Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
misterjohn

Como proteger uma placa das intempéries?

Posts recomendados

Tenho um ar condicionado Split Inverter 12.000 btus, Q/F, marca Carrier, instalado normalmente ficando a condensadora do lado de fora e a evaporadora do lado de dentro, cito isso porque alguns atribuem o que vou relatar ao fato de ficar no relento, por volta de 4 anos, esta já é a terceira vez que tenho que tirar a placa da condensadora, lavar, secar com o secador de cabelos, instalar e pelo menos nas outras duas resolveu, como fiz o procedimento hoje, só montarei amanhã, não sei se desta vez deu certo, mas pelo modelo de aparelho é constante o problema.

Tenho outro da mesma marca e características, porém só frio e de 9.000 btus, a única diferença é que este está instalado na mureta da área de serviço porque ele fica no quarto de empregada onde tenho o pc...e tem um terceiro, de idênticas características do segundo, apenas que tem 12.000 btus, marca Daikin, sendo que este fica no outro lado do prédio, nas mesmas condições, creio que até pior, a ação da chuva é muito mais agressiva do que os demais, porém todos ao ar livre.

Num desses "banhos" que dei nela, vi no mercado livre uma igual, mas o cara pedia R$ 700,00 vai que me manda algo recondicionado ou modelo parecido, decidi pela recuperação, antes de radicalizar eu tentei levar em algum lugar para recuperar, mas não encontrei nenhum local para isso e muito menos para vender uma.

Face ao exposto, gostaria de aplicar algum produto, que formasse uma película protetora, pensei até em esmalte incolor, mas também não quero utilizar esses ditos "limpa contatos" como o Contamatic por exemplo.

Cheguei a pensar em envolver em um cartucho plástico mas creio que com o calor gerado da placa, irá condensar e virar água que cairá em cima da placa; o detalhe é que a placa fica dentro de uma caixa plástica com uma tampa, inclusive tem um dissipador nela, fora o que pensei no caso envolver com um plástico ou aplicar algum verniz, tem outro?

No caso do verniz nem pensei em fazer porque temi que isolasse alguma coisa.

 

https://imgur.com/l1beJa6

 

https://imgur.com/LLI70eR

 

https://imgur.com/na5jpVa

 

https://imgur.com/4ntfVjM

 

Obs: Até a efetivação do post as imagens não subiram, talvez ocorra depois.

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O WD-40 não seria uma opção??

 

https://pt.wikipedia.org/wiki/WD-40

 

 

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O  WD 40 sempre foi vendido e usado como desingripante, bastava colocar em uma parafuso ou porca, se tivesse muito sério deixava de um dia para o outro e dava certo,  ele com o calor da placa deve evaporar e deixando os componentes engordurados...eu pensava em algo tipo verniz de enrolar motor elétrico, ou outro qualquer.

Se o WD 40 serve, então conclui-se que todos similares a ele serve também.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Wd40 não deve ser utilizado em aparelhos eletrônicos. 

O que eu vejo em lavadoras e equipamentos automotivos (duas coisas que estão propícias a molhar. 

É uma caixa blindada com borracha ou silicone, ou então a placa é revestida com uma resina que inclusive dificulta um pouco a manutenção. A resina é parecida com aquela que se usa na fibra de vidro. 

Em casos mais extremos usam as duas coisas citadas acima. 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, misterjohn disse:

O  WD 40 sempre foi vendido e usado como desingripante,

WD-40 é utilizado em diversas áreas como óleo de penetração. Desenvolvido para ser usado como eliminador d'água e anticorrosivo em circuitos elétricos. Inicialmente WD-40 fora usado para a manutenção e conservação de mísseis da NASA e na fuselagem de aeronaves.

 

9 horas atrás, misterjohn disse:

ele com o calor da placa deve evaporar e deixando os componentes engordurados

Ele não evapora.

 

6 horas atrás, Renato.88 disse:

Wd40 não deve ser utilizado em aparelhos eletrônicos.

