×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Vale a pena salvar um macbook air A1465 em 2021? Como?


Pincipi
Ir à solução Resolvido por Pincipi,

Posts recomendados

  • Membro VIP

Então, este A1465 de meados de 2012, após verificado o número de série não apresentou qualquer bloqueio ou restrição e o proprietário que alega ser o segundo dono disse que a bateria não segura mais carga, que está muito lento, que o relógio está doido e que não conecta no Wifi.

Na inspeção visual vi que o carregador não é original e que o teclado está estufado:

2.jpg.119d0302e8db54ab8e94674db1b3ac41.jpg

Realmente a inicialização dele é muito demorada:

1.jpg.e70e7eaaeefe05b8e2011a82b0db995f.jpg

Só na tela da maçã fica uns cinco minutos e quando finalmente abre, o cursor demora a responder:

3.jpg.7b71562aad8f77ff6be93a5ca8992f4a.jpg

E o wifi reconhece várias redes, exceto e justamente a minha rede, de forma intermitente, as vezes aparece e conecta e as vezes não. O relógio insiste em ficar no ano de 2019.

Para abrir a tampa foi um sufoco com as cabeças dos parafusos espanadas e apertados pelo técnico "Tor", dentro havia um parafuso solto:

4.jpg.632cd7ab3d0c5b25194d0b1d2e0259de.jpg

E dois buracos vazios, parafusei no buraco mais de baixo. A situação do estufamento ficou mais evidente, causado por uma célula inchada:

5.jpg.23ee4c7a15d5ea968dce8953128c9d9c.jpg

Bem como notei que o plug da bateria está desencaixado. Até aqui tudo leva a crer que "formatou tá novo". Quanto a bateria, o dono não faz questão porque só usa na tomada.

Tentei as combinações de teclas shift+control+option bem como option+command+P+R e mais command+shif+option+R, com isto consegui acertar o relógio, ver que está com o Sierra instalado e salvar todos os arquivos, até que melhorou um pouco e as mensagens de erro se limitaram a apenas ao uso da memória:

 

6.jpg.52081e0754de09dedbb2a027c176a7ee.jpg

Imaginei que uma reinstalação fosse resolver mas, tanto restaurar pela internet como pelo pendrive com o Yosemite deu em nada:

9.jpg.7c70047bca01ec9548491cb2bf12a36b.jpg

Na internet faz todo o procedimento e no fim diz que ocorreu um erro, no pendrive não aparece a opção de inicializar por ele. Pelo CDROM com o DVD do Snow Leopard abriu a opção de instalações opcionais:

7.jpg.2a016cafa8d3e27999d25524b3a668b9.jpg

Que também deu em nada:

8.jpg.c3d427493b0691bc659e830b76afff28.jpg

Já que ficou meio difícil, eu resolvi piorar um pouco, queria apagar o SSD, escrevendo zeros nele todo porém, como não tinha um adaptador M2:

15.jpg.bceba9712a6c1a8cee7992a1669e5280.jpg

Mandei ver no apagar disco:

10.jpg.5269062769a3ff441a7c073989921966.jpg

Ficou assim depois que tentei restaurar pelo pendrive, em diversas versões diferentes:

11.jpg.7c11ccd97ad224cd904b184431ea7f10.jpg

O que mudou agora na máquina é que aparece a tela inicial de boas vindas e depois de escolher o idioma, entra na instalação do Lion:

12.jpg.d30a8c06b40e64299e45768632dba09e.jpg

Tanto pela internet como pelo Pendrive ou DVD, resultando na mesma mensagem:

14.jpg.b780dd2622fb3aaebffd50f99687341f.jpg

É isso, considero que esgotei tudo que encontrei pela net e agradeço qualquer dica para trazer o Mac de volta à vida.

E só depois de isso tudo é que o proprietário me disse que já levou antes em outros técnicos e que todos deram perda total.

