Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
TiagoSPFC

Eletronicos em dias de tempestades?

Posts recomendados

Olá.

Em dias de chuvas forte eu retiro do equipamento da tomada (tv, console, receptor) e tamb todos os cabos de redes que tiver conectados, fica completamente desligado.

Mas minha duvida é..

Se em um dia de tempestade forte, eventualmente caia um raio perto de casa, e por eventualmente a janela esteja um pouco aberta, o Fato do raio ter caido perto ou o "clarao" pode danificar algum aparelho? Mesmo totalmente desconectado das redes?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, TiagoSPFC disse:

Olá.

Em dias de chuvas forte eu retiro do equipamento da tomada (tv, console, receptor) e tamb todos os cabos de redes que tiver conectados, fica completamente desligado.

Mas minha duvida é..

Se em um dia de tempestade forte, eventualmente caia um raio perto de casa, e por eventualmente a janela esteja um pouco aberta, o Fato do raio ter caido perto ou o "clarao" pode danificar algum aparelho? Mesmo totalmente desconectado das redes?

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O perigo maior é cair na rede elétrica ou na antena de tv externa, creio que conectado ao cabo coaxial a possibilidade é mais remota (achômetro). Até onde eu sei, um raio para fazer mal a uma pessoa não precisa cair em cima dela, basta cair próximo dela, isso tem acontecido em campos de futebol, praias e descampados, agora o "clarão" imenso é a luz criada pelo encontro das núvens carregadas gerando a descarga, ele é o primeiro a se ver e segundos após o barulho, isso porque a velocidade de luz é maioir do que a do som, não creio que haja registro de que a luz emitida tenha atingido alguém, minha opinião.

O raio para danificar algo teria que cair em cima ou muito perto, ai talvez poderia queimar por indução.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@TiagoSPFC O Clarão é apenas luz mesmo, no máximo vai cegar momentaneamente uma camera de CFTV, agora quando um raio atinge em cheio um condutor, um poste ou ate um ferro de construção, a condução desse raio pro terra vai gerar um campo eletromagnético intenso, e que ao se dissipar vai gerar um pulso eletromagnético.

 

Esse pulso eletromagnético vai induzir uma tensão perigosa em qualquer pedaço de fio ou trilha que esteja por perto, ou seja um eletrônico que esteja ao alcance desse campo pode queimar. inclusive é essa tensão induzida em cabos que é a responsável pela queima da maior parte dos aparelhos, se o raio atingir diretamente uma antena de TV, por exemplo, ele iria por fogo na TV e talvez ate matar alguém muito próximo.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ou seja,

-mesmo caindo a dezenas de metros, a indução p.e.m. pode danificar algo.

-tirar da tomada ajuda mas é melhor desconectar outros cabos, rede, telefone, coaxial. Com um cagacinho básico, eu desconecto o coaxial que vem da parabólica.

-existem protetores individuais a base de um varistor que reduz o risco de dano

-nunca use telefone com fio durante uma tempestade barra pesada

 

  • Curtir 1
  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Isadora Ferraz Você tem parabólica, que pode ser facilmente atingida por um raio, mas creio que cabo coaxial de tv à cabo, deve ter um risco bem reduzido, minha tv por exemplo, fica chapada na parede, não tem como tirar desconectar toda hora por isso nem liguei na antena coletiva para diminuir os riscos....é mais fácil ter o aparelho danificado em queda de energia, não quando cai mas quando volta que pode dar um pico e queimar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@misterjohn ,

 

Mesmo que você desligue tudo da tomada de energia, um simples cabo coaxial com sinal da Net ou da antena de TV e até mesmo um simples cabo de rede tipo RJ45 podem causar a queima dos equipamentos.

 

Sou rádio-amador e cansei de consertar aparelhos danificados por raios próximos a minha casa.

 

Não é uma questão de paranoia, mas todo dia quando saio de casa solto todos os cabos de qualquer conector que tenha em meu quarto, por exemplo solto o cabo que vem da NET do aparelho dela, solto o cabo rj45 que vem do meu hub gigabit que vem lá de baixo perto da entrada, solto TODOS os conectores das antenas e ainda desligo uma chave geral que coloquei exclusivamente para alimentar o 110/220v de meu quarto, a qual ainda tem dos disjuntores de proteção contra surtos de alta corrente, sendo que uma vez já tive de trocar um deles ......

