×
Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Separação de escalas em Multímetro.


Posts recomendados

  • Membro VIP

Pode até ser meio besta esse meu "problema" mas está dificultando um bocado a visualização/entendimento das escalas levando em conta os equipamentos que tenho.

 

Se puderem ser didáticos e explicar ou editar as imagens e mostrar exatamente que escala/onde é o que ficaria muito grato.

 

Os equipamentos que tenho são o ET-1100B (principalmente) e o ET-1110DMM 

Podem ver que já fiz um risco para separar o que seria apenas "corrente alternada", mas o resto ainda não faço ideia "de até onde vai o que".

 

 

ET-1100B.thumb.jpeg.efbe0630668b63e1f8b6b84d6d42cc9a.jpeg

 

ET-1110DMM.thumb.jpeg.072e471daca74e6b1a047fccb83f9f8f.jpeg

ET-1002.jpg

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não tem o manual dos equipamentos? A diferença principal é que o ET-1100B é true rms, mede formas de ondas não-senoidais. A escala com um símbolo de diodo é para medir diodos e continuidade. As escalas que tem uma linha são para corrente contínua (A para corrente e V para tensão), as que tem Ω são escalas de resistência.

  • Curtir 1
  • Obrigado 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

1 hora atrás, LuisJacaranda disse:

ET-1002 ele parece ser bem visual, porém não entendo por que raios tem 200μ e 2.000μ

2000uA é o mesmo que 2mA.

 

  • Curtir 3
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
48 minutos atrás, Ricardov disse:

Não tem o manual dos equipamentos?

Tem e não exemplifica isso que estou pedindo... melhor dizendo ele fala de modo geral e não específico.

 

5 minutos atrás, Renato.88 disse:

2000uA é o mesmo que 2mA.

Olha ai, isso é uma informação mais prática e iria gastar menos tinta para a serigrafia...🙃

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
2 horas atrás, LuisJacaranda disse:

200μ e 2.000μ que é "permeabilidade"

...p,n,µ,m..k,M,G.. : mais usados em eletrônica são prefixos e não unidades.

e365d816-08fe-4edd-8191-53945c1754b4.png

Aproveito e mostro um engano na wikipedia que ao meu ver devia ter colocado base 10 e não 1000

https://pt.wikipedia.org/wiki/Micro

 

@Renato.88 ..ondas de c.c. 🤪

 

  • Obrigado 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

Exato, depois que o @Renato.88 falou, voltei no livro e vi esse "detalhe".

 

mesmo assim vocês focaram justamente no equipamento que eu NÃO POSSUO 😆

  • Confuso 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

você não possui e quer saber operar antes de ter... tem que gente que possui, não quis saber e pifou...

Curiosamente foi agora há pouco e aqui do lado. Aproveita e aprenda com a experiência e experimentos dos colegas

Conexões misteriosas que só eu percebo... bem ... Renato está aprendendo kk

 

Mals aí... confusões generalizadas... Foco sempre na última informação...

56 minutos atrás, LuisJacaranda disse:

vocês focaram justamente no equipamento que eu NÃO POSSUO

 

27 minutos atrás, LuisJacaranda disse:

Eu TENHO e quero saber como operar.

Agora sim 😁

  • Curtir 1
  • Haha 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
3 minutos atrás, .if disse:

você não possui e quer saber operar antes de ter...

Eu TENHO e quero saber como operar.

 

Já tenho o livro do Gabriel Torres e já foram 150 páginas nessa primeira leitura e até então a minha dúvida primaria não tem uma resposta completa.

 

3 horas atrás, LuisJacaranda disse:

Mas os equipamentos que tenho são o ET-1100B (principalmente) e o ET-1110DMM 

Podem ver que já fiz um risco para separar o que seria apenas "corrente alternada", mas o resto ainda não faço ideia "de até onde vai o que".

 

 

ET-1100B.thumb.jpeg.efbe0630668b63e1f8b6b84d6d42cc9a.jpeg

 

ET-1110DMM.thumb.jpeg.072e471daca74e6b1a047fccb83f9f8f.jpeg

 

  • Confuso 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

4 horas atrás, LuisJacaranda disse:

Podem ver que já fiz um risco para separar o que seria apenas "corrente alternada", mas o resto ainda não faço ideia "de até onde vai o que".

