Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
darold

Windows 10 usuário doméstico x empresa

Posts recomendados

Olá pessoal,

 

No caso de micro empresas (menos de 5 máquinas), qual a diferença do windows normal para àquela questão do business, não me refiro às versões do windows pois essas não mudam, mas ao propósito dele (usuário doméstico x empresa).

Tinha a intenção de comprar o win10 aqui na empresa mas quando vi o valor no kabum (quase 800) caí pra trás. Pra agravar, fiquei sabendo que esse ainda não é o certo para as empresas, resultado: no site da microsoft ele está 1.100, ou seja, parece que a microsoft não sabe o que significa micro/pequena empresa no BR.

Enfim, se puderem me dar uma luz no tocante às vantagens/desvantagens bem como se vale a pena ou não pois, embora eu até tenha interesse, diante dos astronômicos valores fica bem difícil, isso sem contar office ainda..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@THIAGO OSMARI DA ROLD seja bem vindo ao Clube do Hardware.

A diferença é que se você comprar o normal para usar na empresa estará com o SO irregular do mesmo jeito. Como você mesmo disse, o sistema não muda nada, mas o direito de uso que você tem dele. A licença para usuário doméstico é, como o próprio nome diz, para uso doméstico. 

Caso você não utilize programas específicos (é tudo WEB e vai usar somente aplicativos Office), talvez o Linux te atenda, sem custo na licença. Caso contrário (tem aquele programa de controle específico que não é WEB), Windows mesmo.

No caso do Office, existem boas opções gratis no mercado. LibreOffice e WPS Office, por exemplo. Aqui uso somente a WPS há muito tempo. E no trabalho, apesar de ter o pacote da MS também (na versão 2013), uso mais o WPS. E a interface é muito semelhante, tendo uma curva de aprendizado bem baixa. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@THIAGO OSMARI DA ROLD O windows pode até valer o que pedem, mas eles tem que considerar o país em questão para estabelecer preço, não adianta cobrar no Brasil o mesmo valor que irá cobrar por exemplo na Alemanha, Inglaterra, inclusive nos EUA parece que custa U$ 50 o que daria hoje na base de R$ 250,00 então será que estando custando mais de R$ 1.000,00 no site da Microsoft, mas de R$ 750,00 é lucro e impôstos?? Então ou ela ou o governo está ganhando muito.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@THIAGO OSMARI DA ROLD é caro mesmo, mas é isso ou utiliar o outro sistema operacional(linux).

 

Utilizar versão ilegal de um sistema operacional não é recomendado, ainda mais para quem é dono de empresa. Se a fiscalização te pega vão te tomar um dinheiro. 

 

@misterjohn um dos motivos para esses preços abusivos é devido ao fato de que existe uma babaquice aqui no Brasil que é a falta de reclamação direta para as empresas que passam a caneta. Se tivessem feito um buzinaço de mensagens encaminhadas para a microsoft reclamando do sistema operacional custando mais de meio salário mínimo(o da versão home), com certeza tinha reduzido o preço, nem que seja uns cinquenta reais, mas iriam ter que reduzir o preço, mas o que acontece é um estimulo a pirataria. Preferem dar o "jeitinho brasileiro" do que fazer buzinaços para as empresas, daí quem compra os originais que são muito caros é prejudicado e ora ou outra quem usa sistema operacional ou programas burlados leva um contra-golpe, tendo em vista que essa pessoa é quem deu o primeiro golpe ao usar ilegalmente o s.o ou o programa pago. 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os links que postei foram suprimidos a título de pirataria, bem eu sinceramente não sabia, se é que são, mas agora se é, gostaria de saber como isso foi constatado porque se eu soubesse que fossem não teria colocado uma vez que sei que é contra as regras do lugar, se fossem do Brasil eu não faria isso, mas são sites estrangeiros e nem sei se está barato demais ou não, só sei que normalmente o que custa R$ 1.000,00 lá custa menos da metade disso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se tiver muito caro o jeito é usar linux na empresa, uma hora a Microsoft vai ver que tá perdendo mercado e vai baixar os preços.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É sempre vantajoso comprar máquinas com Windows pré-instalado. A licença fica muito mais barata nessa modalidade. No caso de grandes integradores, como Dell, HP ou Lenovo, o Windows 10 Home em média fica 150 reais e o 10 Pro uns 300 reais.

