Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Charley Rocha

Quedas de FPS no Assetto Corsa: Core i7 870 e RX 580 8GB

Posts recomendados

Olá pessoal,

 

Antes de começar, gostaria de deixar claro que eu já tenho planejado o upgrade do meu pc. Fiz esse post pra identificar o que é mais urgente pra trocar e também pra aprender um pouco mais com vocês.

 

Seguinte: Eu venho experimentando queda de FPS no jogo Assetto Corsa, conforme imagem. Geralmente jogo com V-Sync ligado e o pc consegue segurar os 59 FPS com tudo no Ultra Full HD. Porém, quando a quantidade de carros é grande ou em alguns pontos específicos de algumas pistas ele cai pra 40, até 30 FPS.

 

Eu desconfio bastante do meu processador, mas segundo o MSI Afterburner (conforme imagem) nenhum dos núcleos nunca toca os 100% de uso, no entanto, durante a queda de FPS o uso da placa cai, possível sintoma de gargalo.

 

A pergunta é: o problema é de fato o processador? Se não, onde estaria?

 

Intel Core i7 870 2,93GHz

RX 580 8GB @1400MHz

2x4 GB Ram DDR3

Mobo ASUS P7H55-M LX

 

 

Grato

gargalo.png

adicionado 3 minutos depois

Agora que notei que no print saiu com 58 FPS, mas o uso da placa foi a 8%, então logo depois houve a queda de FPS. Eu vacilei e tirei print com o botão PrintScreen ao invés do atalho do jogo, então só saiu uma imagem. Mas creio que dá pra sacar o que está acontecendo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, seu processador é muito fraco para essa placa de vídeo. Ele é seu gargalo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Charley Rocha disse:

mas segundo o MSI Afterburner (conforme imagem) nenhum dos núcleos nunca toca os 100% de uso

Nem sempre o gargalo do processador será denunciado pelo 100% de uso, os AMD FX são um exemplo, tive um 6300 por muito tempo e ele não chegava a isso quase nunca devido a quantidade de núcleos, mas beirava sempre os 70-85 o que já é demais pra uma jogariam comum pois não fica folga em algum momento que ele seja mais requisitado.

Seu processador é comparável a um i5 de segunda geração, um i5 2310 por exemplo, e por mais que sejam bons, não dão mais conta de rodar todos os jogos bem quando a placa de vídeo consegue mandar uma taxa muito acima de 60 FPS como no seu caso.

Na minha opinião seu upgrade mais necessário é o de CPU

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Charley Rocha Qual é o modelo da fonte de alimentação da máquina?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 minutos atrás, KairanD disse:

@Charley Rocha Qual é o modelo da fonte de alimentação da máquina?

 

É uma fonte de 650W... não lembro a marca, mas não é nenhuma dessas fontes boas conhecidas (Corsair, PCYes, EVGA...)

 

Ela influencia em algo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Charley Rocha Ela pode causar esse tipo de problema e muito mais. Informe o modelo certinho quando puder (basta olhar a etiqueta colada na lateral da fonte).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, KairanD disse:

@Charley Rocha Ela pode causar esse tipo de problema e muito mais. Informe o modelo certinho quando puder (basta olhar a etiqueta colada na lateral da fonte).

 

Assim que eu chegar em casa eu olho e posto aqui.

 

Mas eu abri este tópico perguntando exatamente isso, se minha fonte poderia afetar no desempenho, e todo mundo foi unânime em falar que a fonte sendo ruim pode queimar algum componente, mas não atrapalha no desempenho.

 

Agora fiquei confuso...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Charley Rocha As respostas que você recebeu estão incorretas. Fontes de baixa qualidade podem fornecer energia de baixa qualidade, fora dos padrões estabelecidos, e provocar o funcionamento errático do computador. Por funcionamento errático entende-se telas azuis, instabilidade do sistema e, sim, perda de desempenho por alimentação irregular dos componentes. Além disso, essas fontes genéricas dificilmente possuem sistemas de proteção adequados e funcionais, e queimam ao invés de desarmar.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pela resposta. Se você olhar o outro tópico, isso que você falou era o que eu achava que fazia mais sentido mesmo, mas acabei aceitando o contrário devido à quantidade de pessoas defendendo aquela ideia...

 

Agora, tem alguma forma de eu diagnosticar exatamente onde está o gargalo? Se é o proc, memória, mobo, fonte, HD... enfim. Se eu tivesse que trocar apenas 1 componente, qual seria o que me daria mais performance?

 

Tem algum software que faz esse diagnóstico?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Charley Rocha Você precisa observar a estabilidade de clocks, a temperatura e o uso de todos os componentes utilizando o MSI Afterburner, para ver as médias em tempo real, e o HW Monitor, para ver as máximas.

 

A respeito da fonte, ela pode ou não ser a causa do problema. De qualquer forma, se ela for ruim, você precisa trocar para evitar problemas futuros muito maiores. Vales de redução e volta rápida de clocks (do processador ou da placa de vídeo) podem indicar fornecimento de energia inadequado e instabilidade. 

 

Existem muitas causas para esse tipo de problema. Pode ser simplesmente o baixo desempenho single core do seu processador também.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Update: Fiz outro teste no fim de semana, desta vez com todas as informações do MSI Afterburner na tela.

 

Acontece que o processador está batendo temperaturas altíssimas. Aí, quando algum núcleo atinge 99ºC o processador reduz seu clock de 3,0GHz para 1,2GHz até a temperatura cair. É nesse momento que ocorrem as quedas de FPS. Eu consegui reduzir um pouco o problema limitando os FPS a 60 e ativando V-Sync. Isso alivia um pouco o processador e ele raramente atinge 99ºC... mas ainda acontece.

 

Vou levar o pc em uma assistência técnica e pedir para olhar essa questão. Será que apenas trocar a pasta térmica resolve?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Charley Rocha Seu cooler provavelmente está mal encaixado... Ou o fan não está girando...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, KairanD disse:

@Charley Rocha Seu cooler provavelmente está mal encaixado... Ou o fan não está girando...

Girando ele está, ferozmente. Pode ser a questão do encaixe mesmo, ou a pasta, que nunca foi trocada desde 2011. Eu não sei se ela tem data de validade, contudo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Charley Rocha Sim, pasta térmica resseca e isso pode influenciar muito. Mas esse tipo de coisa (temperatura tão alta assim) geralmente é questão de encaixe mesmo. 

 

Esse tipo de manutenção você consegue fazer em casa (tem diversos tutoriais no Youtube sobre isso). 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Charley Rocha Para limpar a pasta térmica antiga do cooler e de cima do processador, o ideal é utilizar álcool isopropílico (sem água) com papel toalha, mas apenas o papel toalha (um que não solte fiapos) e boa dose de paciência servem para quebrar o galho. Não precisa tirar o processador do socket para trocar a pasta térmica: limpe devagarzinho e com várias folhas de papel, sem aplicar pressão. Depois aplique um ponto de pasta térmica do tamanho de um grão de arroz na parte central do processador e coloque novamente o cooler (a própria pressão vai espalhar). Você também pode optar por espalhar a pasta térmica com algum objeto plástico, como a ponta de um cartão de crédito, formando uma camada bem fina. Não exagere na pasta térmica: precisa apenas de um grão de arroz. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!