Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
brunorcs

SISTEMA OPERACIONAL MS-DOS

Posts recomendados

SISTEMA OPERACIONAL MS-DOS

MICROSOFT DISK OPERATING SYSTEM (MS-DOS)

1.0 UMA BREVE HISTÓRIA DO MS-DOS

A história de como o MS-DOS foi criado ilustra o imprevisível curso de eventos na industria de computadores. O processador 8086 é importante na história do MS-DOS, já que este foi originalmente criado por Tim Paterson e a Seattle Computer Products, em 1980, para ser o sistema operacional de sua recentemente criada placa de CPU com um processador 8086. Quando a placa de CPU da Seattle Computer apareceu no mercado pela primeira vez, em meados de 1979, o MS-DOS ainda não estava nem na prancheta de seus criadores. A Digital Research havia anunciado que o s.o. CP/M-86 logo estaria pronto para operar o sistema 8086, e, então, as espectativas erão de que nenhum outro sistema operacional seria mais necessário. ( O sistema operacional CP/M da Digital Research era na época o mais popular sistema operacional feito para os computadores que utilizavam o chip microprocessador 8080 ou o Z80 )

Entretanto, a chegada do CP/M-86 foi adiada, e após esperar por quase um ano, a Seattle Computer decidiu criar seu próprio sistema operacional, denominando-o QDOS. Quatro meses depois, em agosto de 1980, o QDOS estava pronto para ser lançado no mercado. Pouco depois de seu lançamento, uma outra firma sediada em Seattle no estado de Washington, EUA, chamada Microsoft decidiu comprar o QDOS e fazer dele seu próprio sistema operacional sob o nome de MS-DOS. A microsoft tornou-se famosa por sua versão de BASIC, mas nunca havia antes vendido um sistema operacional. Alguns meses depois que o MS-DOS foi lançado, o CP/M-86 surgiu.

A Microsoft lançou versões aperfeiçoadas do MS-DOS. Cada lançamento subsequente do MS-DOS é chamado de uma nova versão, sendo estas versões numeradas. O primeiro lançamento do MS-DOS é chamado de 1.0. A medida que foram feitos melhoramentos a microsoft lançou outras versões. Atualmente, a versão mais nova que esta no mercado é a 6.22.

2.0 O MS-DOS POR DENTRO: Muitas pessoas usam seus computadores com MS-DOS durante anos sem conhecer nada sobre o que o MS-DOS faz por elas. Mas um pouco de conhecimento pode ajuda-lo a usar o seu S.O. eficazmente. Também pode ajuda-lo a determinar os limites do que se pode esperar do MS-DOS.

Se você pudesse olhar o interior do MS-DOS, veria uma complicada massa de instruções de computador. Estas instruções são escritas em linguagem de máquina, que é uma linguagem especial reconhecida pela CPU, que sabe como interpreta-la. Felizmente, não é preciso saber linguagem de máquina para poder usar o MS-DOS, nem é preciso saber como o MS-DOS executa seu trabalho.

3.0 INICIALIZANDO O MS-DOS: Logo que se liga o computador, este acessa um determinado conjunto de informações residentes na ROM-BIOS (Read Only Basic Input/Output System - um conjunto de programas residentes no computador que realiza as operações de controle e supervisão mais básicas, de nível mais baixo para o computador) do computador. Através das instruções da BIOS, é feito o autoteste de inicialização (ou POST - Power-On Self-Test) que testa todas as características funcionais do computador (RAM, teclado, vídeo, drives, etc.). Logo após o computador procura pelo sistema operacional no disquete que estiver no drive. Se no disquete houver o s. o., este será carregado para a memória, caso contrario o computador solicitara sua troca p/ recomeçar o processo. O programinha gravado no registro de boot é quem faz a carga do sistema operacional. No caso de não haver disquete no drive o disco rígido será lido em busca do sist. operacioanal sendo então o MS-DOS carregado do disco para a RAM e começa a rodar. Quando o MS-DOS esta pronto para receber um comando ou executar um programa, ele exibe um prompt na tela e aguarda até que você lhe diga o que fazer. Um prompt é simplesmente um sinal que indica que um programa (neste caso o MS-DOS) esta aguardando que você digite algo.