 

Já o preço de licenças avulsas é caro mesmo. Já foi mais barato.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, misterjohn disse:

Os links que postei foram suprimidos a título de pirataria, bem eu sinceramente não sabia, se é que são, mas agora se é, gostaria de saber como isso foi constatado porque se eu soubesse que fossem não teria colocado uma vez que sei que é contra as regras do lugar, se fossem do Brasil eu não faria isso, mas são sites estrangeiros e nem sei se está barato demais ou não, só sei que normalmente o que custa R$ 1.000,00 lá custa menos da metade disso.

Conforme explicado nesse artigo, independente de ser site estrangeiro ou não, o método é o mesmo, venda de chaves desviadas: https://www.baboo.com.br/artigos/chaves-de-ativacao-ilegais/

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 minutos atrás, mick 07 disse:

Conforme explicado nesse artigo, independente de ser site estrangeiro ou não, o método é o mesmo, venda de chaves desviadas: https://www.baboo.com.br/artigos/chaves-de-ativacao-ilegais/

Esse baboo quando se prontifica a fazer algo, ele detona, para não restar dúvidas, sei que tem muitas falsificações mas julguei que apenas valores muito baixo fossem piratas.

A materia foi muito instrutiva e completa, então a conclusão é que só mesmo na Microsoft se tem a garantia de ser original, creio que o Kabum não venderia algo pirata, mas porque o preço dele é menor do que do fabricante?

adicionado 2 minutos depois
35 minutos atrás, ricardo_br disse:

Se tiver muito caro o jeito é usar linux na empresa, uma hora a Microsoft vai ver que tá perdendo mercado e vai baixar os preços.

Eu acho que não, creio que esse é o meio que ela encontrou para compensar pirataria, a mesma coisa que aqui se faz com água e luz, na favela tá cheio de gato, se as empresas tentarem desfazer o tráfico põe para correr, então nós pagamos para eles usarem à vontade...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso tá no site da Kabum, à respeito da venda de um w10, o que significa?

 

"- Windows COEM só funcionará com Notebook e PCs novos sem windows, ou que nunca tenham tido Windows instalado, ou se adquirido junto a partes e peças para montagem de um computador novo."

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, misterjohn disse:

creio que o Kabum não venderia algo pirata, mas porque o preço dele é menor do que do fabricante?

Da mesma forma que outras peças também saem mais baratas lá quando em promoção (placa-mãe, processador, mouses, teclados, até mesmo antivírus). Creio que eles consigam colocar um preço mais baixo e ainda ter margem de lucro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Kleber Peters meu nobre, exatamente nesse sentido q me refiro: das licenças doméstico x empresas, o q parece ser só uma diferença de preço e destinação. Quanto ao Linux, o problema é q nem sei mexer nesse bagulho e como o preço do Windows é uma covardia, fica complicado o meio de campo.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@THIAGO OSMARI DA ROLD E questão de costume usar o Linux, apesar de eu nunca ter usado salvo alguma "brincadeiras" mas eu relutei para largar o XP, mas quando não teve mais jeito passei para o w7 e me acostumei tanto que tentei no começo usar o w10, mas não gostei, porém vim a aderir agora no final de 2019 e acostumei rapidinho com ele, devido a obrigação praticamente em migrar tanto para o 7 como para o 10 talvez foi mas fácil, mas acho que por mais estranho que pareça ser, você irá acostumar tranquilamente com qualquer outro sistema, vou até fazer uma analogia não tão "análoga" assim, mas serve, desde que estou aqui no fórum, a plataforma já mudou algumas vezes, não lembro se foi 2 ou 3 mas a grita é geral no começo, as dificuladades, tudo é devido a novidade, mas depois acostuma, eu só não mudei até hoje porque não sei se existem programas com edição de vídeo semelhantes ao que uso no windows, lembrando que alguns utilizo desde o tempo do XP...

