Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
misterjohn

Os celulares conseguiram nocautear a máquina fotográfica digital?

Posts recomendados

Antigamente a opinião que um celular era para obter fotos simples, sem muitos recursos, apenas praticamente para aproveitar a oportunidade do fato fotografado, mas para algo mais esmerado, o ideal era a máquina fotográfica digital.

Isso era antigamente, quando principalmente a Sony lançava máquinas novas constantemente, inclusive com a crescente implantação de MP cada vez maiores, mas parece que se renderam aos celulares, digo isso porque nunca mais vi nenhum anúncio de máquina digital, e os celulares já estão beirando os 50 MP que alias era também considerado um mito (elevado número de MP), diziam que era questão apenas de atrair consumidores, mas e hoje, esse conceito mudou ou ainda aumentam para parecer que o produto é mais poderoso e seu recurso é cada vez mais importante?

Eu tenho uma máquina da Sony de 6 MP e no tempo a diferença a cada aumento de MP era significante bem como se a máquina era importada ou nacional, a importada tinha só 3 meses de garantia, já a nacional (algumas como a minha) tinha 3 anos de garantia.

Ficam as perguntas:

1) Os celulares causaram o desaparecimento ou diminuição muito acentuada das máquinas?

2) A quantidade de MP tal como está hoje é realmente necessária e usual?

Obs:  Gostaria de ver um exemplo que utilize 48 MP em uma foto.

 

Meu celular de R$ 2.000,00 pago em 2016 só tem 16 MP então esse recurso em si já não é mais por si só, um fator de preço, já que esse do link abaixo, um Xaomi, custa menos de R$ 1.000,00 e tem 48 MP.

 

https://www.tudocelular.com/Samsung/fichas-tecnicas/n3775/Samsung-Galaxy-A8-Plus-2018.html

 

https://www.amazon.com.br/Smartphone-Xiaomi-Redmi-Note-64GB/dp/B07Q8Y75XH/ref=asc_df_B07Q8Y75XH/?tag=googleshopp00-20&linkCode=df0&hvadid=379773236150&hvpos=1o1&hvnetw=g&hvrand=13942576634122632657&hvpone=&hvptwo=&hvqmt=&hvdev=c&hvdvcmdl=&hvlocint=&hvlocphy=1001766&hvtargid=pla-683863917336&psc=1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu não sou especialista em câmeras fotográficas, muito menos entendo muito sobre o assunto, porém de uma coisa em sei: um celular nunca vai substituir uma câmera fotográfica. Existem, sim, celulares excelentes que tiram fotos de altíssima qualidade, como o caso dos melhores no memento Galaxy Note 10, iPhone 11, Hauwei P30 Pro, etc, mas o preço que você paga em um desses você compra uma ótima câmera.

 

Não se iluda com número de megapixels, isso só diz a respeito da resolução da foto. Claro que resoluções maiores conseguem capturar mais detalhes na foto, mas muitas vezes isso não é tudo. O Galaxy Note 10, por exemplo, com câmeras 12 + 12 + 16 Mp conseguiu desbancar o Hauwei P30 Pro com 40 + 20 + 8 Mp, que era o melhor Android com câmera até antes do Note 10 da Samsung. Todos esses são celulares topo de linha custando de R$4.500 ou mais.

 

Para fins informativos, uma imagem de 8 Mp corresponde a resolução 4K, que em vídeo já oferece uma boa quantidade de detalhes, 32 Mp corresponderia mais ou menos a resolução 8K, que é absurdamente enorme, telas dessa resolução mal chegaram ao mercado. Um dia desses eu estive olhando fotos de uma câmera simples SANYO de 12 Mp de uns 10 anos atrás, e vi que a qualidade da imagem é impressionante e muito superior à das câmeras de muitos smartphones que temos hoje.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@misterjohn

Realmente a qualidade fotográfica em celulares aumentou significantemente, porém nas câmeras digitais também.

O que muito pode acontecer é você pegar um celular de 2019 e comparar a uma câmera de entrada lá de 2012/2015 e achar similares em qualidade, mas a verdade é que muita coisa evoluiu nesta diferença de datas.

MP é apenas a resolução do aparelho, mas tem outras especificações que fazem total diferença, como a lente utilizada por exemplo. De nada adiante ter 300MP se o restante do aparelho não tiver recursos a altura. Em analogia, seria o mesmo que rodar no PC um jogo em FullHD no ultra e em outro rodar 4K no low. Terá mais resolução, mas vai ter qualidade diferente.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, Lost Byte disse:

@misterjohn

Realmente a qualidade fotográfica em celulares aumentou significantemente, porém nas câmeras digitais também.