Não entendo muito bem a sua dúvida... 

Mas no caso do ET1100B o que divide as escalas são as cores. 

Seguindo no sentido horário temos tensão alternada de amarelo, tensão contínua de branco, corrente contínua de amarelo e assim por diante. 

 

No ET1110 não tem cores diferentes (com exceção do 10A).

Então segue os símbolos:

Onde tem Ω é pra medir resistência. 

Se têm ~ é tensão alternada. 

O traço/ponto é tensão contínua 

É a letra A é de Ampéres, ou seja, corrente. 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
29 minutos atrás, Renato.88 disse:

Mas no caso do ET1100B o que divide as escalas são as cores. 

Seguindo no sentido horário temos tensão alternada de amarelo, tensão contínua de branco, corrente contínua de amarelo e assim por diante. 

Vamo lá então

Sentido horário > NCV (é igual Detector de Tensão, no caso igual o EzAlert 1-2) ?

 

200V e 600V laranja: Tensão alternada

 

600V | 200V | 20V | 2V e 200mV  branco: Tensão contínua 

 

10A | 200mA | 2mA | 20uA Laranja: Corrente contínua 

 

Diodo/Continuidade: Ele só trafega corrente contínua ou tensão elétrica ?

 

200Ω | 2kΩ | 20kΩ | 2MΩ | 200MΩ |: Resistência, ele só trafega ou no caso ele é oposição a Corrente elétrica e essa corrente elétrica que se refere é contínua ou alternada ?

 

hFE: É outro capitulo futuro....

_________________________________

Problemas na visualização:

O bendito V(tensão contínua) está em laranja "na escala" de tensão contínua, mas é isso mesmo ?

 

Com a ponteira de prova "positivo" em VΩumA e selecionando a opção 10A: eu verifico/meço o que com isso?

 

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não sei se entendi direito mas será que a questão não é escala? Vejamos...

 

Tenho um resistor que o valor nominal é de 150Ω, marrom, verde, marrom e dourado. Tenho 3 multímetros desses comuns, sem true RMS nem nada, e cada um dos multímetros, para essa mesma resistência, informa valores ligeiramente diferentes. Os valores informados por cada um dos multímetros são 146,7Ω, 148,6Ω e 149,8Ω.

 

Pois bem, tomemos o último como exemplo, que é o que mais se aproxima do valor nominal, apesar de ser um Aneng 8205C, bem simplório.

 

Na escala 200, o display mostra 1498

na escala 2k, aparece 149

na escala 20k, 015

na escala 200k, 001 e

na escala 2M mostra 000

 

Ou seja, os números de escala - 200, 2k, 20k, 200k e 2M - indicam os limites para teste.

 

Um resistor de valor nominal 4k7Ω (4.700Ω, amarelo, roxo e vermelho) testado na escala 200 vai mostrar apenas o número 1, indicando que essa escala não serve para medir esse resistor porque seu valor é acima do limite dessa escala. Esse mesmo resistor, na escala 2k também vai mostrar esse número 1, solitário. E na escala 20k, esse resistor, se for bem preciso, vai mostrar 4.70Ω. E na escala 200k vai aparecer 0.47Ω.

 

Na escala 200, aparece 1

na escala 2k, aparece 1

na escala 20k, aparece 470

na escala 200k aparece 047 e

na escala 2M, 005

 

Tem um ponto que fica indo prá lá e prá cá conforme se muda a escala mas esse desisti de entender. Na escala 200k o ponto aparece no mesmo lugar de quando a escala está no 200...

 

Acho que o que vale é o bom senso. Se você está medindo algo da grandeza de centena, por exemplo, o resistor de 150Ω, tem que ter em mente que o resultado não vai ser nem 15Ω (dezena) nem 1,5Ω (unidade) nem 1.500Ω (milhar). Da mesma forma, se estiver medindo grandezas de milhar, como o resistor de 4k7, o valor que vai aparecer jamais será 4,7Ω nem 470Ω nem 47kΩ...

 

Com o amperímetro é a mesma coisa. Antes de medir, a pessoa tem que ter uma ideia da grandeza para só então ajustar a escala.

 

Ou isso ou comprar um multímetro auto-range...