Viu o vídeo que postei acima?? O cara dono da empresa de manutenção em peças de PCs, aplicou o WD-40 em uma MOBO para evitar maresia e umidade. No minuto 11:50 ele aplica o WD-40 na MOBO.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Renato.88 disse:

Wd40 não deve ser utilizado em aparelhos eletrônicos. 

O que eu vejo em lavadoras e equipamentos automotivos (duas coisas que estão propícias a molhar. 

É uma caixa blindada com borracha ou silicone, ou então a placa é revestida com uma resina que inclusive dificulta um pouco a manutenção. A resina é parecida com aquela que se usa na fibra de vidro. 

Em casos mais extremos usam as duas coisas citadas acima. 

Mas quais seriam os produtos?

 

adicionado 1 minuto depois

@Peterson Henrique Eu vi o vídeo, tanto é que disse que para mim só sabia da função desingripante, que cá entre nós, nada tem a ver com proteção eletríca, mas se o fabricante diz, a Nasa usa, quem sou eu para dizer que não...😁

adicionado 3 minutos depois

E esse produto abaixo, será que é realmente eficiente? O principio ativo do produto é dito como ideal para, mas será que tem mesmo isso ai dentro?

Agora como seria o modo de aplicar isso? Se eu pegar a placa totalmente desconectada e sair borrifando ela toda, não corro o risco de isolar as partes que serão conectadas? Teria então que fazer todas as conexões e só depois aplicar o produto?

 

https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-906530015-verniz-incolor-placa-eletrnica-protege-isola-isotec-aerosol-_JM?matt_tool=79246729&matt_word&gclid=EAIaIQobChMIjs-P95TT5QIVlIaRCh254AzpEAQYASABEgIN5vD_BwE&quantity=1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
52 minutos atrás, Peterson Henrique disse:

Desenvolvido para ser usado como eliminador d'água e anticorrosivo em circuitos elétricos. Inicialmente WD-40 fora usado para a manutenção e conservação de mísseis da NASA e na fuselagem de aeronaves.

Bacana! Não desconfiando de tua sabedoria mas se puder mostrar a fonte, ainda + crédito pra você e claro, melhor qualidade de conteúdo pro forum. Se tiver no video, sorry, não vi

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quem está dizendo que pode ser usado em computador é o fabricante:

 

http://wd40.com.br/duvidas/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Usa um verniz para placas mesmo, tipo nao sei se você viu, mas em varias fontes chaveadas de 12v/5A xing ling mesmo, tem um verniz q ajuda bastante (dependendo do ambiente tambem) antes da fonte dar problema pau por oxidaçao. Poderia tambem colocar aquela resina q usar em placas de maquina de lavar, pra vedar mesmo (mesmo dificultando um pouco a manutenção).

Já peguei placas piores que essa, e realmente, placa com muita oxidação é pior que componente queimado, varias placas ja condenei porque a pcb estava literalmente ferrada com oxidaçao em todos os furos e trilhas. Essa dai ta bonita até, mas fico bem preocupado com os smds, principalmente com o mcu e drivers de disparo, que dependendo da oxidaçao pode queimar o modulo igbt ai (os pinos do igbt estão bem isolados por essa goma/pasta branca q é bem chata de tirar).

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O problema é achar esses produtos por aqui, e também nem sei se ainda vai funcionar...espero que sim, amanhã vou testar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Seja como for, eu não consegui recuperar, já procurei no mercado livre em revendas de peças para ar condicionado e não acho, estou quase desistindo e comprando outro, mas surgiu uma dúvida: inverter ou convencional?

Segundo o site abaixo, a diferença de consumo entre um inverter e outro sem ser, com as mesmas especificações, mesmas condições, a direrença em custo foi de menos de R$ 4,00 será que é isso mesmo?

Para usuários como eu que usam apenas no calor, e durante a noite para dormir, será que vale a pena pagar muito a mais por uma pequena diferença como apresentado? Quem está dizendo é uma empresa do ramo, que vive de vendas e manutenção, não creio que iria falar besteiras, os fabricantes dos aparelhos dizem em economia de 60 %...será??????

