Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Affe a intel socou a AMD agora!


diablo20

Posts recomendados

Postado Originalmente por diablo20@24 de junho de 2005, 03:18

aí pessoal novo recorde no super pi talvez seja velha esta noticia mais agora esta provado que não é fake intao vejao!!

<div class='bbimg'>%7Boption%7Dhttp://membres.lycos.fr/cpulloverclock79/Informatique/17-233.86pai.jpg' border='0' alt='Imagem postada pelo usuário' />

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Vi em alguns sites oficializaram isto, ouvi dizer que o Intel M dothan é o melhor processador que existe no mercado, desbancando tudo e todos, eu tive lendo no xtremesystems que este dothan é animal, e que já conseguiram chegar a 20 com ele a 3.6 imagina a 4giga, 19 foi pouco.

só uma pergunta: Esse núcleo novo da intel chega perto dos A64 se tratando de jogos?

cara sei não, mais é provavel que sim, já que como já disse ouvi dizer que o dothan é um rei sem reino, porque a plataforma do a64 ira ter muito mais suporte realmente pra games que o mesmo, por causa de recursos sli e tal, mais que esta cpu é invocada é sim.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

li muito bem do dothan no tomshardware.com. excelente cpu. Atualmente a asus vende um adaptador para socket 478 e a aopen ja vende placas para desktops utilizarem esta cpu de laptop. meu irmão tem um laptop centrino rodando um dothan 1.5 ghz o bixu é bom de serviço apesar do "baixo" clock pena que em laptops não tem como fazer over!!

Postado Originalmente por Morpheus.@24 de junho de 2005, 15:52

sei la eu duvido que estão chegando a 19S talvez é fake talvez não!  :goff:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
Postado Originalmente por Pedro Gattas@24 de junho de 2005, 14:46

Nossa , mt rápido!!! To tentando bater os 42s com meu mobile , e o p4 dando 19s , realmente mt rápido.

só uma pergunta: Esse  núcleo novo da intel chega perto dos A64 se tratando de jogos?

O Dotham não tem nada a ver com o P4 ;)

É outro processador.

Realmente ele é muito bom em benchs.

No xtremesystems tem A64 FX55 (Sandiego) @ 4.0Ghz, vamos ver quanto rola um SuperPI dele.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

No xtremesystems tem A64 FX55 (Sandiego) @ 4.0Ghz, vamos ver quanto rola um SuperPI dele.

cara já tinha visto um a 3.8 e alguma coisa é este?

e outra coisa acho que num ficou estavel porque o cara não rodou o bench, deve ter conseguido somente para tirar screen, porque se acha que se tivesse ficado estavel ele não iria fazer um benchinho hehe?

sei lá mais to no aguardo da resposta da amd tambem, porque isto não pode ficar assim hehe!!

Ah ta san diego, agora que eu vi dahora vou da um pulo lá!!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

  • Membro VIP
Postado Originalmente por Enéias Antunes Ramos+25 de junho de 2005, 18:15-->
Mais é claro que não ficar..., o novo FX 57 promete.....

Bom o que importa mesmo é que desceu bonito :joia: , alguem tem a ideia de quanto que custa +/- este Dotham :P

Morpheus.@25 de junho de 2005, 18:18

caramba.. acabei de ver uns screens que isso daqui a pouco tem neguinho batendo 15S que isso! :blink:

Mais com qual processador :blink:

Abraços :-BEER

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O P4 Mobile (Dotham) é muito bom, alguns perguntam porque a Intel não abandona os Pentium 4 atuais e comece a produzir os Dothan com clocks maiores, se a Intel fizesse isso seria muito difícil a AMD continuar ganhando, acho que a Intel não faz isso porque não quer admitir a derrota do P4 para o Athlon 64.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por netadmin@25 de junho de 2005, 20:08

O P4 Mobile (Dotham) é muito bom, alguns perguntam porque a Intel não abandona os Pentium 4 atuais e comece a produzir os Dothan com clocks maiores, se a Intel fizesse isso seria muito difícil a AMD continuar ganhando, acho que a Intel não faz isso porque não quer admitir a derrota do P4 para o Athlon 64.

Eu acho netadmin que aumentando o clock não teria grande vantagem sobre os processadores AMD.., tanto que os P4 com clocks entre 3.8 e 3.73ghz perde feio para o FX 55 com um clock de 2.6ghz...( imagina o FX 57 então :devil: )..., o que faz do Dothan um excelente processador não é seu clock..., e sim suas caracteristicas em geral como os processadores da AMD....

