Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
CoyoteLoko

FSB do processador deve ser igual ao da placa-mãe?

Posts recomendados

Olá a todos. 

Bem, primeiramente gostaria de dizer sinceramente que antes de realizar essa pergunta eu pesquisei e realmente não encontrei até agora uma resposta plausível. A dúvida surgiu quando eu decidi que quero fazer um upgrade de processador no meu pc. A dúvida é a seguinte:

Minha placa-mãe é essa: ASRock N68-S3 FX

Como podem ver, o FSB indicado na especificação da placa é de 1000MHz (2.0 GT/s)

Então eu fui olhar na lista de processadores que são compatíveis: https://www.asrock.com/mb/NVIDIA/N68-S3 FX/#CPU

E me deparei com todos os processadores com FSB maior do que o da placa-mãe. Inclusive meu processador atual que é o modelo: Athlon II X2 250 - ADX250OCK23GM -  FSB 2000MHz - (4.0 GT/s) - Dados retirados do AIDA64 EXTREME

Então aí surgiu a dúvida se não precisaria serem iguais os FSB de ambos os componentes. Pesquisei e em muitos lugares falam que para ter um melhor rendimento o ideal é que sejam iguais, e que se o FSB do processador for maior pode causar danos à placa-mãe. Porém eu não confiei muito nessa última informação, porque na própria lista do fabricante está recomendado utilizar esses processadores com FSB maior (então suponho que pode ser usado sem problema).

Então eu tenho duas dúvidas: 

1 - O FSB dos dois não deveriam ser iguais? Será que vi alguma informação errada na especificação?

2- Sim a placa é velha e talvez já obsoleta, será que compensa fazer esse upgrade com algum processador da lista? Será que vai dar muita diferença?

Desde já agradeço e desculpe se a pergunta for meio tola.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

1 - Quando os FSBs são diferentes irá funcionar normalmente, mas na velocidade do menor. Mas certifique que a bios reconhece o novo processador.

2 - Qual é/será o uso do computador? Qual a configuração completa do seu pc atualmente? 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se tratando de AMD (K8/K10/K10.5 (FX)) não é FSB, e sim HyperTransport e ele é retro compatível, só vai reduzir a velocidade para funcionar de acordo com a velocidade do HyperTransport que o processador especifica.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
51 minutos atrás, Sergio NewSonic disse:

1 - Quando os FSBs são diferentes irá funcionar normalmente, mas na velocidade do menor. Mas certifique que a bios reconhece o novo processador.

2 - Qual é/será o uso do computador? Qual a configuração completa do seu pc atualmente? 


@Sergio NewSonic Olá Sergio, obrigado por responder. Mas ali no caso o ideal mesmo seria trabalhar com os FSB iguais, seria o correto pelo que entendi? O que acho estranho é a placa não ter o mesmo valor dos processadores indicados mas paciência né kkkk.

2- Assim, a princípio seria para uso pessoal, internet, office. Talvez tente rodar alguns jogos de vez em quando mas na verdade estou sem tempo para jogar, gosto de jogar Formula 1, rally Dirt e FPS. Como não tenho tempo acho que seria um investimento ruim adquirir um novo pc tão potente sendo que nem vou usar. 

A configuração completa:

placa-mãe: N68 - S3 FX
Processador: Athlon II X2 250
Placa de vídeo: NVIDIA GT 520
Memória : 2GB DDR3 (pretendo colocar mais um pente)
Fonte: genérica 400w
S.O= Windows 7 ultimate

Talvez eu precise trocar o HD, tem dois instalados, mas o que tá com o sistema instalado está defeituoso, está apresentando erro nos programas como HD Tune, o cabo dele tá velho talvez possa ser o cabo, mas se não for vou precisar trocar mesmo.

Entrei no cpu boss e ele indicou que o Opteron 3380 seria a melhor escolha.
 

adicionado 6 minutos depois

@Amanda Gonçalo  Entendi. Mas só para ficar claro, o processador tendo este valor maior vai ter um desempenho reduzido? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O processador vai operar em um clock mais baixo a princípio, se estou bem lembrada.

Não tenho total certeza porque faz tempo que não coloco as mãos em um sistema LGA 775.

 

De toda forma se tua placa-mãe permitir o overclock do FSB, você pode tentar ajusta-lo para funcionar no mesmo clock do FSB do processador.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Só uma dica , FX em placa-mãe chipset dinossauro N68/760G fica uma carroça , o resto os amigos acima já responderam abraços !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Agora que eu me dei conta que você estava a falar dos processadores AMD de fato, neste caso o que bus do sistema é o HyperTransport (HT) e ele substitui o Front Side Bus (FSB), aqui vão algumas considerações: 

 

Em 30/05/2019 às 23:41, Amanda Gonçalo disse:

O processador vai operar em um clock mais baixo a princípio, se estou bem lembrada.

Não tenho total certeza porque faz tempo que não coloco as mãos em um sistema LGA 775.

 

De toda forma se tua placa-mãe permitir o overclock do FSB, você pode tentar ajusta-lo para funcionar no mesmo clock do FSB do processador.

 

Neste caso isso pode ser desconsiderado, se a tua placa-mãe por exemplo funcionar na velocidade de 1.0 GHz para o HT, e o teu processador for 2.0 GHz, o processador então vai usar o bus a 1.0 GHz. O impacto disso na performance é coisa marginal, não é algo que seja muito notável visto que o HT é o bus do sistema para a comunicação do processador com o chipset da placa-mãe e outros componentes.

 

E o que eu disse sobe o processador funcionar a um clock mais baixo pode ser desconsiderado também.

 

O overclock do HT ainda é uma possibilidade mas no geral não é algo que valha a pena.

https://en.wikipedia.org/wiki/HyperTransport

 

Em essência, não faz mal que a velocidade do HT do processador seja diferente da placa-mãe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!