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Windows 10 Home: só pode ser usado em uso "não remunerado".

Windows 10 Pro/Enterprise: pode ser usado em uso remunerado.

Windows 10 Education: só pode ser usado em escolas.

 

O que pega é os sub-tipos de licenças. OEM, COEM, etc.

 

O que pode ser feito para evitar dores de cabeça, é procurar um revendedor oficial da microsoft ( https://www.microsoft.com/accessories/pt-br/reseller ou https://partner.microsoft.com/pt-br/Licensing/Distribuidores-Autorizados ou https://support.microsoft.com/pt-br/contactus/ ) e perguntar para eles qual é a licença correta para seu uso.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Correr A Kabum vende o DVD mas informa que é licença COEM o que é isso?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Correr  E o q são esses sub-tipos de licença? qual a diferença entre elas? ESD/OEM/COEM??

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sobre a frase da Kabum:

"- Windows COEM só funcionará com Notebook e PCs novos sem windows, ou que nunca tenham tido Windows instalado, ou se adquirido junto a partes e peças para montagem de um computador novo."

 

Alguém pode explicar o que é isso porque se eu tiver um hd virgem ou com o w10 instalado e iniciar uma instalação com formatação, excluindo a partição e recriando no ato, ou ainda sem formatar, o programa de instalação vai "consultar" o disco selecionado para receber o S.O. e identificar se houve ou há alguma instalação nele ou é mais uma daquelas orientaçõs tipo usar dvds não originais irá danificar seu equipamento????

Se isso procede então se eu comprar esse dvd é uma instalação única por hd, se eu quiser formatar e reinstalar não posso porque o programa está apto a verificar o estado anterior do disco?? Terei que comprar um disco novo então????

Que papo estranho........🤬

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ESD é licença digital. Você realiza a compra, recebe apenas um cartão contendo o link de download e a chave de ativação.

 

OEM é licença de fabricante. Somente um fabricante (dell, lenovo, hp, asus, etc) consegue instalar esse tipo de licença.

 

COEM eu nunca entendi o que diabos é esse tipo de licença, quanto mais pesquiso mais doido fico.

Sugiro mesmo ligar no 0800 da microsoft e se informar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então pessoal pelo que olhei no kabum parece, aparentemente, que a diferença da licença COEM se dá nessa questão de PC novo ou montagem com peças novas, mas dizer se funcionaria numa máquina pós formatada já não tenho conhecimento.

 

Enfim, minha dúvida já fora respondida no tocante as diferenças de licenças home x business e agora já aprendi essa questão dos modelos de licença, o problema agora é esse valor abusivo das licenças, parece que a Microsoft pede pra recorrermos a ilegalidade, como a maioria esmagadora das pequenas empresas fazem.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@darold Pois é, a Microsoft só complica, comercializa apenas uma versão para pessoa física e outro para jurídica e pronto, agora já é caro e ainda fica inventando moda...no tempo do XP os SOs eram vendidos em supermercado como Extra, Carrrefour, na midia, me lembro até das embalagens, eram altas na cor verde, cor azul e o W7 a mesma coisa, agora fica essa frescura danada para economizar dão preferência aos downloads....

 

Windows XP

images?q=tbn:ANd9GcTiEnAeZAfdz_zf4uxZGhr

 

Windows 7

02-windows7.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 11/04/2020 às 18:35, Correr disse:

ESD é licença digital. Você realiza a compra, recebe apenas um cartão contendo o link de download e a chave de ativação.

