Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
vpmaciel

Qual o curso ideal para fazer na faculdade pra quem quer projetar equipamentos ?

Recommended Posts

Projetar equipamentos como rádios, celulares, vídeo games, televisão, placas de circuitos integrados.

Ser um profissional capaz de criar um novo componente eletrônico como um novo diodo.

Qual o curso ideal para fazer na faculdade pra quem quer projetar esses equipamentos ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Engenharia Elétrica! Mas comece fazendo muito curso técnico e praticando muito, na faculdade você não vai aprender nada de base.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Achei importante engenharia elétrica, tinha visto uma grade de engenharia eletrônica de uma faculdade aí e não parecia ser um curso nem de eletrônica a grade toda estranha, cheguei a pensar até em engenharia de materiais, mas se o que faz isso aí é engenharia elétrica, já sanou minha dúvida. obrigado a todos.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Adriano Moska Faz antes cara, ou ao mesmo tempo pelo menos. Faculdade desse tipo os professores chegam já tacando matéria e supondo que você já entrou sabendo, estão nem aí, querem cumprir o calendário e grade do MEC e só.

 

Se eu não tivesse feito cursos técnicos eu não saberia nada do que sei, faculdade infelizmente é 90% tirar diploma.

adicionado 25 minutos depois

@vpmaciel De nada! Ainda por cima tem disso mesmo, um monte de curso com grade que é só para encher linguiça mesmo. É para só pegar o diploma mesmo.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@vpmaciel ,

 

Vou ser sincero com você:

 

Nenhum curso no Brasil vai te dar o conhecimento para projetar nenhum dos ítens que você citou acima !

 

E muito menos criar um novo componente eletrônico, pois a formação necessária par isso é em Fisica, mas com muitas especializações.

 

Repare bem : quando “fabricamos” algum desses produtos no Brasil, fazemos apenas a integração das várias partes que   costumam vir já montadas de outros países.

 

Estamos com uma defasagem tecnológica absurda, tanto industrial como no ensino técnico.

 

Para conseguir fazer qualquer um dos projetos que você citou, vai ter de ir estudar fora daqui, e em bem poucos países !

 

Paulo

  • Curtir 1
  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@aphawk Desvalorizamos o ensino técnico como sendo "coisa de pobre" e colocamos o ensino "superior" como "ascensão pessoal e social" e deu nisso... Não foi erro só do Brasil, esse veneno aí teve em muitos lugares.

 

Excelente para formar gerações de pessoas que não entendem nada e esperam ganhar grandes cargos, que com tanta gente concorrendo ficam exauridos, e péssimo para formar pessoas, a economia e um bom país que efetivamente crie alguma coisa.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá...

 

  O ideal é fazer o curso de eletrônica especifica em diversas dimensões.

  Também, antes de fazer o curso, faça uma avaliação sobre as instituição, para ser ter ideia, se a instituição, tem estruturas necessárias para transformar em um excelente aluno.

 

Não adianta você fazer um curso na área, mas se a instituição não tem estrutura necessárias não ajudado em quase nada. E jamais, se deixe levar a traves de comerciais  enganosos, mostrando uma falsa realidade para os novo alunos.

 

  A qui no Brasil, grande maiorias das instituições avaliados pelo MEC, são completamente uma negação de acordo com a nota de avaliação  de uma instituição. Muitas delas não atingem nem a média esperado pelo MEC, e pior, não existe no banco de dados de avaliação para se identifica se essa instituição é boa e ou se ela vai garantir a formação do aluno. Portanto, fica a dica!

 

Primeiramente faça: Curso profissionalizante, depois o Curso técnico e o tecnológico, por último, faça Graduação.

Informarei cada um especificamente:

O profissionalizante: Ajuda a conhecer a área e mostras os caminhos onde você quer chegar.

O Técnico: Ajuda a ter um conhecimento profundo sobre a tal área, facilitando para os outros 2 polos "tecnológico e graduação".

O Tecnológico: Ajuda com estágios em empresas sobre a tal área, facilitando mais os seus conhecimentos.

A graduação: Seria a soma de todos os citados a acima, porém com uma vantagem sinhá, diferenciado durante o curso. Você fica com a vantagem de poder viajar através de indicação de coordenadores, fazendo NBA e STARTUP, participando e aprendendo com grande corporações que existe, atualizando-se sobre novas tecnologias para que você possa aplicar sobre seus conceitos.  

 

Em fim, se você atingir todos os objetivos tendo total fluência sobre a área, espero que seja um excelente ciêntista ajudando a outros futuramente.