4.0 CARACTERÍSTICAS: Sistema Operacional que se caracteriza por ser monousuário e monoprogramado. A comunicação do usuario com o MS-DOS ocorre de dois modos, o modo interativo e o modo batch.

a) Modo Interativo: Propriedade de executar um comando no instante em que foi digitado através do prompt que é um sinal que indica que o DOS esta pronto para executar seus comandos.

B) Modo batch: Também chamado de comandos em lote, ou seja, uma sequencia de comandos que serão executados na ordem em que aparecem. Os comandos desejados devem ser colocados em ordem sequencial em um arquivo que pode ser criado por um processador de textos.

O prompt do MS-DOS, geralmente A> , B> ou C>, avisa que o DOS esta pronto para receber um comando do usuario. Para se executar um comando, simplesmente digita-se seu nome no teclado e a sequir pressiona-se a tecla RETURN ou ENTER.

Após você dizer ao DOS o nome do comando, o sistema peracional tem de encontrar o respectivo programa. Ele tem duas escolhas sobre onde encontra-lo. Um comando pode estar interna ou externamente armazenado. Denominamos de RESIDENTES ou INTERNOS os comandos que aparecem na memória do microcomputador enquanto o MS-DOS estiver ativo, e de UTILITÁRIOS ou EXTERNOS os comandos que residem em discos e que são trazidos para a memória apenas quando solicitados.

Comandos básicos MS-DOS

Comando / objetivo

1. Append abre arquivos de dados em diretórios

2. Assign direciona arquivos de um driver p/ outro

3. Attrib modifica os atributos de um arquivo

4. Backup copia arquivos de um disco rígido p\ driver

5. Break verifica o pressionamento de CTRL + C

6. Cd/chdir muda de um diretório para outro

7. Chcp apresenta o código da pagina – NLSFUNC

8. Chkdsk verifica e corrige erro no disco

9. Cls limpa tela

10. Comp verifica o conteúdo de dois arquivos

11. Copy copia os arquivos da fonte para o destino

12. Ctty indica uma saída serial com input/output

13. Date apresenta e modifica a data de DOS

14. Dblspace utilitário para compressão de dados

15. Debug serve para verificar e altera um programa

16. Defrag organiza dados dos arquivos no disco

17. Del apaga um determinado arquivo

18. Deltree apaga todos arquivos de um diretório

19. Dir apresenta arquivos contido no disco

20. Diskcomp compara o conteúdo de dois disquetes

21. Diskcopy copia o conteúdo de disquete para outro disco

22. Doskey reexecuta comandos digitados

23. Doshell entra no modo MS-DOS

24. Edit editor de texto do MS-DOS

25. Edlin editor de texto desuso

26. Emm386 ativa/desativa a memória expandida

27. Erase apaga um determinado arquivo

28. Label cria, altera ou apaga o nome do disco

29. Exe2bin converte arquivo em EXE em formato COM

30. Expand expande arquivos compactados pelo DBL

31. Fasthelp apresenta informações de um comando

32. Fastopen armazena na memória os diretórios

33. Fc compara conteúdo de dois arquivos

34. Fdisk faz partições no disco winchester

35. Find procura linhas com strings

36. Format prepara um disco para receber arquivos (formata o disco)

37. Graftabl exibe característica gráficos no vídeo

38. Graphics imprime o conteúdo da tela

39. Help funciona como ajuda para comandos

40. Interlink possibilita usar recursos entre dois micros

41. Intersvr realiza as tarefas de servidor na rede

42. Join une dois driver diferentes

43. Keyb instala outro padrão de teclado

44. Mem apresenta dados sobre o uso da memória

45. Msav detecta presença de vírus no micro

46. Msd diagnostica/ detecta defeitos de hardware

47. Power reduz o consumo de energia

48. Prompt muda o visual da linha de comando

49. Recover recupera arquivo danificado

50. Restore copia arquivos de driver para HD

51. Scandisk checa e corrige erros no disco

52. Set cria e apresenta parâmetros

53. Share instala um recuso de rede

54. Sys copia o MS-DOS de um disco para outro

55. Time apresenta hora

56. Type apresenta o conteúdo de um arquivo

57. Undelete recupera arquivos eliminado

58. Unformat recupera disco formatado p/ acidentes

59. Ver apresenta a versão de MS-DOS

60. Verify verifica a qualidade de gravação

61. Vol apresenta nome e registro do disco

62. Vsafe monitora micro

63. Xcopy copia arquivos

Postem Complementos e Sugestões :tantan:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!