Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Albertowl

Projeto circuito com transistor

Recommended Posts

Estou querendo fazer um circuitinho com um transistor para aumentar a corrente de um micro motor que tenho. O motor é de 12volts e consome 10mA  e eu gostaria de aumentar essa corrente para aproximadamente 120mA, só que não sei como começar a pensar para dar o primeiro passo no projeto, tipo, por onde começar? como pensar o transistor que irei usar?, etc... São passo a passo simples que não estou conseguindo organizar para dar o primeiro passo no projeto. Alguém poderia me ajudar nesse passo a passo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo você está com dificuldade em formular a pergunta pois o que você (pensa que) quer fazer é eletricamente inviável pois pode danificar o motor. você quer

-aumentar a velocidade do motor: não pode. tem que respeitar o limite dele

-aumentar o torque: com motorredutor é melhor

-controlar a velocidade: aí sim. um transistor e um controle pwm com 555 simples.

Controle-de-Motor-DC-com-PWM.png

 

Sempre respeitando as características do seu motor. Qual é ele?

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@manrique ,

 

Contato pessoal não é a nossa norma aqui, a finalidade de todos nós é a de deixarmos as informações aqui para que no futuro outros possam se beneficiar do conhecimento, entendeu ?

 

Pode fazer as perguntas por aqui, afinal não é motivo de nenhuma vergonha você estar aprendendo ! 

 

Tem muita gente aqui que apareceu sem nenhuma noção de Eletrônica, fizeram muitas perguntas aparentemente simples demais, e hoje são profissionais ou continuam aqui ajudando a outros iniciantes !

 

Pode perguntar que eu não mordo kkkk !

 

Paulo

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, aphawk disse:

@manrique ,

 

Contato pessoal não é a nossa norma aqui, a finalidade de todos nós é a de deixarmos as informações aqui para que no futuro outros possam se beneficiar do conhecimento, entendeu ?

 

Pode fazer as perguntas por aqui, afinal não é motivo de nenhuma vergonha você estar aprendendo ! 

 

Tem muita gente aqui que apareceu sem nenhuma noção de Eletrônica, fizeram muitas perguntas aparentemente simples demais, e hoje são profissionais ou continuam aqui ajudando a outros iniciantes !

 

Pode perguntar que eu não mordo kkkk !

 

Paulo

 

adicionado 1 minuto depois

Entendo amigo, porém é algo mais doque voce está acostumado ao dia a dia, e tambem é de seu interesse, caso queira deixar o contato , por favor. Tambem não mordo, caso '' insista '' desculpe tomar seu tempo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@manrique ,

 

kkkk ainda bem, assim não precisamos usar focinheiras !!!

 

Meu amigo, eu estou aposentado, o que eu gosto de fazer é curtir a vida e repassar o conheçimento, e ensinar se possível.

 

Não estou mais aceitando serviços, nem desenvolvendo produtos sob encomenda, mas sempre me disponho a ajudar a quem me pedir ajuda !

 

Caso tenha alguma dúvida na qual eu possa te ajudar, estou por aqui, ok ?

 

Paulo

  • Curtir 1
  • Haha 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 minutos atrás, aphawk disse:

@manrique ,

 

kkkk ainda bem, assim não precisamos usar focinheiras !!!

 

Meu amigo, eu estou aposentado, o que eu gosto de fazer é curtir a vida e repassar o conheçimento, e ensinar se possível.

 

Não estou mais aceitando serviços, nem desenvolvendo produtos sob encomenda, mas sempre me disponho a ajudar a quem me pedir ajuda !

 

Caso tenha alguma dúvida na qual eu possa te ajudar, estou por aqui, ok ?

 

Paulo

 

adicionado 1 minuto depois

Entendo.. desculpe lhe incomodar, aproveitando. Consigo camuflar 100% um ip.. ou ao menos dificultar a busca ? quais sao os passos 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@manrique ,

 

Olha, não sei se é possível. O que sei é que normalmente os hackers acabam acessando um computador de terceiros, e colocam nele um programa que acaba sendo o responsável pelo uso desse computador, e o IP que aparece é o desse computador !