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu sei que os macbook quando estão com a bateria danificada ficam extremamente lentos. Parece que o carregador não consegue fornecer sozinho a quantidade de energia necessária para o sistema funcionar de forma plena. Como não há mais a bateria para ajudar no fornecimento de energia, existe um "power throtling" e o sistema fica bastante lento.

 

Não sei se isso poderia estar impedindo a instalação de um MacOS novo.

Tentou instalar o Windows10 pra ver se funciona? Pode tentar instalar num SSD externo conectado na porta USB3.0 (através do programa WinToUSB)

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Na questão da bateria; eu furei a capa da célula estufada (saiu um cheiro forte de ácido), apertei para desestufar, colei uma fita no buraco e encaixei o plug dela, deixei carregando por 24 horas e ela apenas esquentou bastante, durante todo o tempo de recarga, passando a mostrar 1%, a luz do carregador permaneceu vermelha. Não segurou carga nenhuma, sem o carregador não consegue ligar. Desconectei o plug e deixei como estava porque voltou a estufar um pouco.

Creio que a possibilidade da bateria estar impedindo a instalação não seja o caso, com ou sem bateria deu na mesma, eu teria que comprar uma nova para fazer o teste.

Não tentei instalar o win10, nem vou tentar porque estes MAC são projetados originalmente para usar apenas seu OS X e quem consegue instalar outros SO passa por muita dificuldade. Se eu conseguir instalar o original dele já me dou por satisfeito.

Consegui dar boot com diversos CDs de linux antigos e inclusive faziam toda a instalação mas, quando reiniciava, voltava a dar em nada. Também inicializei com vários CDs de utilitários de disco:

18.jpg.4ef31ac360a456807a1a839ce042c881.jpg

Os diversos pendrive que preparei com o transmac não são reconhecidos como inicializáveis, inclusive em outros computadores, embora que pela internet eu consigo o boot normalmente.

Os SSD externos são reconhecidos normalmente igual aos pendrives e as imagens baixadas da apple são transferidas sem problemas, apenas não finalizam a instalação.

17.jpg.697c9aceb807df31bb5f7df9d809388d.jpg

Tentei a combinação de alt+D e apareceu o código de erro:

16.jpg.3e6c0ca73f377dd130ecbb4ffd1b300d.jpg

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Pincipi Eu uso diariamente no meu trabalho um iMac 2012 com o Windows 10 instalado e funcionando normalmente...

 

Sobre o programa transmac, já vi relato de outras pessoas dizendo que não conseguiu instalar o MacOS num macbook usando um pendrive bootável criado por esse programa. Não sei se fizeram alguma coisa errada ou se o programa realmente não funciona. O ideal seria voce conseguir um macbook com o MacOS instalado e a partir dele criar o pendrive bootável com o OSX.

 

Obs: ao furar a bateria voce correu um risco danado dela explodir na sua cara! NUNCA faça isso com uma bateria de lítio.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Vamos lá, sobre o windows 10, eu confesso que tinha um preconceito até o momento em que nesta noite instalei e rodou normalmente, lembrando que outras versões de Linux não passavam da reinicialização.

Eu fiz assim, rodei o SOKill e escrevi zeros no SSD, ai dei boot pelo DVD do Snow Leopard, quando chegou na parte onde a pasta com uma interrogação fica piscando, eu removi o DVD e coloquei o DVD do Win10 versão 10.0.14393 de Jul de 2016, a instalação prosseguiu normalmente, sem conectar a internet e sem chave, no final a data mudou de 2021 para 2019 e após conectar a internet voltou para 2021 com uma hora a mais. (Tá rolando alguma coisa na data no momento de instalar)

Na sequência eu coloquei de volta o DVD do Snow Leopard e tentei instalar via windows, apareceu uma tela de Boot Camp e algo sobre incompatibilidade, solicitando um XP ou Vista, rodei assim mesmo e no final deu mensagem de que não foi possível localizar o volume de arranque do Mac OS X.

