Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Rerthson Macedo

Internet via cabo não funciona no roteador, somente no modem.

Posts recomendados

Olá pessoal, estou com um problema já pesquisei inúmeros tópicos na internet mas não consegui resolver:

 

Tenho internet vivo, e quando conecto qualquer equipamento seja por WIFI ou Cabo (no modem da vivo) funciona normalmente. Então conectei um roteador ao modem e a internet WIFI funciona normalmente, mas quando conecto via cabo aparece "rede desconhecida", e não conecta de nenhuma maneira. É alguma configuração do modem ou do roteador que não deixa que a internet conecte via cabo a partir do roteador. Não é problema de cabo nem do notebook. Alguém já passou por esse problema?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá!

 

Conectar do seu equipamento ao roteador da vivo ou ao seu roteador adicional não envolve a internet. São apenas conexões de rede. Na configuração normal, seu roteador da vivo vai criar uma rede que vai abranger tanto os dispositivos ligados via wifi quanto os ligados via cabo, a mesma rede.

 

De modo similar, seu segundo roteador vai criar uma segunda rede, ou uma extensão da primeira, dependendo de você ligou os dois e de como configurou alguns parametros. Ligando o roteador da vivo numa porta LAN ou na porta WAN desse segundo aparelho roteador muda muitas coisas.

 

Mesmo sem usar a internet tudo deve funcionar igualzinho. Você pode por exemplo ter dezenas de dispositivos em rede, com grande tráfego, e sem acessar a internet. Muito embora se fale até em cabo de internet e roteador de internet, essas coisas não existem como tal. Redes locais são ligadas a internet por um provedor e a coisa anda. Só isso.

 

Como ligou os dois roteadores? via WAN ou LAN no segundo aparelho?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá arfneto, desde já agradeço a atenção.

 

Eu conectei o cabo de rede na porta LAN do modem da vivo e no outro lado conectei na porta WAN do roteador. Então com outro cabo de rede conectei na porta LAN do roteador e a outra ponta no notebook/tv, e este não conecta, aparece rede desconhecida, porém o wifi consigo usar normalmente. (Há um mês atrás estava funcionando normalmente).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá

 

Como usou a porta WAN a comunicação entre as duas redes fica um pouco diferente. Se precisa de todos os micros na mesma rede talvez prefira usar o segundo roteador ligado a uma das portas LAN mesmo.

 

Testou ligar um micro nesse cabo que liga no segundo roteador pra ver se conecta ok?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se eu ligar o micro no cabo que eu ligo o segundo roteador, ele funciona ok. Mas se eu ligar o micro no segundo roteador através de cabo ele não conecta.

 

Fiquei estas 2 últimas horas fazendo testes. Coloquei o modem vivo como Bridge, e o segundo roteador como PPPoE com usuário cliente@cliente e senha cliente (padrão da vivo). O wifi dos 2 aparelhos conecta normalmente, mas desta forma não conecta com cabo em nenhum dos aparelhos.

 

Tentarei conectar o segundo roteador sem usar a porta WAN pra ver se dá certo, desta forma acredito que tudo ficará na mesma rede.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
42 minutos atrás, Rerthson Macedo disse:

Tentarei conectar o segundo roteador sem usar a porta WAN pra ver se dá certo, desta forma acredito que tudo ficará na mesma rede.

Sim. Vai ficar na mesma rede. Mas nesse caso desative DHCP no segundo roteador e use um endereço de rede para ele na mesma rede do primeiro e fora do intervalo DHCP do primeiro pista não perder acesso e nem correr riscos de interferir na rede

 

Teste todas as portas do segundo roteador usando dois micros se puder.  Desative antes o DHCP. O switch é passivo. Basta ter endereços na mesma rede e pode rapidamente testar o switch embutido no router. Se não sabe como fazer pergunte de novo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Arfneto, sou muito leigo no assunto.

 

Consegui desativar o DHCP nas configurações do roteador.

 

O endereço padrão para acessar o modem da vivo é 192.168.15.1.

Nas configurações de rede do modem, a "Faixa de endereçamento" é: 192.168.15.2 - 192.168.15.253.