 

Devem existir hoje outras maneiras, mas estou fora dessa área faz muito tempo, e

não tenho conheçimento atualizado ... experimente perguntar no Fórum de Informática ou de Computadores !

 

Paulo

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
23 horas atrás, Isadora Ferraz disse:

Amigo você está com dificuldade em formular a pergunta pois o que você (pensa que) quer fazer é eletricamente inviável pois pode danificar o motor. você quer

-aumentar a velocidade do motor: não pode. tem que respeitar o limite dele

-aumentar o torque: com motorredutor é melhor

-controlar a velocidade: aí sim. um transistor e um controle pwm com 555 simples.

Controle-de-Motor-DC-com-PWM.png

 

Sempre respeitando as características do seu motor. Qual é ele?

Ah, sim, claro! é um pequeno motor (micro motor). Os dados que tenho dele são apenas a sua tensão 12 volts e a corrente de 10mA, só isso 

adicionado 3 minutos depois
23 horas atrás, aphawk disse:

@Albertowl ,

 

Se o motor consome apenas 10 mA, não adianta ....

 

Paulo

Ok, Paulo; compreendi! não tem como ele consumir mais corrente além de seu limite, claro. Obrigado pelo esclarecimento!

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Consome mais corrente sim se colocar maior tensão mas tem os riscos supramencionados. A não ser que seja um motor com limitação ou controle de corrente. De fato não conheço mas...

 

Conheci um semelhante há muitos e muitos anos (passado sempre presente). Era um motor de tocadiscos. Um sistema curioso que usava a força centrífuga pra limitar a corrente que ia pro rotor. Tinha até ajuste com parafusinho. Algo como: ao girar rápido, abria o contato. O objetivo (penso que) era manter velocidade constante pro disco rodar nos rpm's corretos. Me lembro que certa feita subi a V e vi faisquinhas la dentro.

 

O preço que cobro por participar do forum... of tópics kk.. então lá vai +1...

 

[off on]

Ah Paulão me lembrei agora de comentar... Nem sabia que você teve um contato com o submundo da computação. De fato eu tive também na era preinternet e um pouco depois. Conseguia craquear alguns programas mas era só hobbie mesmo. A maioria era só mexer no registro do windows. Mas alguns mexia no código do .exe mesmo! A sensação era boa d+! Mas parei. Hj em dia mal consigo abrir um cadeado de segredo.

E você? Conseguiu invadir o .. ENIAC .. kk

[off off]

 

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 08/11/2018 às 20:41, Isadora Ferraz disse:

Consome mais corrente sim se colocar maior tensão mas tem os riscos supramencionados. A não ser que seja um motor com limitação ou controle de corrente. De fato não conheço mas...

 

Conheci um semelhante há muitos e muitos anos (passado sempre presente). Era um motor de tocadiscos. Um sistema curioso que usava a força centrífuga pra limitar a corrente que ia pro rotor. Tinha até ajuste com parafusinho. Algo como: ao girar rápido, abria o contato. O objetivo (penso que) era manter velocidade constante pro disco rodar nos rpm's corretos. Me lembro que certa feita subi a V e vi faisquinhas la dentro.

 

O preço que cobro por participar do forum... of tópics kk.. então lá vai +1...

 

[off on]

Ah Paulão me lembrei agora de comentar... Nem sabia que você teve um contato com o submundo da computação. De fato eu tive também na era preinternet e um pouco depois. Conseguia craquear alguns programas mas era só hobbie mesmo. A maioria era só mexer no registro do windows. Mas alguns mexia no código do .exe mesmo! A sensação era boa d+! Mas parei. Hj em dia mal consigo abrir um cadeado de segredo.

E você? Conseguiu invadir o .. ENIAC .. kk

[off off]

 

 

Obrigado, Isadora! valeu muito a ajuda!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Isadora Ferraz ,

 

Kkkkk coitado do MS-DOS .... virou submundo ....

[off on]

 

Eu fiz algumas coisas interessantes, por exemplo junto com um colega modificamos o CPM/80 do Apple para trabalhar com 3 trilhas extras no sistema de disco.

