Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
icefly

Limpeza e troca de pasta térmica Arctic MX4: melhorando as temperaturas

Posts recomendados

Esse notebook Lenovo G460, comprei há cerca de 8 anos (ou mais), algum tempo depois fiz upgrade nele de 2Gb de RAM para 8Gb, mais alguns anos se passaram troquei o processador Core i3 330m por um i5 450m; quando fiz isso apliquei uma pasta Arctic Ceramique.

 

IMG-20190607-133744295.jpg
IMG-20190607-133814676.jpg

 

Deixei esse notebook na casa dos meus pais e ultimamente andavam reclamando que ele travava, mesmo com o último upgrade feito ano passado: coloquei um SSD da Kingston de 120Gb e até então não tinha notado nada de estranho nele.
E de fato quando visitei meus pais, usei ele algumas vezes e estava congelando o sistema, de não conseguir desligar pelo Windows, mas sim direto com o dedão no botão on/off 😆; algumas vezes quando levantava ele da mesa também travava. Pensei que fosse memória suja, tirei os pentes, dei banho de limpa contato nos 2 pentes e nos slots e melhorou um pouco, mas ainda sim algumas vezes congelava nas últimas semanas, até então não suspeitaria que fosse algo relacionado a aquecimento.

 

Como comprei essa pasta Arctic MX4 para aplicar no meu notebook atual, um Samsung X20, antes de usar nele resolvi fazer de cobaia o velho G460.

 

IMG-20190607-133703300.jpg
IMG-20190607-133711399.jpg

 

Bora lá... para começo de conversa: um serviço desses precisa retirar a fonte de energia e a bateria para evitar qualquer curto.

 

IMG-20190607-133923100.jpg
IMG-20190607-133928320.jpg

 

Aprendi errando: muitos anos atrás tive um notebook que eu estava mexendo na placa wireless, com a bateria plugada e notebook em modo suspenso, quando soltei um fio da placa wifi, ele escapou da minha mão, encostou num CI da placa-mãe e a máquina estava energizada, não deu outra: saiu fumaça no ato do CI, queimou 😆 tive de mandar para oficina para trocar a peça.

 

IMG-20190607-134056906.jpg

 

Soltando alguns parafusos e tirando a tampa já tem acesso ao dissipador e cooler; aqui é cidade litorânea, umidade alta, por isso o aspecto de ferrugem na carcaça do fan, lembrando ainda que é um notebook com quase 10 anos de uso.

 

IMG-20190607-134103913.jpg
IMG-20190607-134325988.jpg

 

Por dentro ele não estava muito sujo, tinha um pouco de poeira nas aletas do dissipador e no fan, nada que pudesse causar aquecimento; mas dei umas pinceladas para tirar a sujeira

 

IMG-20190607-134347290.jpg
IMG-20190607-134521201.jpg
IMG-20190607-134527559.jpg

 
adicionado 4 minutos depois

 

Quando tirei o dissipador ai veio a surpresa: a pasta Arctic Ceramique (o tubinho branco na foto junto com a MX4) que eu tinha aplicado uns 3 anos atrás secou em cima do die e do dissipador 😕 praticamente sumiu! Provavelmente era isso que fazia o notebook travar.

Até tinha pasta térmica, mas espalhada pros lados, e por ser antiga, não estava cumprindo mais seu papel.

 

IMG-20190607-134508700.jpg
IMG-20190607-134442218.jpg
IMG-20190607-134458349.jpg

 

Para tirar ela e fazer limpeza usei uma espátula e meu velho kit ArctiClean, que são os 2 frascos. O nº 1 Remover um emulsificador/amolecedor que derrete a pasta velha e o nº 2 Purifier como o próprio nome diz, um purificador que deve ser um composto de álcool isopropílico e mais outras coisas que limpa totalmente, para deixar a superfície lisa e limpa de impurezas para a nova pasta térmica a ser aplicada.

Esse kit já tem seus 10 anos, perdeu bastante da eficiência, mas ainda tem algum poder de limpeza; como não usava há anos e com medo dele não resolver, antes comprei 100ml de álcool isopropílico.

 

IMG-20190607-134712428.jpg
IMG-20190607-134718551.jpg
IMG-20190607-140507316.jpg

 

O álcool isopropílico até ajudaria a tirar a pasta velha, mas digo que com esse ArctiClean o trabalho fica muito mais fácil, o isopropílico não dissolve fácil pasta térmica, ele serve mais para finalizar o acabamento; pena que um novo kit de ArctiClean eu teria que comprar (novamente) no eBay por cerca de R$ 70 e ainda esperar chegar; para mim não me vale mais o investimento num produto que vou usar, se muito, uma vez por ano.

 

Usei espátula plástica para raspar a pasta velha meio amolecida. Mas como o nº 1 já é bem velho, não fez bem o serviço completo; para realmente limpar usei uma escova de dentes velha + papel toalha e ai sim saiu a antiga pasta já derretida. 

 

IMG-20190607-134945625.jpg
IMG-20190607-135051740.jpg
IMG-20190607-135140272.jpg

 

Caso o kit ArctiClean fosse novo, a pasta térmica ficaria desse jeito: derretida sozinha em 2 minutos, sem necessidade de ação mecânica (esfregar com a escovinha), no caso apliquei no processador e fiquei trabalhando no dissipador por alguns minutos e nada aconteceu na cpu; tive de usar a escovinha, mas já me ajudou bastante amolecendo bem a antiga pasta térmica.


IMG-20190607-135447290.jpg
IMG-20190607-140857915.jpg

 

Por fim, apliquei o nº 2 e também álcool isopropílico.

 

IMG-20190607-135226815.jpg
IMG-20190607-135700687.jpg

 

Chegando nas etapas finais: a limpeza com o nº 2 e álcool isopropílico, para deixar zero para a aplicação da nova pasta térmica. 

O dissipador ficou liso e o die do processador um espelho.

 

IMG-20190607-141543561.jpg
IMG-20190607-141641724.jpg
IMG-20190607-141606509.jpg

 

Tudo limpo, agora é hora de aplicar a nova pasta, a Arctic MX4.

Nessa geração de pasta, a Artic recomenda aplicar só um pouco em cima do die e a pressão ao instalar o dissipador de volta vai se encarregar de espalhar a pasta.


IMG-20190607-142515225.jpg

 

Tudo limpo, finalizado com a pasta térmica aplicada, no ponto de reinstalar dissipador, cooler, e fechar :)

Agora com essa nova pasta deve resolver o problema e ficar um bom tempo sem precisar renovar a pasta; a Arctic alega que a aplicação da MX4 vale por 8 anos.

 

Ainda vou fazer testes de stress, para mostrar o antes e depois com screenshots das temperaturas, mas já adianto que melhorou bastante, pois o notebook não travou mais :D 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aqui o antes x depois

 

Antes, com modo de energia Equlibrado, temperatura passando fácil dos 80ºC
Inicio.png

 

Depois, com a nova pasta, em modo de energia de Alto Desempenho, que força mais o processador e mesmo assim, não passando dos 70ºC

Final.png
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!