Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Junior Jr

Fonte linear com múltiplas tensões

Posts recomendados

Bom dia pessoal, estou montando uma fonte padrão faller assimétrica 24v, porém estou buscando uma solução para uso em baixas tensões, a principio pensei em usar um seletor na saida do trafo para comutar entre 12 e 24v, segue esquemático, o que vocês acham, é possível? 

fonte 24v.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se você me prometer que não vai consumir muita corrente nas baixas tensões e claro colocar um bom dissipador, eu deixo você manter só uma entrada de 24 mesmo.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 horas atrás, Junior Jr disse:

Bom dia pessoal, estou montando uma fonte padrão faller assimétrica 24v, porém estou buscando uma solução para uso em baixas tensões, a principio pensei em usar um seletor na saida do trafo para comutar entre 12 e 24v, segue esquemático, o que vocês acham, é possível? 

fonte 24v.jpg

Essa Fonte funciona muito bem, tenho uma montada aqui, porém com a tensão fixa, se for bobinar o transformador, é até interessante fazer duas saídas, afinal precisa simplesmente derivar uma perna no meio do enrolamento secundário, e ainda consegue economizar no dissipador, problema que tipo se o transformador estiver na posição de 12vac, e você setar uma tensão entre 14 a 15v na saída da fonte provavelmente vai perder a estabilização da fonte.

 

Seria interessante fazer algum sistema que quando você mudar a saída do trafo, também mudaria o range da fonte, para ficar em um range onde ela consiga trabalhar totalmente estabilizada.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
50 minutos atrás, Matthwus disse:

sistema que quando você mudar a saída do trafo, também mudaria o range da fonte

Tive contato com uma fonte tipo isso. Ao variar o pot dava pra ouvir os cliques de relés alternando a entrada. Nem abri pra ver mas teoricamente haviam comparadores que atuavam nos relés. É uma boa opção pra minimizar as perdas e manter a regulação. Relativamente complexa mas o autor pode se divertir pelo menos ao tentar imaginar o sistema.

 

Já que o exercício é mental, certa feita conceitualizei uma fonte híbrida. Parte chaveada na entrada e parte linear LDO pra saída. Unindo a eficiência do chaveado e a 'calma regulação amortecida' do linear... e algo me diz que já fizeram isso...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
19 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

Tive contato com uma fonte tipo isso. Ao variar o pot dava pra ouvir os cliques de relés alternando a entrada. Nem abri pra ver mas teoricamente haviam comparadores que atuavam nos relés. É uma boa opção pra minimizar as perdas e manter a regulação. Relativamente complexa mas o autor pode se divertir pelo menos ao tentar imaginar o sistema.

 

Já que o exercício é mental, certa feita conceitualizei uma fonte híbrida. Parte chaveada na entrada e parte linear LDO pra saída. Unindo a eficiência do chaveado e a 'calma regulação amortecida' do linear... e algo me diz que já fizeram isso...

Aproveitando a ideia, teria como fazer duas retificações independentes para as pernas de 12vac e 24vac, com um sistema monitorando a saída e um bta alterado entre as retificações na entrada, ficaria tipo automático ?

Assim quando a tensão baixar de um valor X ele jogaria para a retificação menor, e quando subir ele jogaria para a tensão maior na entrada ?

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é exatamente isso que a fonte que falei fazia. Mas tinha uma ou duas derivações apenas pois não me lembro de muitos cliques do relé. Este esquema de estabilizador de muitos estágios te dá  algum norte...

8bc4e4e2d6e4e5245f2f4b17345b1ec6.png

 

Mas uma minimalização seria algo como um comparador analisando a V da saída e atuando em um relé n.f. n.a. nas duas derivações que o autor menciona.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Junior Jr disse:

Bom dia pessoal, estou montando uma fonte padrão faller assimétrica 24v, porém estou buscando uma solução para uso em baixas tensões, a principio pensei em usar um seletor na saida do trafo para comutar entre 12 e 24v, segue esquemático, o que vocês acham, é possível? 

fonte 24v.jpg

É possível sim. 

Porém pra melhorar o projeto, na tensão menor você pode aproveitar os dois enrolamentos do trafo. 

Assim se tiver usando o 12V terá o dobro de corrente do que em 24V.

Dessa forma também evita aquecimento desnecessário quando precisar de uma tensão menor e maior corrente. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse é o padrão da fonte citada pela Isadora, fonte yaxun 3005d  - 30v por 5A.

Tendo o problema de se usar 5v, teria que dissipar uma potencia elevada em calor, por isso optei por somente setar a saída do trafo, queria algo simples e funcional, esse modelo yaxun é bem completo, porém no final valeria comprar a fonte, e minha ideia era montar pela facilidade e baixa quantidade de componentes.

Nesse meu modelo, o que vocês melhorariam?

1700006104_EsquemadaFonteYaxunPS-305D.jpg.9696221d1c5f31cdea1e5d7d323a6593.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Está pensando em quantos amperes?