 

OEM é licença de fabricante. Somente um fabricante (dell, lenovo, hp, asus, etc) consegue instalar esse tipo de licença.

 

COEM eu nunca entendi o que diabos é esse tipo de licença, quanto mais pesquiso mais doido fico.

Sugiro mesmo ligar no 0800 da microsoft e se informar.

A COEM é basicamente uma OEM que pode ser comprada por CPF. Vem atrelada ao hardware, igual a OEM, mas não precisa ser no computador todo no momento da aquisição. Pode ser apenas um hardware, como o HD.

 

Em 11/04/2020 às 09:47, misterjohn disse:

Sobre a frase da Kabum:

"- Windows COEM só funcionará com Notebook e PCs novos sem windows, ou que nunca tenham tido Windows instalado, ou se adquirido junto a partes e peças para montagem de um computador novo."

 

Alguém pode explicar o que é isso porque se eu tiver um hd virgem ou com o w10 instalado e iniciar uma instalação com formatação, excluindo a partição e recriando no ato, ou ainda sem formatar, o programa de instalação vai "consultar" o disco selecionado para receber o S.O. e identificar se houve ou há alguma instalação nele ou é mais uma daquelas orientaçõs tipo usar dvds não originais irá danificar seu equipamento????

Se isso procede então se eu comprar esse dvd é uma instalação única por hd, se eu quiser formatar e reinstalar não posso porque o programa está apto a verificar o estado anterior do disco?? Terei que comprar um disco novo então????

Que papo estranho........🤬

Bom, ele não vai verificar. Mas a licença fica atrelada ao hardware "companheiro" que você adquiriu, normalmente HD. Se este hardware específico deixar de funcionar, a licença expira junto. Pode ser formatado e reinstalado, desde que no mesmo hardware. Fora disso, a licença funcionará, porém não será legalizada. 

 

Em 11/04/2020 às 20:13, darold disse:

o problema agora é esse valor abusivo das licenças, parece que a Microsoft pede pra recorrermos a ilegalidade, como a maioria esmagadora das pequenas empresas fazem.

Realmente, o preço das licenças é alto. Mas os que tentam trabalhar na legalidade acaba pagando pelos que trabalham na ilegalidade. É o paradoxo de tostines do software: É caro porquê muitos usam pirata ou muitos usam pirata porquê é caro? Enfim. Só sei que, em caso de fiscalização, a multa compensa e muito a compra do software legalizado. 😖

 

A questão do Linux, no caso de não ter software que seja preciso Windows, é aprendizado mesmo. As distribuições atualmente estão bem user friendly. Vai pegar um pouco na hora do suporte, pois poucos tem conhecimento. Mas a internet está ai pra ajudar nisso também. 

 

Tenho um case sobre isso. Meu pai tem um PC. Era formatação a cada 6 meses por conta de vírus e que tais. Em 2013 peguei o PC dele e instalei Linux. Foi uma gritaria geral. Minha irmã queria me matar. Ubuntu 2012 LTS rodando e formatei novamente ano passado, pra atualizar pro 18.04 LTS. Resultado? Comprou um note agora e já mandou pra mim formatar e instalar Linux. E minha irmã? Trabalha como gerente de RH de um supermercado e conseguiu fazer colocar o Linux em todos os PCs de lá. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 10/04/2020 às 12:09, misterjohn disse:

Os links que postei foram suprimidos a título de pirataria, bem eu sinceramente não sabia, se é que são, mas agora se é, gostaria de saber como isso foi constatado porque se eu soubesse que fossem não teria colocado uma vez que sei que é contra as regras do lugar, se fossem do Brasil eu não faria isso, mas são sites estrangeiros e nem sei se está barato demais ou não, só sei que normalmente o que custa R$ 1.000,00 lá custa menos da metade disso.

