Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
carlmart

Impressoras com sistema de tinta recarregável

Posts recomendados

Me lembro que, na época das impressoras de fita. só me interessei pelas de jato de tinta quando soube que podiam ser recarregadas manualmente pelo usuário.

 

Atualmente isso esta ficando cada vez mais e mais difícil. Ao mesmo tempo que os cartuchos estão ficando cada vez menores e você gasta mais em cartuchos que no custo da impressora.

 

Olhando os tópicos deste fórum, deveria ter muitos mais deles que falem sobre esse assunto, que pesa tanto no bolso. Mas parece que não é assim.

 

Que tal contar as experiências de cada um com diferentes impressoras e modelos?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo, sempre usei jato de tinta da HP, pois se o cartucho é pequeno e muito caro, a recarga é baratinha. Mas do ano passado para cá, a HP fez alguma atualização na minha impressora que ela parou de aceitar cartuchos recarregados, mesmo o cartucho sendo original. Então, se eu não resolver esse problema, e até agora não resolvi, e como a HP ainda se recusa a dar suporte pelo telefone a quem não está na garantia, é totalmente inviável insistir com jato de tinta. Pretendo sair da jato de tinta para tanque de tinta, se realmente não conseguir resolver esse problema da minha HP 4646.

 

Como eu imprimo pouco, a jato de tinta era ideal, mesmo com cartuchos coloridos de apenas 6 ou 8ml por 120 reais. Eu conseguia recargas por 20 reais. Agora, sem a opção de recarga, é inviável ficar comprando pelo menos uns 2 cartuchos pretos mais uns 2 coloridos novos todo ano, totalizando mais de 300 reais, praticamente o preço de uma impressora nova por ano. Absurdo isso!

 

Estou pesquisando as tanque de tinta e devo optar pela Canon G4100, mas ainda preciso tirar umas dúvidas sobre sua cabeça de impressão para ver se  realmente é adequada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou muito interessado em cair fora da HP. Também não imprimo tanto, portanto partir para uma Epson não parece ser a solução.

 

Li que para recarregar Epson tem que trocar um chip ou coisa parecida, e me pareceu esquisito.

 

Já tive Lexmark laser P & B, mas ela quebrou antes de vencer a garantia, muito fraca. 

 

Fui dar uma olhada nessa Canon 4100, e também achei a 3100. Parecem muito boas e que aceitam recarga.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

minha experiencia com bulk é de 2012 pra ca, se nao estiver enganado

 

enfim, das q eu arrisquei a instalar bulk, ambas foram hp.. antes foi uma d110, passei 5 anos com ela nesse esquema.. sem transtornos.. em 2017 comprei uma hp 3636, tb adaptei um bulk e até entao uso ela..

 

estou ainda com o cartucho original, ja imprimi mais de 13 mil paginas e continua firme e forte.. so preciso fazer a manutencao basica q é recarregar o bulk, limpar o cartucho preto, etc..

 

como nao mexo com impressoes coloridas, so uso o bulk preto.. e nao tenho do que reclamar!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sim, eu passei os últimos dias pesquisando tanque de tintas da Epson e da Canon. Em relação a Canon, a diferença do G4100 para o G3100 é pequena, apenas o painel, um alimentador de folhas para scanner, mas também um sistema interno de condução de tinta que dizem impedir a entrada do ar que possa ressecar a tinta. Como uso pouco a impressora, me pareceu uma característica importante, além da praticidade do alimentador de folhas para scanner. Acho que vale a pequena diferença de preço entre elas.

 

Minhas dúvidas em relação a esses modelos é que a cabeça de impressão é substituível e, portanto, de qualidade mais frágil que o da Epson, que é fixa. Se por um lado você não perde a impressora quando da problema na cabeça de impressão, ressecamento ou entupimento de tinta por exemplo, por outro lado, essa cabeça de impressão é mais cara que o cartucho da HP, e eu não sei a frequência que ocorre necessidade de substituir. Isso é que tá pegando... Tem também um problema nessas tanques de tinta que é o esgotamento de uma almofada usada para receber o excesso de tinta. Com o tempo elas precisam ser substituídas e no caso da Canon tem que levar na assistência técnica. Também não sei a frequência com que isso ocorre. Como uso pouco, no máximo umas 30 folhas por mês, acho que nada disso vai ser problema para mim, mas estou pesquisando...

