Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Alexx Ares

Fonte nova CX450 desarmando

Posts recomendados

Pessoal,

 

Por muitos anos usei o "combo" estabilizador e fonte genérica. Perdi pelo menos 3 placas mães, sempre achei que o problema era queda de tensão, falta de luz, etc... aí aprendi aqui no fórum que o estabilizador "envenena" a fonte, e a genérica mata de vez os componentes.

 

Então montei um PC novo com a CX 450 da Corsair, ligada num filtro de linha chaveado da Clamper (o iClamper).

 

Onde moro tem muito pico de tensão, em especial ao ligar aparelhos como chuveiro e secadora. E por isso, o antigo estabilizador "estalava" o tempo todo. Agora, não há nenhum aviso, exceto uma lampada ou outra que apaga um pouco.

 

O problema no entanto, é que pela segunda vez, do nada, o PC desligou sozinho. Na primeira vez ok, horas depois liguei e tudo certo. Estou usando o Linux Mint, nos relatórios nada errado, a energia foi "cortada" mesmo (até pensei que tinha faltado luz, não estava no ambiente no momento).

 

Na segunda vez, eu estava perto (mas não utilizando) e vi o PC desligar, ele estava só ligado sem nada aberto, como eu estava de saida deixei assim e fui embora. na volta porém, apertei o botão e não ligou. Bateu o desespero...

 

Olhei o filtro de linha e não estava desarmado (tudo ligado nele estava ok, monitor, modem, roteador e carregador de celular...).. tentei novamente e nada. Então, desliguei o botão traseiro da fonte e deu um estalo na caixinha de som o que achei estranho... e liguei novamente a fonte. Então liguei o PC e normal... tudo perfeito, porém subiu um cheiro de queimado e parou.

 

Então vim direto aqui para entender se alguém já passou por isso, se essa fonte desarma ao ter pico de tensão, ou se pode estar com problema... pois pelo que entendi após muitas e muitas perguntas e respostas lidas é que essas fontes já estabilizam a tensão de entrada, e com ajuda do filtro de linha eu não precisaria me preocupar... mas estou preocupado agora.

 

Reforçando que não há problema de temperatura (parado fica em 30 a 35 graus, em uso na média 45 a 50 e chegou a 65 quando forcei para testar...), e está configurado tudo para não desligar ou hibernar nem mesmo protetor de tela eu deixo configurado (pois o Mint já tem uma função de trocar o papel de parede... então deixo configurado para trocar a cada 3 minutos na galeria, vira tipo um salva tela, quando saio do PC minimizo tudo e fica lá....).

 

Agradeço desde já qualquer dica e comentário que ajude.

 

Obrigado!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia. Tem que resolver esse problema da parte elétrica da sua casa. Uma fonte full range trabalha no intervalo de cerca de 90V até 240V (mais ou menos isso). Pra ela desligar assim só pode estar acontecendo uma variação muito grande da tensão. Sobre o cheiro de queimado, pode ser rompido uma das proteções da fonte, talvez um varistor.

 

Acredito que seja isso, mas já já aparece alguém mais entendido de elétrica pra explicar melhor.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Math.Pi obrigado, é verdade o apartamento é antigo, sempre teve isso mas nunca tive problema com nenhum equipamento (só o PC antigo e pensei que era mesmo por causa de estabilizador e fonte genérica.. 3 placa mães queimaram (mas num longo periodo de 10 anos) todas com capacitores inchados...

 

Aproveitando, estou de mudança e o outro apartamento também um pouco antigo tem um quadro de luz que parece filme de terror.. tem uma chave manual e umas barras de cobre no lugar de fios.... hahaha... claro que já chamei um eletricista para atualizar aquilo, mas se tiverem alguma dica boa para instalar no quadro de luz que proteja o PC (e eletronicos em geral) ajudaria bastante!

