Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Evertonvrau

Aumento da velocidade Internet

Posts recomendados

Estava pensando na seguinte situação: uma pessoa com uma internet de 50Mbps solicita a operadora que dobre a sua velocidade. A operadora conclui a solicitação e isso se torna possível sem que seja necessária a troca de roteador, ou cabeamento do cliente. Ou seja, nenhuma troca física - pelo menos para o cliente  - ocorrerá. Minha dúvida é: o que está ocorrendo neste processo, o que a operadora muda que faz com que se disponibilize uma maior velocidade de internet? Pois como não houve troca física, o que ocorreu para que valha um valor (preço) maior do que a de 50Mbps, já que os meios serão os mesmos? O que há de diferente na situação de 50Mbps e 100Mbps, o que a operadora fornece de diferente? O que faz aumentar a velocidade de transmissão?

Eu só consigo imaginar que ao aumentar a velocidade, a operadora disponibiliza uma "cota maior de pacotes" que pode ser transmitida pelo cliente, sendo assim suportando uma transmissão mais pesada. É isso que ocorre? se for, como isso ocorre (tecnicamente falando)? Aceito links e assuntos para estudos dessa questão. 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Evertonvrau

 

OLá! boa noite! 

 

Está relacionada ao tipo de internet. 

 

Exemplo:

 

  • Antigamente tinhamos  a linha discada, conexão máxima teorica era 56 kbps
  • Conexão ADSL ( exemplo:  maximo que meu provedor me entregava antigamente era 15 mbps, o máximo suportavel no meu bairro, armário que eles chamavam)
  • Tinha também e tem até hj se não me engano as conexões a "cabo" usada pelas operadas de tv a cabo que chegavam tanto sinal de TV por assinatura quanto sinal de internet e podiam garantir uma internet até mais rápida que ADSL.
  • Tem também internet a rádio (Já fui assinante e me parece q a velocidade máxima depende da distancia com antena, mas acho q era em torno de 10 mbps, horrível, oscilava de mais e na época, já sofríamos com o tal de NAT (HJ com a falta de IPV4, até provedores fibra ótica usam o tal de NAT até todos implantarem o IPV6)
  • E hoje, está popularizando muito a internet por fibra ótica, que garante maiores velocidades, bem maiores mesmo.

Então como você pode ver está relacionada ao tipo de conexão. Vamos pegar por exemplo a fibra ótica:

 

 Um provedor pode ter cabeado fibra ótica da central deles até dentro da casa do cliente e isso garante altissimas velocidade, por mais que o cliente só tenha 15 mbps, (o plano mais básico  e daí a limitação é lá nos equipamentos, na central do provedor  onde limita de proposito de acordo com o plano) a  rede já está pronta para maiores velocidade podendo chegar a 50mbps, 100 mbps, 200mbps ou até mais dependendo como o provedor fez a sua rede. porém hj é muito comum roteadores que tenha porta que limitam a 100 mbps (eles chamam muito de barra 100  (/100). Porém os mais avançados e caros já garantem até 1000 mbps, que eles chamam de porta gigabit. E essa limitação do roteador e da placa de rede (do computador) faz diferença, porque não adianta seu provedor lhe oferecer o plano de 200 mbps e você usar um roteador antigo que entrega no cabo no máximo 100 mbps,  você ficará limitado a essa velocidade. Ou também sua placa de rede ser apenas /100 e não /1000. Daí importância de usar um que seja GIGABIT (tanto no roteador quanto a placa de rede do computador, porém os pcs novos todos ja vem essa placa de rede gigabit, tem q ser muito antigo mesmo pra ser apenas 100 mbps) e quando você aumentar a velocidade para 400 mbps, seu roteador já suporta sem problema. 

 

Então de maneira resumida: depende da rede do provedor, se for fibra e eles ja entregam ONU e ROTEADOR   na casa do cliente, é certo que eles já são gigabits e a limitação de 10, 50, 100, 200, 400 e 600 mbps etc vai ser do plano do cliente e não rede em si, ou seja, a rede já está apta a velocidade maiores, depende do plano que o cliente assinou. Assim, o provedor configura em seu servidor principal e limita a velocidade para cada cliente de acordo com o plano que ele contratou por mais que a rede suporte velocidade maiores. Tipo:  Cliente A, plano 15 mbp; Cliente B, plano de 50 mbps; e cliente C plano 100 mbps etc. 

 

Dessa forma, não adiantava o cliente querer com a linha discada, ter 5mbps que não ia funcionar porque a tecnologia de linha discada permitia no máximo 56 kpbs. Mesmo coisa com as conexões ADSL, se o cliente tivesse um modem q suportasse 15 mbps, e  o armário do provedor suportasse 15 mbps e a distância suportasse essa velocidade, seria o máximo que o cliente teria em casa, sendo impossível fisicamente ele  ter 50 mbps porque era limitação fisica da rede. Radio a mesma coisa, o máximo que a antena suporta teoricamente, por exemplo seria 150 mbps, mas quanto mais distante, menor a velocidade (parecido com o q aconte com WIFI, mais longe, sinal mais fraco, menor a velocidade), então o cara tava numa distancia x da antena do provedor e no maxmio que o cliente teria seria uns 20 mbps, mais que ele quisesse nao passaria disso. E assim por diante.

 

 

Então hj tá ficando muito comum velocidade maiores, vejo provedor fibra vendendo 15 mbps, mas da casa do cliente até o provedor, aceita sem problema 200 mbps ou até mais, tipo até 1gpbs), mas o provedor não vende mais porque ele não  tem um "bom" plano de internet pra ligar seus clientes a ela. Daí com o tempo quando o provedor contrar um "link" maior para ligar seus cliente a internet, ele começa a oferecer velocidades maiores.  E com isso te ligam e oferecem 50 mbps e do nada você passa a ter 50 mbps e você se pergunta, como agora eu tenho 50 mbps? Sua rede, até o provedor, já estava tecnicamente apto  para essa velocidade, apenas seu provedor não vendia o plano porque ele não tinha um link que suportasse tal velocidade para todos os clientes usarem ao mesmo tempo. Daí eles simplesmente mudam o sistema o limite q antes era de 15 mbps e passa a ser 50 mbps. 

 

É isso, espero que tenha dado pra entender 😀

 

LInks de rapida e simples busca no google por tipos de internet:

 

https://www.inforrede.com.br/internet-tipos-curiosidades-e-evolucao/

 

https://blog.intnet.com.br/entenda-quais-sao-os-principais-tipos-de-internet-existentes-no-mercado/

 

 

https://www.tecmundo.com.br/banda-larga/3489-conheca-os-varios-tipos-de-conexao.htm

 

http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:J7JckN5SnzoJ:https://pcworld.com.br/conheca-os-diferentes-tipos-de-conexao-a-internet/&hl=pt-BR&gl=br&strip=1&vwsrc=0

 

 

 

 

 

 

 

  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Depende da tecnologia utilizada e da capacidade de fornecimento por cliente em determinada região

Hoje, a grande maioria das operadoras de internet utilizam fibra óptica em sua rede externa, o que possibilita o aumento

praticamente instantâneo de velocidade ao cliente, mudando seu plano o perfil

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda_a_Ler_Resistores_e_Capacitores-capa-3d-newsletter.jpg

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!