Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
tuxtuxwar

depois do slackware

Recommended Posts

:-BEER Eu estou querendo conhecer melhor o slackware e eu queria conhecer um pouco mais sobre a trajetoria desse sistema.Uma das coisas que eu queria saber é qual foi o primeiro sistema baseado no slackware?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sei que o slackware se baseou no sls linux (soft landing system linux), mas, pelo o que vi até hoje, poucas distros foram baseadas no slackware eu acho.... uma que conheço mas q tenho certeza q não é a primeira é a slax :)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Postado Originalmente por Cassiano BH@07 de fevereiro de 2006, 12:16

antonypeople, sua distro vai ter kde e gnome?

Ela é só para uso pessoal mesmo, nem link eu tenho para fazer upload dela para algum servidor... :P... mas ela tem a versão leve com Fluxbox (que vai para o computador da minha namorada: Pentium 200MHz com 32MB de ram) e uma versão normal com o Gnome (que ainda está em fase de compilação a partir dos fontes utilizando o Garnome). Quero deixar ela bem minha cara e depois disso vou utilizar os scripts do Linux Live para fazer um live-cd para andar com ele por ai.

Pensei em fazer a partir do LFS, mas reinventar a roda dá um trabalho só... melhor pegar uma distro e personalizar.

Só estou tendo trabalho mesmo é no Kernel 2.6.12 e no Gnome 2.12, os dois estão dando trabalho na compilação, mas quando eu tiver um pouquinho mais de tempo me dedico mais...

T+

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Existem duas maneiras de se desenvolver uma nova distro:

1. Você constroi uma do zero, ou seja, baixa os fontes do Kernel e dos programas GNU que ficam em volta dele e compõe o sistema operacional - Bash, Mutt, Gnome, Firefox, Open Office - e reserva algumas noites para não dormir. Este é o modo mais trabalhoso e que tem mais chances de dar erro. Existe um projeto chamado Linux From Scratch - LFS que se propõe a ajudar as pessoas interessadas a fazerem isso.

2. Você modifica/personaliza uma distribuição existente, deixa ela com a sua cara e lança como uma nova distribuição. Como é o caso do próprio Ubuntu que é baseado no Debian (entre tantas outras distros). É o modo mais fácil e que tem menos chances de dar erro.

Eu comecei o primeiro modo, mas apenas a título de aprendizado.

T+

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

lembrando q o ubuntu, apesar de ser baseado no Debian, não é apenas um "Debian com outra cara" como trocentas distros por aí. ele é tunado pra desktop, com repositórios usando pacotes especiais do Ubuntu, q são liberados mais rápidos q o Debian, já q usuários de desktop querem ter sempre o mais recente, não se importando (muito) com estabilidade.

já a maioria das outras distros "baseadas" se tratam simplesmente de uma determinada distro, com alguns pacotes diferentes, configuração inicial diferente, e possivelmente um tema e um appel de parede diferentes.

*outro jeito de se criar uma distro do zero é instalar o gentoo. ao final da instalação, você tem só um kernel e o portage, e tem q instalar todos os outros pacotes. é um Linux From Scratch automatizado (mais ou menos).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×