 

Obrigado!!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 minutos atrás, Alexx Ares disse:

Aproveitando, estou de mudança e o outro apartamento também um pouco antigo tem um quadro de luz que parece filme de terror.. tem uma chave manual e umas barras de cobre no lugar de fios.... hahaha... claro que já chamei um eletricista para atualizar aquilo, mas se tiverem alguma dica boa para instalar no quadro de luz que proteja o PC (e eletronicos em geral) ajudaria bastante!

Se tiver tempo leia  a NBR5410(tem no site da unicamp gratuito)que trata das instalações eletricas, mas a grosso modo, se seguir a norma da ENEL(antiga eletropaulo) já será suficiente. O essencial é que o quadro de entrada tenha um bom aterramento além do neutro(é o que vem do poste), cada circuito deve ter disjuntores especificos separados(por exemplo, chuveiros e de máquinas com motores) e no caso das tomadas a bitola do cabeamento deve ser condizente. Muita gente se ilude pensando em proteções de 10A nas tomadas, mas com o aparecimento de equipamentos cada vez mais potentes(secadores de cabelo e aspirador de pó ou mesmo ferro de passar roupa que passam fácilmente de 10A) deve ser analisado. É importante ver essas bitolas da fiação que passa para as tomadas além dos circuitos de proteção(disjutores).

 

adicionado 8 minutos depois
44 minutos atrás, Alexx Ares disse:

Onde moro tem muito pico de tensão, em especial ao ligar aparelhos como chuveiro e secadora.

É sintoma de um circuito mal dimensionado e má distribuição de cargas. Tudo isso é provocado por falta de bitola da fiação e excesso de carga na rede existente.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@PedraXobrigado, vou dar uma olhada na norma e me atualizar.

 

Aproveitando o assunto (que de certa forma faz parte do tópico) quando liga um chuveiro e a lampada reduz a luminosidade, mesmo estando em outro disjuntor (chuveiro separado, por exemplo, do resto do banheiro) significa o que exatamente? O que eu deveria fazer nesse caso? Pois a energia vem da rua e passa em um disjuntor geral, e dele vai para o do banheiro e do chuveiro.. mas pelo que entendi, o chuveiro está puxando tanta energia do ponto geral que "falta" para o resto da casa... é mais ou menos isso?

 

No caso, o que estalava bastante o estabilizador (e tenho quase certeza foi isso que desligou o meu PC) era a secadora de roupa, que liga e desliga o tempo todo durante o processo e as vezes nessa hora que liga dá uma puxada forte (outro exemplo são ventiladores no verão que quando liga chuveiro ficam mais fracos.....).

 

Tem alguma forma de isolar isso já que, no fim, vai tudo no ponto principal de entrada... ou uma forma de aumentar essa entrada de energia? Ou isso é normal mesmo em apartamentos novos com fiação nova?

 

Desculpe se perguntei alguma bobagem, só um semi leigo tentando entender... :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Alexx Ares

 

 

Então essas placas-mãe não queimaram, apenas tiveram capacitores estufados.

 

Se você pressionar a parte estufada a ponto de deixar um pouco côncava e pingar um pouco de super cola é bem possivel que essas placas voltem a funcionar sem ter necessidade de trocar esses capacitores.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Primeiro voce deve ver qual é a classe de sua entrada de energia.Porque tem várias.Monofásica, bifasica, trifasica, etc.

Segundo, ás vezes tem algum consumidor perto de sua residencia que puxa muita energia:alguma oficina, ou mesmo uma padaria com forno eletrico que ás vezes tem que ter um transformador próprio e aproveita um ramal de forma indevida.

Então: pelo que eu deduzo a carga de energia do chuveiro, da secadora e talvez da tomada estão na mesma fase e aí dará uma sobrecarga, a lampada ficará fraca e os aparelhos sofrerão porque o motor está funcionando e não tem corrente suficiente.

Teria que revisar essa rede aí.

adicionado 6 minutos depois

Além disso tem que ver se a bitola do chuveiro é suficiente. O mínimo deveria ser 4mm2 em 220V

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Henrique - RJ sério? já passei para frente eram placas já meio antigas... mas não sabia disso. Como fiz uma doação para um pessoal que recicla e usa o material para cursos e vendas com bazar beneficente, espero que eles recuperem então!