Abraços.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por Enéias Antunes Ramos@25 de junho de 2005, 19:22

Eu acho netadmin que aumentando o clock não teria grande vantagem sobre os processadores AMD.., tanto que os P4 com clocks entre 3.8 e 3.73ghz perde feio para o FX 55 com um clock de 2.6ghz...( imagina o FX 57 então  :devil: )..., o que faz do Dothan um excelente processador não é seu clock..., e sim suas caracteristicas em geral como os processadores da AMD....

Abraços.

Concordo, mas imagine um Dothan a 3.8GHz, acredito que a Intel nunca vai fazer isso pelo motivo que citei anteriormente "a Intel não faz isso porque não quer admitir a derrota do P4 para o Athlon 64", e a possibilidade de a Intel usar PR acho muito difícil, é o mesmo que especularmos um FX a 4GHz isso está muito longe da realidade atual, mas os fabricantes de processadores estão engatinhando ainda, deveria surgir uma terceira grande fabricante de processadores de computador para incendiar a briga, a IBM ou HP poderiam se candidatar.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por netadmin@25 de junho de 2005, 20:38

Concordo, mas imagine um Dothan a 3.8GHz, acredito que a Intel nunca vai fazer isso pelo motivo que citei anteriormente "a Intel não faz isso porque não quer admitir a derrota do P4 para o Athlon 64", e a possibilidade de a Intel usar PR acho muito difícil, é o mesmo que especularmos um FX a 4GHz isso está muito longe da realidade atual, mas os fabricantes de processadores estão engatinhando ainda, deveria surgir uma terceira grande fabricante de processadores de computador para incendiar a briga, a IBM ou HP poderiam se candidatar.

Li a tempos atrás em um dos artigos do Laércio..., onde ele comenta que em 2009 será possível encontrar processadores de 15ghz e 20ghz... :ahh::blink::wow:

Eu acho que não será possível..., INTEL e AMD ( principalmente AMD)..., vai ser muito difícil até la atingir esse clock tão elevado....., e o pior de tudo é que cada vez tem surgido aplicações que exigem muito de processamento....

Abraços.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por Enéias Antunes Ramos@25 de junho de 2005, 19:56

Li a tempos atrás em um dos artigos do Laércio..., onde ele comenta que em 2009 será possível encontrar processadores de 15ghz e 20ghz... :ahh:  :blink:  :wow:

Eu acho que não será possível..., INTEL e AMD ( principalmente AMD)..., vai ser muito difícil até la atingir esse clock tão elevado....., e o pior de tudo é que cada vez tem surgido aplicações que exigem muito de processamento....

Abraços.

Acredito que não chegue a isso de 15ghz e 20ghz... provavelmente em 2009 existirão processadores de 4, 8, 16 cores, gostaria de ver o processador Cell produzido pela IBM para o Playstation 3 instalado em um PC, masos planos da IBM são somente para os consoles mesmo, uma empresa deste tamanho não desenvolver processadores é uma vergonha!

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por netadmin@25 de junho de 2005, 20:26

Acredito que não chegue a isso de 15ghz e 20ghz... provavelmente em 2009 existirão processadores de 4, 8, 16 cores, gostaria de ver o processador Cell produzido pela IBM para o Playstation 3 instalado em um PC, masos planos da IBM são somente para os consoles mesmo, uma empresa deste tamanho não desenvolver processadores é uma vergonha!

Concordo com a sua ideia os processadores passarão a ter mais cores e futuramente vão investir para ter mais velocidade aonde está o grande garga-lo do processamento atualmente o HD.

Não sei se o Cell é uma boa não ele é quase uma placa de vídeo muito focado em gráficos e com muito desempenho, mas e o resto?

Agora sua dúvida netadim também não sei responder se a linha dos pentium-m , pentium centrino(exemplo Dothan) é muito melhor que os P4 , porque a intel não investe neles para PCs domesticos?

Já estava pensando nisso a muito tempo.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A Intel dizia que iria levar o clock do Pentium 4 até 10 GHz, ela chegará a isso? Duvido muito. Previsões como estas são muito complicadas e ao meu ver não devem ser feitas.

O futuro realmente caminha para o Multi-Core e não para grandes aumentos de clock.

Só para deixar claro, Dothan (com "N" e não com "M" como várias pessoas colocaram) é um dos núcleos do Pentium M:

Banias: Fabricado em 130 nm, 1 MB Cache L2, 400 MHz FSB

Dothan: Fabricado em 90 nm, 2 MB Cache L2, 533 MHz FSB

Em relação ao Dothan (com "N" e não com "M" como várias pessoas colocaram), é realmente um excelente processador, mas não é o processador mais rápido da atualidade, sem contar que não possui instruções de 64 bits.

