×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Recomendação de Distro Linux para notebook 2gb de ram


Otávio190705

Posts recomendados

Olá,

 

Tenho um notebook muito antigo (2012) em casa, e estava querendo "traze-lo a vida" de novo. Ele tem apenas 2gb de ram,  e processador 32 bits.

Gostaria de colocar um sistema Linux, por ser grátis, e em geral mais leves que o Windows. Por ser virgem de conhecimento Linux, gostaria de recomendação de alguma Distro (em especial se possível instalar sem a utilização de pendrive pois não tenho um ;-;)

 

Notebook: Samsung NP300E4C-AD2BR

Sistema: 32 bits

Ram: 2gb

 

Desde já agradeço.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tenho muito boas notícias para você. Qualquer Linux fica feliz com 2GB de RAM. O que pesa mesmo é o ambiente gráfico. Tem que usar um bem leve como LXDE (Openbox), XFCE, Fluxbox ou IceWM. Esta é a única preocupação que você precisa ter.

 

Até seis anos atrás, eu usei só um netbook com 2GB de memória, teclado e monitor externos, e fazia absolutamente de tudo nele, até rodar Windows XP dentro do emulador VMWare. Nunca ficou lento. E o Linux não mudou tanto assim nos últimos seis anos.

 

Não ficou impressionado? Pois bem, daí eu o troquei por um desktop mais fortinho, mas, pouco tempo depois, arranjei outro netbook com apenas 1GB de RAM, e este ainda está comigo. Ele roda Debian 9 com Openbox e é o meu roteador, firewall e monitor da câmera de vigilância. Não é muita carga, mas ele aguentaria mais se precisasse.

 

Se você é muito novato em Linux, talvez deva começar com o Puppy Linux. Ele é leve, simplificado e bem ajeitadinho na interface gráfica, você não vai estranhar tanto. O que eu não gosto no Puppy é que o número de pacotes dele é bem reduzido e, se não tiver algum programa que você queira no repositório dele, você fica sem. Por isso que eu gosto mais do Debian, é a distro que mais tem pacotes depois do Ubuntu. Tem umas coisas no Ubuntu que me incomodam então eu não uso, mas você é novato e não entenderia. Você pode ir de Ubuntu também. Só não sei que opções de ambiente gráfico o Ubuntu tem. O Ubuntu tende a ser mais "enfeitado", e eu não sei se isso pesa. Provavelmente, não. Eu não gosto de ambiente gráfico enfeitado. O meu é extremamente simples.

 

Enfim, 2 giga de RAM não é pouco, não. Mesmo com 1GB você ainda estaria bem. Linux é bom demais. Dá trabalho aprender, mas vale a pena.

 

Obs: para instalar, você vai precisar programar a BIOS para dar boot por um pendrive (USB) ou drive de CD/DVD.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Coordenador

@Otávio190705 Pesquisei rapidamente e o processador desse equipamento parece ser o Core i3 2328M. É um chip de 64 bits. Não recomendo usar sistemas de 32 bits, mesmo com apenas 2GB de memória RAM, porque o suporte de aplicativos para a arquitetura x86 já está bastante reduzido e tende a ficar cada vez pior.

 

Tenho um netbook com Atom Z3775 (Quad Core, 2.4 GHz), 2 GB de memória RAM e SSD Sata. Estou rodando o Manjaro KDE nele numa boa. Dá e sobra para tarefas básicas, Netflix e coisas do tipo. Rodei também o Debian GNOME durante um bom tempo e não era nenhum fim de mundo. O swap de 4GB no SSD faz milagres.

 

Em 29/10/2021 às 20:55, FoxBlack disse:

2GB é  o máximo de memória que ele comporta ?

Aparentemente comporta até 8GB. É um upgrade bacana também. Essa máquina ainda atenderia muito bem para uso cotidiano.

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu a um tempo atrás utilizava o Mint no meu Core 2 Duo E4300 com 2 GB, rodava bem, fica aí também mais uma recomendação, mas acredito que o melhor seja aumentar a RAM e instalar um dos sistemas recomendados acima, lembre-se que sem Vulkan, você não poderá jogar pelo Wine, pelo menos foi assim no meu PC antigo.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Otávio190705 tente o AntiX ou algum dos sabores do puppylinux

Os dois funcionam muito bem com muito pouca memória. Eu costumo sugerir mais o AntiX porque ele usa atualizações e programas do debian, enquanto o puppy depende da comunidade para adaptar as atualizações gerais do linux para ele, e porque acho a tradução para português do AntiX melhor. O site: https://antixlinux.com/

Agora, sem pendrive, você pode usar um gravador de DVD e instalar a partir de uma mídia gravada, ou até de outro HD. Com o dvd é só iniciar pela mídia e instalar. A partir de outro HD não lembro mais, você vai ter que pesquisar um pouco. O MX é muito legal também, mas pede um pouco mais de memória, talvez fique lento pra você. Eu uso os dois em um notebook de 2009 sem problemas...

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Moderador

@Arutha Acho que o antiX e Puppy Linux são "muito extremos" para essa máquina. Eles são ótimas opções para máquinas beeem limitadas, com Celerons e Atoms muito antigos por exemplo. Mas, para um i3 de segunda geração (que acredito ser o caso), qualquer distribuição com interface mais leve como o próprio Linux Mint XFCE deve rodar bem.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rio McCloud  oi! Sim você tem razão quanto a ser um i3. Eu só sugeri os dois (e o MX, que é muito legal e mais parrudo) por causa da quantidade de memória e porque o @Otávio190705 disse que o sistema era de 32 bits e ele não conhecia quase nada de linux.

