Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Gateways, hubs, repetidores, bridges, switches, ro


jiz/df

Posts recomendados

Gateways - Permitem a comunicação entre diferentes arquiteturas de rede. Eles captam os dados de uma rede e os remontam, de modo que cada rede possa compreender os dados da outra. O gateway é um interprete.

Use o gateway para conectar dois sistemas que não usam a mesma:

-Arquitetura

-Conjunto de regulamentos e regras de comunicação

-Estruturas de formação de dados

Hub (concentrador) - São equipamentos que conectam computadores entre si. Eles contém várias portas para a conexão com os componentes da rede. Um único pacote de dados enviado através de um HUB vai para todos os computadores conectados.

Repetidores - Recebem os sinais e os retransmitem com sua intensidade e definições originais. Isso aumenta o tamanho prático de um cabo. A instalação de repetidores ao longo de um cabo, permite que os sinais percorram distências maiores.

Bridges (pontes) - É um dispositivo que transfere dados entre vários segmentos de rede que usam o mesmo protocolo de comunicação. Ela envia um sinal de cada vez. Se um pacote de destinar a um computador do mesmo segmento emissor, a ponte manterá o pacote nesse segmento. Se o pacote se destinar a outro segmento, ela o enviará para esse segmento.

Como funciona:

A medida que o tráfego passa pela ponte, as informações sobre os endereços MAC dos computadores emissores são armazenadas na memória da ponte. A medida que mais dados são enviados, ela constrói uma tabela que identifica cada computador e o seu local nos segmentos de rede e assim verifica onde está o destinatário dos dados.

-Com a bridge pode se ter mais computadores na rede

-Divide uma rede sobrecarregada em duas redes separadas, reduzindo o volume de tráfego em cadqa segmento.

-Ligar cabos físicos diferentes, como cabos par trançado e coaxial

Switches (comutadores) - Os switches se comparam as Bridges (pontes), mas oferecem uma conexão mais direta entre os computadores de origem e de destino. Quando um computador recebe um pacote de dados, ele cria uma conexão interna separada, ou segmento, entre duas de suas portas e encaminha o pacote somente à porta apropriada do computador de destino, com base nas informações do cabeçalho de cada pacote. Isso isola a conexão das outras portas e fornece aos computadores de origem e de destino acesso à largura de banda total da rede.

Roteador - É um dispositivo que funciona como uma Bridge ou Switch, mas tem mais funcionalidade. Ao transferir os dados entre diferentes segmentos de rede, os roteadores examinam o cabeçalho de um pacote para determinar o melhor caminho para seu envio. O roteador sabe o caminho de todos os segmentos de rede acessando as informações armazenadas na tabela de roteamento. Os roteadores permitem que todos os usuários da rede compartilhem uma única conexão com a Internet ou uma rede de longa distância. Os roteadores garantem que os pacotes percorram caminhos mais eficientes até seus destinos.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por jiz/df@25 Mar. 2003,13:04

O que é e o que faz cada equipamento desse??

gateways,

hubs,

repetidores,

bridges,

switches,

roteador.

agradeço desde já a resposta.

Obrigado

Gateway é a máquina que converte os dados entre origem e destino, pra um formato compatível de comunicação.

Hub é um repetidor multiporta. Permite centralizar a conexão de rede num equipamento que, transmitirá os dados da máquina de origem pra todas as portas, sendo que, apenas a máquina de destino pega o pacote.

Repetidor regenera o sinal enfraquecido. Usa-se quando o cabeamento beira exceder o tamanho limite, e necessita-se deste equipamento para aumentar o lance do cabo. Nem se fabrica mais que eu saiba.

Bridge segmenta a LAN. Você tem uma grande rede e quer dividí-la em dois segmentos, por exemplo, setor financeiro e setor de RH. Você usa uma bridge para segmentar.´

Switch é um equipamento mais sofisticado. Em uso com roteadores, possibilita fazer VPN (dependendo do modelo).

O switch faz circuitos virtuais entre as portas, sendo que, quando um emissor envia um pacote, ele comuta o mesmo para somente a porta de destino (não faz broadcast como o hub). Cada circuito virtual entre duas portas que estão se comunicando, usa a largura de banda total, contra a largura de banda compartilhada, no caso do hub.

Roteadores (não funcionam como bridge nem switch, como o colega citou), escolhem o melhor caminho de destino para o pacote sendo transmitido.

Faz interconexão entre redes distintas.

Ao  enviar um pacote da rede da minha empresa, para a rede da sua empresa, o roteador analisa o endereço de destino e escolhe o melhor caminho para o envio do mesmo, baseado no endereço de camada 3 (IP ou IPX). Ele envia o pacote para o roteador mais próximo que possua o endereço da rede de destino na tabela de roteamento. E assim por diante, até que o pacote chegue a seu destino.

Basicamente é isso. Deu pra entender?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...