 

Depois que você tem de consertar fora da garantia uma tv grande, como aconteceu comigo em 2015 com uma tv plasma 50" Panasonic, e ver que o preço do conserto quase compra uma novinha em folha, você vai entender a "paranoia" kkkkkk

 

Não confie no cabo que traz o sinal à sua TV, ele serve de antena que recebe uma grande indução devido a um raio cair próximo de sua casa.

 

Paulo

 

 

 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo contigo, mas as tvs aqui em casa são quase todas na parede, só uma que está no pedestal...ai fica difícil soltar o cabo...e deixar rolar e rezar para que nada aconteça, isso sem contar que aquele rosca fina do conector é soda para encaixar..também sou paranóico as vezes volto da cama para ver se desliguei tudo certo.....😄

 

  • Curtir 1
  • Haha 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@TiagoSPFC

Quando morei em Angra dos Reis, sofria com a queima de equipamentos. Lá tem muitos raios.

Quando um raio cai, ele produz um campo eletromagnético. Este campo induz, como um trafo, tensões nos fios da redondeza. Quanto maior for o raio, ou quanto mais próximo de casa, maior será a tensão induzida nos condutores próximos.

Depois de perder muitos equipamentos, fiz um sistema com supressores, que continham até velas de ignição de automóveis, para descarregar a energia induzida. Não aguentou muito tempo. Passei a desligar todos os equipamentos da tomada e da linha telefônica, resolvendo o problema.

MOR_AL

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, MOR disse:

@TiagoSPFC

Quando morei em Angra dos Reis, sofria com a queima de equipamentos. Lá tem muitos raios.

Quando um raio cai, ele produz um campo eletromagnético. Este campo induz, como um trafo, tensões nos fios da redondeza. Quanto maior for o raio, ou quanto mais próximo de casa, maior será a tensão induzida nos condutores próximos.

Depois de perder muitos equipamentos, fiz um sistema com supressores, que continham até velas de ignição de automóveis, para descarregar a energia induzida. Não aguentou muito tempo. Passei a desligar todos os equipamentos da tomada e da linha telefônica, resolvendo o problema.

MOR_AL

 

Moro em um pequeno prédio de 3 andares, de um lado tem um de 25 com tres torres, do outro tem aqueles mais antigos da década de 80 com 11 andares, bem em fente tá saindo um também gigantesco, então acredito eu que os para-raios desses vizinhos imensos devem absorver a descarga, baseado na regra que a corrente elétrica sempre percorre o menor caminho.

Outra coisa qeu eu penso, com a rede elétrica interligada, mesmo estando um sol de rachar na minha região e cair um raio imenso na rede eu não posso ser afetado em meus aparelhos que estiverem plugados?

Pior que com a "eletronização" de tudo, todos eletromésticos correm risco se ficarem plugados na rede elétrica durante um mau tempo, alguns como tv, ar condicionado dá para desligar, agora geladeira não tem jeito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nenhum equipamento de proteção é melhor do que desplugar tudo...

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 19/01/2020 às 08:55, MOR disse:

@TiagoSPFC

Quando morei em Angra dos Reis, sofria com a queima de equipamentos. Lá tem muitos raios.

Quando um raio cai, ele produz um campo eletromagnético. Este campo induz, como um trafo, tensões nos fios da redondeza. Quanto maior for o raio, ou quanto mais próximo de casa, maior será a tensão induzida nos condutores próximos.

Depois de perder muitos equipamentos, fiz um sistema com supressores, que continham até velas de ignição de automóveis, para descarregar a energia induzida. Não aguentou muito tempo. Passei a desligar todos os equipamentos da tomada e da linha telefônica, resolvendo o problema.

MOR_AL

 

Para a minha sorte, em Salvador (onde moro) é bem raro cair raios, apesar de que, em tempos de aquecimento global isto está mudando (estão ficando mais frequentes). Mas mesmo assim, e para a nossa sorte, os raios ainda são bem pouco frequentes. Mas a maioria dos prédios não está bem preparado para raios e não tem para-raios adequado, ficam na maioria das vezes abaixo da antena coletiva (imagine o que aconteceria se caísse um raio???) e imagino que o aterramento também não esteja lá em boas condições. Eu certamente seria uma das primeiras vítimas, eu nunca desligo nada, iria queimar a zorra toda.