 

https://www.webarcondicionado.com.br/ar-condicionado-split-inverter-vantagens

 

ofMn4Ce.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@misterjohn O ar condicionado inverter, economiza poque em vez de ficar ligando e desligando o condensador de tempos em tempos (e você sabe que uma partida direta de qualquer motor o pico é 5 a 8 vezes a corrente nominal), o inverter diminui, a rotação do condensador em vez de desliga-lo, poupando tambem a rede eletrica de distorçoes na sua forma de onda.

"Portanto, o Inverter é ideal para quem vai usar o ar-condicionado muitas horas por dia com frequência, principalmente em locais onde a temperatura varia bastante."  Eu fiquei bem em duvida sobre essa informação dai, pois pela logica, acho que onde varia muito a temperatura, os dois, tanto inverter quanto convencional deveriam gastar quase a mesma coisa e o inverter deveria apresentar vantagem no seu ambiente (onde nao tem gente abrindo e fechando toda hora a porta, e o ambiente fica com pouca variação de temperatura). Espere alguem mais expert responder, tanto pra confirmar (ou contrariar) minha resposta, quanto complementar (ou corrigir) minhas informaçoes, pois eu com meu nivel de conhecimento não posso afirmar com certeza as informações que escrevi agora.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sei que as partidas elétricas consomem mais por causa do pico, mas enquanto o compressor está parado aguardando novo ciclo, será que não elimina ou diminue e muito o consumo pelos picos, já que são várias paradas durante o periodo? Desde que soube dessa tecnologia tenho esse pensamento, se vai ficar girando durante as 8 a 10 horas, que é o que eu uso, esse consumo não se iguala ao convencional?

Convém lembrar que os aparelhos de ar condicionado tiveram seus compressores alterados para rotativos, só isso já os torna mais econômico do que os antigos.

você levou fé nessa matéria e cre que a diferença de gasto em reais no exemplo é de menos de R$ 4,00/mês? Isso dá 40 % ou mais alardeado pelos fabricantes??????

adicionado 49 minutos depois

Como um ar condicionado split inverter de 12.000 btus de 220 V, Classe A, ciclo frio, consumo 1026 W  pode ser 40 % mais econômico do que um ar split convencional de 12.000 buts de 220 V, Classe A, ciclo frio, consumo 1085 W ?

A primeira tabela é do inverter onde apresenta 1.026 W de consumo, já a segunda é de um convencional com 1.085,5 W mais ou menos 5 % a mais em relação ao inverter.

Então qual a magia que faz esses consumos ficarem 40 % defasados um do outro ou mais???

Obs: Na tabela azul é o segundo modelo do cabeçalho, o STK12P5VL que é o de 12.000 btus já na tabela preta é apenas do modelo 12.000 btus.

 

UhKMrBO.jpg

 

uMr84dj.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Minha teoria é que o que usa o tal inverter (inversor de frequência) tem fonte pfc o que reduz a corrente parasita do baixo fator de potência que o normal não tem. E talvez a concessionária cobre por este consumo de baixo fp.

Bem.. teoria meio que cai por terra.. to vendo 2 'capacitorzão' na fonte... mas.. tentei né...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Isadora Ferraz disse:

Minha teoria é que o que usa o tal inverter (inversor de frequência) tem fonte pfc o que reduz a corrente parasita do baixo fator de potência que o normal não tem. E talvez a concessionária cobre por este consumo de baixo fp.

Bem.. teoria meio que cai por terra.. to vendo 2 'capacitorzão' na fonte... mas.. tentei né...

Você é inteligente mas agora extrapolou, o nosso medidor trabalha com watts, pouco importa se a potência consumida seja oriunda de resistências ou motores, então ele irá registrar apenas a potência consumida sem importar a origem. Temos vários circuitos em nossas residências com várias fontes de consumo diferente, como o sistema vai separar "a qualidade" da energia utilizada?

Isso é o meu modo de ver, minha teoria, posso estar errado, até peço se estiver me corrijam quanto ao dito acima...agora a pergunta que não quer calar é essa: como um equipamento que tem apenas 3 % a menos da potência de outro similar, pode obter quando ligado, uma economia de 40 % e alguns dizem até 60 %????

