Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
BloodCeltics Lopes

Amplificador PAM o que podem dizer sobre ele?

Posts recomendados

Amplificador PAM o que podem dizer sobre ele?

Tenho visto uns mini amplificadores com o chip PAM8403... são bem baratinhos...

mas será que prestam?

e esta tal de marca PAM? isso é uma marca? ou quem fabrica ele?é de uma marca confiavel?

e ele presta para alguma coisa decente? tipo ele tem um som bom se eu for usar em caixinhas de PC (para substituir o amplificador original)

ou ele produz chiados roncos etc?

pensei em produzir alguns circuitinhos usando ele... mas fico com medo de ser algo muito xingling e que depois de algum tempo saia do mercado e eu tenha que partir para outro modelo...

existe algum circuitinho de amplificado fácil de lidar mas que seja de marca confiável e consolidada no mercado?

 

ou sai mais fácil fazer um pequeno AMP tradicional com circuitos e transistores normais?

 

obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado... tenho medo de desenvolver algo com ele depois pedir uma grande quantidade de PCBs e eles sumirem do mercado...

Existe alguma forma simples de fazer um aplificadorzinho de mesma potencia usando transistores comuns?

conhece algum esquema que se assemelhe a potência dele?

 

Outra dúvida sempre ouvi falar de pré-amplificador...

mas qual a necessidade real dele?

que danos teria em ligar o som direto na potência?

 

obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@BloodCeltics Lopes ,

 

Bom, esse módulo hoje está "infestando" o mercado mundial, não vai sumir tão cedo não kkkkk

 

Semelhante a ele existem outros módulos. Não dá para fazer isso com componentes avulsos, o preço seria dezenas de vezes maior .....

 

Quanto a um pré-amplificador :

 

Se suas fontes de sinal são de baixo nível, como por exemplo um microfone ou um toca-discos de cápsula magnética, o sinal tem um nível muito baixo para excitar o amplificador, então o uso de um pré-amplificador seria obrigatório.

 

Já se você usar sinais de alto nível, como a saída de uma placa de som de um computador, ou a de um tocador MP3, o nível já é audiente para excitar o amplificador sem problemas.

 

Mas, e se você quiser colocar um controle de tonalidade de graves e agudos ?

 

Nesse caso você tem de usar um circuito do tipo Baxandall, o qual costuma ter baixa impedância de entrada, e nesse caso recomenda-se usar um pequeno pré-amplificador para evitar problemas. Nada que dois transistores não resolvam !

 

Uma coisa que eu acho obrigatório : um controle de volume, pois sem ele se você ligar na entrada um sinal de nível muito alto pode danificar os alto-falantes ou ter um som horrível todo distorcido.

 

Paulo

 

 

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho usado bastante desses PAM, @BloodCeltics Lopes. Já peguei alguns com problema. Por exemplo, um desses fazia um ruído infernal, nem "enjualando-o" numa gaiola de Faraday aterrada ficou bom. Um outro, tinha diferença grande entre os canais. Mas os que não têm problema - a maioria - produzem resposta surpreendentemente boa. Uma adaptação necessária é um capacitor de, no mínimo, uns 470uF na alimentação, principalmente se for usar com bateria de lítio, fazer um aparelho portátil.

 

São baratos: já vi chinês vendendo PAM8403 por R$ 0,20, mais ou menos. Um defeito incorrigível é que todos os 8403 que peguei, sem exceção, dão um tranco no falantes quando liga e quando desliga. Para evitar isso as últimas bugigangas que fiz usei um primo do PAM8403, que é o PAM8406. Desses 8406 ainda não vi nenhum falhar. Não dá tranco e tenho a impressão de que é mais silencioso. Além disso já vem com um cap na alimentação, de 1000uF e também com a possibilidade de ser usado no modo "classe AB" e no modo "classe D". No Brasil ele são raros e bem caros (já vi por R$ 90,00 no ML, quando no Ali Express era R$ 4,00) mas nos sites da China custam quase o mesmo que o 8403.

 

Já vi dois tipos: um com controle de ganho, PCB azul, e outro marcado CJMCU. Nunca usei o azul mas o CJMCU, cuja PCB costuma ser roxa, é muito bom. Com um cuidado: no modo "classe AB" ele esquenta e quando esquenta começa a "soluçar". Para corrigir não precisei de dissipador, foi só abrir um buraco na caixinha (de madeira) onde ele estava e os "soluços" pararam.

 

Tem também um outro, PAM8610, que promete 15w por canal. Montei uma caixa mono com esse e também achei legal. Só não dá para ser portátil numa caixinha porque precisa de algo entre 7v e 15v, o ideal é 12v. Vi um pessoal do site que o @aphawkindicou (diyaudio) testando e dizendo que esse chip distorce muito, mas de ouvido não percebi, não. Aquele pessoal disse que prefere o da Texas Instrument que, usando a mesma tensão e prometendo a mesma potência, parece que distorce menos. Chama TPA3110D2. Desses nunca vi no Brasil e mesmo no Ali Express ele é bem mais caro que o PAM8610: enquanto o PAM8610 custa os mesmos R$ 4,00 (mais ou menos) que os PAM8406, os TPA3110D2 ficam por volta de R$ 20,00. Talvez seja por conta da guerra comercial entre os EUA - onde fica a Texas - e a China...

 

Ah! Para o PAM8610 usei na entrada da alimentação um cap de 2.200uF, acho que 16v... eu alimentei ele com 12v.