 

@PedraX aqui é 220V mesmo... o chuveiro um eletricista anos atrás ao instalar o ar condicionado trocou a fiação do chuveiro pois eu tinha comprado um mais potente que o antigo (5500w), então está ok... o que não entendo é: se tem pouca energia "na fonte" (vindo da rua), a ponto de "faltar" quando liga junto chuveiro, secadora e por exemplo ar condicionado, como forçar mais energia vinda da rua? Ou entendi tudo errado? Pois na minha visão semi leiga, vem energia por dois fios da rua e ponto.. aí distribui com os disjuntores que apenas desarmam de der um problema naquele ponto específico, certo? Eles não filtram nada né.. são aqueles pretos grandes antigos que quando você liga ou desliga dá um estalão, duro... no apartamento novo vou precisar modernizar tudo (é bem mais velho que esse atual e tem uma chave geral tipo de cadeira elétrica!) então já queria entender melhor isso para justamente proteger, em especial, o PC.... no apartamento atual, na conta de luz diz: convencional B1 residencial monofásico 220V....

 

-- complementando:

já me disseram para acionar a CPFL para pagar custos com manutenção e compra de aparelho, tanto dos PCs como do ar condicionado que estragou uma vez com problemas na linha... seria o caso de estarem fornecendo "pouca energia" ou existe algum padrão ou norma para isso? Posso por exemplo dizer que tenho esses equipamentos e eles "enviarem mais energia" (putz fico até sem graça de falar dessa forma não técnica.. espero que entenda... hahahah)...?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Alexx Ares disse:

aqui é 220V mesmo

Com duas fases de 127? Ou é 220+N?

Se voce tiver só uma fase o desbalanceamento é inevitável, teria que pedir mais outra fase para redistribuir a carga.

Quanto á duvida na corrente entregue, é o que eu falei, tem um transformador na rua que entrega uma corrente limitada para vários consumidores.

Se tiver mais demanda( no total de ligações da rua, ou tiver um consumidor comercial por exemplo) que a potencia oferecida por esse transformador; teria que aumentar a quantidade de transformadores ou trocar por um transformador maior. Aí sim, voce poderá nesse caso reinvindicar um ressarcimento(por meio de notas fiscais, orçamentos de oficinas(acho que pedem 3 orçamentoss). Isso se ficar provado que a corrente que chega na entrada é insuficiente ou com tensões abaixo da variação permitida.

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@PedraX então, eu não sei... sei que vem 2 fios da rua para o quadro principal lá embaixo com o relógio e um disjuntor.. aí sobe direto esses dois fios para um disjuntor geral e vai distribuindo para outros... se é 127 ou 220 + N isso eu nem tenho ideia... :)

 

Mas entendi isso que você falou... um eletricista consegue medir o que vem da rua se é suficiente? Para por exemplo provar se a tensão que chega é a correta ou não?

 

Voltando ao assunto principal do tópico a Corsair me respondeu mas de forma simples, só disse que tem proteção de pico acima e abaixo (over e under) e para eu olhar se tem algum componente estufado pela ventoinha (sem abrir claro)... o que acho bem difícil, mas... vou depois tentar desmontar o PC e ver isso... queria apenas entender como funciona essa proteção, ou se estou com risco de perder essa fonte nova logo de cara... :(

 

Por fim, tem algum equipamento que substitua o estabilizador, ou seja, que tenha essa função de segurar esses picos? Eu pensei que o filtro de linha da Clamper faria algo parecido... mas pelo jeito não, pois ele não desarmou e sim a fonte, passou direto...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Alexx Ares disse:

então, eu não sei... sei que vem 2 fios da rua para o quadro principal lá embaixo com o relógio e um disjuntor.. aí sobe direto esses dois fios para um disjuntor geral e vai distribuindo para outros... se é 127 ou 220 + N isso eu nem tenho ideia... :)

Veja na sua conta de eletricidade, opção"tipo de fornecimento". Mas tem só um disjuntor? é duplo ou simples?