Agora vou partir para o XP e ver no que dá.

Eu vi um monte de vídeos em que as pessoas furam uma bateria e ela explode, eu queria produzir o meu vídeo de explosão mas, não deu certo, não explodiu. Deixei o MAC sem a bateria e o peso da tela faz ele inclinar, estou bolando uma solução para colocar algo de contrapeso no lugar da bateria, sabe, eu sinto ela como uma bomba relógio que vai explodir a qualquer momento, não vejo a hora de depositar na caçamba de reciclagem.

Esse Trans MAC nunca funcionou comigo. O único jeito de conseguir um Macbook é se ele estiver com defeito e se o dono ter a coragem de deixar comigo para eu dar uma fuçada, como no caso deste post. Se eu conseguir rodar um OsX nele, vou tentar criar um pendrive bootável e alguns DVD também.

 

 

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Ele estava rodando precariamente com o Sierra e pela breve pesquisa que fiz, parece que suporta até o Monterey. De qualquer forma penso em uma versão que consuma menos memória, para deixar ele mais rápido, ou melhor dizendo, menos lento. Se eu conseguir rodar a Lion, já fico satisfeito.

Nas tentativas de instalação do XP só deu tela azul, agora vou tentar com o 7.

19.jpg

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Pincipi

Para rodar o Monterey nesse macbook voce precisaria do patch, ou seja ficaria ainda mais lento!

 

Aqui o meu iMac 2012 roda tanto o Windows10 quanto o Catalina de forma super fluída! (eu troquei o HDD por um SSD).

O seu problema de lentidão aí é por causa da ausência da bateria.

Tenta ver se nesse link aqui voce descobre uma maneira de melhorar a performance do macbook sem a bateria:

https://portugnole.blogspot.com/2020/05/running-macbook-without-battery-lets-go.html?m=1

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Nada mudou até agora, no caso da sugestão entre aspas que foi moderada, é preciso ter o OsX previamente instalado. O Win7 fica com alguns drivers sem instalar, o Win10 fica devendo três drivers, mesmo após sucessivas atualizações.

Passei em duas assistências técnicas que fazem o orçamento sem custo, uma cobra R$ 250,00 para instalar a versão mais atual do OsX a outra cobra normalmente R$ 450,00 mas, me faz excepcionalmente por R$ 150,00.

Vou fazer um outro tópico sobre pendrive bootável, quem sabe resolve?

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Atualizando a situação; sobre as ferramentas utilizadas nas diversas tentativas, eu usei três gravadores de DVD diferentes, apenas um deles conseguiu ir para a parte de instalação do Snow Leopard (DVD original), agora ele já não consegue mais chegar neste ponto. Um dos pendrive, de tanto gravar, regravar e formatar,  ficou lento, antes gravava a 26 Mbps agora está a 4 Mbps. O HDD para salvar o backup das imagens acionou o SMART, acho que já estava chegando mesmo a hora dele. O SSD segue saudável firme e forte.

A situação das imagens gravadas ficaram assim:

10.5.6 original OK

10.6 original OK

10.7.2 original OK

10.7.2 de terceiros OK

10.10 original OK

10.11 original OK

10.12 original OK

10.13.2 de terceiros Corrompida

10.14 de terceiros Erro, não consegue baixar

10.15.7 original Corrompida

Todas baixadas de redes diferentes, de computadores diferentes e datas diferentes, com o mesmo resultado.

O site do fabricante mostra que as imagens disponibilizadas atualmente (10.10, 10.11 e 10.12), geram um instalador .pkg que instala um app que deve ser aberto pela pasta aplicativos, ou seja, só vai dentro de um sistema funcionando na forma de upgrade.

Não adianta gravar a imagem em um pendrive porque esta imagem não é inicializável, é apenas um pacote de atualização.

