Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Paulo SGM

Descobrir qual é a entrada de 110v/220v do trafo.

Posts recomendados

Bom dia, amigos. Depois de ler alguns tópicos sobre a inutilidade de estabilizadores e afins, resolvi usar um estabilizador Microsol 1000 que tenho aqui em casa para fazer um carregador de bateria. Tenho algum conhecimento em eletrônica, suficiente para não tomar choque ou causar acidentes, mas não estou conseguindo descobrir os fios de entrada de tensão desse trafo pois ele tem 5 fios de um lado e 6 do outro. Sendo que um desses últimos sai e volta pro trafo. Vi em tutoriais que os fios mais finos são geralmente do primários, porém todos aqui são da mesma espessura, como se vê nas fotos. Alguém poderia me ajudar?  

 

 

Fios de um lado do trafo

 

 

 

:FIOS.thumb.jpeg.59decf3ae4e8913e7f67b5c58524b5f4.jpeg

 

 

Outro lado:

1300373508_fios2.thumb.jpeg.785f555a7f469431f48ae5ce78b601b5.jpeg

 

Especificações: 

571521598_WhatsAppImage2019-05-27at09_41_58.thumb.jpeg.dedf22ef6456901986945d50ad944db8.jpeg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se fosse um nobreak seria possível fazer um carregador de bateria. 

 

Mas sendo um estabilizador não dá muito certo, pois ele usa auto transformador. Estes não tem primário e secundário, é uma coisa só. 

Faça a prova aí com um multímetro. 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Renato.88 Testei com o multímetro e vi que, de um lado (A com 6 fios), todos têm continuidade entre si e resistência bem semelhantes. Do outro lado, há 2 fios que têm continuidade com todos do lado (A) e 2 fios que têm continuidade apenas entre ambos. Ou seja: há apenas 2 fios que diferem dos demais. São estes o laranja e marrom da foto 2 (lado B com 5 fios, sendo que um retorna pro trafo). 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
43 minutos atrás, Paulo SGM disse:

Vi em tutoriais que os fios mais finos são geralmente do primários, porém todos aqui são da mesma espessura

Nesse caso seriam os fios do enrolamento, e não os fios normais de ligação do trafo, já vi gente falar desse negócio de que os fios (de fora, não do enrolamento) mais finos correspondem ao primário, afirmação bem tosca, uma vez quando não entendia nada do assunto, me baseei nessa informação e liguei o secundário na tomada, o resultado já sabe.

 

Esse é um autotrafo de estabilizador, é um único enrolamento com várias derivações (taps), o estabilizador mede a tensão da rede, quando há uma variação na tensão ele muda o tap onde está ligado a saída das tomadas, ajustando a tensão.

 

Teria que rebobiná-lo para fazer um carregador seguro, se tentar usar do jeito que está até teria como fazer, porém como não é isolado da rede há risco de tomar choque nos terminais do carregador, nem arrisque, tomar choque não é uma experiência muito boa.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Gu1426  e @Renato.88 muito obrigado pelos esclarecimentos. Considerando que eu isole muito bem as garras jacaré externamente, deixando apenas a parte interna que faz contato com os polos da bateria(automotiva, no caso), é possível fazê-lo? Se for possível, em quais fios eu posso ligar os fios fase e neutro da rede elétrica?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
36 minutos atrás, Paulo SGM disse:

apenas 2 fios que diferem dos demais

Provavelmente uma V e potencia baixas só pra alimentar o mc e relés. Ou seja este treco não serve muito pra carregador. Ou seja, evite usá-lo...

  • Curtir 4

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Paulo SGM Como se trata de um transformador mais potente, o fio dele é bem grosso, então a resistência do "primário" é bem baixa, veja entre quais fio dá a maior resistência, geralmente os fios das extremidades são início/fim da bobina, tente primeiro por eles, anote em um papel, depois meça os outros.

adicionado 3 minutos depois

Nesse caso seria ver em quais fios obtém uma tensão aproximada ao do carregador 14/15V, mas como já disse, não recomendo fazê-lo, procure um transformador de nobreak, é mais apropriado, ou então rebobine, você mesmo, pois pagar alguém para fazer isso vai sair mais caro que um nobreak no ferro velho.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Gu1426 Medindo, na escala de 200 ohms do lado A;

fio preto (1° da extremidade) com:  
cinza; 23,7
vermelho; 27,7
amarelo; 24
laranja; 27,3

branco; 29

amarelo do outro lado; 19

Azul do outro lado; 27 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A melhor maneira de descobrir quais fios vão na tomada, é seguir as ligações da placa. 

 

E se conseguir alguma tensão próxima de 12V, tem que ver se existe a possibilidade de separar os enrolamentos. 

  • Curtir 1
  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Renato.88 Pois é, tem a placa a disposição, e eu estou imaginando só o trafo lá sozinho, kkkkkkkkk

adicionado 14 minutos depois

Duas ideias:

  • Se o trafo tiver uma sobra de espaço, pode fazer um enrolamento secundário de 14V, não vai dar mais que uma camada, acho... Ambas as opções é necessário verificar quantas espiras por Volt o trafo dá.
  • Outra solução seria dividir o enrolamento, mas essa opção é só no caso de não haver espaço de sobra no trafo.
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
50 minutos atrás, Gu1426 disse:

Outra solução seria dividir o enrolamento, mas essa opção é só no caso de não haver espaço de sobra no trafo.

Essa seria a melhor opção. 

Pela foto já dá pra ver que não tem espaço. 

Pra carregar uma bateria, chuto umas 40 voltas de fio 18 ou 20 no mínimo. 

Pra ficar bom mesmo seria melhor fio 14.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!