Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

FDISK e CFDISK convertem ntfs?


Estétique

Posts recomendados

resposta: (felizmente) não.

o pessoal d desenvolvimento pra linux malmente conseguiu fazer o suporte á escrita pra NTFS, então se existe algum modo de se converter NTFS pra algum outro sistema de arquivos no linux eu não recomendaria ninguém usar, porque COM CERTEZA usar uma ferramenta assim ia dar :priv: .

té+

ps: o NTFS é um lixo, apanha pra ficar lendo aquele map-index que ele faz. isso sem falar q ele faz toda a checagem do sistema baseado no mapa de partição e não pela leitura dos cabeçalhos de arquivos (o que acrescentaria uns 3 segundos á verificação de disco). o ReiserFS dá de zero no NTFS.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu acho que o Reiser já trabalha de forma errada.

Faz o seguinte teste: pega uma partição de 10 gigas em Reiser e enxe ela completamente, compacta esse arquivo, e formata a partição em XFS, descompacta esse arquivo dentro do XFS, vai sobrar mais de 1 giga de espaço.

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Kobal meu fiote, esse é o calcanhar de aquiles do ReiserFS

você gasta 10% do q tu salva no disco como sistema de recuperação, indexação de dados, desfragmentação, verificação de dados, etc, etc, etc......

nada nesse mundo é perfeito né? hueuhehuehe...

ps: o XFS é tão rápido/seguro quanto o ReiserFS? se for vou experimentá! ehhehee...

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

umas dúvidas, aproveitando o tópico:

Como eu faço para usar o xfs, tipo eu vou ter que desinstalar o linux e reinstalar ele em xfs? eu vou ter que adicionar o suporte a xfs no meu kernel? caso sim onde eu acho algo ensinando a fazer isso? tem que ter um kernel mais novo ou o meu 2.4 do slack serve?

e o mais importante, esse xfs é realemete seguro ou está em teste?

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Postado Originalmente por Kobal@27 de junho de 2005, 14:31

Reiser não desfragmenta.

exato

eu citei "desfragmentação" ali em cima porque o ReiserFS usa desse "cache" de 10% aí pra mapear o disco e gravar os dados de forma sequencial, anotando tudo no map index (popularmente conhecido como Journal)

e por incrível que pareça ele fica mais rápido que o Ext2 que não tem nada disso... :blink:

Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Arquivado

Este tópico foi arquivado e está fechado para novas respostas.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas comunidades sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Ebook grátis: Aprenda a ler resistores e capacitores!

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!