 

Também gostei muito da Epson L4150. A cabeça fixa não teria custo de manutenção, mas há risco de perder a impressora se ela entupir. Acho difícil, mas pode ocorrer se eu ficar um longo tempo sem usar. Mas ainda teria o custo das almofadas, embora vi no YouTube uma gambiarra de substituir a almofada por um pote de vidro que é vendido no tamanho exato dessa impressora. Ela é bem mais bonita que as Canon e o sistema ecofit das garrafinhas de tinta é bem bacana. Mas o grande problema dessa impressora é a engrenagem frágil, de plástico, do alimentador de papéis. Muita gente tendo problema. Os dentinhos da engrenagem se desgastam e ai tem que levar na assistência para trocar a peça. Também não sei a frequência que dá esse problema para quem usa pouco, mas é um risco.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu não imprimo muita coisa, mas é principalmente capa de DVD com filmes HD dentro.

 

Colorido fica muito melhor, só que com HP 1110 como a minha fica impossível e muito caro de fazer.

 

Mas também esse problema de secar a tinta e entupir dos sistemas bulk parece preocupante.

 

Não tem uma impressora "ponto medio", pau para toda obra, que utilize garrafinhas que você preenche?

 

Tinha uma Epson que li alguma coisa, mas depois ficava sabendo que tinha que trocar um chip na placa. E o chip não era barato.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

OK, estive olhando uns vídeos sobre recargas da Epson L220 e da L4150.

 

Não entendo bem essas diferenças entre tintas de recarga, ou porque utilizar elas, já que tem que limpar todo o reservatório e o sistema de abastecimento até a cabeça. 

 

O procedimento de recarga de tinta na L4150 me pareceu mais simples que no L220.

 

O sistema de recarga e repressurização de mangueiras e cartuchos da Canon me pareceu um pouco mais complicado.

 

Da, para quem já tiver recarregado algumas das duas, falar disso: macetes, cuidados e tudo mais?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, carlmart disse:

OK, estive olhando uns vídeos sobre recargas da Epson L220 e da L4150.

 

Não entendo bem essas diferenças entre tintas de recarga, ou porque utilizar elas, já que tem que limpar todo o reservatório e o sistema de abastecimento até a cabeça. 

 

O procedimento de recarga de tinta na L4150 me pareceu mais simples que no L220.

 

O sistema de recarga e repressurização de mangueiras e cartuchos da Canon me pareceu um pouco mais complicado.

 

Da, para quem já tiver recarregado algumas das duas, falar disso: macetes, cuidados e tudo mais?

 

 

Amigo, eu ainda não tenho a impressora da Canon, mas estou prestes a adquiri-la. Como a cabeça de impressão é vendida ao cliente, eu penso que seja apenas trocar como se troca um cartucho de tinta. Depois que você falou eu pesquisei na web e vi que realmente há vídeos citando um procedimento mais técnico para fazer a troca da cabeça de impressão. Estou achando que isso é um preciosismo... Se realmente for necessário fazer todo esse procedimento, no meu caso, só levando numa assistência técnica. Isso vai encarecer mais ainda o que já é caso, pois uma cabeça de impressão da Canon custa em torno de 100 a 200 reais. Se adicionar o custo de uma assistência técnica, vai aí um custo total de uns 300 a 400 reais, o que é muito caro. O benefício de ser substituível, em oposição ao da Epson, já não seria tão atrativo assim. Também ainda não sei a frequência com que essa cabeça precisa ser trocada. Vou procurar me informar se a troca da cabeça de impressão é similar à troca de cartucho ou se exige mesmo assistência técnica.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@clapinto1968

21 horas atrás, clapinto1968 disse:

 

Amigo, eu ainda não tenho a impressora da Canon, mas estou prestes a adquiri-la. Como a cabeça de impressão é vendida ao cliente, eu penso que seja apenas trocar como se troca um cartucho de tinta. Depois que você falou eu pesquisei na web e vi que realmente há vídeos citando um procedimento mais técnico para fazer a troca da cabeça de impressão. Estou achando que isso é um preciosismo... Se realmente for necessário fazer todo esse procedimento, no meu caso, só levando numa assistência técnica. Isso vai encarecer mais ainda o que já é caso, pois uma cabeça de impressão da Canon custa em torno de 100 a 200 reais. Se adicionar o custo de uma assistência técnica, vai aí um custo total de uns 300 a 400 reais, o que é muito caro. O benefício de ser substituível, em oposição ao da Epson, já não seria tão atrativo assim. Também ainda não sei a frequência com que essa cabeça precisa ser trocada. Vou procurar me informar se a troca da cabeça de impressão é similar à troca de cartucho ou se exige mesmo assistência técnica.