O meu caso é um SSD apagado, que não consegue restaurar via DVD ou Recovery, restando a única opção que faltou ser tentada, que é o pendrive inicializável. Ressaltando que todos o que tentei gerar não conseguiram iniciar o instalador.

Diante do fracasso, acabei de deixar o macbook numa assistência técnica, amanhã o técnico vai começar a analisar. Vamos ver o que ele diz.

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pelo que li, as imagens do MacOS disponibilizado pela Apple possui um certificado digital que tem validade de alguns anos. Então ao baixar uma imagem .dmg de algum site de terceiros, pode ser que essa imagem já esteja com o certificado vencido e por isso a instalação não funciona. Ao baixar direto dos servidores da Apple temos a certeza que o certificado digital daquela imagem esta válido.

 

Na verdade quando baixamos o MacOS da AppleStore, ele é salvo como um instalador .pkg e não como uma imagem .dmg

Para criar o pendrive bootável é preciso digitar uns comando no Terminal, e aí ele usa esse pacote .pkg para criar o pendrive bootável.

 

 

Eu baixei o MacOS High Sierra direto da AppleStore, depois converti esse .pkg para uma imagem .dmg através do Disk Utility.

Então salvei a imagem .dmg num pendrive e troxe aqui pra casa. 

Aqui em casa no Windows eu segui aqueles passos do TransMac para criar o pendrive bootável.

Amanhã vou levar o pendrive para o trabalho e vou testar no iMac pra ver se vai funcionar. 

Se o TransMac realmente funciona, então dessa vez tem que dar certo porque eu estou utilizando uma imagem .dmg que eu mesmo baixei dos servidores da Apple, ou seja este MacOS esta com o certificado digital válido.

Se o pendrive bootável não funcionar, então eu desisto desse TransMac e chego a conclusão que ele não funciona...

 

Obs: o Windows que utilizo no trabalho é bloqueado para a instalação de qualquer programa. Então eu só pude testar o TransMac no meu computador aqui de casa.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
  • Solução

Antes de mais nada é importante saber que sem uma bateria em condições, o Mac é praticamente inutilizável, só fica em condições de fazer algo com uma bateria boa.

Retirei o macbook da assistência, a limpeza geral, troca de pasta térmica e a atualização para o Mojave ficou em R$ 250,00.

Maiores detalhes de como ele executou o serviço permaneceram em segredo profissional.

O técnico cotou a bateria nova em R$ 790,00 incluída a troca.

Caso eu preferisse comprar a bateria em outro lugar, ele faz a troca por R$ 100,00 e a garantia da bateria fica por conta do fornecedor.

Ele não cotou a possibilidade de expandir a memória, disse que é difícil encontrar peças compatíveis e quando encontra o preço é muito alto.

O sistema que ele instalou veio com a data de 2018 e assim que conectei à internet atualizou para 2021.

O número de série que apareceu no sistema é diferente do número da série que está na tampa e na carcaça, ambos estão verdes, sem restrição alguma no site do fabricante, isso abre a possibilidade de que anteriormente a placa-mãe foi rocada, bem como pode ser que o técnico tenha trocado a placa-mãe, não vou ter como saber o que realmente aconteceu porque não tive acesso ao número de série do sistema antes de levar na assistência.

Eu cometi um erro em não priorizar a criação de um pendrive de instalação nos termos descritos na página do fabricante https://support.apple.com/pt-br/HT201372 atualizada em 01Nov21, achei que o DVD original de instalação do Snow Leopard iria salvar a pátria como já me salvou muitas vezes antes, entretanto, desta vez se tornou uma ferramenta inútil, já que no caso do A1465 atualmente só funciona de Yosemite para cima.

Mesmo que eu tivesse um pendrive do Lion, não funcionaria, assim como não funcionou a recuperação pela internet, e nem adianta mudar a data que também não vai conseguir, isto que estou afirmando não está vindo da minha cabeça, esta informação foi dada informalmente por três técnicos diferentes com quem conversei.

