ainda o nerdologia cita o experimento com pilotos com um tempo de identificação periférica de 60 ms o que é o quádruplo do tempo de 1 quadro a 60fps, na materia da teclab cita tempos menores mas mesmo assim eu acho que isso n se aplica a grande massa e sim a uma possibilidade remota de um player competitivo tirar vantagem disso, sei la, me parece o 4k em monitor 15 polegadas, mas acho que respondeu minha pergunta mas n mudou minha opinião, talvez mude quando eu puder testar a realidade virtual, grato

@ThiagoLuiz pra min ainda parece 4k em tv de 14 polegadas mas td bem, e isso é um exemplo cabível, mas tanto faz, ja deu de entender que é só frescura, mas obrigado mesmo assim

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×