 

Então neste caso eu teria que mudar o meu segundo roteador para 192.168.15.254 por exemplo? A segunda dúvida: Eu mudo o Endereço IP (início e término) ou eu tenho que mudar o Gateway Padrão?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Rerthson Macedo disse:

Então neste caso eu teria que mudar o meu segundo roteador para 192.168.15.254 por exemplo? A segunda dúvida: Eu mudo o Endereço IP (início e término) ou eu tenho que mudar o Gateway Padrão

 

Sim. É o único endereço restante, afinal. Mas isso não é assim relevante: você sempre pode retirar alguns da faixa e usar como quiser. Mude o endereço IP do roteador apenas. Você não disse qual o modelo de roteador que está usando. Se ele tem essa opção de entrar com o gateway padrão é uma coisa bacana. Hoje em dia poucos tem. Mas tome cuidado ao mexer nisso.

 

A lógica é bem simples, mas muita gente acredita que o gateway padrão é o endereço do roteador porque geralmente é e muitas vezes sequer você tem esse campo para digitar, e então tem que ser mesmo... Mas não é.

 

Eis como funciona: o gateway padrão é o destino de mensagens geradas em sua rede e para as quais o sistema não encontrou destino nela.  Exemplo: você tentou acessar esse site do Clube do Hardware usando um comando ping. Veja:

 

1686626889_190601-pingclubehardware.png.75ae9662c4b88a4a9081c5a22368f2af.png

 

Os servidores DNS configurados para sua placa de rede identificaram esse endereço no momento: 104.24.3.26 para esse nome. Naturalmente tentar acessar esse nome através do protocolo https usando um programa feito para isso --- e não o programa ping --- usando seu navegador padrão e digitando https://ClubeDoHardware.com.br vai levar você até o site, Como? Muito bem: você disse que sua rede é 192.168.15.0, a mesma rede usada por incontáveis clientes da vivo, porque o software de muitos desses roteadores não deixa você mudar esse número.

Então um endereço que começa por 104 está claro fora de sua rede e será então despachado para seu gateway padrão e as tabelas de rotas e o protocolo TCP/IP resolvem como conectar você com o endereço em questão. A resposta do site volta pro seu roteador, que tem uma tabela onde marcou qual o micro que tentou acessar isso e aí devolve a resposta para ele. Assim a coisa anda.

 

Então isso explica o gateway padrão. Quando você mudaria uma coisa dessas? Tem muitas razões, mas tudo por uma lógica bem óbvia e que está descrita aqui acima, até. Sim, você pode ter mais de um gateway padrão também. Porque? Óbvio: redundância. Complicado? sim. Pode criar muitos problemas.

 

Imagine que você tenha em sua casa uma conexão com a VIVO, uma conexão com a GVT e uma conexão com a NET, porque você não pode de jeito nenhum ficar sem acesso a internet. E você configurou o modem da VIVO em 192.168.15.1, o da GVT em 192.168.15.2, o da NET em 192.168.15.3. E sua rede é 192.168.15.0. Você liga esses cabos todos e mais os seus micros e roteadores num switch de 5, 8, 16, 24, 48 portas. Então simplesmente manipulando o endereço do gateway padrão você pode escolher o provedor de sua rede ou de partes dela, ou de um micro em particular ou uma placa de rede em particular.  Você configura claro os serviços de DHCP e as placas de rede quando preciso, tudo bem organizado e a coisa anda. Se você não prestar atenção vai claro ter um pesadelo.

 

Um micro com 3 placas de rede poderia se conectar aos 3 provedores ao mesmo tempo, claro. Lógico que é a mesma coisa que os aparelhos que oferecem isso fazem, com nomes bonitos como os das operações da polícia federal, roteadores para balanceamento de carga ou coisas assim. E é lógico que esse micro poderia ser o gateway padrão de sua rede e rodar um programa de roteamento que fizesse o meio de campo com os 3 modems... Qual seria a vantagem? Simplicidade para controlar tudo, possibilidade de filtrar todo o tráfego que passa, indo e vindo dos 3 provedores, um nome chique seria firewall de borda. Qual seria a desvantagem? Simples: se essa m#$%@ falha você fica ilhado com todos os seus provedores ok e sua rede toda ok. O nome chique disso: ponto único de falha. 

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Consegui resolver finalmente!!!!!!!

 

A solução:

 

Desliguei todos os aparelhos e liguei somente o modem da vivo, fiz o reset e configurei normalmente.

Liguei o meu roteador TPLink, fiz o reset, reconfigurei nomes da rede e senha, desativei o DHCP, (não alterei endereços de rede por não saber mexer), e ao invés de conectar o cabo que vinha do modem na porta WAN, eu conectei na porta LAN, conforme sugerido pelo usuário arfneto.

