Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
José Nildo de M. Pereira

Tem como remover um Heavy Duty 3PDT footswitch de um pedal de guitarra?

Recommended Posts

Pessoal, estava (tentando) fazer alguns pedais para minha guitarra e todo esquema que pego usa um Heavy Duty 3PDT footswitch, e não consigo encontrar esse componente a venda na cidade, tem como retirar ele e colocar um interruptoror simples ou algo similar? vou deixar o esquema de um dos pedais, ele pode ser encontrado nos esquemas sob o nome SW1

 

http://www.generalguitargadgets.com/pdf/ggg_sc_verb_mod_lo.pdf

http://www.generalguitargadgets.com/pdf/ggg_sc_verb_sc.pdf

 

Site de onde tirei os esquemas:

http://www.generalguitargadgets.com/how-to-build-it/technical-help/schematics/

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Ricardo S Ferreira Tinha esquecido de falar, também estava pensando em fazer algumas dessas placas para colocar em um amp, então, basta seguir o esquema para ver onde a chave interrompe e ligar direto, correto? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

José, muito massa sua iniciativa.

Mas vamos lá, sem uma chave 3PDT para acionar o efeito, você não irá conseguir comutar juntamente com o efeito, um LED de indicação de posição. Outra opção para acionar pedais é fazendo uso das chaves DPDT, a diferença delas é a quantidade de pólos, e consequentemente a possibilidade de ligações. Porém utilizando a mesma, ficaria sem um LED pra indicação visual da posição. (ON/OFF).

Este é um dos parâmetros que envolvem o uso dessas chaves.

Outro, é que se pensarmos na seguinte situação:  

 

Temos o efeito ligado: O sinal passa pelo circuito do pedal

Temos o efeito desligado: O sinal passa pelo circuito ou passa somente pela chave e pelos Jacks? Sem afetar o sinal original do seu instrumento? 

 

Pensou nisso? Pois é, as chaves 3PDT te dá a possibilidade do sinal passar por "fora" do circuito, se o mesmo estiver em nível baixo(desligado). O contrário das chaves DPDT.

 

Pra uso num gabinete de amplificador (embutir o efeito num amp) como há possibilidade de acionar o efeito com os pés, você pode sim utilizar chaves do tipo alavanca (dpdt) facilmente encontradas nas eletrônicas.

 

 

HÁ MUITO PARA SE AMPRENDER SOBRE A COMUTAÇÃO DESSAS CHAVES!

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, José Nildo de M. Pereira disse:

estava pensando em fazer algumas dessas placas para colocar em um amp,

assim sendo permita-me apresentar-lhe uma alternativa minimamente curiosa. Que tal um ou 2 ci chave analógica como cd4066? ou algo do gênero...

circuito-integrado-cd4066-cd-4066-hcf406

Barato, pouco + de R$1,00 no ml e se importar sai por centavos. Com quase nenhum adicional, você pode controlar o fluxo dos sinais. Mas detalhe: têm que ser de baixa potência.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Felipecneto disse:

Temos o efeito ligado: O sinal passa pelo circuito do pedal

Temos o efeito desligado: O sinal passa pelo circuito ou passa somente pela chave e pelos Jacks? Sem afetar o sinal original do seu instrumento? 

 

Pensou nisso?

De certa forma, sim, mas não pensei direito pelo visto, estava pensando em colocar uma chave hh para ligar e desligar o circuito e ao mesmo tempo desviar o sinal do jack, quando ligado o circuito o sinal ir para o pedal, quando desligado o pedal, o sinal ser desviado para o jack, vou deixar uma imagem de exemplo

 

 

7 horas atrás, Isadora Ferraz disse:

assim sendo permita-me apresentar-lhe uma alternativa minimamente curiosa. Que tal um ou 2 ci chave analógica como cd4066? ou algo do gênero...

circuito-integrado-cd4066-cd-4066-hcf406

Barato, pouco + de R$1,00 no ml e se importar sai por centavos. Com quase nenhum adicional, você pode controlar o fluxo dos sinais. Mas detalhe: têm que ser de baixa potência.

Pelo que eu entendi, você quis dizer para "improvisar" a chave usando esse CI (ou um similar), correto?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 horas atrás, José Nildo de M. Pereira disse:

para "improvisar" a chave usando esse CI (ou um similar), correto?

Sim amigo. Mas de fato, usei minha visão de negócio pois você menciona que...

19 horas atrás, José Nildo de M. Pereira disse:

estava pensando em fazer algumas dessas placas para colocar em um amp

Neste caso, pensei que você visualizou uma oportunidade de negócio. Neste caso, minha experiência no ramo me levou a te dar a dica supramencionada pois o ci é bem mais barato do que as chaves.

Mas mesmo como hobby, penso que é uma opção curiosa. Ficaria desafiador/diferenciado/inusitado/atípico/destacado. Mas claro, a chave é mais fácil. Algo como nadar a favor da corrente.

Mas ... tentei né...😉

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Isadora Ferraz disse:

Neste caso, pensei que você visualizou uma oportunidade de negócio.

Bem, estava pensando em fazer um amp com efeitos para uso pessoal mesmo, mas até que um projeto com fins comerciais não seria uma ma ideia, deixe eu explicar por que: estava pesquisando no ML algumas caixas amplificadas para guitarra quando me deparei com isso, com isso, e isso aqui. Nos dois primeiros links são caixas amplificadas para guitarra, ambas tem 10W RMS, elas tem apenas volume, distorção, ganho, equalizador de 3 bandas, saida para fone de ouvido e alto falante de 6". A terceira é uma mini caixa com controle de ganho, distorção, volume, falantes de 3" e incriveis 2W RMS por "apenas" R$250, acho que com uns R$200 + transformador da pra montar uma com uns 20W ou mais, com equalizador, distorção, reverb, chorus e talvez outros efeitos, e talvez gaste até menos, e ainda pode se colocar um "adaptador" para conectar com uma bateria externa, como no caso do TDA2005, que se não me engano pode dar 20W em 4 ohms a12v, embora tenha muitos outros CIs que possam ser usados

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 minutos atrás, José Nildo de M. Pereira disse:

falantes de 3" e incriveis 2W RMS

Pelo menos ele diz a verdade ... ou não. E não disse que dava 1000W pmpo pra iludir 'os trôxa'.

Pra amplificador portátil, existem os amplificadores classe D que são chaveados e dão boa autonomia de pilha/bateria, boa potência,  além de menor e menos aquecimento. E provavelmente um bom resultado e qualidade sonoros ... pelo menos pra quem curte ... funk!!😖

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Isadora Ferraz Realmente, já vi outros desse mesmo tipo mas com 3W RMS e 10W PMPO, minha mãe comprou um micro system uma vez que tinha 600W PMPO e 2W RMS, a caixa amplificada da minha vó tem 300W PMPO, 35W RMS, e um TDA2030A que se não me engano deve dar uns 18W, nem no RMS alguns fabricantes tão sendo honestos, pelo menos tem um woofer de 10"

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×