O que o eletricista vai poder fazer é se a tensão está correta, Mas essa variação dentro da residencia não dá para resolver.

Acredito que o eletricista que mexeu quando você trocou os cabos pode ter se enganado, voce tem certeza que é 4mm2? E o chuveiro, é de 5400W ou daqueles grandões que passam de 7000Watts? Se for de 7000W precisa de 6mm2 porque o de 4mm2 esquenta(e é perigoso) e provoca essas quedas de tensão( e a oscilação interna).

Ás vezes, dependendo do chuveiro e da distancia do quadro até o chuveiro tem que colocar de 6mm2.

Quanto á proteção á variação desse tipo não há o que fazer, o que está acontecendo não é pico de energia, na verdade é redução da tensão nas tomadas porque o cabeamento está mal dimensionado, mas isso o eletricista tem que ver.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, Alexx Ares disse:

o que não entendo é: se tem pouca energia "na fonte" (vindo da rua), a ponto de "faltar" quando liga junto chuveiro, secadora e por exemplo ar condicionado, como forçar mais energia vinda da rua? Ou entendi tudo errado? Pois na minha visão semi leiga, vem energia por dois fios da rua e ponto..

 

No seu caso, acredito que não tenha a ver com a fase que vem da sua, pois uma só deve ser mais do que suficiente. 

O problema é no dimensionamento da bitola da fiação ou dos disjuntores da sua residência. Se a demanda é maior do que o fio suporta, começa a gerar resistência e aquecer o fio. Ou então desarmando o disjuntor.

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Math.Pi e @PedraX obrigado novamente. Então, o apartamento atual eu já nem me preocupo tanto pois vou sair, agora dá uma olhada no quadro de luz do novo (foto anexo)... parece filme de terror... já tem um eletricista que vai atualizar isso aí, assim o importante seria alguma dica específica para ele colocar relacionado a informatica, no caso a proteção do meu PC em especial... mas eu nunca tive disjuntor desarmado, nem fio quente pois realmente foi trocado do chuveiro (está adequado até onde sei) mas a máquina talvez não, pois vai no mesmo disjuntor da área e cozinha (lampadas, tomadas, etc.)... são todos daqueles pretos duplos (são separados mas tem que ativar os dois juntos) antigos....

 

Agora isolando o problema, ontem por exemplo a maquina foi ligada e não deu problema... será que a fonte pode ter vindo de fábrica com problema em algum componente? Pois uma coisa que lembrei é que fiquei 5 dias sem ligar o PC e ele não ligou de primeira... desliguei a chave dela (botão liga desliga da fonte) e religuei e voltou... será que pode ter vindo já com algum vício? A Corsair não responde objetivamente, só pedem para tirar foto pela grelha sem abrir quase impossível mas vou tentar....

 

 

WhatsApp Image 2019-05-09 at 15.45.41.jpeg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Você disse que sua fonte apresentou cheiro de queimado e que há grande variação da tensão. Então dificilmente seria problema de fábrica.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Math.Pi verdade, só estou tentando eliminar possibilidades.. :) o que me deixa mais confuso é a fonte ter desarmado e o filtro de linha da clamper que tem um mini disjuntor não... aliás, eu perguntei isso para a Corsair e não me responderam ainda, se é normal a fonte desarmar... pois como eu disse, o PC desligou (a fonte "cortou" a energia) e não ligava no botão liga do gabinete... só quando desliguei o botão da fonte e liguei novamente que o botão liga do gabinete funcionou... subiu um cheiro rápido de queimado mas sinceramente eu deduzi ser da fonte mas veio do gabinete... bem como deduzi também ter sido por causa de variação na energia, pois sem o antigo estabilizador que estalava quando isso ocorria, hoje não tenho referencia se tem algum pico....

 

Tá muito estranho isso e eu fico preocupado, apesar de estar aqui trabalhando normalmente sem problema algum, sem cheiro de queimado, a fonte inclusive super silenciosa e "ventando" na grade traseira, bem fria.... acho que estou me preocupando demais por problemas passados... :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Alexx Ares

 

Pode ser o que aconteceu com a minha Thermaltake Purepower e outras genéricas, todas por esgotamento dos capacitores grandes do primário necessitando serem trocados ( em lojas chegam a custar mais de 20 reais cada  ).