A Intel não investe no Pentium M como processador desktop por um simples motivo, não há necessidade.

Eu explico, o Pentium 4 apesar de ser um processador com uma arquitetura ineficiente e esquentar bastante (vide Prescott) tem um nome com muita expressão, vende muito e traz enormes lucros, não há motivos para tira-lo do mercado, pelo menos por enquanto. No mundo dos negócios nem sempre o maior desempenho traz os maiores lucros, o maior exemplo disso é o Opteron, o melhor processador destinado a servidores da atualidade, porém vende muito menos que o Xeon.

É Pentium 4 no desktop vendendo muito e Pentium M nos notebooks vendendo muito também, já que a melhor plataforma para notebooks é o Centrino, e o processador utilizado nessa plataforma é o Pentium M, em time que está ganhando não se mexe (financeiramente falando).

O Pentium M mostrará sua força no desktop futuramente, quando a Intel desenvolver o Dual Core baseado nesse processador (em 2006 será lançado o Yonah, Dual Core baseado no Pentium M, mas será destinado a notebooks), já que ele tem um característica fundamental para o Multi-Core, que é a baixa dissipação térmica. O atual Dual Core baseado no Prescott é absolutamente ridículo, desempenho relativamente baixo e alta dissipação de calor, mas de qualquer forma é o melhor processador para se comprar atualmente, devido ao elevado preço do Dual Core da AMD.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por Enéias Antunes Ramos@25 de junho de 2005, 19:56

Li a tempos atrás em um dos artigos do Laércio..., onde ele comenta que em 2009 será possível encontrar processadores de 15ghz e 20ghz... :ahh:  :blink:  :wow:

Eu acho que não será possível..., INTEL e AMD ( principalmente AMD)..., vai ser muito difícil até la atingir esse clock tão elevado....., e o pior de tudo é que cada vez tem surgido aplicações que exigem muito de processamento....

Abraços.

As aplicações estão necessitando cada vez mais de processamento central , e se for ver nos ultimos 3 anos , comparando o processador com a placa de video por exemplo , o video evoluiu muito mais do que o processador. Ja faz muito tempo que lançaram o Athlon 64 e os P4 800 fsb , desde o lançamento deles não ouve mudanças drasticas para desktop nos processadores.

Provavelmente o novo Fx 57 tb não vai mudar muito em relação ao Fx 55 , acho que a diferença não vai passar de 10%.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por Pedro Gattas@25 de junho de 2005, 23:52

As aplicações estão necessitando cada vez mais de processamento central , e se for ver nos ultimos 3 anos , comparando o processador com a placa de video por exemplo , o video evoluiu muito mais do que o processador. Ja faz muito tempo que lançaram o Athlon 64 e os P4 800 fsb , desde o lançamento deles não ouve mudanças drasticas para desktop nos processadores.

Provavelmente o novo Fx 57 tb não vai mudar muito em relação ao Fx 55 , acho que a diferença não vai passar de 10%.

A maior mudança nos últimos aconteceu com o lançamento do Athlon 64, antes disso processadores de 64 bits para desktop eram apenas sonho, já que segundo a Intel eles seriam utilizados apenas no fim dessa década, a outra mudança aconteceu recentemente, com o lançamento dos processadores Dual Core.

O grande "problema" para os processadores PC evoluírem é o fato de estarem presos a arquitetura x86, que está aí a mais de 20 anos, mas as coisas estão melhorando, já temos processadores de 64 bits e Dual Core, que em breve terão todo o seu desempenho aproveitado.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por Pedro Gattas@26 de junho de 2005, 00:52

As aplicações estão necessitando cada vez mais de processamento central , e se for ver nos ultimos 3 anos , comparando o processador com a placa de video por exemplo , o video evoluiu muito mais do que o processador. Ja faz muito tempo que lançaram o Athlon 64 e os P4 800 fsb , desde o lançamento deles não ouve mudanças drasticas para desktop nos processadores.

Provavelmente o novo Fx 57 tb não vai mudar muito em relação ao Fx 55 , acho que a diferença não vai passar de 10%.

Ja lançaram a muito tempo também os P4EE com FSB 1066mhz.....

Sim, a diferença entre o FX 55 e FX 57 será de 10%, mas a AMD disse que é de 15% ( claro, os 5% com certeza é Marketing)....