Esta é a explicação dessas licenças bem mais baratas:

 

 

Em 10/04/2020 às 17:39, darold disse:

Quanto ao Linux, o problema é q nem sei mexer nesse bagulho e como o preço do Windows é uma covardia, fica complicado o meio de campo.

É extremamente simples. Dê uma olhada neste meu post no seguinte tópico:

 

Sistemas como Ubuntu e Mint são triviais para aprender. A interface deles é até mais intuitiva que a do Windows 10.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Kleber Peters Então se o sistema operacional irá digamos ser vinculado a um hardware como o hd por exemplo, se o mesmo estragar perde-se um produto de R$ 1.000,00 ?
Quer dizer que alguém instala o windows em um pc com um ssd qualquer, se ele for substituido adeus Windows original, irá virar pirata?
Discordo da teoria "Tostines" é ganância e praticamente exclusividade, não compulsoria, mas é, assim como você pegar um óculos de sol e questionar o preço de quase R$ 1.000,00 o vendedor logo sapeca: "Mas é um XXXXXXX original" ou então quando a gente menciona ser muito dinheiro para pouco materila, no caso a armação deles, é a mesma coisa: "Mais é importado" ou "Mas é de acetato de não sei lá o que", mas vamos e venhamos, não tem material empregado para tanto custo assim. Outra prova de ganância é o preço de celular, o vilão do custo era a tele de lcd, hoje se compra uma tv de 65" por R$ 3.000,00 e tem celular com uma telinha de 6" custando o dobro ou mais...e o exemplo mais gritante, você vai ao dentista e para fazer uma pequena prótese você irá gastar o equivalente em custo de piso de porcelana para sua casa toda no mínimo umas duas vezes, ai você questiona: "Mas é porcelana importada..."
Quanto ao pc do seu pai, vai depender do que ele faz, por exemplo minha irmã só usa facebook, site de noticias praticamente só usa o navegador, já o supermercado que sua irmã trabalha, pelo que sei sobre uso de pc no comércio, o windows é um mero pano de fundo, isso porque eles usam seus programas apenas que já estão embarcado tudo que precisam, diferente de um usuário doméstico que usa vários programas, ao passo que o supermercado, a lojinha, liga o pc, após carregar o windows, aciona o programa de uso da empresa e não irá mais sequer olhar a cara do sistema operacional, nesses casos qualquer sistema que aceite o seu programa comercial tá bom.

adicionado 21 minutos depois

@KairanD

Sobre esse post fixo eu já havia visto antes disso, inclusive eu cheguei a criar um post também porque todos produtos ao serem lançados tem um valor, com o tempo os preços vão caindo, além de serem veiculados abertamente, com endereço, então surgiu minha dúvida, agora quando fiz esse post linkando sites estrangeiros, baseie minha busca no google em "Custo do windows 10 nos EUA" dai para mim seriam sites legalizados já que lá a lei funciona mais do que aqui então não me ocorreu ser ilegal.

Quanto ao post de "Pensei que o Linux fosse grátis" ao me deparar com um essa situação da imagem abaixo, que não fala em doação e do lado direito a frase: Alread-purchased zorin os ultimate? ou Já comprou o zorin os ultimate?
Para mim isso é pirataria do mesmo jeito, se o produto é grátis e tem código aberto, penso eu que isso é para desenvolvedores interessados em aperfeiçoar o sistema, se o escopo do programa é justamente  não ser cobrado, quem quer colaborar não poderia cobrar. Ai irão dizer que eu quero que os caras trabalhem de graça, eu irei responder que eles não são obrigados a fazer nada. Se querem vender, que criem algo totalmente novo.

 

gYZPTYF.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Kleber Peters disse:

A COEM é basicamente uma OEM que pode ser comprada por CPF. Vem atrelada ao hardware, igual a OEM, mas não precisa ser no computador todo no momento da aquisição. Pode ser apenas um hardware, como o HD.