 

Então conectei outro cabo de rede em outra porta LAN do roteador e a outra ponta no notebook e TV e finalmente funcionaram.

 

Importante observar:

 

Tenho 4 roteadores, 2 deles oferecem uma opção simples de desativar o DHCP, os outros 2 não possuem essa opção então acabei não desativando e funcionou normalmente.

 

O Led que indica o sinal de internet em todos os roteadores não ligou (diferente de quando você conecta pela porta WAN e o led é acionado), pois acredito que ele está apenas fazendo uma ponte de conexão.

 

Acabei resolvendo outro problema que incomodava bastante, onde utilizo um roteador e um note para fazer o software de gerenciamento do meu restaurante comunicar com os tablets e impressoras. Antes eu só podia conectar em apenas 1 roteador para sincronizar os aparelhos, e fazendo as conexões desta maneira, o sistema entende que um segundo roteador que eu configurei hoje no primeiro andar está na mesma rede do roteador que fica no térreo (o restaurante e lagos de pesca ocupam uma área de mais de 3mil m2 e eu utilizava apenas 1 roteador, era um sufoco).

 

Agradeço a atenção e a explicação completa do usuário arfneto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 horas atrás, Rerthson Macedo disse:

Tenho 4 roteadores, 2 deles oferecem uma opção simples de desativar o DHCP, os outros 2 não possuem essa opção então acabei não desativando e funcionou normalmente.

 

O Led que indica o sinal de internet em todos os roteadores não ligou (diferente de quando você conecta pela porta WAN e o led é acionado), pois acredito que ele está apenas fazendo uma ponte de conexão

 

Bom que resolveu afinal.

 

Bem observado em relação aos LED. É assim mesmo: ao ligar via porta LAN as outras portas de rede do roteador vão ser extensões da rede oferecida pelo primeiro roteador, como se fossem mais portas do primeiro. E assim você pode ir ligando os roteadores em série. Lógico que o tráfego do último vai passar pelos cabos todos até chegar ao primeiro e assim por diante. Pode ficar bem lento às vezes, dependendo do tráfego nos roteadores mais pro fim da fila.

 

O caso do wifi se tiver isso nos roteadores é similar. 

 

O problema é que o serviço DHCP--- se em efeito nos roteadores que não o primeiro --- vai oferecer rapidamente endereços de rede para os micros da rede. E da rede expandida nesse caso. Ao ligar um micro ele recebe endereços em geral do primeiro servidor que responder. Ele vai estar ligado a um dos roteadores, claro. E com boa probabilidade o roteador em que ele está ligado pode oferecer um endereço para ele antes daquele oficial que está lá na ponta, e que é o único que está com uma conexão com a internet na porta WAN. E ao não receber endereços do primeiro roteador eles vão acabar com endereços de rede inválidos ou mesmo conflitantes, apontando para portas WAN sem conexão com nada...

 

Estou descrevendo isso de uma maneira ingênua e pouco técnica, para que fique mais fácil para um leigo entender. Espero estar conseguindo.

 

Acho que no geral isso é o que faz muitas pessoas afirmarem decisivamente que você não pode ter mais que um servidor DHCP na rede. Mas não é verdade. Em muitas situações isso é bem recomendável e usar várias redes menores separadas por uso faz total sentido. Vendo um caso como o seu: um restaurante pode ter um roteador servindo a rede administrativa, um servindo os clientes, um servindo o sistema de alarmes e cameras e um de teste, todos ligados ao roteador principal. E cada um com seu servidor DHCP, seus endereços de rede e seu tráfego absolutamente independente. E a falha de um não interfere no outro. E a privacidade é muito maior. E você pode desligar uma rede em separado das outras via programa.

 

Ainda em relação aos roteadores, há algumas mudanças que pode ser recomendável fazer: recomendo separar alguns endereços para fora do intervalo de controle do DHCP, e usar como endereço de rede dos outros roteadores, o tal endereço LAN deles. Então se o primário estiver em 192.168.1.1 pode usar .2 .3 e .4 para os outros se ainda não fez algo assim, e aí pode acessar as telas de programação deles a partir de qualquer micro.

 

Não conheço nenhum roteador em que não seja possível desativar o servidor DHCP. Talvez pude listar os modelos deles aqui...

 

 

Boa sorte! Bom que resolveu!

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!