 

Antes eu havia dito aqui no fórum que eram os chamados de transistores drivers ou reguladores dessas fontes mas depois que os comprei e os instalei os defeitos continuaram.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo não entendo muito mas aqui usei por 1 ano uma Corsair CX450 num i7 6700k que tive que consumia bastante com overclock para 4.5GHz, tinha uma GTX 1070, 6 HDs, etc era bastante carga e a fonte aguentou tudo numa boa.

 

Eu comprei o Ryzen 2700X da assinatura em novembro/18 para substituir o i7, e achei uma promoção na Kabum da HX750 também da Corsair com 10 anos de garantia, 80 Plus Platinum e modular e acabei comprando. Mas aqui no PC que fica 24h ligado, à uns 3~4 anos um eletricista fez do quadro de disjuntores um circuito direto pra tomada do PC (dá uns 10m de distância), e uso um iClamper Energia 5 também, nunca tive problemas.

 

Esse circuito especial que pedi para o PC foi por já ter visto gente perder placas mãe e HDs por conta de disjuntores, fios, etc velhos. E aqui a casa é de 1978, então os disjuntores e os circuitos em geral são muito ruins, o que facilmente mataria uma placa-mãe, HD, TV etc por sorte isso não ocorre mais no PC, mas tenho medo da minha TV que está em outra tomada, sem estar nesse circuito específico que está o PC.

 

Mas se saiu cheiro de queimado e realmente foi da fonte, pode ter sido um surto de tensão MUITO forte, pois até onde sei, as fontes com PFC ativo da Corsair por exemplo das nossas, trabalham com uma variação de 90 a 264V se não me engano. Ou seja, se a sua Corsair não veio com defeito, passou mais que 264V pela tomada, o que causou uma pane nela, se é que foi dela que saiu o cheiro. Tem que ver direito isso, se a fonte veio com defeito você tem 1 ano de garantia com a loja + 2 anos com a Corsair nessa linha CX deles.


Espero ter ajudado um pouco, grande abraço e boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Henrique - RJ  eu larguei as genéricas e peguei a cx450 justamente para ter mais confiança...

 

@simforoso pessoal da Corsair ja disse que tem 5 anos de garantia (apesar de que eu achava que eram 3...) isso tranquiliza, mas não tira a preocupação de entender o problema para não queimar outra coisa (e mesmo a fonte, uso o PC diariamente, ficar sem ele seria prejuizo até a troca pela garantia). Quando você diz circuito direto seria um unico fio do quadro para a tomada do PC? Ele vai direto na rua ou passa pelo disjuntor geral? Pois onde moro hoje isso foi feito para o ar condicionado... porém, mesmo separado de tudo (assim como chuveiro), ao ligar o compressor "estalava" o estabilizador antigo, ou seja, dava um surto mesmo assim... quero aproveitar essa experiencia e essas dicas para aplicar no apartamento novo (novo para mim, ele é velho e tem esse quadro de luz medonho da foto) e refazer esse quadro aí de forma que proteja o máximo possível tudo... meu PC também fica ligado direto, as vezes desligo quando saio por mais de 3 ou 4 horas por exemplo... ou vou viajar.

 

O que mais queria saber no entanto é se já ocorreu esse desarme da fonte com alguem... a ponto de ter que desligar a chave dela e religar para voltar... o que passou pela minha cabeça agora é se não pode ter sido problema da placa-mãe.... e ao desligar a fonte na verdade cortou a energia da placa-mãe.... por isso "resetou" o circuito, nesse caso da placa-mãe e nao da fonte.... vou pesquisar se acho algum caso parecido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
30 minutos atrás, Alexx Ares disse:

@Henrique - RJ  eu larguei as genéricas e peguei a cx450 justamente para ter mais confiança...

