Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  
Guest Fracarolli820

[Resolvido] Brasileiros teriam organizado concurso de crackers

Recommended Posts

Guest Fracarolli820

<font color='#0000FF'>Vírus e Cia

Sexta, 4 de julho de 2003, 21h14

Brasileiros teriam organizado concurso de crackers

   

Giordani Rodrigues

O concurso batizado de "Defacers Challenge" pode estar sendo organizado por grupos brasileiros de desfiguradores de sites (defacers). Previsto para acontecer no próximo domingo, dia 6 de julho, o objetivo do desafio é pichar seis mil sites ou o maior número de sites no menor tempo possível. Os prêmios oferecidos são: 500 MB de espaço em um servidor, webmail, redirecionamento ilimitado de contas de e-mail e o registro de um domínio à escolha do cracker.

Há vários indícios que levam a crer na participação de brasileiros por trás do concurso, entre os quais o inglês precário e com palavras em português nas regras que estão sendo divulgadas. O site "oficial" da competição - www.defacers-challenge.com - esteve indisponível desde quarta-feira, quando a notícia começou a se espalhar pela Internet, mas já está novamente no ar.

Neste endereço, pode-se ver que o e-mail que servia de inscrição para os interessados era desafio@defacers-challenge.com. No texto explicativo também se encontram palavras como "disfigured" (desfigurado), quando todos sabem que o equivalente em inglês é "defaced". Além disso há referências ao hpG, conhecido provedor brasileiro de hospedagem gratuita.

Como se não bastasse, outro site criado para a ocasião - www.defacers-challenge.info - é apenas uma moldura (frame) para a página www.hypnotic0.hpg.ig.com.br/defeng.htm, em que as regras estão publicadas. Apesar disso, o domínio defacers-challenge.info está sob responsabilidade administrativa de alguém que forneceu um endereço do Reino Unido.

Apenas um "hype"?

Mesmo com todo o barulho que está sendo feito em cima do episódio, alguns especialistas acreditam que tudo não passa exatamente disto: barulho. A empresa de segurança TrueSecure publicou um alerta afirmando que o que parecia ser uma notícia real acabou se transformando num "hype", isto é, num rumor cujos efeitos foram ampliados pela divulgação em inúmeros veículos de comunicação.

A empresa faz uma acusação velada a um concorrente, afirmando que os alertas de um "provedor de serviços de segurnaça" e do Departamento de Segurança Doméstica dos Estados Unidos deram ao episódio "mais publicidade do ele que merece". O alerta da TruSecure dispara: "Atacantes que desfiguram Web sites têm suas próprias motivações para cometer crimes de computador. Profissionais de segurança promovendo um concurso entre estes criminosos apenas fornecem ímpeto adicional às ações deles, o que é contraproducente para o objetivo de reduzir os riscos na Internet".

A empresa não revela, mas está se referindo à Internet Security Systems (ISS), que na quarta-feira divulgou para a imprensa mundial o alerta de que "a Internet sofrerá um de seus maiores ataques em massa" com o campeonato de crackers previsto para o domingo. Já Russ Cooper, editor da lista NTBugtraq e pertencente à equipe da TrueSecure, teve menos papas na língua e se referiu nominalmente à ISS e ao departamento do governo americano como culpados pelo "hype". A ISS se defende dizendo que só lançou seu alerta depois que as notícias sobre o ataque em massa já tinham atingido a mídia.

Seja como for, agora o tal concurso já está mais do que divulgado e, se antes poucas pessoas sabiam de sua existência, agora deve haver grupos de desfiguradores na fila, esperando o dia do ataque. E há anos os grupos brasileiros ocupam lugar de destaque entre os desfiguradores no mundo. Portanto, se você tem um site na Inetrnet, é bom tomar as precauções básicas de segurança desde já.

 

InfoGuerra

Terra</font>

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×