Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Émerson Felinto

Funcionamento básico do NAT

Recommended Posts

O básico do NAT é o seguinte. Ele transforma um endereço IP válido público e por trás divide cria uma sub-rede local onde X computadores compartilham o mesmo IP.

Porém imagine o seguinte cenário. Eu faço uma requisição HTTPS à porta 443 para www.google.com.br(considere o IP do Google aqui) e depois o Google me retorna um pacote com a mesma porta de destino. Então neste caso todos os computadores na rede receberiam a mesma informação ? Caso não, neste caso hipotético (mas real) dois computadores na mesma rede utilizando o Google não poderia ter conflitos ?

Sei que estou falando besteira, pois obviamente, utilizo o NAT e ele funciona muito bem obrigado. Porém ao estudar o básico sobre o assunto na faculdade, eu realmente fico curioso em saber porque ele simplesmente funciona o.O

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Neste caso a influência não seria do NAT e sim do próprio cabeçalho do pacote que iria identificar o PC emissor. Dá uma lida sobre isso (cabeçalho), além de ARP e RARP. 👍

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 16/11/2018 às 15:10, ciro-mota disse:

Dá uma lida sobre isso (cabeçalho), além de ARP e RARP. 👍

 

Entendendo os dois conceitos que citei acima para ler, entenderá toda essa questão. 👍

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mas o ARP não funciona somente no L2 ? Através dele dá para saber qual o endereço IP de um determinado host por meio do endereço MAC. Quando um pacote sai do roteador ele já não carrega a informação do MAC do dispositivo. MAC é apenas útil em uma rede local.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, é camada 2. De forma bem sucinta e simplória, o pacote de dados ao percorrer a camada OSI, cada camada irá colocar aqui os seus dados para então transmitir o pacote. O pacote passará de roteador em roteador até que o roteador de destino o receba. Ao chegar no seu roteador, que há 50 PCs conectados, o roteador abrirá o pacote, irá ler o conteúdo e irá comparar o MAC que está ali, é através da tabela ARP que roteador vai então destinar o pacote para o PC correto.

 

E como ele vai saber quem são os MACs conectados a ele? Através de pacotes de broadcast enviados a todos.

 

Seria isso:

Ethernet-Frame-Explained.png

 

NAT/PAT é apenas a conversão desses 50 endereços privados e um único endereço público.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×