 

@simforoso pessoal da Corsair ja disse que tem 5 anos de garantia (apesar de que eu achava que eram 3...) isso tranquiliza, mas não tira a preocupação de entender o problema para não queimar outra coisa (e mesmo a fonte, uso o PC diariamente, ficar sem ele seria prejuizo até a troca pela garantia). Quando você diz circuito direto seria um unico fio do quadro para a tomada do PC? Ele vai direto na rua ou passa pelo disjuntor geral? Pois onde moro hoje isso foi feito para o ar condicionado... porém, mesmo separado de tudo (assim como chuveiro), ao ligar o compressor "estalava" o estabilizador antigo, ou seja, dava um surto mesmo assim... quero aproveitar essa experiencia e essas dicas para aplicar no apartamento novo (novo para mim, ele é velho e tem esse quadro de luz medonho da foto) e refazer esse quadro aí de forma que proteja o máximo possível tudo... meu PC também fica ligado direto, as vezes desligo quando saio por mais de 3 ou 4 horas por exemplo... ou vou viajar.

 

O que mais queria saber no entanto é se já ocorreu esse desarme da fonte com alguem... a ponto de ter que desligar a chave dela e religar para voltar... o que passou pela minha cabeça agora é se não pode ter sido problema da placa-mãe.... e ao desligar a fonte na verdade cortou a energia da placa-mãe.... por isso "resetou" o circuito, nesse caso da placa-mãe e nao da fonte.... vou pesquisar se acho algum caso parecido.

Olha eu não entendo muito, mas aqui são 3 fases que vem da rua (4 fios). Logo geladeira, microondas, chuveiros, máquina de lavar/secar ficam em duas das fases e uma fase que fica mais tranquila digamos assim vão ligados os aparelhos mais sensíveis como computadores, TVs de LED, etc. Meu antigo modem da finada GVT que usei até 2016 antes de passar para a NET atual chegou a cair a conexão por conta de variação de corrente na fonte do aparelho deles. 

 

Acho que o cara que fez a obra aqui em casa passou pelo eletroduto um cabo direto do quadro de disjuntores de uma fase mais ociosa e trouxe direto para a tomada do PC, que aliás está aterrada pelo que ele me falou uns anos atrás. E nela uso o iClamper Energia 5 e a mencionada Corsair CX450 (tenho outro PC de mesa aqui, um Q6600 antigo com a CX450 mas não sei que fase ele está, pois não tem um circuito dedicado, porém nunca travou, nunca desligou nada)...

 

Mas eu não manjo muito disso, mas se você tiver um circuito específico pro seu PC é uma boa, e não abra mão do Clamper energia 5 que já me salvou de poucas e boas (aqui a rede elétrica varia bastante também, milagre ele não faz, mas pelo menos protege no caso de um surto de tensão,como o que ocorreu no passado acho que em 1997, quando um caminhão bateu nos fios da rua e deu uma baita sobretensão que queimou uma geladeira, 2 TVs de tubo (na época nem se imaginava LCD ou LED), máquina de lavar louça, etc...

 

Espero ter ajudado, abraços!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@simforoso  cara, obrigado pelo relato, realmente aqui é apartamento e só vem 2 fios lá de baixo (aliás, só chegam dois fios lá embaixo no relógio de luz, já vi isso pois deu um problema uma vez no disjuntor lá embaixo que foi trocado). O que tem de curioso aqui é que metade dos apartamentos pegam energia do poste da rua da frente e metade de trás, tanto que uma vez deu problema no transformador da outra rua e metade do prédio apagou metade não.... estou usando exatamente iClamper 5 e pensei que ele sozinho se tivesse pico desarmava, mas pelo jeito a fonte é mais sensível do que ele, ou seja, ela desarmou e ele não (isso se confirmado que foi realmente um pico de tensão que desarmou a fonte, ainda estou observando isso... e pesquisando se não foi, por exemplo, a placa-mãe).

 

Se eu achar algo ou tiver novidades aviso aqui, se alguém tiver mais algum relato da fonte ou placa-mãe que deu mesmo problema, agradeço.

 

Obrigado por todas as respostas!

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!