  • Curtir 1
  • Amei 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP

@rmlazzari58 Não é isso, meu "problema" é mais simples, entretanto ótima explicação sobre como reconhecer as "casas decimais", já vou deixar anotado por aqui.

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

De fato a lógica dos símbolos do ET-1100B é confusa.


Digamos que a intenção fosse usar branco para valores e laranja para funções. Porque o díodo na função de teste de díodos e o hFE estão impressos em branco?

 

Melhor seria fazer assim:

 

Branco: teste de corrente alternada (~ e valores da escala
Laranja: teste de corrente contínua (símbolo e valores)
Amarelo: teste de resistência (Ω e valores)
Verde: Amperímetro (A com símbolo de corrente contínua e valores da escala)
Azul: hFE e díodo

 

Mas aí já encareceria e outros argumentos relacionados não à eletrônica e sim a questões paralelas,...

  • Amei 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
10 minutos atrás, rmlazzari58 disse:

De fato a lógica dos símbolos do ET-1100B é confusa.


Digamos que a intenção fosse usar branco para valores e laranja para funções. Porque o díodo na função de teste de díodos e o hFE estão impressos em branco?

Aeeeee é por ai mesmo, pra "leigo ler" como estou no momento isso é uma dor cabeça.

 

41 minutos atrás, LuisJacaranda disse:

Vamo lá então

Sentido horário > NCV (é igual Detector de Tensão, no caso igual o EzAlert 1-2) ?

 

200V e 600V laranja: Tensão alternada

 

600V | 200V | 20V | 2V e 200mV  branco: Tensão contínua 

 

10A | 200mA | 2mA | 20uA Laranja: Corrente contínua 

 

Diodo/Continuidade: Ele só trafega corrente contínua ou tensão elétrica ?

 

200Ω | 2kΩ | 20kΩ | 2MΩ | 200MΩ |: Resistência, ele só trafega ou no caso ele é oposição a Corrente elétrica e essa corrente elétrica que se refere é contínua ou alternada ?

 

hFE: É outro capitulo futuro....

_________________________________

Problemas na visualização:

O bendito V(tensão contínua) está em laranja "na escala" de tensão contínua, mas é isso mesmo ?

 

Com a ponteira de prova "positivo" em VΩumA e selecionando a opção 10A: eu verifico/meço o que com isso?

 

E falando nisso, saberia responder isso aqui ?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

3 horas atrás, LuisJacaranda disse:

Sentido horário > NCV (é igual Detector de Tensão, no caso igual o EzAlert 1-2) ?

Não sei. Nunca vi essa escala em nenhum multímetro.

3 horas atrás, LuisJacaranda disse:

200V e 600V laranja: Tensão alternada

 

600V | 200V | 20V | 2V e 200mV  branco: Tensão contínua 

 

10A | 200mA | 2mA | 20uA Laranja: Corrente contínua 

Exatamente.

3 horas atrás, LuisJacaranda disse:

Diodo/Continuidade: Ele só trafega corrente contínua ou tensão elétrica ?

 

200Ω | 2kΩ | 20kΩ | 2MΩ | 200MΩ |: Resistência, ele só trafega ou no caso ele é oposição a Corrente elétrica e essa corrente elétrica que se refere é contínua ou alternada ?

Essas escalas é pra você colocar o componente ali e medir. Não interessa qual tensão/corrente passa por ali.

Na escala do diodo você põe um diodo ou transistor e o multímetro deve indicar se está ruim ou bom, mas pra isso primeiro deve-se entender o funcionamento desses componentes.

Na escala do resistor é mais simples, apenas coloque as pontas de prova no componente. No visor deve aparecer o valor que está impresso em sua carcaça.

Nessas escalas você jamais deve medir tensão com elas (seja pilhas, baterias ou rede elétrica) pois vai queimar o multimetro. Também não deve medir os componentes quando estão soldados na placa, pois os outros componentes atrapalham no resultado.

3 horas atrás, LuisJacaranda disse:

hFE: É outro capitulo futuro....

Essa a gente deixa pra lá, nunca conheci alguém que usasse isso. Muitas vezes não funciona direito.

 

3 horas atrás, LuisJacaranda disse:

O bendito V(tensão contínua) está em laranja "na escala" de tensão contínua, mas é isso mesmo ?