 

Um ponto ótimo para os PAM, na minha opinião de leigo, é que eles só tomam corrente quando têm que "empurrar" a bobina do falante com mais força. Ambos, 8406 e 8610, sem sinal, bem... devem consumir alguma coisa, né? Mas com meu amperímetro (até centésimos de ampere) fica no zero. Se tiver um gravezão, aí chega a 1,5A...

  • Obrigado 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha, se usar um Atmega328, um Tda8425, um TEA5767, e um display, dá para fazer um belo amplificadorzinho com graves, agudos, FM e mais duas entradas de áudio , usando esse PAM840X ... :

 

https://www.clubedohardware.com.br/forums/topic/937085-projetos-com-avr-design-programação-em-basic-e-assembly/?do=findComment&comment=5715586

 

Paulo

  • Obrigado 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
 

Olha, se usar um Atmega328, um Tda8425, um TEA5767, e um display, dá para fazer um belo amplificadorzinho com graves, agudos, FM e mais duas entradas de áudio , usando esse PAM840X ... :

Nas minhas sucatas tenho esse TDA8425 e um módulo AM/FM com o TEA5757, será que a programação é a mesma?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu pessoal obrigado pelas dicas, gostei tambem da opção da texas instruments vou ler sobre ele.

 

Existe alguma explicação básica sobre a diferença entre amplificados D ou AB? obrigado.

 

ainda sobre amplificadores, este microamplificador da imagem: ouvi dizer que estes transistores BC podem usar até 50v... então eu poderia alimemtar este circuitinho com 5v sem troca de componentes? e com menos tipo 2v?

se eu colocar por exemplo 10v para alimentar... esta tensão (10v) será aplicada no direto alto-falante?

art1723_0003.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
 

Olha, se usar um Atmega328, um Tda8425, um TEA5767, e um display, dá para fazer um belo amplificadorzinho com graves, agudos, FM e mais duas entradas de áudio , usando esse PAM840X ... :

 

 

Caro @aphawk, achei a ideia fantástica! E como estou começando a estudar o amp LM3886, acho que esse receiver merece algo melhor - pensando em distorção, qualidade de som etc., - do que os PAM. Não que os PAM não sejam legais mas, para um receiver desse?!

 

Na verdade, como padrão esse receiver poderia ter, além do FM, um bluetooth baseado num módulo desse:

 

HTB1AUiTXOzxK1RkSnaVq6xn9VXaF.thumb.jpg.07c00d816153b6b520a86409bfa35593.jpg

 

Aí daria para selecionar: FM, bluetooth, AUX1 ou AUX2, que tal?

 

Uma vez montei uma vitrolinha para minha filha e usei um kit da Comkitel, PU10 como pré-riaa. Quem sabe se o receiver ficaria assim: FM, bluetooth, phono, AUX1 e AUX2? rs...

 

Esse seu ATMEGA... a imaginação foi longe! rs...

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
 

Existe alguma explicação básica sobre a diferença entre amplificados D ou AB?

Amplificador AB é o tradicional, amplifica o som exatamente da forma que ele é, tem um consumo maior de energia por fazer os transistores trabalharem no modo linear. 

A grosso modo funcionam de forma parecida as fontes reguladas com transistores e o LM317. 

 

O classe D (chamado por muitos de amplificador digital), trabalha de outra forma. O som é convertido em picos de mesma amplitude, mas com tempos diferentes. Isso é feito com um comparador de tensão, formando uma espécie de Pwm. 

Os transistores tendem a esquentar menos já que vão trabalhar sempre em corte ou no limite, isso faz ele ser mais econômico. 

Um filtro na saída se encarrega de entregar ao alto falante o som puro da mesma forma que entrou. 

Esse tipo de amplificador é semelhante à fonte chaveada, onde a largura dos pulsos é que influencia na tensão de saída. 

adicionado 4 minutos depois
 

ainda sobre amplificadores, este microamplificador da imagem: ouvi dizer que estes transistores BC podem usar até 50v... então eu poderia alimemtar este circuitinho com 5v sem troca de componentes? e com menos tipo 2v?

se eu colocar por exemplo 10v para alimentar...

Mais que 6V isso aí já queima, além da tensão tem a corrente. 

Se colocar 12V a corrente sobe muito e o transistor não aguenta. 

 

esta tensão (10v) será aplicada no direto alto-falante?

Sim. Eu não recomendo esse amplificador porque ele não tem realimentação, o alto falante fica o tempo todo recebendo tensão contínua. 

  • Curtir 1
  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Renato.88 ,

 

O TEA só faz FM, mas se descobrir quem é o chip que faz AM é só incluir a programação dele.

 

Paulo

adicionado 2 minutos depois

@rmlazzari58 ,

 

Naquela época ainda não tinha fácil um módulo bluetooth para áudio.

Mas pode sim incluir um módulo como uma das 3 entradas de áudio do TDA.

Claro que tem de acrescentar isto no programa ...

 

Paulo

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
 

O TEA só faz FM, mas se descobrir quem é o chip que faz AM é só incluir a programação dele.

Esse que eu tenho tem AM e FM, se faz a seleção pelas entradas de dados, mas se eu fosse fazer seria só FM mesmo. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Renato.88 ,

 

Deu até vontade de atualizar o projeto ... incluir um bluetooth e fazer todo o controle via controle remoto, com um amplificador melhorzinho e também o amplificador de fone de ouvido.

 

Nessas horas um microcontrolador mostra tudo o que pode fazer ...

 

Paulo

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!