Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Governo federal vai desenvolver distribuição


gegel

Posts recomendados

A passagem pelo Recife do secretário de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério de Planejamento e Gestão, Rogério Santanna, na semana passada, causou burburinho no setor local de TI. A razão da polêmica foi a proposta de adoção de uma distribuição Linux exclusiva para o Governo brasileiro, em estudo pelo ministério.

Santanna defende que a medida conferiria independência dos sistemas de Informática governamentais, pois reduziria os gastos com programas do mercado. “Precisamos investir em sistemas de processamento de dados de alto desempenho e baixo custo”, disse, ressaltando que a Marinha já tem uma versão própria do Linux.

Outras prioridades de e-Government apresentadas pelo secretário na 87ª reunião da Associação das Empresas Estaduais de Processamento de Dados (Abep) são a inclusão digital, a otimização das redes públicas do País e a segurança das transações eletrônicas.

Com isso, o ministério pretende cortar em 30% o gasto em TI (o total é R$ 2,8 bilhões), para investir em serviços e em novos projetos. Nenhuma meta deve sair do papel em 2003. Somente no âmbito federal, há 300 sites e 950 serviços.

Segundo o presidente da Fisepe e ex-presidente da Abep, Carlos Farache, os gastos dos 26 Estados com e-Gov chegam a R$ 700 milhões/ ano. Em Pernambuco, o orçamento é de R$ 60 milhões.

http://jc.uol.com.br/jornal....21&dth=

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...