 

Bom, ele não vai verificar. Mas a licença fica atrelada ao hardware "companheiro" que você adquiriu, normalmente HD. Se este hardware específico deixar de funcionar, a licença expira junto. Pode ser formatado e reinstalado, desde que no mesmo hardware. Fora disso, a licença funcionará, porém não será legalizada. 

 

 

 

Acho que o mecanismo de ativação do Windows gera o famoso HWID baseado principalmente na placa-mãe. Ela é a referência. Portanto, chuto que COEM seja igual ao OEM nesse sentido. Não fica atrelado ao HDD, placa de vídeo, etc: o que manda é a placa-mãe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Marcos FRM disse:

 

Acho que o mecanismo de ativação do Windows gera o famoso HWID baseado principalmente na placa-mãe. Ela é a referência. Portanto, chuto que COEM seja igual ao OEM nesse sentido. Não fica atrelado ao HDD, placa de vídeo, etc: o que manda é a placa-mãe.

Se não me engano (e me engano bastante) fica atrelado ao hardware adquirido junto com a licença.

adicionado 18 minutos depois
3 horas atrás, misterjohn disse:

Então se o sistema operacional irá digamos ser vinculado a um hardware como o hd por exemplo, se o mesmo estragar perde-se um produto de R$ 1.000,00 ?
Quer dizer que alguém instala o windows em um pc com um ssd qualquer, se ele for substituido adeus Windows original, irá virar pirata?

Sim, é isso mesmo. Se o hardware atrelado à licença OEM morrer, a licença morre junto. Justamente por isso licença OEM é mais barata que a full. Veja bem, não concordo, nem discordo. Aliás, discordo, por isso uso Linux.

 

3 horas atrás, misterjohn disse:

Discordo da teoria "Tostines" é ganância e praticamente exclusividade, não compulsoria, mas é, assim como você pegar um óculos de sol e questionar o preço de quase R$ 1.000,00 o vendedor logo sapeca: "Mas é um XXXXXXX original" ou então quando a gente menciona ser muito dinheiro para pouco materila, no caso a armação deles, é a mesma coisa: "Mais é importado" ou "Mas é de acetato de não sei lá o que", mas vamos e venhamos, não tem material empregado para tanto custo assim. Outra prova de ganância é o preço de celular, o vilão do custo era a tele de lcd, hoje se compra uma tv de 65" por R$ 3.000,00 e tem celular com uma telinha de 6" custando o dobro ou mais...e o exemplo mais gritante, você vai ao dentista e para fazer uma pequena prótese você irá gastar o equivalente em custo de piso de porcelana para sua casa toda no mínimo umas duas vezes, ai você questiona: "Mas é porcelana importada..."

Bom, aqui entramos na seara do preço percebido e do preço "real". Nem tudo em um produto é custo de produção. Logo a formação do preço vai além disso. O LCD de 6" resolve mais problemas pra você do que o de 65"? Se sim, vão cobrar mais caro apesar de ser infinitamente menos caro pra produzir. Entenda, não é apenas o custo de produção que define o preço. Você precisa? Paga X. Você precisa muito? Paga 2X!. Não vive sem? Então você provavelmente concordará em pagar 3X... Certo? Errado? Não sei... daí depende do bolso e da necessidade de cada um. É moral? Aí cabe discussão. 

 

Com relação ao sistema ser pano de fundo. Pra mim sempre foi. Eu não uso o Linux. Eu uso os programas que rodam nele. Também não usava o Windows, mas os programas que rodavam nele. Por isto pedi se sua empresa tinha um software que dependia do Windows quando sugeri a migração. Meu pai usa 90% navegador. Os outros 10% tem os programas necessários no Linux. No mercado? Antes tinha um software. Quando mudou pra web app, e não tinha ActiveX e quetales, foi-se pro Linux. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda_a_Ler_Resistores_e_Capacitores-capa-3d-newsletter.jpg

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!