 

Pelo menos pela internet, eu não vou ter problema, tenho link de fibra óptica, mas com a SKY e a antena coletiva, deve ser uma bagaceira, mesmo eu tendo protetor de surto nestas entradas. A nossa rede elétrica entra em alta tensão, temos transformador interno, estamos pelo menos livres de queda de cabo de alta tensão sobre a rede de baixa. No resto estamos à própria sorte.

 

Eu nunca desligo o computador (o meu computador está tão exposto a maresia que se eu desligar ele por muito tempo é arriscado ele não ligar mais, já passei por isso e me custou caro) e nem os cabos de TV e SKY. Mas teve uma tempestade de raios que foi realmente assustadora, e quando caiu um raio nas proximidades causando falta de energia eu realmente achei que tinha sobrado, mas não foi desta vez, nada parou de funcionar.

 

Será que não existe alguma proteção que pelo menos proteja dos eventos indiretos (dos diretos realmente não é eficiente)? Ficar desconectando cabos é complicado e em muito deles é necessário arrastar moveis para isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 minutos atrás, Intrudera6 disse:

Para a minha sorte, em Salvador (onde moro) é bem raro cair raios, apesar de que, em tempos de aquecimento global isto está mudando (estão ficando mais frequentes). Mas mesmo assim, e para a nossa sorte, os raios ainda são bem pouco frequentes. Mas a maioria dos prédios não está bem preparado para raios e não tem para-raios adequado, ficam na maioria das vezes abaixo da antena coletiva (imagine o que aconteceria se caísse um raio???) e imagino que o aterramento também não esteja lá em boas condições. Eu certamente seria uma das primeiras vítimas, eu nunca desligo nada, iria queimar a zorra toda.

 

Pelo menos pela internet, eu não vou ter problema, tenho link de fibra óptica, mas com a SKY e a antena coletiva, deve ser uma bagaceira, mesmo eu tendo protetor de surto nestas entradas. A nossa rede elétrica entra em alta tensão, temos transformador interno, estamos pelo menos livres de queda de cabo de alta tensão sobre a rede de baixa. No resto estamos à própria sorte.

 

Eu nunca desligo o computador (o meu computador está tão exposto a maresia que se eu desligar ele por muito tempo é arriscado ele não ligar mais, já passei por isso e me custou caro) e nem os cabos de TV e SKY. Mas teve uma tempestade de raios que foi realmente assustadora, e quando caiu um raio nas proximidades causando falta de energia eu realmente achei que tinha sobrado, mas não foi desta vez, nada parou de funcionar.

 

Será que não existe alguma proteção que pelo menos proteja dos eventos indiretos (dos diretos realmente não é eficiente)? Ficar desconectando cabos é complicado e em muito deles é necessário arrastar moveis para isso.

 

Os para raios não são mais baixos que as antenas, provavelmente estas foram instaladas após a instalação do para raios, seja como for, se houver algum problema com o prédio oriundo de descargas atmosféricas, o seguro do prédio, se for "encardido" faz uma investigação de responsabilidade para se isentar da despesa ou pelo menos cobrar do autor. Sobre o aterramento, algum "gênio" por questão de economia, burrice ou prevenir roubos..., fez a haste metálica de metal mesmo, apenas cobreada, isso se não for uma tinta imitando cobre, ao invés de uma peça de cobre maciço, ai ela como é aço apodrece e adeus fio terra e aquele cabo grosso de cobre que corria o prédio até o solo, agora é uma haste de alumínio, tudo em nome da economia e ainda tem uns loucos que usam ele como terra...no caso de vocês ai, se cair um raio creio que a "vítima" será a antena coletiva e não o para raios, e você deveria desligar pelo menos a tomada, principalmente se tem eletrônicos caro com tv e som.

 

Eu creio que o fato da sua região não ter muitos problemas atmosféricos não quer dizer muita coisa, o sistema elétrico é interligado e penso que algum problema londe dai pode influenciar sua região, eu acho, não estou afirmando.

