Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
celsoclc

Provedores penam para se livrar do lixo virtual

Recommended Posts

<font color='#000000'>Na falta da regulamentação da prática de spam no Brasil, cabe aos provedores de acesso a proteção da caixa postal dos usuários contra mensagens indesejadas. E a maioria tenta cumprir o seu papel, seja definindo normas de utilização dos serviços de correio eletrônico e estabelecendo políticas anti-spam, seja com a disponibilização de ferramentas de detecção e bloqueio de e-mails não solicitados.

O UOL lançou a ferramenta Anti-Spam, que usa o conceito de autorização em vez de bloqueio de endereços. “A maioria dos sistemas usa medidas reativas, bloqueando IPs, domínios, servidores, etc., depois que o e-mail já chegou à caixa de entrada. Fomos por um caminho diferente. O cliente só recebe aquilo que autorizar”, explica o vice-presidente de conteúdo e tecnologia do UOL, Victor Ribeiro. Paralelamente, continuam a operar as ferramentas de bloqueio, listas negras e ratoeiras (contas de e-mail reservadas do UOL, destinadas a identificar spammers). Caso chegue e-mail de um remetente que não está na lista de endereços autorizados nem na de bloqueados, a mensagem é enviada para uma pasta de quarentena.

O pernambucano Hotlink se prepara para lançar ferramenta semelhante. “O usuário decide sobre o que deve chegar a sua conta”, adianta a administradora de sistemas do provedor, Carol Azevedo. O dispositivo fica pronto em um mês.

Com dois milhões de e-mails cadastrados, o Terra também tem um sistema anti-spam. O único inconveniente é que ele é pago. Custa R$ 3,65 por mês.

Embora bastante eficientes, os dispositivos de bloqueio de spams não são o único recurso dos provedores. Quase todos também procuram controlar o envio de e-mails pelos assinantes. Na Torricelli, Truenet e Terra, cada mensagem só pode ser enviada para 100 destinatários.

“Se ultrapassar esse número, o e-mail fica retido”, diz o gerente de produtos e serviços do Terra, Caíque Severo. “Mas há como customizar, para usuários corporativos”, avisa o diretor técnico da Truenet, André Medeiros. No Villa ISP, de Serra Talhada, o limite é ainda mais restrito: apenas 10. Graças a políticas como essas, o iG barra diariamente cerca de 50% dos spams de seus servidores, responsáveis por mais de 13 milhões de contas.

O diretor de planejamento do Villa ISP, Álvaro Severo, diz que a preocupação faz parte do esforço de sobrevivência: o spam prejudica a imagem do provedor. “Tivemos evasão de 15% de clientes. No início deste ano, recebíamos 17 mil spams.”

O problema só foi resolvido quando o provedor aderiu ao projeto ORBL, uma espécie de lista negra anti-spam, criada por um estudante pernambucano de Computação. De lá para cá, o volume dessas mensagens e, conseqüentemente, o de reclamações caiu 80%, diz Severo.(M.L.D.)

http://jc.uol.com.br/jornal....21&dth=</font>

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×