Um simples comparador com histerese de 0,5V resolve a atuação do relé. Também pode usar SCR mas lembre-se que há uma queda de 2V. Vai precisar de dissipador nele (não é barato). Um relé direto no secundário do trafo é a melhor opção.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se você me prometer que vai prestar atenção antes de plugar no borne, eu deixo você fazer saídas fixas pra tensões mais usadas. P.ex. crie uma borneira com 3.3 , 5.0 , 9.0 , 12.0 e a que lhe aprouver, nem precisa de mostrador afinal são fixas. Apenas não esqueça de identificá-las. Chaveadas com algum regulador stepdown pra ter alguma corrente considerável.  Vai ter a vantagem de várias fontes em uma. Deixe a variável pra uso específico e claro, respeite e crie limite de corrente pra ela. Pode até mesmo ser limite de corrente variável também

 

15 horas atrás, Junior Jr disse:

o que vocês melhorariam

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A ideia era somente fazer variável, se usar uma tensão maior que 12v, setaria o trafo para 24, caso usasse menos que 12 setaria para 12,

pensei em usar um trafo 12+12, mas não sei se seria possível fazer esse esquema dessa forma, pois em 12+12 usaria somente 2 diodos e em 24 usaria uma ponte de diodos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que tal:

 

um trafo: secundário 24v

uma ponte retificadora 10A

um capacitor 10.000uF 25v

um conversor DC-DC step down para 10A

um potenciômetro multivoltas (para substituir o trimpot que vem soldado na placa do conversor)

um voltímetro/amperímetro para até 40v / 10A

 

Relato de alguma experiência:

 

É bem comum LM338K falsificado

No uso, o voltímetro digital brilha fraquinho abaixo de 4v. Para tensões abaixo disso fica necessário conectar um multímetro externo.

 

Se procurar tem quem vende no Brasil, talvez ML. Se tiver paciência, China. Só como exemplo:

 

Conversor DC-DC (acho que esse aqui também permite regular a corrente):

Potenciômetro:

Voltímetro/amperímetro:

 

 

Algo como:

Como fazer uma mini fonte regulável de bancada!

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A ideia é lhe somar alternativas quiçá não vislumbradas.

 

Sua ideia dá certo...

fonte 24v.jpg

... com um comparador com histerese na saída atuando no relé n.a. n.f.

maxresdefault.jpg

Só norte, sem cálculos e detalhes. Use a imaginação e criatividade... Publique o resultado depois de pronto e funcionando...

 
40 minutos atrás, Junior Jr disse:

um trafo 12+12, mas não sei se seria possível fazer esse esquema dessa forma, pois em 12+12 usaria somente 2 diodos e em 24 usaria uma ponte de diodos

sim dá certo com a ponte da sua ideia inicial. Considere aquele trafo como 12 0 12

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Junior Jr disse:

A ideia era somente fazer variável, se usar uma tensão maior que 12v, setaria o trafo para 24, caso usasse menos que 12 setaria para 12,

pensei em usar um trafo 12+12, mas não sei se seria possível fazer esse esquema dessa forma, pois em 12+12 usaria somente 2 diodos e em 24 usaria uma ponte de diodos

Usa 4 diodos. 

Um relé vai selecionar a saída com dois ou quatro, e aí se tem a opção de escolher a tensão de saída. 

 

Eu tenho uma fonte dessas, já postei o esquema dela aqui no fórum, mas não fiz essa seleção de tensão no secundario do trafo. 

Usei somente os 24V pra variar a tensão, enquanto que os 12V são fixos sem regulador (uso pra teste de peças automotivas, como solenoide ou motor). 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, rmlazzari58 disse:

Que tal:

 

um trafo: secundário 24v

uma ponte retificadora 10A

um capacitor 10.000uF 25v

um conversor DC-DC step down para 10A

um potenciômetro multivoltas (para substituir o trimpot que vem soldado na placa do conversor)

um voltímetro/amperímetro para até 40v / 10A

 

Relato de alguma experiência:

 

É bem comum LM338K falsificado

No uso, o voltímetro digital brilha fraquinho abaixo de 4v. Para tensões abaixo disso fica necessário conectar um multímetro externo.

 

Se procurar tem quem vende no Brasil, talvez ML. Se tiver paciência, China. Só como exemplo:

 

Conversor DC-DC (acho que esse aqui também permite regular a corrente):

Potenciômetro:

Voltímetro/amperímetro:

 

 

Algo como:

Como fazer uma mini fonte regulável de bancada!

 

Um Trafo de 24vac, com esse capacitor de 25v o capacitor, vai explodir igual fogos de artificio, esse transformador de 24vac vai ter aproximadamente 34v (24*1,4142) pode colocar ai um capacitor de 50v.

  • Curtir 3

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, Matthwus disse:

No uso, o voltímetro digital brilha fraquinho abaixo de 4v.