Teria algum engenheiro eletrônico aqui para explicar isso????

Obs: Fazendo uma analogia com o carro mais uma vez, o fabricante quando estipula que seu produto faz X litros/km com gasolina e Y litros de etanol/km eles estão se referindo a testes de laboratório, em um terreno plano, vento à favor, velocidade constante e outras coisas mais que são impossíveis de acontecer na vida real digamos assim. Tente fazer uma medição com seu carro e veja se o consumo bate com o manual, duvido!!!!!

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, misterjohn disse:

o nosso medidor trabalha com watts, pouco importa se a potência consumida seja oriunda de resistências ou motores, então ele irá registrar apenas a potência consumida sem importar a origem. Temos vários circuitos em nossas residências com várias fontes de consumo diferente, como o sistema vai separar "a qualidade" da energia utilizada?

https://www.fazfacil.com.br/reforma-construcao/relogio-medidor-energia/2/

 

Mas de fato talvez (talvez) a cobrança seja apenas pra indústria. Mas é bom ficar de olho nos detalhes de sua conta. Na gula por dinheiro pra desviar, a concessionária e governo pode se mancomunar e lhe cobrar a tal multa a qualquer momento...

"...depois dos três meses toda a energia reativa excedente passará a ser cobrada em sua conta de energia elétrica."

 

18 minutos atrás, misterjohn disse:

Você é inteligente

 

19 minutos atrás, misterjohn disse:

posso estar errado, até peço se estiver me corrijam quanto ao dito acima.

Pode corrigir então kk

  • Haha 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

https://www.fazfacil.com.br/reforma-construcao/relogio-medidor-energia/2/

 

Mas de fato talvez (talvez) a cobrança seja apenas pra indústria. Mas é bom ficar de olho nos detalhes de sua conta. Na gula por dinheiro pra desviar, a concessionária e governo pode se mancomunar e lhe cobrar a tal multa a qualquer momento...

"...depois dos três meses toda a energia reativa excedente passará a ser cobrada em sua conta de energia elétrica."

 

 

Pode corrigir então kk

Faltou essa abaixo para tirar um dez:

 

".agora a pergunta que não quer calar é essa: como um equipamento que tem apenas 3 % a menos da potência de outro similar, pode obter quando ligado, uma economia de 40 % e alguns dizem até 60 %????"

 

Vi a materia do link, mas estou em um prédio, uso duas fases em conjunto com outras unidades, já que o circuito trifásico é dividido para balancear o consumo, então quem tem que colocar o banco de capacitores é o prédio ou sou eu que tenho que colocar? Se for eu que tenho que colocar seria no quadro central no térreo ou dentro da minha unidade?????

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Consegui a explicação, o inverter liga a plena carga e depois como não desliga, ele mantém a temperatura em potencia mais baixa, já o convencional, toda vez que ligar irá operar em plena carga até atingir o valor escolhido, isso somado com os picos é que da a economia ao inverter.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
55 minutos atrás, misterjohn disse:

ou sou eu que tenho que colocar?

Amigo isso seria por equipamento. Idealmente cada um deveria se comportar como um resistor. É o que tenta fazer o banco de cap mas como vê, este deve ser "personalizado".  Pro prédio todo, há de se consultar um eletricista mas não sem antes avaliar os custos e benefícios.
 

A questão do balanceamento.. ndv. E só pra constar o lance do baixo fp, multa e tal não foi pra resolver seu probleminha. Foi uma tentativa (ok...frustrada) de se abranger a problemática um pouco +. Foi só pra exemplificar o custo que isso causa pra rede e pro seu bolso. Ou você acha que a concessionária ia deixar escapar esta oportunidade de meter a mão no seu bolso?

Off-on topic... tem um tal economizador de energia que é só um capacitor numa caixinha e... fala sério! esquece...

