Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Romulo Carvalho

Playstaion 3 vindo ae!

Recommended Posts

Isso aqui é sobre um novo hardware e que pode mudar várias coisas inclusive , nos computadores, eu duvido que tenha tanta potência assim, mas vale ler o artigo.

Desde o ano passado, o FinalBoss vem publicando em primeira mão os dados sobre o PlayStation 3 e divulgando todos os detalhes do projeto Cell, um processador produzido pela Sony, IBM e Toshiba que será o coração deste novo video game (Veja as notícias anteriores no final desta news).

Hoje, meses mais tarde, a IBM anunciou a conclusão da parte inicial do projeto Cell. O chip está pronto para sair do papel e entrar na linha de produção das primeiras unidades de teste.

Teoricamente, o Cell tem um poder de processamento aritmético de 1 TeraFlops (cerca de 100 vezes o de um Pentium IV 2.5 Ghz) e será utilizado não só no PlayStation 3, mas também para viabilizar uma revolução na forma como se constróem microprocessadores.

Céticos ao redor do mundo já começam a disparar contra o suposto poder de processamento do chip, mas o trio Sony-IBM-Toshiba não está nem aí e continua afirmando que o chip terá poder equiparável ao de um super computador. Provavelmente, estamos diante de uma revolução semelhante à deflagrada pelo Commodore AMIGA nos idos dos anos 80.

O conceito por trás do Cell não é novidade: trata-se de uma série de processadores idênticos empacotados juntos dentro de uma única pastilha de silício e interconectados por pontes de alta performance. É como ter vários processadores dentro de um só.

Ainda, as configurações e funções destes chips serão controladas via software. Ou seja: os processadores Cell podem sofrer upgrades com uma simples atualização de seu código, sem a necessidade de trocar o hardware. É como se você trocasse um Pentium II por um Pentium III com um simples programa, uma atualização. E como são múltiplos processadores, o código pode ordenar uma tarefa para cada um deles, por exemplo. Assim, um simples chip Cell pode cuidar do som, dos gráficos, do acesso a disco e todo o resto sozinho.

Obviamente, programar para um chip tão complexo não será moleza. Para facilitar a vida dos desenvolvedores e diminuir o tempo de criação de jogos e aplicações, o time do Cell está dividido ao meio. Um parte cuida exclusivamente do chip e a outra metade está empenhada na produção de ferramentas de programação e até um sistema operacional completo baseado no Linux. Com isto, o Cell será lançado simultaneamente com um sistema e ferramentas para seu uso.

Com os passos dados até agora, é possível que o projeto seja concluído até o final de 2004, o que pegaria muitos concorrentes com as calças nas mãos. No entanto, a estimativa oficial de lançamento do Cell é março de 2005 e é com este prazo que desenvolvedores e mercado estão trabalhando no momento.

Seja como for, uma coisa é certa: o PlayStation 3 será uma peça que parecerá vinda de outro planeta e que dará dor de cabeça à concorrência. Preparem-se para mais uma nova geração prematura de consoles...

FinalBoss

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Rômulo,

Realmente o processo é interessante.

O PS3 da Sony promete ser algo impressionante, mas não sabemos na prática se realmente é tão bom assim.

Apesar do Console da Sony ser um PC em potencial, assim como o Xbox, na prática está longe de funcionar como deveria.

Exitem rumores que o PS3 poderia usar uma unidade Gráfica da ATi, mas é hipótese assim como o Xbox que parece estar descontente com o NForce.

O Projeto do PS3 aposta em uma super banda-larga. E que a colaboração On-Line de máquinas no estilo Cluster (SETI), seria o ponto forte.

Seria o reinado de uma xDSL muito rápida, provavelmente simétrica além de estar fora dos padrãos da Ethernet comum, passando para algo igual ou superiro a Giga-Ethernet.

Seria legal, se o PS3 com Linux, fosse equipado com uma versão Mobile do Opteron Hammer. ?!!!

Imaginem a AMD equipando consoles de U$ 400 com seus processadores X86-64. Baseando em colaborações *NIX Like !?

Hahah, seria um show.

E ai SlegeHammer, o que você acha dessa ??

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por Neo - Matrix@08 Aug. 2002,19:44

Olá Rômulo,

Realmente o processo é interessante.

O PS3 da Sony promete ser algo impressionante, mas não sabemos na prática se realmente é tão bom assim.

Apesar do Console da Sony ser um PC em potencial, assim como o Xbox, na prática está longe de funcionar como deveria.

Exitem rumores que o PS3 poderia usar uma unidade Gráfica da ATi, mas é hipótese assim como o Xbox que parece estar descontente com o NForce.

O Projeto do PS3 aposta em uma super banda-larga. E que a colaboração On-Line de máquinas no estilo Cluster (SETI), seria o ponto forte.

Seria o reinado de uma xDSL muito rápida, provavelmente simétrica além de estar fora dos padrãos da Ethernet comum, passando para algo igual ou superiro a Giga-Ethernet.

Seria legal, se o PS3 com Linux, fosse equipado com uma versão Mobile do Opteron Hammer. ?!!!

Imaginem a AMD equipando consoles de U$ 400 com seus processadores X86-64. Baseando em colaborações *NIX Like !?

Hahah, seria um show.

E ai SlegeHammer, o que você acha dessa ??

A especulação velha (noticiada pela ZDNet em 2000) era essa: http://news.zdnet.co.uk/story/0,,s2078129,00.html

Acho que é muito cedo para essas especulações. O equivalente da ZDNet (bem mais completo, só que em inglês) sobre essa nova que o Romulo enviou está nesse link: http://zdnet.com.com/2100-1103-948493.html

Eu fico com um pé atrás porque o Emotion Engine do PS2 era pra ser muito mais do que é se a Sony conseguisse fazer o que prometia. Acho que a equipe de marketing da Sony já está arregaçando as mangas.

Com um processador gráfico desses, acho que as tarefas irão ficar praticamente todas para ele e não para o processador central.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest AldoJr

Além do que, com esse processador que foi especulado, o case do console teria que ter espaço para um daqueles ventiladores industriais ou já vir com sistema derefrigeração por nitrogênio líquido... Com essa arquitetura atual, imagina o que não ia esquentar??!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por sledgehammer@08 Ago. 2002,21:41

Eu fico com um pé atrás porque o Emotion Engine do PS2 era pra ser muito mais do que é se a Sony conseguisse fazer o que prometia.

É verdade. Eu lembro quando o PSx2 foi lançado, os estados unidos estavam querendo dificultar a exportação do console pois tinham medo de que paises como o Iraque usassem o PSX2 para desenvolver armas. E recentemente, eu li num site de jogos que o PSX2 não será capaz de rodar o Doom 3 com a mesma qualidade que uma Geforce 3. Ou seja, esse emotion engine não deve ter passado de uma jogada de marketing da Sony para vender seu processador mais poderoso do mundo. Estou certo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest Mirc100k

Que notícia velha. 1GigaFlop * 1000 = 1 TeraFlop. Processador de pc comum já faz alguns gigaflops, nos super computadores e servidores grandes tem alguns teraflops, mas o que? Falar de teraflop em videogame?

O Camark está "mentindo", o Doom 3 não roda no xbox como no pc, ele que tá fazendo a ATI tão feliz demonstrando numa Radeon 9700. 64MB com 6,4GB/s compartilhado não é a mesma coisa que 64MB ou 128MB, na placa, com até mais de 10GB/s próprio.

Parece NV30, pelos rumores parece até que é o triplo da R300. O Doom 3 já parece do outro mundo, mas com placa de vídeo real...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×