 

E daí surgiu um sistema de proteção interessante, modificamos como a sequência de bytes de um mesmo arquivo era gravada, junto com o sistema de boot, e complicamos bastante a cópia de nossos discos contendo os controles de processos industriais em que trabalhamos.

 

Deste trabalho saiu uma placa que fazia o boot no Apple a partir de Eproms e assim conseguimos armazenar programas inteiros que faziam o carregamento no Apple sem precisar do sistema de disquetes.

 

Um outro colega começou com uma necessidade e fez algo incrível ( pena que já era fora de éloca de se aproveitar comercialmente ), reescreveu as rotinas da placa do CP/M do Apple e assim conseguiu mais de 95% do código de vídeo de 80 colunas rodar no processador Z-80 em vez do 6502 e conseguiu que a placa ficasse de 4 a 5 vezes mais rápida.

 

Fizemos também uma placa de modem para o Videotexto que era 8 vezes mais barata que a SSC do Apple, mas infelizmente já naquela época já existia esperteza demais na Telesp, que não aprovava de jeito nenhum o programa que fizemos, pediam um monte de modificações dizendo que era a “nova norma”, e mesmo quando cumprimos 2 vezes vieram com mais coisas que eram impossíveis.... quando entendemos que era para “proteger” o sobrinho do diretor resolvemos “doar” o software no famoso clube de distribuição de programas chamado de Applemaniacos, e todos conseguiam acessar o Videotexto sem precisar gastar nada...

 

Ainda com o MS-DOS, fiz uma placa que permitia a conversa com o sistema de chamada telefônica existente nos aviões ( flightfone), o programa principal era em Basic ( tá explicado né ) , e tinha um programa em Assembly que operava como TSR ( quem usava Apple deve estar adorando isso ), que conversava com o Basic e com o hardware da placa, decodificando o protocolo no tempo exigido. Era muito legal chamar as interrupções do BIOS para fazer quase tudo !

 

E nesse projeto um colega me trouxe um código em Assembly que ele escreveu que funcionava no AT-286 dele, mas no AT-386 do cliente não rodava... depois de dois dias fazendo o debug descobrimos um bug no 80386 !

Uma sequência de 3 op codes que nao dava o resultado correto apenas nos processadores 80386 ! 

O pior é que funcionava até nos simuladores que tínhamos em mãos !

 

Eu tive a sorte de ser chamado para um projeto pioneiro, que era fazer um computador padrão IBM-PC para uso em navios, e tivemos que desenvolver quase tudo, inclusive o Bios e um DOS , e isso me deu um conhecimento bem legal tanto de hardware como de software 8086, que juntou com o que eu já conhecia de 6502 ( Apple ) , Z80 que a empresa usava nos controles de processo, e assim ficou fácil projetar hardwares e escrever os programas, inclusive com intercâmbio de informações entre as diferentes plataformas via interface serial RS-232C .

 

Foram 2 anos muito legais, onde tive contato com um excelente engenheiro espanhol que tentava mesmo passar o conhecimento dele para a gente ( e olha que o cara conheçia muito, inclusive participou do desenvolvimento do sistema GPS na Europa ).

 

Gastei um bom dinheiro convidando o cara para ir nos barzinhos, boates, o cara adorava encher a cara kkkkk , mas sempre eu era o escolhido para fazer as partes complicadas do IBM-PC, e o cara sentava e explicava pacientemente várias vezes se necessário.

 

Agora você vai entender o porque detesto C :

 

Esse cara tinha os fontes para compilar o nosso DOS na versão 3.2 ! 

 

Os fontes eram em C ....  e eu não conseguia entender nem como alterar os fontes para compilar a nossa versão, muito menos como funcionava o código !

 

O cara não conseguia entender como eu conseguia entender tão fácil o BIOS, e não conseguia entender 10 linhas de programa em C !

 

Desde essa época o C virou uma coisa inexplicável para mim !

 

Vou parar por aqui senão vão me chamar de dinossauro da informática .... 

[off off]

 

Paulo

  • Curtir 1
  • Amei 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×