 

2 minutos atrás, misterjohn disse:

ele mantém a temperatura em potencia mais baixa, já o convencional, toda vez que ligar irá operar em plena carga

Sim tem um pouco de sentido prático. Mas na matemática... qual a diferença de consumir 1000W por uma hora e 500W por duas? (esquece o pico de partida) . Talvez ele rode a 300...400W e seu corpo nem perceba. aí sim.... mas sei lá... parece que não quer mais me aprofundar nisso ok? kk

abç

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A questão é que um custa R$ 1.300,00 o outro pouco mais de R$ 1.900,00

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tenho um inverter e ele é mais eficiente justamente porque consegue modular o compressor com a carga, enquanto o convencional funciona sempre com o compressor no máximo. E o inverter é muito mais silencioso também.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tenho 3 esse ai já deu problema 2  vezes na placa consegui fazer funcionar, agora não tem jeito, a p**** é que vi em um site conceituado que a economia era de menos de R$ 4,00 por mês entre o Daikin inverter 12.000 e o Midea convencional 12.000 ambos ligados no mesmo período e calculado o mesmo valor do kW para ambos, não lembro se é web arcondicionado, é um site que além de vender também tem muitas matérias, seria mentira o que ele colocou? Vou pagar de R$ 600,00 a R$ 700,00 de diferença para ter uma economia dessas? Só ligo no verão, fora isso fica inativo, quando que vou recuperar o investimento como eles dizem? Também li que a economia dele só aparece para quem usa muito, agora no meu caso, arreio a janela de vidro, fecho a porta e não tem nenhum eletro ligado, quando vou ver essa economia? Esse ai da placa se não me engano comprei em 2016 considerando os R$ 4,00 por mês dá R$ 48,00 em um ano ou R$ 192,00 em 4 anos???? Caso isso se confirme compensa pagar os 600 ou 700 a mais??? Inclusive só achei a placa em uma loja oficial física que irá encomendar da Carrier a R$ 950,00 e ai???? cade minha economia? Só espero que os outros dois não repita o mesmo desse, inclusive um deles é a mesma marca (Carrier 9.000) e o outro é Daikin 12.000btu já não comprei Fujitsu no tempo porque um amigo que mexe com isso disse que ele queima muita placa e além disso assistência cara e não tem peça, já o Carrier é com o fusca qualquer um mexe e peça tem fácil.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso não sei. Mas é notável que o inverter funciona muito melhor, ele se adapta ao ambiente e é silencioso. Quando comprei os preços eram próximos, tem que pesquisar. Agora quanto ao conserto o inverter vai ser mais enjoado com certeza, mas nunca tive problemas.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@misterjohn Exato, os 40 ou 60% vem dai mesmo, por isso que tenho quase certeza que ele economiza mais em situações como a sua, em que o ambiente nao fica sendo aberto e fechado o tempo inteiro. Não posso confirmar isso, pois não fiz testes e medidas para comparar, mas é isso que a logica está dizendo pra mim. 

5 horas atrás, misterjohn disse:

site conceituado que a economia era de menos de R$ 4,00 por mês entre o Daikin inverter 12.000 e o Midea convencional 12.000 ambos ligados no mesmo período e calculado o mesmo valor do kW para ambos

Tem uma coisa muito importante faltando ai (e todo o pessoal que precisa ler datasheets imaginaria acho). Esses testes mencionam a temperatura ambiente externa em que foi testado ? o tamanho do ambiente ? Se incidia sol ou não ? Foram testadas com pessoas abrindo e fechando toda hora o ambiente ou foi numa sala ? Sala de alvenaria, madeira, concreto ou vidro ? Cara, se esses testes não mencionarem qual foi o metodo de instalação, area, temperatura externa, e mais tantos outros detalhes, é muito complicado eu acreditar nesses numeros ai, pois os testes em geral de produtos tendem a ser imparcial, inclusive eu não acredito muito que chega a economizar 60%, isso dai deve ser o fabricante que fez as melhores condições possiveis para seu produto funcionar, distorcendo o resultado que o produto desemprenha em um cenario real.

adicionado 2 minutos depois

Mas o inverter costuma usar componentes de qualidade(o projeto claro tambem é naturalmente mais complexo), é estranho um inverter ter dado tantos problemas ai.

adicionado 4 minutos depois

Ata, os problemas podem ser somente consequencia da oxidação que você mencionou primeiro.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...