 

Da uma olhada nesse vídeo sobre como carregar os cartuchos de tinta da Canon.

 

 

Achei o procedimento de pressurização das mangueiras meio complicado. Não acha não?

 

Eu nem cogitava ou cogito em trocar cabeçote nenhum. Mas achei meio estranho que parece que as mangueiras acabam em dois cartuchos, que imagino sejam as cabeças de escritura. Alguém que conheça as Canon pode explicar?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Perguntei sobre isso num grupo de WhatsApp e disseram que a troca da cabeça de impressão é tão simples quanto a troca de cartucho de tinta. Um outro disse que ouviu dizer que uma cabeça de impressão "não imprime nem 15 mil folhas". Para mim, isso é uma eternidade já que não imprimo nem 500 folhas por ano, mas quem tem um volume maior pode precisar ter o custo da substituição do cabeça de impressão. 

 

Sobre esse vídeo, eu já tinha visto ele. Não entendi. Se fosse assim tão complicado, a canon não disponibilizaria a venda para o cliente pois exigiria assistência técnica. Se a cabeça de impressão ta na prateleira para o publico comprar, não faz sentido precisar do conhecimento técnico mencionado no vídeo. Sinceramente, não entendi esse vídeo.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As cabeças de impressão estão naqueles cartuchos onde as mangueiras são insertadas no vídeo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
13 minutos atrás, carlmart disse:

As cabeças de impressão estão naqueles cartuchos onde as mangueiras são insertadas no vídeo?

 

cabeca de impressao: é o cartucho propriamente dito

 

esse sistema da canon é o mais parecido com os bulks q as pessoas normalmente adaptam.. pra falar a verdade é a mesma coisa, so muda o fato de ja vir de fabrica as mangueiras devidamente instaladas e adaptadas

 

entretanto nao há dificuldades, o video em si mostra como é a manutencao basica dessas impressoras.. nao é pelo fato de ter o cartucho/cabeca de impressao disponivel para venda q as coisas sejam sempre plug'n'play como se diz no popular..

 

haverá situações sim q o usuário deverá fazer determinados procedimentos para o uso correto... sistemas bulk precisam dessa atencao extra, nao tem pra onde.. ate porque você lida com tintas liquidas em volume considerável, com pressurizacao das mangueiras, limpeza, etc, etc, etc.. nesse video acontece o que normalmente ocorre, que é a entrada de ar nas mangueiras.. caso o procedimento nao seja feito, sua impressora nao irá funcionar por hipotese alguma, fora o risco de queimar a nova cabeca de impressao, etc, etc

 

 

quem nao quer mexer com nada disso ou nao sente intimidade alguma, tem q usar as impressoras com cartucho mesmo.. porque lá nao tem como errar, é comprar e usar sem maiores detalhes

 

 

hoje, se eu fosse comprar uma impressora com bulk de fabrica, escolheria as da epson.. pelo fato de serem mais simples nesse aspecto pois a maioria delas nao usa desse "cartucho" e sim de cabecas de impressao propriamente ditos, mais duráveis.. esses modelos q apenas trazem o sistema "oficializado" como existe nessas canon e em algumas da hp sao mais suscetíveis a falhas/manutencoes constantes

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 26/05/2019 às 10:19, clapinto1968 disse:

Amigo, sempre usei jato de tinta da HP, pois se o cartucho é pequeno e muito caro, a recarga é baratinha. Mas do ano passado para cá, a HP fez alguma atualização na minha impressora que ela parou de aceitar cartuchos recarregados, mesmo o cartucho sendo original. Então, se eu não resolver esse problema, e até agora não resolvi, e como a HP ainda se recusa a dar suporte pelo telefone a quem não está na garantia, é totalmente inviável insistir com jato de tinta. Pretendo sair da jato de tinta para tanque de tinta, se realmente não conseguir resolver esse problema da minha HP 4646.