Tem os voltímetros de 3 fios, isto é, a alimentação é independente do sinal lido. É o mesmo modelo do 2 fios mas sem o inconveniente apontado.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Segue novas mudanças como indicadas pelos amigos.

Vou usar uma fonte externa de 12v, que ira alimentar os medidores, cooler e servir de base para o lm358

vou usar esses 12v na porta negativa do comparador, quando a tensão da entrada positiva for menor que 12, seta o trafo em 12-gnd, quando a tensão na entrada do comparador for maior que 12, seta o trafo em 12+12.

quanto a essa comutação, ela pode ocorrer com carga, ou ideal que seja sem?

E quanto a potencia, pelo meu esquema, sempre terei somente a metade da potencia total do trafo, esta correto?

fonte_12v.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Numa regulagem linear se o trafo está com 12V e a carga com 2A e 3V terás um consumo >25W para um aproveitamento de 6W. Regulagem linear em altas potências é muito discutível. O legal delas é o baixo ruído mas uma fonte chaveada com reforço nos capacitores tb pode te dar uma tensão limpa. Com os módulos baratos que se tem por aí não sei se vale a pena.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

escrevi um tandicoiz mas o sistema não salvou. Resumo (que me lembro)

-linear tem a vantagem de ser mais simples e saída mais limpa mas há a questão Serjão acima

-teste com e sem carga. Carga ativa (variável) pode causar tec tec tec no relé. O controle da histerese pode amenizar

-eu (eu) chavearia a parte de cima... fica visualmente mais atraente e entendível

-considere o trafo em sua total potência

-... não lembro mais...

  • Curtir 1
  • Haha 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Junior Jr disse:

Segue novas mudanças como indicadas pelos amigos.

Vou usar uma fonte externa de 12v, que ira alimentar os medidores, cooler e servir de base para o lm358

vou usar esses 12v na porta negativa do comparador, quando a tensão da entrada positiva for menor que 12, seta o trafo em 12-gnd, quando a tensão na entrada do comparador for maior que 12, seta o trafo em 12+12.

quanto a essa comutação, ela pode ocorrer com carga, ou ideal que seja sem?

E quanto a potencia, pelo meu esquema, sempre terei somente a metade da potencia total do trafo, esta correto?

fonte_12v.jpg

Esta faltando entrada de energia nos resistores ligados aos emissores dos transistores de potencia.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Matthwus disse:

Esta faltando entrada de energia nos resistores ligados aos emissores dos transistores de potencia.

Simples: R3 + o emissor de Q2 ficam em paralelo a R2. A medida em que a corrente em R2 aumenta aumenta a tensão sobre R2 e consequentemente a excitação sobre Q2 desviando para Q2 a passagem da corrente da carga e aliviando a corrente sobre o regulador sem que isso afete a regulação de tensão.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 minutos atrás, Sérgio Lembo disse:

Simples: R3 + o emissor de Q2 ficam em paralelo a R2. A medida em que a corrente em R2 aumenta aumenta a tensão sobre R2 e consequentemente a excitação sobre Q2 desviando para Q2 a passagem da corrente da carga e aliviando a corrente sobre o regulador sem que isso afete a regulação de tensão.

Eu só avisei caso ele for montar não esquecer dessa ligação.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Junior Jr disse:

E quanto a potencia, pelo meu esquema, sempre terei somente a metade da potencia total do trafo, esta correto?

Eu já tinha mencionado acima, da forma que fez é isso aí mesmo.

Mas existe um jeito de melhorar, o correto é que com 12V também se aproveite o trafo todo.

Veja no esquema abaixo:

imagem004.GIF.5cdab5d3899c3646c5e403532807469e.GIF

Repare que não importa se estamos usando 12 ou 24V, sempre estamos aproveitando os dois lados do trafo.

Como eu não sei a corrente do seu trafo, apenas suponho uma potencia bem comum que é de 60VA.

Sendo assim terá 12V com 5A e 24V com 2,5A de corrente.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aquele relé simbolo da elétrica está me incomodando e talvez incomode algum recém chegado ao ramo da eletrônica. Pra mim aquilo é um capacitor e um trimmer kk

De fato são muitas representações

simbolos-graficos-2.png

Mas é bom que seja coerente com o forum de ... eletrônica. Pense isso na próxima 😁

  • Curtir 2
  • Haha 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
20 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

Aquele relé simbolo da elétrica está me incomodando e talvez incomode algum recém chegado ao ramo da eletrônica. Pra mim aquilo é um capacitor e um trimmer kk

De fato são muitas representações

Pois é, a norma usada ali é a ANSI. 

Mas eu não troco porque o símbolo dos outros componentes fica mais estranho ainda. 

Na próxima, eu faço um símbolo personalizado pra usar. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Redes de Computadores - Gabriel Torres

PROMOÇÃO DE QUARENTENA

De R$ 39,90 por apenas R$ 9,90 só até as 23h59min desta sexta-feira 03/04/2020

CLIQUE AQUI E COMPRE AGORA MESMO!