Não tenho como tirar a prova prática desta informação porque não tenho o meu macbook e não obtive autorização de detonar o macbook deste post, já que agora ele está parcialmente recuperado.

Primeiro tem que ter o devido pendrive de inicialização previamente pronto, depois salva os arquivos e por fim faz a atualização, evitando ao máximo apagar o SSD.

Meu erro foi primeiro salvar os arquivos para depois apagar o SSD para tentar uma instalação limpa sem ter o pendrive pronto.

Outra informação importante a ser levar em conta é o fato de que a ausência de bateria ou ela estar fraca, aciona a proteção do processador que cai de rendimento, ele só vai render bem com a bateria boa e se vier a usar as soluções encontradas na internet para driblar este bloqueio, corre o risco de fritar o processador.

Procure por:

"Macbook Lento sem Bateria - Mac, MacBook e iMac - Clube do Hardware"

Numa breve pesquisa encontrei 16 máquinas iguais à venda a partir de R$ 1.500,00 até R$ 6.000,00. O anúncio mais barato estava sem placa-mãe e o mais caro em perfeito estado de conservação e funcionamento com a caixa original e nota fiscal, uma mosca branca de olhos azuis.

Achei também muitos anúncios de baterias a partir de R$ 300,00 e alguns poucos anúncios de peças separadas como teclados e suas partes, placa de rede, cooler, carcaça etc. com preços bem elevados.

Haviam também anúncios de recuperação de placa a partir de R$ 1.100,00 sem contar que nas minhas imediações encontrei diversas assistências técnicas especializadas, bem como ainda existem muitas mais espalhadas pelo Brasil.

Cada caso é um caso e diante de todo este quadro de informações já posso dizer se atualmente vale a pena salvar o A1465 de 2012, levando em conta as seguintes considerações;

1- Ausência de suporte do fabricante, conforme o caso de como ou para que se utiliza a máquina, já é motivo de condenação ou não.

2- Elevado preço e escassez de algumas peças de reposição podem não compensar o custo beneficio.

3- Concorrência de equipamentos equivalentes no mercado, mesmo sabendo que nada pode ser comparado ou equiparado a um MAC, um outro notebook qualquer com processador i5, memória de 4GB e SSD de 128MB não se encontra novo por menos de R$ 2.600,00 e um usado com o preço muito próximo, desconsiderando qual a geração do processador.

4- Qualidade do material, indiscutivelmente a probabilidade de dar defeito no MAC nos próximos 5 anos é muito inferior a de qualquer outro concorrente.

5- Preferência do usuário, ostentar um MAC é parecido com ostentar uma Ferrari.

Na minha linha de pensamento compensaria comprar uma bateria nova de R$ 300,00 e não gastar mais nada, se eu tivesse que gastar qualquer valor acima disso, preferia por ele à venda, aproveitando o SSD.

Já um outro usuário não abriria mão de salvar o A1465 e pagaria até o valor cobrado pela própria loja Apple, em torno de R$ 1.000,00.

 

Grandes agradecimentos a @gutopereira por ter se empenhado na solução da questão.

 

Como cada caso é um caso, no meu caso eu estraguei minhas duas chaves pentalobe tentando soltar os parafusos com cabeça espanada e gastei R$ 37,00 com um jogo de chaves novo, depois gastei R$ 250,00 com o técnico e por fim, gastei R$ 273,00 com a bateria, sendo que, eu deveria ter primeiro comprado a bateria, porque ela já vem com as chaves para abrir os parafusos e estas chaves são de melhor qualidade em relação as que já tinha, desta forma não teria estragado as minhas e nem gasto com o técnico.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Pincipi Que bom que no final deu certo...

 

Nos meus testes aqui tentando criar o pendrive bootável com o TransMac e com o BalenaEtcher, nenhum dos dois funcionaram mesmo usando uma imagem do High Sierra que eu mesmo baixei da AppleStore. Ou seja, o problema não é com o arquivo .dmg e sim com esses dois app. Eles não funcionam!

