Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Sertinho

Teste de compactação com Shrink (Finalizado)

Recommended Posts

Olá pessoal, comprei meu gravador de DVD à alguns dias e iniciei no mundo da gravação. Posso afirmar que já aprendi muita coisa, principalmente aqui nesse fórum, e já gravei uma penca de filmes e desenhos.

Meu arsenal de gravação contém:

-DVD Decrypter

-DVD Shrink

-MenuShrink ( com ele é possivel reduzir o menu principal para 5% em média do seu tamanho original, mantendo todas as suas funcionalidades).

-DVDFab Platinum

-DVD-lab PRO

-VobBlanker (sensacional programa, ele mostra as celulas dos arquivos "_vob", com isso é possivel remover o que se queira, coisa que o Shrink não faz).

Bem, mas vamos ao assunto principal: Como todos sabem, a maior dificuldade no mundo da gravação é quando nos deparamos com àquele filme de longa duração e não temos muita opção de dar aquela "enxugada" para caber numa midia de 4,7 GB.

Olhamos a barrinha de compactação do Shrink e ela esta marcando 54% (um exemplo), e não temos mais o que tirar do filme.

O que fazer então?

Mandar bala e gravar assim mesmo?

Compactar em duas etapas, ou dois passos como dizem até caber na midia?

Usar ou não a opção "Maximum Smootness" na compactação"?

O AEC realmente funciona?

Há muita discussão em torno disso, e como eu gosto de ver prá crer, resolvi fazer um teste e tirar minhas próprias conclusões, e gostaria de apresentar aqui o resultado para que vocês tirem suas conclusões também, e dêem suas opiniões.

Vamos lá:

Primeiramente selecionei um trecho de 40 segundos aproximadamente, que achei ideal para esse teste. Estipulei uma compactação de 54%, e o fiz de várias maneiras, um passo, dois passos, sem análise, com análise, com e sem "Maximum Smootness", etc..., gravei tudo em um dvd-RW e coloquei no aparelho para assistir e escolher o quadro ideal para colocar aqui.

Aqui está o quadro capturado sem compressão:

Achei esse quadro ideal por vários motivos: alto contraste, movimento da camêra, cena ao ar livre, pessoa na cena, e muitas coisas que favorecem e realçam as imperfeições causada pela compactação.

Como já disse, o objetivo era chegar à uma compactação de 54%, aqui está:

Compactei diretamente para 54% sem AEC.

Agora com "Maximum Smootness" ativado:

Agora com 54%, mas feito em dois passos de 73,5%(para atingir os 54%):

Nessa imagem não foi realizada a análise nem AEC.

De novo com 54% em dois passos, mas desta vez realizado análise para cada passo, com AEC desativado:

E finalmente, em dois passos, com análise e "Maximum Smootness" ativado:

A conclusão que tirei foi à seguinte:

Numa grande compressão como essa, não podemos fazer milagre, mas uma coisa é certa, a "Analysis" é fundamental.

O recurso "Maximum Smootness" funcionou melhor com a compactação feita em um passo, melhorou um pouco as áres de meio tom, mas degradou as áreas claras.

Com dois passos eu achei que o recurso "Maximum Smootness" piorou a imagem no geral, diminuiu os quadriculados, mas surgiu artefatos indesejáveis por toda a imagem.

Não vi muita diferença na compactação feita em "um passo" ou "dois passos".

As áres que mais sofrem são as de meio tom.

Como eu assisti o filme todo, posso garantir que isso se repete em várias cenas com as mesmas caracteristicas desse quadro.

Observações finais: Têm se falado muito do "DVD Rebuilder" para grande compactações, mas como andei lendo sobre casos que chegaram à levar 8 h para fazer uma cópia, nem pretendo experimentar, ninguém merece.

Prezo muito a qualidade, se o Filme for muito bom e mereça ser gravado, então

eu gasto uns trocados à mais, usando duas midias, e copio o DVD na íntegra.

Um Abraço à todos, e deixem suas opiniões.

post-60840-13884904420611_thumb.jpg

post-60840-13884904425741_thumb.jpg

post-60840-13884904425994_thumb.jpg

post-60840-1388490442624_thumb.jpg

post-60840-13884904426706_thumb.jpg

post-60840-13884904426961_thumb.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem pessoal, peço desculpas à todos, pois esse tópico saiu repetido e incompleto umas 3 vezes, não sei o que houve enquanto eu digitava, peço ao moderador para deletar os outros e deixar apenas esse, que está finalizado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns pelo tópico certinho,

O Rebuilder já utilizei e p/ altas compactações é isto mesmo ele supera o Shrink o problema é o tempo com 6 pass p/ um filme de 7,2 GB demorou 6h aqui em casa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

AEC significa ADAPTIVE ERROR COMPENSATION, quando você vai fazer o Backup no Shrink, abre-se o quadro abaixo:

Na aba "Quality Settings" você pode marcar a caixa COMPRESS VIDEO WITH HIGH QUALITY ADAPTIVE ERROR COMPENSATION e escolher uma das quatro opções, o Shrink tentará eliminar ou reduzir os erros de pixelação (aqueles quadriculados indesejáveis). Há muita controvérsia à esse respeito, pelo menos no teste que eu fiz ele realmente eliminou os quadriculados, mas em compensação surgiram outros tipos de "sujeira".

Mas como eu já disse, no mesmo quadro você também tem a opção de efetuar a ANALYSIS, essa sim eu acho importante, apesar do processo levar mais tempo.

post-60840-13884905487181_thumb.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que vale mais a pena com o Rebuilder, pois 6h acho que dá tranquilo, né? Só inicia à noite e deixa o PC ligado de madrugada baixando alguma coisa no emule, perfeito se não fossem as filas do emule.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×