Sim. A cor do V não muda nada, o importante é o símbolo traço/ponto que indica corrente contínua.

3 horas atrás, LuisJacaranda disse:

Com a ponteira de prova "positivo" em VΩumA e selecionando a opção 10A: eu verifico/meço o que com isso?

Nada!

Pra usar a escala do 10A tem que colocar a ponteira vermelha no pino escrito 10A.

2 horas atrás, rmlazzari58 disse:

De fato a lógica dos símbolos do ET-1100B é confusa.


Digamos que a intenção fosse usar branco para valores e laranja para funções. Porque o díodo na função de teste de díodos e o hFE estão impressos em branco?

A lógica é somente ser cor sim, cornão independente das funções.

A chave do multímetro tem suas posições colocadas de maneira a facilitar no desenho interno da placa, não importando se vai ficar fácil ou não no manuseio.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Para medir COMPONENTES sem ter que se preocupar com escala tem uns aparelhos simples e baratos... bem, no absurdo que está a cotação do R$, não estão tão baratos assim. Mas que funcionam bem, medem com precisão bem aceitável:

 

- resistores

- capacitores

- indutores

- diodos

- tensão e corrente de leds

- transistores (bjt e fets)

 

Digo assim, sem precisar se preocupar com escala, porque quando, por exemplo, um resistor traz que mede 4k7 (4.700Ω), se for de altíssima precisão, o display mostra exatamente isso: 4700. (Acabei de medir um resistor 4k7 e o display mostrou 4672.)

 

O nome desse aparelho é LCR-T4. Sem fazer propaganda de marca ou de vendedor, olha uns exemplos desses aparelhos aqui.

 

E descobri que agora tem uma evolução dele, chamada LCR-T7, que além do que faz o T4, também serve para

 

- tensão de diodos zener (até 30v)

- triacs

- tiristores

 

Além disso o T7 também serve para descobrir a codificação de sinais infravermelhos de controles remotos e carga de baterias até 4,5v. E enquanto o T4 usa bateria de 9v, o T7 tem uma bateria interna recarregável através de usb de celular.

 

Olha um exemplo desse LCR-T7 aqui.

 

 

Como falei, esses aparelhos servem apenas para COMPONENTES, hein?

 

Para medir tensão e corrente (e em alguns casos, também temperatura), aí teria que ser ou com um multímetro desses que a gente tá falando ou com voltímetro, amperímetro, termômetro etc.

  • Amei 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

 

.

12 horas atrás, LuisJacaranda disse:

E falando nisso, saberia responder isso aqui ?

 

Bem, nosso amigo @Renato.88 já respondeu melhor do que eu faria.

 

.

Ah, lembrei de uma coisa que ia dizer, quase esqueci: multímetros digitais são bem úteis e práticos. Mas para medir valores que estão sempre mudando - por exemplo tensão e corrente - tem quem prefira os analógicos porque, no lugar de ver números pulando o tempo todo, dá para ver um ponteiro, uma agulha se mexendo e estimar máximos, médias e mínimos. Mesmo os multímetros digitais true RMS não substituem os analógicos nesse aspecto.

 

Elétrica e eletrônica são ciências exatas só na teoria. Na prática, sempre variam um pouco.

 

É como geometria: trace um círculo de 10cm de diâmetro. Mas 10cm internos ao círculo ou externos? Sim porque toda linha tem uma espessura...

  • Curtir 2
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Lembrei agora... para esses aparelhinhos LCR-T4 e T7 não precisa saber nem que componente está sendo testado. A pessoa liga o componente lá, aperta o botão e pronto: ele diz se é um resistor, um capacitor, um diodo etc... e suas características elétricas.

 

Um alerta: às vezes ele se confunde entre indutores e resistores.

 

Não sei se não é "mordomia" demais, que até atrapalha o iniciante na identificação dos componentes. Mas quando inventaram a escrita houve quem dissesse que não devia ser ensinada ao povo porque ia fazer a memória das pessoas se atrofiar... o mesmo para calculadora portátil etc...

  • Curtir 1
Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisa ser um usuário para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Como ganhar dinheiro montando computadores!

MINICURSO GRÁTIS!

Como ganhar dinheiro montando computadores!

CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE AGORA MESMO!