 

Tentando descobrir o que pode estar acontecendo de errado, no meu iMac ele não é reconhecido como pendrive bootável. Ao iniciar com a tecla Option pressionada, apenas o SSD(que possui o MacOS e o Windows10) aparece como opção de boot. 

 

Ao iniciar pelo MacOS eu consigo abrir o pendrive(no Windows10 não é possível abrir o pendrive porque ele esta em APFS). Dentro do pendrive tinha apenas o instalador .pkg 

Já no pendrive bootável que eu tenho guardado aqui (que esta com o Catalina), nele aparece todas as pastas ao invés de apenas esse instalador .pkg

Ou seja, aqui esta a diferença: no pendrive bootável que funciona (que eu criei usando o Terminal do MacOS) aparecem varias pastas dentro dele(igual um pendrive bootável do Windows10 por exemplo). Já no pendrive bootável feito pelo TransMac e pelo BalenaEtcher aparece apenas o instalador .pkg

 

Obs: no pendrive bootável que eu fiz com a imagem .dmg do Lion que baixei na Internet, nele apareciam as pastas ao invés de aparecer apenas o instalador .pkg

E por causa disso nesse pendrive do Lion o meu iMac reconheceu ele como bootável e apareceu naquela tela inicial de boot(tecla Option), porém eu acredito que eu não tenha conseguido prosseguir porque o meu iMac veio de fabrica com o El Capitain e esse Lion é mais antigo. No seu caso acho que foi o mesmo problema...

 

Enfim, a dúvida que fica é se nos novos macbook o pendrive bootável funciona tendo apenas o instalador .pkg dentro dele. Em macbook mais antigo talvez o pendrive bootável necessite ter todas as pastas separadas. Ou então fizemos alguma coisa de errado no TransMac e no BalenaEtcher e ele não criou as pastas.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Então, merece a criação de um novo post com este assunto em específico.

Aqui eu segui os passos do fabricante e consegui fazer o download do Catalina e na hora de criar o incivilizável pediu a senha do administrador:

1.jpg.deb99fa9068340f9b347cca628376ae0.jpg

Estou no aguardo da resposta do técnico.

 

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Criado o novo admin com senha e mais uma frustação com command not found:

5.jpg.de2754190b7fb0b801a7f84b8609c9c6.jpg

Vou passar no cartório e pegar minha certidão de incapacidade plena para gerar uma mídia inicializável OsX.

Uma observação; mesmo criando um novo admin, não consigo excluir o admin criado pelo técnico.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Pincipi Conseguiu criar o pendrive?

 

Fiz mais uns testes hoje e finalmente consegui criar um pendrive bootável pelo TransMac que funcionou para dar boot no meu iMac. 

Mas tem um "porém". Eu utilizei o meu pendrive do Catalina(que foi criado no Terminal do MacOS) para poder criar uma imagem .dmg a partir do TransMac.

 

Explicando melhor: eu pluguei o pendrive do Catalina no meu PC com Windows, abri o app TransMac, botão direito do mouse sobre o pendrive, e depois cliquei na opção de criar uma imagem do disco. Ou seja, ao invés de criar uma imagem do instalador .pkg eu criei uma imagem do próprio pendrive bootável. Salvei ela no meu computador com o nome Catalina.dmg

 

Depois para testar se iria funcionar eu peguei um outro pendrive, formatei e depois entrei novamente no TransMac, botão direito do mouse sobre o pendrive, cliquei na opção de restaurar uma imagem. Então selecionei a imagem Catalina.dmg que eu havia salvado no computador.

Depois levei esse novo pendrive até o iMac e tentei dar boot por ele. Finalmente funcionou.

 

Algumas conclusões que cheguei.