 

 

 Já tentou ver no site de suporte se não existe uma atualização de firmware para sua impressora? A minha 6830 teve o uso de cartuchos recarregados bloqueado numa atualização, depois devido a repercussão negativa, a HP liberou uma nova atualização removendo o bloqueio. Já tentou verificar se não é o seu caso?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, mattaus disse:

 Já tentou ver no site de suporte se não existe uma atualização de firmware para sua impressora? A minha 6830 teve o uso de cartuchos recarregados bloqueado numa atualização, depois devido a repercussão negativa, a HP liberou uma nova atualização removendo o bloqueio. Já tentou verificar se não é o seu caso?

 

Amigo, Pelo software HP Smart identifiquei que o firmware da minha impressora é MZM1FN1830AR. 

No site da HP o firmware mais atual da HP 4646 é de AGO/18 e encontra-se no arquivo DJ4640_R1830A.exe.

 

Pesquisando na Web encontrei o link abaixo, de SET/18, onde é informado que nesse arquivo consta essa versão do firmware que é a mais recente. Então, meu firmware está atualizado.

 

https://h30487.www3.hp.com/t5/Software-e-drivers-para-impressoras/Erro-ao-executar-atualização-de-firmware-DJ4640-1830A/td-p/734536

 

Pesquisando na web, me pareceu haver 3 situações que poderiam resolver o meu problema:

 

1. Firmware desatualizado. Não é o caso, como observei no HP Smart.

2. Configuração de cartucho protegido. Também não é o caso. O HP Smart informa que a proteção de cartucho não está ativa.

3. Reset da Impressora. É o que está faltando tentar. Ainda não fiz porque na WEB encontrei como fazer um SEMI FULL RESET na 4646. Feito esse procedimento indicam um link com orientações para finalizar o RESET. Mas esse link está quebrado. Receio não finalizar o RESET e bugar de vez a impressora de modo que ela deixe de imprimir ate com cartuchos originais.

 

Se alguém já fez esse procedimento na HP 4646 (4640 series) e puder me orientar, eu agradeço. A parte inicial que encontrei na WEB orienta assim:

 

Pressionar botões: TRAÇO - TRAÇO - CASA - TRAÇO

Depois OK em Support Menu

Depois OK em RESET Menu

Depois OK em SEMI FULL RESET

A seguir a impressora irá desligar. Aguardar 15s e ligar novamente.

 

Depois eles mandam seguir as orientações do link que está quebrado.

Se alguém souber o que fazer para completar esse RESET após o boot da impressora, eu agradeço.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que o sistema da Epson parece ser bem menos complexo, e sujeito a erros, que o da Canon.

 

Duvido que a HP facilite, de qualquer maneira e com a repercussão que possa ter, qualquer atualização que permita recarregar os cartuchos deles. O negocio da HP é cartucho, não impressora, e não vão abrir mão disso.

 

Estes últimos cartuchos que recarreguei com a minha HP 1110 só foram recarregados uma vez, e com uma quantidade limitada de tinta, e logo começaram a dar problema.

 

Alguma coisa parece ter mudado no interface elétrico do cartucho com a impressora. Não quer mais esse modelo de impressora.

 

Só impressora que aceite recarga.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@clapinto1968 Experimente tentar o firmware anterior, não sei se a impressora permite o downgrade, porém eu lembro de ver alguma notícia ou relato de que um firmware mais recente havia retornado com o bloqueio dos cartuchos recarregados. No meu caso, eu não tive essa experiência e a minha impressora imprime normalmente usando esses cartuchos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A minha HP 1115 não imprime mais com cartuchos recarregados. A minha era HP acabou.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

mas cartucho da hp sempre foi problematico, principalmente quando ele seca todinho.. há alguma coisa q impede q ele funcione mesmo recarregado

 

foi por causa dessas frescuras q eu optei por instalar o bulk.. desde a hp d110a.. e isso eu faco com o cartucho 0km, saido da caixa.. porque se você for esperar q ele seque pra fazer, um abraço.. só comprando outro

 

deve ser por isso q o meu aqui  da hp3636 q ainda é o original de fabrica e com mais de 13 mil impressoes continua firme e forte.. porque assim q abri a impressora da caixa, tirei o cartucho da embalagem e já adaptei o bulk..

 

e assim vai indo até quando ele aguentar.. como imprimo regularmente as coisas e faco a manutencao basica constante, acredito numa vida util de pelo menos o dobro do volume de folhas q ja imprimi até hj!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Da para explicar um pouco mais como seria e quanto custaria essa alteração para bulk na minha HP?