Hoje boa parte das distribuições mais "fáceis" para novatos abandonou os sistemas de 32 bits e só oferece os de 64 bits. Incluindo o mint xfce. E eu nunca fui feliz instalando 64 bits em pcs com 2gb de memória. Pode ser falta de sorte ou de conhecimento.

Mas principalmente porque nas últimas semanas ando testando várias distros para um desktop antigo mas até que potente (um phenom 2 x2), que também só tem 2 gb de ram e me impressionou como a quantidade de memória tem impactado o desempenho. Antes não era assim, mas agora...

E por último eu hesito em sugerir a novatos que mudem o ambiente gráfico, usem versões mais antigas ou façam outras coisas um pouquinho mais complexas. Sou contra complicar a curva de aprendizado e especialmente o "desmame" do windows rsss. Acho que alguns meses com uma distro sem modificações para o Otávio se adaptar, aprender o básico e perceber o que ele sente ou não sente falta são essenciais. E aí quanto mais liso rodar mas ele vai poder perceber porque gostamos do linux rsss. E depois partir para distribuições mais poderosas!

 

um abraço!

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

2 horas atrás, Rio McCloud disse:

@Arutha Acho que o antiX e Puppy Linux são "muito extremos" para essa máquina. Eles são ótimas opções para máquinas beeem limitadas, com Celerons e Atoms muito antigos por exemplo. Mas, para um i3 de segunda geração (que acredito ser o caso), qualquer distribuição com interface mais leve como o próprio Linux Mint XFCE deve rodar bem.

 

Tenho um Celeron B830 (Sandy Bridge mobile) com 6 GB de RAM e o XFCE roda bem nele (vídeo integrado do processador). GNOME pesa mais.

 

O problema das distribuições x86-32 é que estão cada vez menos testadas. Ninguém mais usa, até os desenvolvedores das distros. Mesmo o kernel é cada vez menos testado nessa arquitetura. Os patches para as falhas de segurança dos processadores que começaram a pipocar a partir de 2018 chegaram com atraso enorme no kernel x86-32.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Arutha @Rio McCloud @Marcos FRM , eu acabei instalando o Debian 11 (Versão 32 bits), e não me arrependo. Mesmo tendo apenas 2gb de RAM o notebook roda liso com ele, e durante a instalação selecionei a interface do KDE Plasma, que se assemelha muito ao Windows, então a adaptação foi muito fácil. Escolhi o Debian pois ele é uma das distribuições mais estáveis pelo que pesquisei.

A diferença do Debian para o Windows 8.1 (que é o que vem nele de fábrica e estava instalado) é enorme, o Debian consome muito pouca RAM. O meu notebook velho "renasceu das cinzas" graças ao Linux e ao Debian. (Windows nunca mais KKK, com o Windows era só tristeza, e com o Debian só alegria)

 

Obrigado galera.

1 hora atrás, Arutha disse:

@Rio McCloud  oi! Sim você tem razão quanto a ser um i3. Eu só sugeri os dois (e o MX, que é muito legal e mais parrudo) por causa da quantidade de memória e porque o @Otávio190705 disse que o sistema era de 32 bits e ele não conhecia quase nada de linux.

Hoje boa parte das distribuições mais "fáceis" para novatos abandonou os sistemas de 32 bits e só oferece os de 64 bits. Incluindo o mint xfce. E eu nunca fui feliz instalando 64 bits em pcs com 2gb de memória. Pode ser falta de sorte ou de conhecimento.

Mas principalmente porque nas últimas semanas ando testando várias distros para um desktop antigo mas até que potente (um phenom 2 x2), que também só tem 2 gb de ram e me impressionou como a quantidade de memória tem impactado o desempenho. Antes não era assim, mas agora...

E por último eu hesito em sugerir a novatos que mudem o ambiente gráfico, usem versões mais antigas ou façam outras coisas um pouquinho mais complexas. Sou contra complicar a curva de aprendizado e especialmente o "desmame" do windows rsss. Acho que alguns meses com uma distro sem modificações para o Otávio se adaptar, aprender o básico e perceber o que ele sente ou não sente falta são essenciais. E aí quanto mais liso rodar mas ele vai poder perceber porque gostamos do linux rsss. E depois partir para distribuições mais poderosas!

 

um abraço!

 

 

 

  • Curtir 3
  • Amei 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Otávio190705  que ótima notícia! Meus parabéns! Espero que você curta muito.

Eu fiz a mesma coisa já faz uns dez anos e mesmo com algumas dores de cabeça, nunca mais senti vontade de voltar pro windows. Quando dou alguma ajuda pra irmãs e sobrinhos já sofro o suficiente kkkk!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@FoxBlack Tá muito bom, tá rodando liso. Não tive nem problemas com adaptação da mudança entre Windows e Linux.

Único problema é que o LibreOffice não vem com as fontes de texto, Arial e Times News Roman, e eu preciso delas para trabalhos da escola. Tentei várias vezes instalar mas não deu certo.

Mas no geral foi uma ótima troca de sistemas operacionais, Debian deu um show no Windows.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • 3 semanas depois...

Ola , Use o linux mint xfce

Tem o souls tambem,  ele e  extremamente leve

 

Lembre se de usar o xface

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Ebook grátis: Aprenda a ler resistores e capacitores!

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!