1- O app TransMac funciona, mas não é com qualquer imagem.dmg que da certo, precisa ser utilizado uma imagem do pendrive bootável e não simplesmente uma imagem do instalador.pkg

2- Eu comparei o pendrive bootável criado no Terminal do MacOS(que funciona), com o predrive criado no TransMac a partir de uma imagem.dmg baixado da Internet(que não funciona) e percebi uma diferença. O pendrive criado no Terminal utiliza o sistema de arquivos MacOS Extended Journaled(HFS+), e o pendrive criado no TransMac através de uma imagem do instalador.pkg utiliza o sistema de arquivos APFS.

3- Os macbook antigos utilizavam o sistema de arquivos MacOS Extended Journaled, e os novos usam o APFS que é um sistema de arquivos mais moderno.

4- Acho bem provável que nos macbook feitos a partir de 2014 funcione o pendrive bootável APFS, ou seja funcionaria com um pendrive bootável criado de maneira normal no TransMac através de uma imagem baixada da internet.

 

Obs: sobre aquelas diferenças entre os pendrives que eu havia falado no post anterior, eu me enganei. Em ambos os pendrive aparece apenas o instalador.pkg 

Eu fiz confusão porque eu consegui visualizar as pastas quando conectei o pendrive do Catalina no Windows do iMac(bootcamp). Esse Windows em específico consegue ler pendrive com sistema de arquivo MacOS Extended Journaled, pois ele foi instalado a partir do MacOS(bootcamp). Ja no Windows do computador aqui de casa eu não consigo abrir o pendrive pois ele não lê esse tipo de arquivo.

 

 

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Não consegui fazer um pendrive inicializavel, eu também pensei nessa questão da diferença da imagem do pacote de atualização .pkg e da imagem do pendrive inicializavel. Parece que a diferença está no APFS e no HFS+.

Eu tentei uma versão antiga do Transmac de 2015 e gerou um pendrive igual ao gerado pela versão de 2021.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Revendo a questão da senha; quem fez a atualização garante que não colocou senha de admin, com este usuário admin sem senha eu consigo criar outros usuários admin com e sem senha, o admin sem senha dá no mesmo erro de tente de novo e o admin com senha dá o erro de command.

Atualmente estou em um caminho com várias ruas sem saída, falta ainda comprar um Mac, comprar um pendrive já pronto ou tentar uma imagem que algum salvador da pátria compartilhe pelo googledrive.

Se eu tivesse êxito em gerar o pendrive inicializável do Catalina através deste A1465, eu iria comprar 10 pendrivers novos e partir para tentar criar inicializáveis das outras versões do OsX.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

O Mac voltou a condição de inoperabilidade, leva três minutos só para para subir e depois é um terrível sacrifício movimentar o cursor, tem que mover um pouquinho e esperar, depois de um minuto ele move e dá para mover mais um pouco, quando consigo chegar a clicar em abrir algum aplicativo como loja, finder ou safari, simplesmente para de responder logo em seguida, trava igual a um Windows velho.

No Recovery da internet com o Lion eu consigo acessar o Safari mas, não consegue abrir a loja.

Continuo no mesmo ponto inicial, sem ter um Mac.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Comprei uma bateria nova não original e o Mac virou um avião a jato, inicializando em apenas dez segundos.

Fiquei com dificuldade no encaixe dela, tem uns fios:

bat.jpg.de9825ce28c3b69a1728d137870a5e06.jpg

A bateria fica por cima e o encaixe do buraco do parafuso fica levantado uns três milímetros, fiquei com receio de apertar o parafuso e acabar danificando os fios.

Pelo que vi nas fotos durante a desmontagem, os fios já estavam embaixo da bateria original.

Quando terminar os testes com a bateria, vou refazer cada uma das tentativas anteriores e comparar como a bateria influi ou não nos resultados.

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Curso de Hacker Ético

LANÇAMENTO!

CLIQUE AQUI E CONFIRA!

* Este curso não é ministrado pela equipe do Clube do Hardware.