 

Tem gente que não aconselha a mudança de HP para bulk, e também gostaria de saber porque.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
41 minutos atrás, carlmart disse:

Da para explicar um pouco mais como seria e quanto custaria essa alteração para bulk na minha HP?

 

Tem gente que não aconselha a mudança de HP para bulk, e também gostaria de saber porque.

 

isso ai varia muito.. tem bulks e bulks, modelos diversos.. eu comprei na epoca um mais barato q tinha, so precisava da garrafinha pra usar a tinta preta mesmo.. e assim o fiz..

 

comprei o kit completo porque so vendia assim, nao recordo o valor.. e eu mesmo fiz a instalacao, ja q tinha uma experiencia nisso.. vi alguns videos na internet pra me basear e pronto, sem problemas

 

está instalado desde entao e imprimindo de tudo.. mas so uso como falei, a tinta preta..

 

compro uma garrafinha de tinta preta aqui perto da minha casa q custa em media 20 reais.. e imprimo umas 4 resmas com ela tranquilamente.. pra mim, otimo negocio..

 

comprei um kit parecido com esse: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1196176126-bulk-ink-completo-para-hp-canon-lexmark-mais-verruma-e-snap-_JM?quantity=1

 

é algo padronizado..

 

tirei umas fotos pra mostrar como é simples.. pelo menos nessa hp3636 eu achei.. vi videos de gente furando, quebrando a carenagem da impressora, quando nao foi preciso nada disso.. simplesmente jeito e criatividade pra driblar os entraves

 

 

IMG_20190531_105826.thumb.jpeg.7eed90ea409a920da31960bf3bc1f4af.jpeg

esse é o reservatorio.. antes eu fixava ele na lateral com fita dupla face mas como precisa sempre tirar ele pra fazer a recarga e etc, a fita ficava sem utilidade depois de um tempo.. fiz essa gambiarra com pedacos de pegador de roupa e cola quente pra garantir que ele fique em pé sem ser derrubado, ja que por aqui tenho gatos e eles gostam de dormir nesse movel, exatamente ao lado da impressora..

 

IMG_20190531_105835.thumb.jpeg.53c520b38768c9245be756b5522c8a45.jpeg

 

aqui é por onde a mangueira entra.. pelo cantinho, praticamente imperceptivel..

 

IMG_20190531_105856.thumb.jpeg.bba84df1402a430241bcc8c34c34684a.jpeg

 

por dentro, tudo nos conformes.. como pode ver usei apenas 3 pedacos de fita dupla face pra fixar a mangueira onde quis.. verifiquei as folgas para nao ficar nada apertado e o quanto de mangueira era necessaria no deslocamento do cartucho.. depois de fixado, ai está desde o dia q instalei.. nunca caiu ou deu qualquer problema

 

IMG_20190531_105923.thumb.jpeg.6573e3afd66d57dff1508eda21bb5f3d.jpeg

 

esse é o famoso cartucho de 13398 impressoes, pra ser mais preciso.. está ai desde q saiu da caixa, junto com a impressora.. por ele ja passou muita tinta e continuará passando, espero q pelo menos pelas proximas 13000 e tantas impressoes..

 

IMG_20190531_105943.thumb.jpeg.313f4314d0711f9e7e11dc9ee109a12d.jpeg

 

por fim, o cartucho por baixo.. limpo, sem excesso de tinta, a impressora tb está dentro do seu uso bem limpa, enfim, tudo isso tb acontece porque sempre passo um papel fino nesse cartucho e nos contatos eletricos pelo menos 1x por semana.. as vezes tá bem limpo, outras um pouco sujo, mas é normal.. varia com a intensidade do uso

 

 

enfim, espero q ajude em algo, caso queira optar por adaptar.. se o negocio for bem feito, dura bastante.. apesar de muita gente nao gostar ou criticar, creio q é a solucao mais custo x beneficio, ainda q hj ja tenhamos impressoras q ja vem com tais sistemas integrados de fabrica..

 

 

 

 

adicionado 4 minutos depois
1 hora atrás, carlmart disse:

Tem gente que não aconselha a mudança de HP para bulk, e também gostaria de saber porque.

 

eu desconheco isso.. como falei, ja uso bulk desde a minha d110a.. as anteriores eu caia na burrice de usar cartucho custando os olhos da cara.. resultado, a impressora vivia mais tempo parada q funcionando e servindo como enfeite..