O que muito pode acontecer é você pegar um celular de 2019 e comparar a uma câmera de entrada lá de 2012/2015 e achar similares em qualidade, mas a verdade é que muita coisa evoluiu nesta diferença de datas.

MP é apenas a resolução do aparelho, mas tem outras especificações que fazem total diferença, como a lente utilizada por exemplo. De nada adiante ter 300MP se o restante do aparelho não tiver recursos a altura. Em analogia, seria o mesmo que rodar no PC um jogo em FullHD no ultra e em outro rodar 4K no low. Terá mais resolução, mas vai ter qualidade diferente.

Mas o número de MP ainda é um excelente argumento para muitos....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 minutos atrás, misterjohn disse:

Mas o número de MP ainda é um excelente argumento para muitos....

Mas não serve de critério se usado sozinho. Lembro que eu tive uma câmera de 8MP, mas mesmo assim qualquer celular de 3/4MP tirava fotos bem melhores, mais nítidas.

Talvez quanto maior os MP, maior é a resolução da foto, por isto quando se vê em um PC, ela é mostrada de forma compacta e parece ser boa. No entanto, basta colocar um zoom no tamanho real que logo se vê várias imperfeições nos detalhes.

Se você ler algum review sobre câmeras, pode ver que entre modelos que tenham o mesmo número de MP, chega haver um abismo de diferença de qualidade, com inúmeras modalidades de efeitos e recursos.

Mas uma coisa é certa: Se você for apenas alguém que gosta de tirar fotos, um celular vai bastar; se for amador/profissional na área fotográfica, uma câmera é essencial.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

 

 

 

Sou um tirador de fotos "comum" tanto é que tirei muitas fotos com a minha velha Olympus Trip 35 eu sempre conseguia obter mais fotos do que o cartucho indicava porque eu colocava uma pequena ponta, dava uma vota e já saia tirando fotos, com 12 eu tirava 13, ás vezes 14 o mesmo com o de 24 e 36....bons tempos esses mas tinha que rezar para dar certo afinal as festas não iriam se repetir, pelo menos as dessa foto, já usei Kodak também...nunca tive Polaroid.

 

 

bacd5383-7bd0-4aa7-a753-2f61c9968d03.jpg

 

 

7cc88204698e2048631ef653dc2ce02b.jpg

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nem queria dizer nada, mas o argumento do Megapixel incomodou. Um celular não é uma câmera fotográfica, apesar de poder obter boas fotos quem souber usar. A questão é o tamanho do sensor. É vendido para muitos desavisados, equipamentos de dezenas de MP e com um sensor minúsculo.

Nada contra os celulares, mas tem muita diferença. Não vou alongar, apenas friso no sensor.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@pliniodaher

Como tentei explicar antes, se basear apenas em uma especificação não diz a qualidade como um todo.

 

Em 07/10/2019 às 09:35, misterjohn disse:

Ficam as perguntas:

1) Os celulares causaram o desaparecimento ou diminuição muito acentuada das máquinas?

2) A quantidade de MP tal como está hoje é realmente necessária e usual?

Respondendo agora de forma direta:

1 - Para quem gosta de tirar fotos apenas por tirar e tal, nesta questão, o mercado de celulares consumiu parte das máquinas fotográficas devido a praticidade do tamanho do aparelho, além de que um smartphone ter muitas outras funções fora fotografar. Considerando as vantagens do celular no custo/benefício no geral, grande parte do consumidor acaba não se interessando muito em obter uma máquina fotográfica exclusiva.

2 - MP são importantes sim, pois quanto maior a resolução, mais fácil para profissionais conseguirem trabalhar aos detalhes como também produzir um banner gigante com excelente nitidez por exemplo. Contudo, como já falei antes, o aparelho usado deve acompanhar ao máximo nas outras especificações para poder oferecer de fato uma boa foto em alta resolução.

 

Em 07/10/2019 às 09:35, misterjohn disse:

Obs:  Gostaria de ver um exemplo que utilize 48 MP em uma foto.

Cartazes, banners, fotos de pessoas em tamanho real ou maior... Ajuda muito pessoas que querem imprimir (na gráfica) aquela foto maneira em uma folha gigante, estampar uma camiseta, etc. Você pode não se incomodar com menos MP, mas certamente vai ter alguém que vai ver muito mais potencial de uso em imagens com resoluções maiores.

 

Em 07/10/2019 às 09:35, misterjohn disse:

Meu celular de R$ 2.000,00 pago em 2016 só tem 16 MP então esse recurso em si já não é mais por si só, um fator de preço, já que esse do link abaixo, um Xaomi, custa menos de R$ 1.000,00 e tem 48 MP.