 

Uma notas geral informado para alguns moderares nesta pagina sobre o diploma:

 

- PESSOAL! QUANDO VOCÊ FOR FAZER UM CURSO EM TAL ÁREA, BUSQUE APRENDER O MÁXIMO QUE PODER E SEMPRE, PEGUNTE AO SEU PROFESSOR, PARA ELE LHE AJUDE A SANAR AS DIVERSAS DÚVIDAS.

NÃO VÁ NA GANÂNCIA DE APENAS PEGAR O DIPLOMA PASSANDO NAS MATÉRIAS NOS DIAS DE PROVAS, E DEIXAR DE APRENDER UMA NOVA HABILIDADE DURANTE O CURSO, PASSANDO NA COLA.

NO MEU VER, PESSOAS QUE PASSAM COLANDO, É PORQUE NÃO GOSTA DO CURSO OU PORQUE NÃO GOSTA DE ESTUDAR EM TAL MATÉRIA; PORQUE ACHA QUE NÃO VAI SERVIR PRA NADA.  

PORTANTO, ESTUDAR EM QUALQUER MATÉRIA, SE ADQUIRI UMA NOVA HABILIDADE EM CONHECIMENTO, E NÃO NADA. SE FOSSE ASSIM, ELA NÃO ESTARIA NA GRADE CURRICULAR DO CURSO.

PORTANTO FICA MAIS UMA DICA!!!  

 

Espero ter ajudado e até...  

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@LuisOPsum Quando comentei das grades e das faculdades, não quis dizer para a pessoa não levar a sério ou, pior, sair colando nas provas.

 

Porém, a realidade é que a faculdade não é estruturada como uma formação pessoal/profissional e sim como uma emissora de diplomas. A questão da avaliação do MEC não muda muita coisa, tem várias bem avaliadas com professores totalmente descompromissados e todas elas, bem avaliadas ou não, têm de seguir a grade do MEC que é uma grade fraca e groselhada onde não se garante nem o ensino e nem o aprendizado da profissão.

 

Se fossemos ainda entrar no território de garantir que as avaliações só aprovassem os alunos com real entendimento do assunto... Bom, é só ver as provas da OAB e mesmo dos conselhos de medicina, onde a grande maioria é reprovada mesmo vindo de faculdades "renomadas".

 

Claro, é sempre bom buscar aprender algo em qualquer situação. Mas para mim, especialmente em áreas como essas, o central da faculdade como ela se apresenta é cumprir a obrigação curricular (no sentido de ter que constar no seu currículo profissional) de ter o diploma.

 

O técnico/a pessoa que for mexer com eletrônica e informática e se apoiar apenas na faculdade, por mais que leve a sério, estará ferrado. Se passar vai passar não sabendo/pensando que sabe e vai ter o mesmo nível de "entendimento" que qualquer pessoa que leu a parte teórica na Wikipedia.

 

Num cargo exigente vai tomar pau. Ou então vai ser escalado para cargo burocrático de empresa ruim, onde avaliam só os títulos, e nunca vai projetar um componente.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@domingos87 Legal... 

 

Mas, imagina se levar em conta de um individuo sem noção:

 -Se eu pudesse reviver novamente a,  pois alguns séculos, eu seria político: Pois não   exige nada, não precisa  ser cientista, e  tampouco, se matar de estudar a vida inteira;  Imagina que desperdício de gente, seria eu, após esses séculos.

 

No geral, o que eu quis dizer nessa frase é que: não entre nesses jogos sujos de se conseguir pelo caminho fácil pelos atalhos sem esforço. Mas que o melhor caminho para se conseguir aquilo com esforço, é o sem atalho. 

 

Respondendo a diversos pontos informado sobre tudo, é que, este cenário atual visto de costa para quem deseja conquistar um futuro, onde a educação é malvista, em breve, teremos oportunidades  através de novas mudança de olhares voltado de quem quer mudar este senário.

 

Espero que este lugarzinho desorganizado que permaneceu por muito tempo, seja completamente radicalizado, sendo um ambiente agradável trazendo dias melhores para as futuras gerações...

 

Até...  

   

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@LuisOPsum Entendo. E concordo. Só espero que o estudo a ser finalmente valorizado seja esse mesmo: do esforço, do entender, do fazer porque quer/gosta, do fazer pela missão, do meter a mão na massa. Porque esse aí que temos que é só sentar numa sala de aula e sair com um papel, demorou de acabar.

  • Haha 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×