Abraços.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por Enéias Antunes Ramos@26 de junho de 2005, 00:06

Ja lançaram a muito tempo também os P4EE com FSB 1066mhz.....

Sim, a diferença entre o FX 55 e FX 57 será de 10%, mas a AMD disse que é de 15% ( claro, os 5% com certeza é  Marketing)....

Abraços.

esses P4 EE se for ver não mudou drasticamente o desempenho em relação aos de 800fsb.

Quando lançaram o p4 3.0HT com 800fsb a muito tempo atras , ai sim foi um desempenho bem superior aos antecessores de 533 fsb.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por Pedro Gattas@26 de junho de 2005, 02:06

esses P4 EE se for ver não mudou drasticamente o desempenho em relação aos de 800fsb.

Isso é verdade..., tanto que foi baseado no "antigo" Northwood, apenas implementando cache L3, instruções SSE3 e elevando o clock em até 3.73ghz....

Sem mais....

Abraços.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

aí pessoal, estava agora mesmo olhando no xtremesystems e achei isto aqui.

<div class='bbimg'>%7Boption%7Dhttp://img223.echo.cx/img223/4267/72ghz8ey.jpg' border='0' alt='Imagem postada pelo usuário' /></div>

Aqueles cara não regulam muito não ta loco, estão chegando nos 10ghz, daqui pouco aparece um duente mental aí e coloca uma destas coisa pra rodar com 10ghz, hehhe zuera>

Ah marcelo não sei se era este que voce tinha me dito se foi acho que voce confundiu já que se trata de um ClawHammer como vocês podem ver na foto.

<div class='bbimg'>%7Boption%7Dhttp://valid.x86-secret.com/cache/10680.png' border='0' alt='Imagem postada pelo usuário' /></div>

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por Gregori@25 de junho de 2005, 23:25

A Intel dizia que iria levar o clock do Pentium 4 até 10 GHz, ela chegará a isso? Duvido muito. Previsões como estas são muito complicadas e ao meu ver não devem ser feitas.

O futuro realmente caminha para o Multi-Core e não para grandes aumentos de clock.

Só para deixar claro, Dothan (com "N" e não com "M" como várias pessoas colocaram) é um dos núcleos do Pentium M:

Banias: Fabricado em 130 nm, 1 MB Cache L2, 400 MHz FSB

Dothan: Fabricado em 90 nm, 2 MB Cache L2, 533 MHz FSB

Em relação ao Dothan (com "N" e não com "M" como várias pessoas colocaram), é realmente um excelente processador, mas não é o processador mais rápido da atualidade, sem contar que não possui instruções de 64 bits.

A Intel não investe no Pentium M como processador desktop por um simples motivo, não há necessidade.

Eu explico, o Pentium 4 apesar de ser um processador com uma arquitetura ineficiente e esquentar bastante (vide Prescott) tem um nome com muita expressão, vende muito e traz enormes lucros, não há motivos para tira-lo do mercado, pelo menos por enquanto. No mundo dos negócios nem sempre o maior desempenho traz os maiores lucros, o maior exemplo disso é o Opteron, o melhor processador destinado a servidores da atualidade, porém vende muito menos que o Xeon.

É Pentium 4 no desktop vendendo muito e Pentium M nos notebooks vendendo muito também, já que a melhor plataforma para notebooks é o Centrino, e o processador utilizado nessa plataforma é o Pentium M, em time que está ganhando não se mexe (financeiramente falando).

O Pentium M mostrará sua força no desktop futuramente, quando a Intel desenvolver o Dual Core baseado nesse processador (em 2006 será lançado o Yonah, Dual Core baseado no Pentium M, mas será destinado a notebooks), já que ele tem um característica fundamental para o Multi-Core, que é a baixa dissipação térmica. O atual Dual Core baseado no Prescott é absolutamente ridículo, desempenho relativamente baixo e alta dissipação de calor, mas de qualquer forma é o melhor processador para se comprar atualmente, devido ao elevado preço do Dual Core da AMD.

Explicado o nome Pentium 4 é marketing.

Então vamos esperar até 2006 , essa arquitetura do pentium m é muito mais eficiente que a do pentium 4, se eles lançarem um pentium M dual core com a eficiência dos altos clocks da intel e o barramento de 1066Mhz com memórias DDR2 a um custo satisfatório a AMD vai ter um concorrente que não vai ser apenas marketing mas desempenho também.

Se isso acontecer vou mudar de plataforma em 2006.

Já pensou um pentium M num desktop com mais capacidade de overclock que um celeron D???

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

 

GRÁTIS: ebook Redes Wi-Fi – 2ª Edição

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!