 

depois q comecei a usar, é o que pretendo fazer, ate o dia q comprar uma q ja seja bulk de fabrica, o que pelo visto vai demorar principalmente pelos precos cavalares q nao condizem com a realidade.. pelo menos eu nao acho viavel dar mais de 700 reais em qualquer impressora q seja..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por muito tempo eu recarregava só o cartucho de tinta preta, com siringa, nunca comprava cartucho recarregado. Durava muito, 15 vezes ou mais. 

 

Depois um dia vi um video de como recarregar cartucho colorido e passei a fazer isso. Mas para entâo o modelo da impressora HP também tinha mudado, e tanto os cartuchos coloridos como os pretos passaram a durar só duas ou três recarregadas.

 

Eu nâo vou cair na arapuca da HP. Eles nunca vâo mudar essa politica nem nunca vão usar bulk. O negocio bom deles é venda de cartucho. A impressora eles te dão quase de graça,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
1 hora atrás, carlmart disse:

Por muito tempo eu recarregava só o cartucho de tinta preta, com siringa, nunca comprava cartucho recarregado. Durava muito, 15 vezes ou mais. 

 

Depois um dia vi um video de como recarregar cartucho colorido e passei a fazer isso. Mas para entâo o modelo da impressora HP também tinha mudado, e tanto os cartuchos coloridos como os pretos passaram a durar só duas ou três recarregadas.

 

Eu nâo vou cair na arapuca da HP. Eles nunca vâo mudar essa politica nem nunca vão usar bulk. O negocio bom deles é venda de cartucho. A impressora eles te dão quase de graça,

 

nao entendi bem o q você quis dizer... mas as recargas com seringa sao super ineficazes de fato.. no comeco eu fazia isso tb, entretanto os cartuchos por qualquer motivo q nunca entendi sempre davam pau.. dai em diante foi quando comecei a usar bulks.. e de la pra ca, sem problemas

 

entretanto a hp tem impressoras com bulk de fabrica hj em dia..

 

modelos recentes

 

hp 316

hp 412

 

entretanto nao sei qual é o historico delas.. so sei q ja foram lancadas tem algum tempo.. e pelo q vi, usam da mesma estrategia da canon em usar cartuchos q podem ser substituidos tb..

 

mas pelo preco dessas e de outras marcas, dificilmente irei um dia compra-las.. so se baixarem muito o preco e quando a que eu tenho hj em dia der os ultimos suspiros de vida.. até la continuo com meu bulk ink adaptado firme e forte

 

 

abraços e boa sorte na escolha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Após ter feito sem sucesso todas as tentativas para reabilitar a impressão de cartuchos recarregados (verifiquei que o firmware estava atualizado, que a configuração não protegia o cartucho e fiz o reset da impressora) resolvi levar minha HP numa assistência técnica. Lá tive a grata surpresa de ver minha HP voltar a imprimir um cartucho que era recarregado, mas não aqueles que eu tinha em casa que continuaram apresentando os mesmos problemas. Não ficou claro qual o problema, mas me pareceu que tem a haver com a loja onde fazia as recargas. Fazia, porque agora vou fazer nessa assistência técnica. A principio, o problema parece estar resolvido, mas vamos ver quando precisar das próximas recargas.

 

Se voltar a ocorrer, vou acabar tendo que optar pela tanque de tinta, provavelmente a Canon G4100, que foi a que mais me agradou. Das Epson, gostei da L4150/L4160, mas o problema na alimentação de papel me desanimou. Também os recursos da cânon são mais interessantes que o da Epson (mais rápida, foto sem borda e preto pigmentado). Infelizmente não faz duplex (automático) como a minha HP 4646. Mas agora estou ciente que poderei ter problemas numa possível troca de cabeça de impressão, talvez precisando levar a assistência técnica. No entanto, como imprimo menos de 500 folhas por ano, acredito que a cabeça de impressão original irá durar por muitos anos, compensando o risco. E também deverei lembrar de toda semana imprimir ao menos 1 folha para evitar o ressecamento de tinta.

 

Enfim, se minha HP deskjet voltar a funcionar normalmente, é a melhor solução. Gosto muito da HP 4646 que me atende tudo o que eu preciso. Mas se voltar a recusar cartucho recarregado, não terei outra opção a não ser optar por uma tanque de tinta. E até onde pesquisei, a que mais me agradou foi a Canon G4100.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!