 

Eu também tenho internet fibra, então fica uma pergunta, se a fibra conduz o sinal de audio e vídeo, não irá conduzir eletricidade também, gosaria de saber, mas não vou mexer...a fibra entra na ONT e depois no roteador, acho que se tiver problemas um desses dois "abre o bico" antes.

 

Você não desliga o computador mas o windows ou está se referindo a tomada?

 

Já morei em um  prédio muito antigo, 11 andares, e também recebia AT, e o trafo ficava confinado, creio que isso é um tremendo perigo, poderia complicar em caso de uma explosão nele, o ideal seria estar suspenso na área externa.

Veja o  que é explosão de trafos de AT e logo no primeiro vídeo, uma situação de emergência extrema o bombeiro "nó cego" passa por cima de um bueiro bem na hora da explosão, imagine o resultado:

 

Não acredito qem proteção absoluta, muitas podem resolver boa parte, mas totalmente não e nunca terá, se não eles não venderam mais eletrôncos e produtos de manutenção.....😄

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, misterjohn disse:

Eu também tenho internet fibra, então fica uma pergunta, se a fibra conduz o sinal de audio e vídeo, não irá conduzir eletricidade também, gosaria de saber, mas não vou mexer...a fibra entra na ONT e depois no roteador, acho que se tiver problemas um desses dois "abre o bico" antes.

 

Fique tranquilo. A fibra conduz luz, não é sinal elétrico. Até onde eu saiba, o raio não induz nada na fibra ok ?

 

Paulo 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, misterjohn disse:

...então fica uma pergunta, se a fibra conduz o sinal de audio e vídeo, não irá conduzir eletricidade também, gosaria de saber,...

 

A fibra ótica é constituída por um (ou mais) fio(s) de VIDRO, com capa plástica e uma tira de Kevlar. Nenhum item conduz eletricidade.

O sinal elétrico é convertido em ótico, via laser infra-vermelho (não sei se já mudou de frequência) e este fica instalado em um conector, que serve de interface (direciona) para a fibra ótica. Na outra ponta da fibra tem o detetor, que é formado por um conector, que direciona o sinal ótico para um diodo PIN (não sei se já mudou), que é um transdutor ótico-elétrico.

MOR_AL

  • Obrigado 1
  • Haha 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu tenho o combo Vivo fibra está vem até a entrada da ONT, dentro de casa, ao lado do roteador, já a Net vem com a fibra até a rua, ai entra na residencia com cabo coaxial mas seria quase impossível um raio acessar esse cabo, penso eu.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@misterjohn ,

 

Cada cabo metálico age como uma antena, e no caso de indução por raio pode-se afirmar que quanto mais comprido é o cabo, mais tensão é induzida nele.

Por exemplo, até hoje o cabo de TV da Net aqui em casa é um cabo coaxial, e ele sai do poste, entra em casa, no telhado tem um splitter de 5 saídas e um amplificador reforçador, e daí saem vários cabos para vários locais da casa.

No caso do meu shack ( local onde fica a minha estação de rádioamador ), o cabo coaxial percorreu mais de 25 metros entre o poste e a TV, o que já é uma boa “antena” para captar indução de um raio próximo.

 

Seguro mesmo é desligar o cabo da TV ...

 

Paulo

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, aphawk disse:

@misterjohn ,

 

Cada cabo metálico age como uma antena, e no caso de indução por raio pode-se afirmar que quanto mais comprido é o cabo, mais tensão é induzida nele.

Por exemplo, até hoje o cabo de TV da Net aqui em casa é um cabo coaxial, e ele sai do poste, entra em casa, no telhado tem um splitter de 5 saídas e um amplificador reforçador, e daí saem vários cabos para vários locais da casa.

No caso do meu shack ( local onde fica a minha estação de rádioamador ), o cabo coaxial percorreu mais de 25 metros entre o poste e a TV, o que já é uma boa “antena” para captar indução de um raio próximo.

 

Seguro mesmo é desligar o cabo da TV ...

 

Paulo

 

Meu sistema é Vivo fibra, combo com tv, internet e fone e a fibra vem até a ONT que fica dentro de casa, ao lado do roteador, cabo coaxial só internamente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda_a_Ler_Resistores_e_Capacitores-capa-3d-newsletter.jpg

ebook grátis "Aprenda a ler resistores e capacitores", de Gabriel Torres

GRÁTIS! BAIXE AGORA MESMO!