A evolução da tecnologia está muito acelerada se comparada a alguns anos atrás, sendo a tendência de a cada ano oferecer mais e custar menos conforme a novidade vai se tornando casual e /ou competitiva. Quem sonhava nos anos 2000 com uma TV Smart 49 polegadas, 4K e 144Hz custando mais barato que as modernas de plasma com imagem horrível e apenas sinal analógico?

OBS: Usar Xaomi como argumento é covardia. 🤣

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sr. Plínio, fez muito bem em participar, assim torna esse assunto mas esclarecido porque aos poucos certas coisas vão acabando em nome da modernidade, mas muitas vezes acabam com coisas boas em nome da baixa procura, tenho ouvido muito isso em todos segmentos, uma coisa é algo prevalecer por agregar e ter mais valores do que o seu modelo anterior e outra coisa é por questão de baixa procura.

Vou me focar no objeto dessa postagem, quem quiser adquirir hoje uma câmera fotográfica digital igual a minha, me refiro a voltada para uso comum ou hobby (imagem abaixo) não tem mais pelo menos da Sony, que oficialmente só tem profissional e semi, então de um certo modo o celular acabou com parte delas:

 

https://store.sony.com.br/cameras/semi-e-profissionais?PS=48&O=OrderByReleaseDateDESC

 

D_NQ_NP_957385-MLB31433331988_072019-W.j

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não sou fotógrafo profissional, mas me parece que os celulares não substiuem as máquinas fotográficas para quem quer trabalhar profissionalmente. Sempre falei que para tirar fotos (com qualidade) use uma boa máquina fotográfica; para filmar (com qualidade) use uma boa filmadora. Celular é para falar ao telefone, as fotos e filmes do celular não é para profissional. Se assim é, as empresas de reportagens (SBT, Record, etc) e de documentários como Discovery, dão para seus profissionais um celular de R$3.000,00 e vai filmar e fotografar, pronto (economia). Mas agora, qual a qualidade dessas imagens? Trabalho com filmagem a 20 anos e vejo a qualidade dos filmes de celulares e de filmadoras. Existem filmadoras boas e baratas que filmam 60 fps ou 120 fps, e o celular? Quem trabalha no ramo percebe esta diferença. É comum ver em casamentos os celulares funcionando para filmar e fotografar, mas é por particulares e os profissionais ficam com suas câmeras profissionais. 

Quer ver mais detalhes sobre "Estabilizador de imagem", "Zoom óptico e digital" etc. Existem alguns site que ajudam

http://www.cameraversuscamera.com.br/dic.htm - http://www.fazendovideo.com.br/

PS: em passeios uso muito meu celular para mim.

  • Curtir 3
  • Amei 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Néstorp disse:

Não sou fotógrafo profissional, mas me parece que os celulares não substiuem as máquinas fotográficas para quem quer trabalhar profissionalmente. Sempre falei que para tirar fotos (com qualidade) use uma boa máquina fotográfica; para filmar (com qualidade) use uma boa filmadora. Celular é para falar ao telefone, as fotos e filmes do celular não é para profissional. Se assim é, as empresas de reportagens (SBT, Record, etc) e de documentários como Discovery, dão para seus profissionais um celular de R$3.000,00 e vai filmar e fotografar, pronto (economia). Mas agora, qual a qualidade dessas imagens? Trabalho com filmagem a 20 anos e vejo a qualidade dos filmes de celulares e de filmadoras. Existem filmadoras boas e baratas que filmam 60 fps ou 120 fps, e o celular? Quem trabalha no ramo percebe esta diferença. É comum ver em casamentos os celulares funcionando para filmar e fotografar, mas é por particulares e os profissionais ficam com suas câmeras profissionais. 

Quer ver mais detalhes sobre "Estabilizador de imagem", "Zoom óptico e digital" etc. Existem alguns site que ajudam

http://www.cameraversuscamera.com.br/dic.htm - http://www.fazendovideo.com.br/

PS: em passeios uso muito meu celular para mim.

Muito interessante e esclarecedora sua explanação, mas acho que você confundiu as coisas, eu me refiro tão e somente ao modo hobby e não estou me referindo a uso profissional, e digo isso pelo seguinte, com o tempo os celulares foram tendo suas câmeras mais sofisticadas, cada vez com mais MP e em contrapartida as máquinas fotográfica amadora como a minha sumiram do mapa, não as comparei com as profissionais, por mais simples essa acima ser, ainda é mais completa que um celular, isso não se discute, o que está em questão é que máquinas equivalente a esse acima, em recursos e preços, não existe mais, pelo menos não vejo mais como antigamente, apenas essas mais sofisticadas (em relação a da imagem acima) expostas à venda, e elas sempre foram mais caras.

 

50782429_1GG.jpg

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...